Reunir histórias de viagens, sonhos, expectativas e, sobretudo, riqueza cultural contadas por quem as viveu, testemunhou ou sonhou. Essa foi a proposta da antologia “Vozes italobrasileiras I/Vozes italobrasiliane I“, resultado da primeira edição do Concurso Literário Brasilitália, organizado pelo Comites (Comitê dos Italianos no Exterior) de São Paulo em parceria com Rebra (Rede Escritoras Brasileiras).

vozes-italo-brasileiras-i

Composta de 30 contos escritos por brasileiras culturalmente próximas à Itália, ou vice-versa, a obra teve seu lançamento no Brasil durante a Bienal do Livro de São Paulo, em agosto deste ano. Já a apresentação em solo italiano foi realizada em 25 de novembro no Centro Cultural Brasil-Itália, na Embaixada brasileira em Roma, com a presença de parte das autoras.

“Quisemos que esta primeira edição fosse formada exclusivamente por mulheres”, explicou Rosalie Gallo, Conselheira do Comites e organizadora da edição. “Porque são elas as guardiãs das histórias das famílias. Quisemos ouvir as memórias dessas mulheres e, ao mesmo tempo, divulgar a literatura brasileira produzida por elas”. O fio condutor dos contos, como não poderia deixar de ser, é o intenso intercâmbio cultural estabelecido entre os dois países, especialmente durante os períodos de migração ocorridos desde o século XVIII até hoje.

Além de evidenciar o ponto de vista feminino envolvendo as alegrias, tristezas e a coragem de quem foi “fazer a América”, um dos objetivos do livro foi também oferecer a possibilidade de aproximação entre os idiomas italiano e português, já que a edição traz versões dos contos em ambas as línguas, lado a lado, ao longo das páginas.

Rosalie Gallo (à esquerda), Renato Sartori (presidente do COMITES-SP) e Eliana Magrini Fochi, da Rebra, na apresentação de ontem
Rosalie Gallo (à esquerda), Renato Sartori (presidente do COMITES-SP) e Eliana Magrini Fochi, da Rebra, na apresentação de ontem

Com isso, abre-se a possibilidade de de uso do livro também para fins didáticos. “Esperamos dar continuidade a este trabalho através de outros concursos e da divulgação desta primeira edição, que servirá para estreitar ainda mais nossos laços”, concluiu Rosalie.
Mais informações sobre o livro Vozes italobrasileiras I/Vozes italobrasiliane I podem ser obtidas junto ao Comites-SP: comites.sp@comites.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA