E após uma série de degustações de vinho no Chianti (Toscana), com visitas às adegas, o que poderia ser melhor do que parar para admirar o céu e as estrelas? Admirar o céu e as estrelas de um verdadeiro observatório astronômico!

Foi exatamente isso que fizemos em um sábado à noite de abril, durante o #chiantidavivere blogtour, do qual eu tive o prazer de participar. Com direito a ver não apenas a lua, como também as crateras da lua! Mas vamos começar pelo começo…

Osservatorio Polifunzionale del Chianti (OPC)
Osservatorio Polifunzionale del Chianti (OPC)

A nossa visita ao Observatório Astronômico OPC

Era um final de tarde quando nosso ônibus, repleto de bloggers, se dirigia a Montecorboli, nos arredores de San Donato in Poggio.

O grupo de bloggers que participou do #chiantidavivere blogtour e o nosso ônibus
O grupo de bloggers que participou do #chiantidavivere blogtour e o nosso ônibus

A maior parte do grupo começou a visita pelo jardim botânico, subindo a pé em meio a floresta e ao jardim em direção ao Observatório.  Não foi o meu caso: estava viajando com minha filha de 20 meses e meu marido, e estávamos os três exaustos após um dia repleto de atividades. Por isso pedimos para o ônibus nos deixar na porta do Observatório e aproveitamos para tirar algumas fotos enquanto esperávamos o resto do grupo chegar. De qualquer modo, fica a dica: se você viaja na primavera ou verão pode ser uma boa chegar um pouco antes para explorar as várias trilhas, com placas informativas que ilustram as espécies botânicas da região.

Nosso grupo visitando o OPC
Nosso grupo visitando o OPC

A primeira parte da visita foi dedicada a conhecer as características e os equipamentos científicos da OPC.

A estação geo-sísmica

Na foto acima, por exemplo, estávamos todos observando um grande buraco construído no chão. Para que serve? Trata-se da estação geo-sísmica do Istituto Nazionale di Geologia e Vulcanologia (NVG) que faz parte da OPC desde 2011.  Em prática, ele ajuda a captar os movimentos sísmicos, que são monitorados em tempo real através da tela de computadores ao interno do edifício.

A estação geo-sísmica
Na OPC funciona uma estação geo-sísmica que faz parte do Istituto Nazionale di Geologia e Vulcanologia

A partir daí nasceu uma discussão interessante sobre a previsão de terremotos, se eles poderiam ser evitados… aquelas polêmicas que a gente adora!

opc3A estação meteorológica

Em seguida, foi a vez de conhecer uma estação meteorológica ao vivo.

O instrumento que você vê na foto ao lado ajuda a medir a umidade do ar e do solo, a temperatura e a luminosidade do céu. A partir daí é realizada uma análise meteorológica com as tendências para a semana sucessiva.

Este boletim meteo é divulgado pela internet. Pode ser útil tanto para você, que está programando um final de semana no Chianti e quer saber se fará sol ou chuva, como para quem cultiva as videiras, que posteriormente se transformam em alguns dos vinhos mais famosos de todo o mundo…

Fizemos uma pausa para um happy hour ( = mais vinho, salames e frios, pão com azeite..) e então chegou a hora mais esperada do dia: observar o céu usando um dos vários telescópios disponíveis.

A estação astronômica

Nosso grupo subiu até a cúpula de 7 metros, que no futuro receberá o quarto maior telescópio da Itália. Atualmente lá se encontra um Celestron 14 da Universidade de Florença e vários outros telescópios menores a disposição de amadores.

A cúpula de 7 metros onde se encontram os telescópios
A cúpula de 7 metros onde se encontram os telescópios

Depois de uma panorâmica sobre como funcionava o observatório, a gente finalmente teve o prazer de ver o teto se abrir, sentir o vento fresco típico das noites de primavera e então observar através de algumas lentes as crateras da lua e os satélites de Galileu ao redor de Júpiter!

Foto das crateras da lua através do telescópio tirada pela Kinzica (aka VisitTuscany e blog100days) usando um iPhone
Foto das crateras da lua através do telescópio tirada pela Kinzica (aka VisitTuscany e blog100days) usando um iPhone

Poderia ter passado horas e horas lá, descobrindo coisas novas sobre o nosso Sistema Solar e admirando a beleza do Universo…

O edifício onde se encontra o Observatório Astronômico foi inaugurado recentemente. Ele foi construído em um local com características especiais: pouca poluição sonora e luminosa, a 450 metros acima do nível do mar. Ou seja: escuro, silencioso e mais próximo do céu. Como não poderia deixar de ser, trata-se de um edifício “green” com baixo impacto ambiental e projetado para o futuro.

O passeio é super indicado para todos aqueles que, como eu, tem uma paixão especial pelo Cosmos, as estrelas e o Universo. Vale a pena visitar!

Informações práticas

Endereço do Observatório Astronômico do Chianti

Estrada SP 101 – Km 9,250 – Localidade Montecorboli – San Donato in Poggio – CEP 50021 – Barberino Val d’Elsa (Firenze).

Eventos & Catálogo de Atividades

Confira o calendário com a programação de eventos e visita.

Ingressos

Entrada para os “eventos” :

  • adultos: 7 euros
  • adultos acima de 65 anos: 5 euros
  • crianças de 6 a 12 anos: 4 euros
  • menores de 6 anos: grátis

É possível também organizar visitas para grupos de pelo menos 15 pessoas. Nesse caso os preços são:

  • adultos: 10 euros
  • adultos acima de 65 anos: 8 euros
  • crianças de 6 a 12 anos: 5 euros
  • menores de 6 anos: grátis

Para informações e reservas, escreva para info@osservatoriodelchianti.it


Esta viagem foi oferecida pelo Comune di Tavarnelle Val di Pesa a um grupo de bloggers internacionais do qual o BRASIL NA ITALIA fazia parte. #chiantidavivere

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA