Como já disse em posts anteriores, para quem é residente há mais de um ano na Italia, é preciso tirar uma nova carteira de motorista na Italia, começando do be-a-bá: exame médico, exame teórico e prático e o custo será a partir de 480 euros. Se este é o seu caso, leia aqui: http://brasilnaitalia.blogspot.com/2008/02/permisso-para-dirigir.html

Estudantes / Temporários em solo italiano

Antes de sair do Brasil, dirija-se ao Detran da sua região para providenciar a sua Permissão Internacional para Dirigir (PID), que segue o padrão estabelecido na Convenção de Viena de 1968. A PID vale por 1 ano a partir do dia que você for residente na Italia.

A papelada

Você vai precisar de:
– Original e cópia da carteira de identidade brasileira
– Original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação brasileira
– Original do comprovante de pagamento da taxa de serviço (R$ 77,21 + taxa bancária)

Procedimento:
1) Pague a taxa de serviço
2) Agende a entrega de documentação junto ao Detran da sua região.
3) Compareça no dia e hora marcados com a documentação necessária

Importante:
1) A CNH brasileira deve ser válida. Se estiver vencida você precisará renová-la primeiro.
2) A CNH deve ter foto. Se a sua for modelo antigo sem foto, você deve primeiro solicitar um novo documento.

A PID é emitida 24 horas depois do motorista entregar a documentação exigida para a realização do serviço (DetranRJ)



Informações completas direto da fonte:

19 COMENTÁRIOS

  1. Vou mudar para a Itália (com família e cachorro) em dois anos e estou utilizando o blog para planejar a mudança.
    Acho o blog Brasil na Itália fundamental, pois trata dos problemas “mundanos” do dia-a-dia sem a pompa dos Consulados.
    Continue ajudando esses brasileiros a buscarem suas origens.
    Obrigado.

    Jose Julio

  2. Boa noite.
    estou indo para a Espanha e caso saiba de algum blog que como o teu ajude-nos, eu agradeço.`
    É muit interesante, pois esclarece coisas que levaria meses se esperássemos do consulado.
    continue assim…

  3. Gostei da sua entrevista la no expatriados. Foi bom conhecer um pouco sobre seu pais. Bj

  4. Fui hoje tirar o PID no Sac salvador. Muito facil e rapido, demora de 5 a 8 dias para ficar pronto. Ah e muito mais barato do q fazer pelo turing club paguei R$ 61,50

  5. Olá,
    Sou residente na Itália desde novembro de 2006 e tenho o permesso di soggiorno para estudantes (já o segundo). Pelo que li nas informações deste site e no do Automobile Club d’Italia eu não posso dirigir em território italiano com a PID (Permissão Internacional para Dirigir). No caso, eu teria que fazer a patente di guida italiana mesmo se não for ficar na Itália no ano que vem (o permesso di soggiorno para estudantes vale somente 1 ano)?
    Nas auto-escolas do Brasil eles não entendem o que quero dizer e já começam a passar o preço das taxas.
    Se alguém puder me esclarecer, agradeço antecipadamente.

  6. Oi Paola, tudo bem?
    Se voce eh residente ha mais de um ano consecutivo na Italia, a PID nao serve mais para voce.
    Acho que o melhor que voce tem a fazer eh esclarecer o fato na Italia (afinal eh a Italia que vai dizer se aceita o seu documento como valido ou nao).
    Sugiro que voce va ate uma autoscuola para confirmar. Ou pode contactar diretamente a motorizaçao da sua cidade.
    Se resolver tirar a carteira aqui (voce vai precisar mesmo?) prepare-se para estudar bastante para o exame escrito e desembolsar pelo menos 500 euros. Boa sorte!

  7. Eu também tenho o mesmo problema da Paola. Ja me informei no Brasil, aqui e em uma scuola guida perto de casa e é verdade: tenho que refazer tudo!

    Como funcionam os exames? Meu namorado disse que na época dele tinha muita pegadinha, mas agora mudou um pouco, as perguntas sao bem objetivas. E o exame pratico? E’ como no Brasil, com aqueles simpaticissimos examinadadores do Detran ou os examinadores sao como devem ser?

  8. @Juliana
    Bem, eu estudei como uma maluca para a prova teorica, que era o que mais me preocupava e felizmente passei de primeira.
    A parte pratica eh tranquilissima, especialmente se voce ja dirige. Fiz umas 2 aulas tambem so para me acostumar com as preferencias e pegar os truques do dia do exame.
    Na autoscuola eles te ensinam tudo, tem ate aulinha teorica para voce seguir, ja inclusa no preço para tirar a carta. Recomendo: ou frequente as aulas ou estude, de preferencia os dois juntos. Voce vai ter que virar expert sobre a sinalizaçao, que eh bem diferente do Brasil.

  9. A prova teorica no Brasil é facil, né? Espero que aqui nao seja dificil… mas como voce me disse que estudou como louca, começo a me preocupar… bom, talvez voce tenha estudado tanto com medo de nao passar e ter que pagar de novo (em euros!) ou entao porque tinha medo de se confundir com a sinalizaçao brasileira…
    Bom, eu dirijo, mas sou muito insegura. Acredita que so aqui na Italia dirigi em uma autostrada? No Brasil dirigia em estradas que sao como as provinciais/regionais daqui… mas sempre com medo de caminhao, onibus. Aqui nao, até na Salerno-Reggio Calabria tive menos medo (o medo maior era alguém me pegar sem carteira italiana). E aqui também tem truquinho de como fazer baliza e dirigir para o exame?
    Nossa, mesmo ensinando tudo, tendo aulas e mais aulas, tem gente que faz cada barbeiragem…

  10. @Juliana
    Estudei como louca porque a patente me servia rapido e se nao passasse na prova teria que esperar um mês só para poder refaze-la. E depois outro mes para a parte prática.
    No Brasil era realmente fácil a parte teorica. Quando você se inscrever a autoscuola eles vão te dar um livro de estudo e tem modelos de teste. Faz uma das provas sem estudar e vê o resultado. Se for bom, não precisa estudar tanto. Agora se você acertar menos da metade, é melhor estudar bastante…
    Também sou daquelas que se orgulha em ter tirado a carteira de motorista de primeira, seja no Brasil ou na Italia… hehehe… tanto em provas teoricas como praticas.

