Quando me perguntam qual é o salário mínimo na Italia, a verdadeira pergunta seria: qual o mínimo que eu consigo ganhar? São perguntas diferentes porque embora cada categoria profissional tenha o seu piso mínimo, se você trabalhar “in nero” (ilegal), sem contrato nenhum, obviamente essa lei não serve para você.

Se você trabalhar dentro da lei, não sei exatamente o valor de cada categoria, mas será muito difícil que receba menos do que € 900 ao mês. É pouco se você pensar que pelo aluguel de um quarto (camera singola) em uma cidade como Milão, Firenze ou Roma gastará em média € 400. Se for trabalhar fora da lei, conheço gente que trabalhava por €300 ao mês como babá, por exemplo, com direito a um quarto na casa da família e comida.

Ninguém quer viver numa cidade que é maravilhosa se não tem tempo nem dinheiro para desfrutar o que essa cidade oferece. Se você tem que trabalhar como um camelo para ganhar € 900 com um contrato a progetto (sem benefícios) e não tiver perspectiva de melhorar esse quadro, é lógico que não viverá exatamente feliz da vida. Principalmente se no Brasil tinha carro, casa, mimos da mamãe, e todos os desejos realizados. No entanto, se você se ligar na cultura italiana real invés de ficar se lamentando, pode ser que as coisas melhorem.

Trabalho à italiana

Na Italia a confiança e o conforto se conquistam com o tempo. O objetivo do italiano em geral é conquistar o seu “contrato a tempo indeterminato”. Ele quer ter a segurança de um emprego fixo, saber quais são os seus direitos e deveres, no final do mês ter o seu salário e poder viver a sua vida tranquilo porque está amparado pela empresa, pelas leis e pelo governo. Por isso geralmente ele começa em um emprego com um contrato a tempo determinato, que com o tempo se transformará em indeterminato. Quando ele ficar mais velho, terá direito a um salário maior por causa da idade independente do seu cargo. Existe a possibilidade de promoção, que é conquistada lentamente, mas ele não se preocupa porque a diferença salarial entre ele e o chefe geralmente é de poucos euros (100, 150 euros a mais, por uma responsabilidade e preocupação maiores). Sem falar que com um contrato a tempo indeterminato/determinato é direito (respeitado) 6 semanas de férias ao ano, 13° salário, às vezes 14°. Você trabalha a quantidade de horas escritas no contrato (40 em média), se fizer hora extra recebe por isso, e se for hora extra de madrugada tem um bonus. Se você for um pedreiro, talvez ganhe melhor que um funcionário de escritório porque terá a direito a bonus pelos riscos que corre.

No Brasil, a segurança de um bom emprego tem um outro significado: depende exclusivamente da pessoa. Isso significa que o cidadão vai fazer faculdade, pós graduação, MBA, aprender 4 línguas, fazer 4 cursos e ao mesmo tempo dar o sangue pela empresa. Se ele for bom, pode subir rápido na empresa, sem falar que às vezes saltar de empresa em empresa é uma ótima opção para melhorar de cargo e salário. Lógico que pode ser que amanhã o chefe se enjoe de você e te mande embora, por isso você deve estar sempre preparado para o pior. Ou as regras do jogo mudam de uma hora para outra e a sua empresa tem que fazer os famosos “cortes”. É um trabalho inseguro, mas os brasileiros estão acostumados. E quem manda é sempre o chefe, como se fosse o controlador dos escravos: se ele quer que você faça 3 horas extras ao dia como rotina, você faz e fica quietinho, mesmo que ele não te pague ou coloque em um banco de horas que você poderia tirar livres, mas que sabe que nunca tirará. Você fica quietinho porque se falar alguma coisa, tem 500 outras pessoas mais qualificadas que você dispostas a ganhar metade do que você ganha só para estarem empregadas. A diferença salarial entre você e seu chefe é grande. Se você for peão ou porteiro no Brasil está perdido, vai morar numa favela, ganhar uma miséria e… Melhor mudar de assunto.

7 COMENTÁRIOS

  1. Realmente! Moro na Italia ha 2 anos e vivo de perto a realidade do imigrante. Com a mudança da legislaçao referente a contratos de trabalho, a Italia esta partindo para um caminho sem volta. Hj, pode-se renovar um contrato quantas vezes forem necessarias, o que esta tornando impossivel o sonhado contrato indeterminado. O problema é que o Sistema financeiro ainda esta abituado com a segurança que os italianos tem com um contrato indeterminado, decorrendo disso a falta de credito para os pobres mortais que nao sabem se terao seus contratos renovados. A grande quantidade de Cooperativas de Trabalho esta causando uma mudança temeraria, no senso em que as empresas contratam apenas socios destas cooperativas que custam menos e executam os mesmos serviços. Nao sei onde chegaremos… dica: se for vir pra Italia e nao quer passar com a corda no pescoço, aprenda Italiano, faça contatos mais que puder (Orkut, msn, etc) e se tiver direito a cidadania se informe muito bem com o consul italiano perto de ti. Aqui a vida nao é facil, a Italia nao é tao diferente do Brasil em se tratando de desigualdades sociais, temos aqui as mazelas. Mas, ainda esta melhor aqui que o brasil pra quem tinha um empreguinho mixuruca e ganhava pouco. Ao menos aqui com 900 euros aos mes voce faz uma bela compra no mercado, paga o aluguel divido com mais alguem, e se bobear consegue comprar a passagem de volta pro Brasil em menos de dois anos. Sucesso aos Desbravadores!

  2. onde já se viu,comparar um país de primeiro mundo com um em desenvolvimento!!!

  3. heheheh , aqui na italia , sem emprego , sem documentos , vc eh um lixo.
    no Brasil vc assim eh uma pessoa normal.

  4. Galera, esta pra sair minha cidadania italiana, pretendo tentar a vida na itália, como muitos aqui que também postaram, e gostaria de ter uma idéia melhor de como é a área de TI na itália, para tecnólogo em redes. Qualquer informação procedente ajuda, como média salarial, mercado de trabalho, e exigências da área e quais regiões da itália a área de TI é mais forte. Vlw x) rodriguesrenan@msn.com

  5. quero saber quanto ganha um tecnico em enfermagem ou cuidador de idosos na itália e se é fácil arrumar emprego por fazer alguém me ajude.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here