A maioria dos turistas brasileiros, quando decide de vir a Italia, visita pelo menos duas cidades: Roma e Florença. São os destinos históricos que reúnem tradição pela arte, pela beleza, pela unicidade. Florença é a cidade que se deve visitar pelo menos uma vez na vida. Daí surge uma das questões mais frequentes que recebo: onde posso me hospedar em Florença?

Se você viaja com crianças, sugiro que leia essas dicas de hotéis para famílias em Florença .

A próxima pergunta é:  dentro ou fora do centro histórico?


 

Hotéis no centro histórico de Florença

Os hotéis no centro histórico são indicados para quem gosta de fazer tudo a pé. Repare que a área central de Florença é no entanto bastante ampla. Se o seu amigo se hospedar na Via Nazionale e você em Santa Croce, não é que vocês estão exatamente a 5 minutos de distância. Mas nada que uma boa caminhada não resolva.

Já para quem viaja de carro, hospedar-se no centro não é exatamente fantástico porque a maioria dos hotéis fornece estacionamento cobrado a parte e a diária do estacionamento custa bem caro. Além disso, muitas áreas são para circulação exclusiva de pedestres ou carros autorizados e você pode nem conseguir chegar com o carro  até o hotel ou então levar uma bela multa. Vale lembrar que os táxis chegam onde os carros normais não tem autorização, viu?

Vista do Rio Arno com a Ponte Vecchio ao fundo
Vista do Rio Arno com a Ponte Vecchio ao fundo

Ponte Vecchio – Piazza della Repubblica – Piazza Ognissanti

Uma das áreas consideradas mais “nobres” para reservar um hotel é nos arredores do Ponte Vecchio. Explico: você se hospedará no coração de Firenze, a dois passos do Duomo, da Piazza Signoria e da Galleria degli Uffizi, do Rio Arno, Palazzo Pitti ( Giardino di Boboli, Galleria Palatina) da Piazza della Repubblica… Para quem desembarca na estação de trem, é possível chegar ao hotel pegando um taxi (cerca 10 minutos) ou a pé (cerca 15 minutos, para quem não tem muita bagagem). Se hoje eu tivesse que reservar um hotel em Firenze, começaria procurando nos arredores do Ponte Vecchio.

Quem quer vista para o Arno e está podendo, pode se hospedar no St. Regis (Piazza Ognissanti), um dos hotéis 5 estrelas mais luxuosos de Florença e onde a rainha do pop Madonna recentemente se hospedou e gravou o seu vídeo “Turn up the radio”.

Uma opção um pouco mais em conta em sempre com vista é o Hotel degli Orafi(Lungarno Archibusieri), um 4 estrelas às margens do Arno. E para quem gosta de redes de hotéis tem também o NH Porta Rossa(Via Porta Rossa), um 4 estrelas entre a Ponte Vecchio, a Piazza della Repubblica e a Piazza della Signoria.

Para quem procura atendimento de qualidade, boa localização e preços acessíveis (para os padrões fiorentinos), vale a pena dar uma olhada no B&B Emozione Fiorentine (Piazza della Repubblica): em geral quem se hospeda lá adora e recomenda aos amigos.

Piazza Santa Maria Novella

É uma das praças mais bonitas de Florença e muito bem localizada: fica atrás da estação de trens Santa Maria Novella e em frente a Basílica de Santa Maria Novella. É comodíssima para quem pretende fazer várias viagenzinhas de trem e ao mesmo tempo está a 5 minutos a pé da Piazza della Repubblica. A praça foi recentemente restaurada e por lá pipocam vários hotéis interessantes.

O JK Place é o mais moderninho e modaiolo: embora seja um hotel 5 estrelas pequeno, está em todos as listas de melhores hotéis graças ao seu design e estilo. Outras três opções são o Hotel Santa Maria Novella, um 4 estrelas ao lado do JK Place, o Hotel L’Orologio, também 4 estrelas e o Grand Hotel Minerva um outro 4 estrelas com piscina panorâmica.

Piazza Santa Maria Novella (vista do terraço do Hotel Minerva)
Piazza Santa Maria Novella (vista do terraço do Hotel Minerva) – lá no fundo, o Duomo

Duomo

A catedral de Florença chamada pelos italianos de “Duomo” é o cartão postal da cidade. Por aqui passam centenas de turistas diariamente durante os meses quentes do ano (em geral entre abril e outubro) e você vai escutar dezenas de línguas diferentes em poucos metros quadrados.