  11. Eu também tirei carteira de primeira, no Brasil. Espero que seja assim aqui na Italia também. E no dia que fiz o exame, era a unica que nao tinha pagado uns extras.

  12. @Juliana
    Na minha auto-escola acho que não trabalhavam com a opção pagar um uns extras. Ou pelo menos não me ofereceram. Vai ver que tenho cara de cdf. rs!

  13. oi, fui hoje me informar no detran daqui da minha cidade e me disseram que a validade da PID será a mesma da minha CNH brasileira.. (que é para jan 2010), portanto menos de um ano de eu fixar residencia na Italia (que será em abril)..
    alguem tem informaçoes a respeito.. nao sei se compensa fazer a PID.. ou nao..
    obrigada..
    Flavia

  14. @Flavia

    Depende de uma serie de variaveis: quanto tempo voce pretende ficar na Italia? Pretende comprar um carro assim que chegar por aqui? Quando voce vai chegar na Italia?

    Honestamente eu so fui começar a usar carro com frequencia depois do primeiro ano e meio por aqui.

    Se voce precisa de um carro imediatamente e for chegar na Italia em julho de 2009 pode valer a pena fazer a PID, depois voce tira a carteira de motorista na Italia, mas sem o desespero de ter que fazer as pressas.

    Depois devo te dizer que nao tenho certeza se a PID vale para sempre por aqui. Tenho a impressao que vale so durante o primeiro ano como residente na Italia, depois de qualquer modo voce deveria tirar a carteira italiana.
    Cheque e depois conte aqui para gente!

  15. oi eu gostaria de uma informaçao, estou na italia fazem 8 meses e sempre dirigir com a PID mas minha PID è valida ate janeiro de 2010, e eu estava sem permesso di soggiorno mas agora estou e agora em novembro pego minha residencia compensa eu pagar para retirar outra PID no ano que vem e assim eu tenho tempo para tirar a patente italiana e serà que eu posso andar com a PID o proximo ano.

  16. Vinicius,
    Até onde eu sei, a PID é válida exclusivamente pelo primeiro ano em que você mora na Italia. Depois precisa de carteira de motorista italiana. Se a lei não mudou, é essa a regra, que você pode confirmar em uma autoscuola qualquer.
    Se você pretende dirigir já em janeiro, está atrasado porque o processo para tirar carteira de motorista é longo. Veja isso logo!

  17. eu moro na italia a 2 anos e tenho patente italiana .posso dirigir aqui no brasil . nao tenho habilitacao brasileira . Aguardo resposta

  18. eu passei no exame de teoria nao foi dificil , nao tinha medo do exame de percurso mas o instrutor me assustou e eu nao tinha nem coragem mais de pegar o carro , acabei brigando com ele . pq eu nao queria q ele viesse ensinarme a dirigir
    ele se ofendeu , entao dai começou uma ntipatia entre eu e ele. tive o primeiro exame de percursso nao via nada nao sentia nada era totalmente nervosa q fiquei como uma pesoa deficiente… continuei gastando dinheiro na auto escola e chegou o outro exame fui reprovada de novo , agora tenho q fazer td de novo ,eestou morrendo de medo da teoria , estou em panico.diz algo para ei conseguir me acalmar . bjos mto obrigada.
    zilda.

  19. Zilda,

    O importante é que você consiga manter a calma e a tranquilidade. Tirar carteira de motorista não é nenhum bicho de 7 cabeças. Se você não se sente confortável nessa autoscuola, procure uma outra.

    Se você já demonstrou ser capaz de superar a prova escrita uma vez, com certeza tem toda a capacidade de repetir o sucesso. Se você já dirigia antes, simplesmente haja automaticamente. Afinal, dirigir é uma atividade bem automática, não é?

    Quando eu fiz a prova prática, disse para o instrutor: olha, eu também tenho a carteira de motorista brasileira e já dirijo há 10 anos. Ele ficou mais tranquilo e tudo correu bem.

    Se você não tem muita experiência prática, peça para alguém da tua família te ajudar.

    De qualquer modo, mesmo já sabendo dirigir eu fiz cerca 10 aulas. Isso porque o instrutor te explica os truques da prova: por exemplo na hora de estacionar. Eles esperam que você siga um certo modo, que é diferente do que aprendi no Brasil, por exemplo.

    No Brasil eu sempre aprendi a dirigir olhando sempre através dos espelhos, aqui me disseram que se na hora de estacionar eu não girasse o pescoço para olhar para trás, seria reprovada. São métodos diferentes para resultados iguais.

    Um outro conselho: não vale a pena fazer inimigos exatamente com quem te ajuda a superar uma avaliação ou qualquer outra coisa que te sirva. Não precisa ser servil e nem puxar o saco, basta manter uma boa relação. A gente não precisa ser amigo de todo mundo, mas o respeito deve sempre existir. E lembre-se que muitas vezes as ações das pessoas ao nosso redor refletem a nossa ação. Se você tratar bem uma pessoa que está tendo um xilique, a tendência é que essa pessoa se tranquilize e te trate bem.

    Boa sorte, estou torcendo por você.

    Abs

    Barbara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here