Noto tem uma ótima reputação entre os meus amigos sicilianos: quando disse que estava planejando um grand tour ao redor da Sicília, vários recomendaram que eu visitasse essa cidadezinha que fica na província de Siracusa,  conhecida como a capital do barroco e na lista da UNESCO como um dos Patrimônios da Humanidade.

A porta de entrada de Noto
A porta de entrada de Noto

Nós acabamos visitando Noto em um tórrido dia de julho, auge do verão siciliano, e foi um alívio encontrar uma vaga para estacionar o carro sob a sombra de uma árvore.

O lugar perfeito para estacionar o carro no verão? Sob a sombra dessas árvores, na rua que dá na porta da cidade...
O lugar perfeito para estacionar o carro no verão? Sob a sombra dessas árvores, na rua que vai até na porta da cidade…

Ao lado de onde paramos o carro, surpresa: tinha um parquinho para crianças com escorregador! Acredite, é uma coisa rara na Sicília. Se na Toscana a gente encontra um parque a cada dois passos, não sei onde os sicilianos levam os filhos (além da praia, claro!)… Só pela existência desse parquinho eu consideraria a possibilidade de me hospedar em Noto em uma próxima vez. Adoro levar as meninas ao parque no final da tarde, mas como estávamos de passagem pela cidade, acabamos passando alguns minutos na hora do almoço mesmo…

O parquinho de Noto
O parquinho de Noto

Na verdade ficamos pouquíssimo na cidade. Chegamos por volta das 11 e menos de três horas depois já tínhamos ido embora. Por quê? Não é que a cidade seja feia, simplesmente estava um calor de matar para passear no vilarejo e como sou desesperada por praia, acabei preferindo dar uma esticadinha até Marina de Noto que era ali ao lado e tinha uma praia fenomenal (uma praia de areia bem compriiida, água transparente, morninha, delícia!).

Tive a sensação de que Noto é uma cidade ideal para visitar na primavera e no outono. Muito charmosinha, deve ficar bastante movimentada. No nosso caso, para amenizar um pouco o calor que sentíamos, a primeira coisa que procuramos quando chegamos lá foi o Caffe Sicilia para tomar uma granita, recomendação da Patricia Kalil do blog Descobrindo a Sicilia. E fizemos uma degustação de granita com três sabores: amêndoas de noto, o meu favorito; limão, um clássico; tomate com morango, uma experiência para o paladar (bem sucedida!).

Degustação de granitas: amêndoas de Noto, limão e tomate com morango.
Degustação de granitas: amêndoas de Noto, limão e tomate com morango.

Depois continuamos o passeio pelas ruas principais da cidade.  O que chamou a minha atenção foi a quantidade de igrejas, umas tão próximas as outras. Não bastava a imponente catedral de Noto? 😉

A catedral de Noto
A catedral de Noto (foto: julho/2015)

Noto é uma cidade bem cuidada, as fachadas dos edifícios estão em bom estado de conservação, e o tom amarelado dá um toque característico (dizem que é ainda mais bonito no início da manhã…).

noto-sicilia-07

Notamos inclusive uma tentativa de fazer uma cidade acessível para deficientes físicos (e mães com carrinho de bebês): praticamente todas as calçadas do centro são rebaixadas. O único problema é que às vezes a passagem é limitada por mesinhas de restaurantes, músicos de rua que sentam no meio do caminho, lojinhas que expõe souvenir para turistas no meio da rua… Será que estou ficando exigente demais (=chata)?

noto-sicilia-04
As calçadas do centro de Noto são rebaixadas, o único problema é que tinham mesas no meio do caminho (!)

Uma outra atração fotografada por todo mundo são os detalhes cheios de rococó dos terraços do Palazzo Nicolaci di Villadorata (século XVIII). Nós nos limitamos a uma visita externa do edifício, mas uma ala do palácio é aberta ao público. 

Palazzo Nicolaci di Villadorata (século XVIII)
Palazzo Nicolaci di Villadorata (século XVIII)

Aliás, é em frente ao Palazzo Nicolai que todos os anos, no terceiro domingo de maio, a rua fica toda colorida com pétalas de flores. Uma homenagem à primavera conhecida como “Infiorata“. Não é o único lugar da Itália onde um evento do tipo acontece, mas se você estiver programando uma viagem para a Sicília em maio, se organize e venha aqui!

Achei um lindo vídeo que dá uma idéia de como é o evento:

 

Vale a pena dar uma pesquisada no preço de hotéis em Noto para sua próxima viagem. Pode ser uma boa base para explorar outros lugares interessantes da Sicília.

Como chegar em Noto

A melhor maneira de ir até Noto é de carro. As estradas são boas, você pára no caminho para fotografar o panorama e você encontra facilmente estacionamento ao redor do centro da cidade (não é possível circular de carro no centro de Noto).

A companhia de ônibus interurbano que leva até Noto é a AST (Azienda Siciliana Transporti) e dá para conferir horários e preços das passagens online (pesquise em “Linee e Orari”).

Se você tiver intenção de ir até a Reserva di Vendicari a empresa de ônibus é a INTERBUS (saída do Largo Pantheon direção Noto-Pachino Km 12).

Para ir até Marina di Noto também existem ônibus extra-urbanos da linha Noto-Calabernardo-Eloro que saem do Largo Pantheon (jardins públicos).

Existe ainda a possibilidade de ir de trem até Noto, confira os horários no site da Trenitalia.

O aeroporto mais próximo a Noto é o Aeroporto de Catania.

O ponto de táxi fica na Piazza XVI Maggio – Tel.0931573557

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here