Não dá para visitar Erice, na Sicília, e não parar pelo menos umas três vezes no meio do caminho para tirar fotos. A cidadezinha fica no alto de um monte, chamado Monte Erice, e para chegar até lá é preciso percorrer uma estradinha cheia de curvas, com uma vista espetacular.

Vista panorâmica a caminho do burgo de Erice
Vista panorâmica a caminho do burgo de Erice

Aliás, a sua vista privilegiada para Trapani, Marsalla e mar nos arredores fazia da cidade um ponto estratégico e, portanto, razão de disputas e batalhas entre os povos do passado. Erice teria sido formada no século V a.C. por um povo chamado Elimo, foi conquistada pelos Romanos, por Árabes e Normandos.

erice_00

Eu estive em Erice em agosto deste ano, durante minhas longas férias de 6 semanas na Sicília, onde curti por exemplo um passeio em Segesta, com seus tesouros arqueológicos, um banho de mar em Castellammare del Golfo ou uma tarde de compras no Sicilia Outlet Village.

O que você vai encontrar em Erice

Visitar Erice significa se perder entre as estreitas ruazinhas de pedra do centro histórico onde encontram-se fortalezas, antigas igrejas, conventos, oficinas de artesanato (produção de cerâmica, doces típicos e tapetes), jardins, e, claro, a vista para as Ilhas Egadi, as salinas e os campos cultivados de Trapani, o azul infinito do céu e do mar.

erice01

Nós estávamos de carro e por isso não pudemos utilizar o bondinho que leva de Trapani até o topo de Erice. De qualquer modo fica a dica: é uma opção a mais para quem vem de Trapani ou simplesmente para quem detesta estrada cheias de curvas.

Entrando na cidade

Entrada do burgo de Erice, na Sicília
A antiga porta de entrada do burgo de Erice, na Sicília

Assim que você atravessa a porta principal de entrada da cidade, vai enccontrar um sobe e desce pelas ruelas de pedra. O cenário é bastante charmoso: você pode espiar um pátio interno cheio de flores de uma casa, ou simplesmente o detalhe da maçaneta antiga da porta de uma casa normalíssima. Já imaginou uma dessas na sua casa?

Erice_detalhe_porta

Vimos também muitas igrejas, mas só de fora, porque chega uma hora na viagem que a gente não aguenta mais ver igreja a menos que você seja super religioso ou estudante de arquitetura especializado em igrejas.

Erice_burgo_Italia_sicilia

Passeamos pelas praças, paramos para tomar café com um doce típico chamado genovese. Vimos uma artesã pintando um prato de cerâmica ali na hora…

Erice_centro_historico

Passeamos entre as lojinhas de souvenir, onde achei essas ímãs super simpáticos sobre as profissões. Tinha um em particular que chamou a minha atenção: “Il Nullafacente” (“Aquele que não faz nada”). Um humorismo bem siciliano porque dizem as más línguas que o povo lá orgulha-se de fazer o menos possível…

erice_profissoes

 

O Centro de Cultura Científica de Erice

A cidade é também famosa internacionalmente pelo seu Centro Internazionale di Cultura Scientifica Ettore Majorana fundado nos anos Sessenta, um local dedicado a encontros científicos que atrai pesquisadores e estudantes de todo o mundo. Na foto abaixo, você vê à esquerda o prédio onde se encontra o Centro de Cultura: um edifício erguido em 1542 como monastério.

erice_centro_de_cultura_scientifica_ettore_majorana

Dicas e informações práticas

Separe algumas horas para visitar Erice: nós chegamos na parte da manhã e fomos embora pouco antes do almoço porque tinha um churrasco de peixe nos esperando nos arredores! Você pode programar um almoço em uma das tratorias locais, onde dizem que é possível comer bem.

erice_sicilia_turismo

Embora a cidade seja muito charmosa, não acredito que seja um bom lugar para se hospedar devido ao acesso difícil. Quer dizer, não é que seja assim tão complicado, simplesmente as curvas da estrada são bem chatinhas para fazer mais de uma vez. A menos que você queira usar o bondinho como meio de transporte (neste caso confira os horários no site oficial).

E você, já teve o prazer de conhecer Erice? Tem alguma outra dica ou comentário para compartilhar com a gente? Escreva abaixo!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA