Os Latinos se instalaram em uma planície nos arredores do rio Tevere, onde fundaram a cidade de Roma que tinha uma boa posição estratégica e comercial.
Os habitantes da Itália há muito tempo tinham aprendido a comunicação através da palavra (no fim do neolítico, ao menos) e já no II milênio a.C. eram em contato com o resto da Europa por terra e pelo mar.
Com o tempo, os Latinos impuseram não apenas sua presença sobre a população local, como também sua língua, que se expandia conforme a conquista do império. O latino só vai perder a sua hegemonia com a queda do Império Romano no Ocidente, em 476 d.C.
Os primeiros escritores italianos
Apesar da queda do Império, por muito tempo o latino continuou utilizado para os documentos escritos. Até que surgem os primeiros autores:
DANTE ALIGHIERI (1265-1321) é indicado por muitos como “o pai da língua italiana” devido a influência que teve no seu tempo e por ter criado as bases de uma língua unitária, de caráter nacional. Ele proclamou a necessidade de uma língua “vulgar ilustre” que individuou em um fiorentino enriquecido de palavras e formas novas. O léxico e a gramática da língua poética se apresentaram organizados em senso literário com base toscana já nas últimas décadas de do século XIII, em grande parte devido a Dante, mas também pelo trabalho de outro poeta importante: FRANCESCO PETRARCA (1304-1374)
Tudo isso para dizer: AMIGOS, A LÍNGUA ITALIANA NASCEU NA TOSCANA!!!

7 COMENTÁRIOS

  1. vcs sao muito burros ta tudo errado nunca mais entro neste site seus idiotas e lesados DM

  2. Se está errado, corrija e diga qual é a sua fonte. A minha fonte é um livro de gramática italiana para italianos.

    Não me aguento com essas pessoas que entram aqui no site, não sabem defender seus argumentos sem partir pra baixaria.

    Se liga, mané!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here