O sonho de todo viajante é encontrar um daqueles lugarzinhos onde você come que é uma maravilha e gasta pouquíssimo. No entanto, isso parece um sonho impossível em uma cidade como Veneza, conhecida por sua fama de caríssima. Verdade seja dita: a maior parte dos restaurantes e tratorias custa caro: você gasta mais de 20 euros por pessoa para comer mais ou menos. E então existe um segredo?

No último 25 de novembro, parti de Florença para Veneza, onde passei 4 deliciosos dias, curtindo a viagem oferecida pela Skyscanner Brasil (onde você pode comprar Passagens para a Europa). Na verdade não tinha nenhum roteiro pronto, apenas algumas dicas de amigos que moraram ou frequentam a cidade e foi assim que descobri o lugar mais “in” de Veneza: se chama Al Remmer.

o ambiente

Happy Hour do Al Remer: comida e bebida 5 euros

O Al Remer é um restaurante aberto seja para almoço como para o jantar, mas a grande dica é participar do Happy Hour (ou Aperitivo em italiano. Das 17:30 às 19:30 você paga uma bebida (Spritz, Prosecco ou vinho) 5 euros e tem direito a se servir quantas vezes quiser no buffet. O detalhe é: o buffet do Al Remer é uma delícia. Eles servem bruschetta, risotto, macarrão de diversos tipos… quanto mais gente tiver no lugar melhor, porque maior será a variedade de comida servida.

O buffet do Al Remer durante o Happy Hour

O bacana do Al Remer é que o lugar não apenas oferece boa comida e bebida a preço baixo como também possui uma atmosfera deliciosa e aconchegante, frequentada por gente bacana. Estive lá dois dos meus quatro dias e valeu super a pena!

Durante o verão você pode aproveitar a área externa para apreciar a vista para a famosa Ponte do Rialto e iniciar a sua vida noturna Veneziana, como me explicou uma amiga.

Já no inverno é uma garantia de lugar aberto porque uma boa parte dos points de aperitivo abre mais tarde ou simplesmente funciona só alguns dias da semana. Aliás se você vai para Veneza no outono ou no inverno italiano eu sugiro que você confira tudo aquilo que você deve saber sobre a “acqua alta” de Veneza.

Quando estive lá também tive o prazer de curtir música ao vivo.

O bar do Al Remer: experimente o Spritz, o cocktail típico de Veneza

Como chegar no Al Remer

O Al Remer visto do mar (a entrada fica dentro do círculo vermelho)

O Al Remer fica não muito distante da Ponte do Rialto, no bairro de Cannareggio. Não é um lugar daqueles que você passa na frente, você entra em uma ruazinha estreita e lá no fundo está o local. Confira no mapa abaixo:


Visualizzazione ingrandita della mappa

E você, tem alguma outra dica de lugar em Veneza? Compartilhe com a gente!

 

*Esta viagem a Veneza foi oferecida pela Skyscanner Brasil, que patrocinou os custos da viagem, mas não teve nenhuma influência no nosso roteiro ou no conteúdo editorial deste artigo.
A Skyscanner é um buscador de passagens aéreas premiado mundialmente pelas melhores mídias de viagens. Para a sua próxima viagem, voe TAM.

8 COMENTÁRIOS

  1. Que dica legal, Babi! Nesses lugares turísticos a gente vai atrás de pizza em pedaços ou sanduíches para economizar e acaba nem conhecendo a culinária do lugar.
    Uma vez meu primo achou um restaurante no “ghetto ebraico” por acaso e justamente naquele dia tinha jantar brasileiro com música ao vivo. Lembro que a gente não pagou muito não, mas já faz 4 anos.
    Beijos

  2. Oi Ju, você se lembra do nome do lugar no “ghetto ebraico”? Assim guardo a dica para a próxima. 🙂 Eu só fui passar no ghetto na minha última noite. Estava com uma amiga que encontrei em Veneza, mas nesse dia choveu muito e a maioria dos lugares onde queríamos ir estava fechado. No fim acabamos voltando no Al Remer. Bem, eu ainda espero voltar para um carnaval por lá… deve ser o máximo! Mas com direito a fantasia!
    Beijos
    Babi

  3. […] Passei quatro maravilhosos dias em Veneza em uma viagem oferecida pela Skyscanner Brasil (um buscador de Passagens áreas): de 25 a 28 de novembro. Final de novembro é uma época que poucas pessoas visitam a cidade e por isso Veneza fica ainda mais interessante: as ruas estão menos afoladas de turistas em comparação a primavera / verão, é mais fácil encontrar um hotel por um preço camarada e… sejamos sinceros: em Veneza até a neblina pela manhã e o festival de guarda-chuvas tem o seu charme. Aliás, acho que Veneza combina com frio, um bom casaco ou sobretudo, um delicioso copo de vinho ou Spritz, a bebida mais popular de Veneza a base de Prosecco, água com gás e Aperol ou Campari (se você perdeu, confira nossa dica sobre o melhor happy hour de Veneza!) […]

  4. Olá Barbara, ótima dica, mas fiquei com uma dúvida, só pode ser bebida alcoólica? Irei com meus pais e meu irmão, e ele só tem 17 anos ainda, ai acho que a dica não seria muito boa para nos.

  5. Ele pode pedir uma bebida não alcóolica se quiser, mas como inclui o aperitivo o preço é sempre mais ou menos o mesmo de uma bebida alcóolica.

DEIXE UMA RESPOSTA