Se você já visitou as principais atrações turísticas de Bolonha e está procurando um passeio diferente, uma boa opção pode ser uma visita a Basílica Santuário da Nossa Senhora de S. Luca. Imagine uma igreja rodeada pelo verde, no alto da cidade e aparentemente isolada de tudo. Bem, a igreja em questão tem suas origens em 1192, quando o terreno foi doado para a construção de um mosteiro. A primeira pedra, no entanto, foi colocada apenas em 1194.

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-00

As lendas e história da Basílica – Santuário

A igrejinha, que começou a ser construída em 1194, recebeu uma bela imagem da “Madonna con il Bambino” que ainda hoje é adorada.

Mais tarde, em 1433, para pedir aos céus o fim das chuvas frequentes que estavam destruindo as colheitas, um homem de nome Graziolo Accarisi teve a idéia de transportar a imagem na cidade para realizar procissões públicas e eis que quando a tal da imagem atravessou o arco da Porta Saragozza, parou de chover.

O fato aumentou a devoção dos cidadãos e o evento começou a ser repetido anualmente e levou a ampliação da igrejinha de montanha, obra que foi concluída em 1481.

O pórtico mais comprido do mundo

Não só a igrejinha de montanha cresceu: para facilitar a peregrinação e a descida da imagem até a cidade, em 1674 teve início uma grande captação de recursos para a construção de um longo pórtico, o mais comprido do mundo, com 666 arcos e 3.796 Km, que liga o santuário até a porta da cidade. Possui formas simples, mas muito resistente e foi projetado pelo arquiteto Gian Giacomo Monti (1602-1692).

Conselhos para a visita

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-01

A primeira coisa que eu sugiro é que você se informe sobre os horários das missas e de abertura da Basílica se tiver intenção de entrar. Eu cheguei lá no alto, toda feliz, em um sábado de céu azul, agora dia 01 de junho e eis que só tive a possibilidade de visitar a Igreja por fora.

Quando estava me aproximando da Basílica, escutei a vozinha de crianças brincando, falando. Chegando lá em cima tinha um belo grupo de mães e famílias, sentadas nos banquinhos de frente para os jardins bem cuidados, como dá para ver na foto abaixo.  Vi também diversos casaizinhos de mãos dadas.

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-02

Não sei se todo mundo vai até lá por motivos religiosos, mas a sensação que tive é que era um lugar agradável, imerso na natureza e ideal para praticar esporte. Sim, porque invés de você ir de carro como eu fiz, existe a possibilidade de subir da cidade até a Basílica pelos pórticos (e depois obviamente descer novamente). Ou seja, um agradável passeio a pé, que você pode fazer inclusive em dias de chuva ou neve porque o caminho é coberto (é um pórtico, lembre-se).

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-03

Eu desci apenas um pouquinho do caminho e nas paredes tinha o nome de algumas famílias que fizeram doações para a realização deste grande projeto. Não é a primeira coisa para você fazer em Bolonha, mas se você já passeou bastante pela cidade, pode ser uma idéia a mais para completar a sua viagem.

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-04

Informações práticas

Um cartaz na entrada indicava os horários das missas, que eu mostro abaixo para os interessados:

bologna-basilica-santuario-della-madonna-di-san-luca-05

Se você conhece bem o lugar e tem outras dicas, compartilhe com a gente!

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Bárbara, por colocar a Itália tão pertinho daqueles que sonham um dia conhecer esse país maravilhoso, como eu!

DEIXE UMA RESPOSTA