Essa é considerada uma área nobre em Florença, bastante segura, mas pode ser um pouquinho barulhenta por isso é sempre melhor optar por um quarto em um andar alto ou quem sabe com janelas a prova de ruídos.

Outras dicas: os apartamentos do Granduomo (Piazza Duomo) ou no Palazzo Gamba (Via Martelli).

Já quem prefere o estilo clásico de um hotel completo com todos os serviços a dica é o Hotel Brunelleschi (4 estrelas, Piazza S. Elisabetta), que fica em um praça a 1 minuto da catedral: tenho amigos que sempre que vêm a Florença se hospedam lá e eu mesma já fui algumas vezes almoçar ou jantar nos restaurantes deste hotel.

Quem faz questão da localização privilegiada, mas tem o budget limitado, a dica é o B&B a Florence View (Piazza S. Giovanni).

Via Nazionale – Mercado de S. Lorenzo – Igreja de S. Lorenzo

A Via Nazionale fica em frente a estação de trem Santa Maria Novella. Lá existem vários pequenos hotéis, bed & breakfast e affitta camere com preços baixos. É uma área um pouco mais tumultuada e menos bela, mas pode valer a pena se você conseguir aquela super oferta. Ao lado da Via Nazionale tem o mercado central de frutas, verduras e com restaurantezinhos para um almoço rápido divindindo mesa com desconhecidos.

Uma opção de hospedagem bastante econômica é o Albergo Bencidormi (1 estrela, Via Faenza): no entanto vale lembrar que o hotel fica no primeiro andar e não tem elevador. Outra dica de hospedagem barata em Florença é o Alloro B&B (Via del Giglio).

Fortezza da Basso

A área da Fortezza é especialmente indicada para quem viaja a Florença para participar de eventos na Fortezza da Basso. Obviamente, um turista normal também pode se hospedar lá, afinal a Fortezza é bem próxima a estação de trens Santa Maria Novella e não muito distante de outras áreas interessantes como a Piazza Indipendenza. No entanto, fica um pouco mais distante das principais atrações turísticas, mas se você está acostumado a caminhar bastante isso não será um problema para você.

Uma opção de hospedagem bastante econômica é o Atelier Cosseria (Via Cosseria).

Santa Croce

Nos arredores da Santa Croce é também possível encontrar hotéis a bom preço. A região é famosa por conter um grande número de lojas de casacos e bolsas em couro, sem falar é claro da Igreja de Santa Croce de 1294 onde foram enterrados toscanos famosos como Michelangelo ou Galileu (visitar a igreja com um guia turístico é muuuuuito mais interessante). Pode valer a pena como segunda ou terceira de área para procurar um hotel.

Piazzale Michelangelo

O Piazzale Michelangelo é conhecido pela vista panorâmica espetacular para o centro de Florença. Nos arredores do Piazzale Michelangelo estão algumas atrações turísticas como o Giardino dell’Iris e o Palazzo Pitti.

Na minha modesta opinião só tem sentido se hospedar nessa área se for para escolher uma daquelas imponentes casas de luxo – que os italianos chamam de Villa – como por exemplo a Villa La Vedetta (5 estrelas, Vle. Michelangiolo) ou o Grand Hotel Villa Cora (5 estrelas, Vle. Machiavelli). Atenção: dependendo da época, nessas vilas é possível encontrar preços iguais aos de  hotéis de categoria inferior nos arredores do Duomo, por exemplo.


 

Hotéis fora do centro histórico de Florença

Careggi

É indicada para quem vai fazer algum tratamento ou visitar algum paciente nos arredores do Hospital de Careggi. Se você está procurando um hotel fora do centro histórico, na minha opção existem áreas melhores…

Campo di Marte

É uma boa opção: não fica muito distante do centro histórico de Florença, é próxima ao estádio da Fiorentina e ainda por cima existe uma estação de trem que te leva em 7 minutos até a Santa Maria Novella ou diretamente para outras cidades bacanas da Itália. É uma área residencial, não é facilíssimo encontrar estacionamento, mas você pode ir lá de carro sem problemas.

Rifredi

É uma alternativa válida: lá existe uma estação de trem que te leva até a Santa Maria Novella em apenas 5 minutos. É também uma área residencial, mas ao contrário de Campo di Marte possui menos atrativos.


 

Procurando um albergue da juventude?

terraço do Hostel Plus Firenze com vista panorâmica
terraço do Hostel Plus Firenze com vista panorâmica

Fiz uma lista dos 5 melhores albergues de Florença, ideais para quem está aberto a novas amizades durante a viagem.

 

 Se você já esteve em Florença conta pra gente onde se hospedou e qual sua opinião sobre a sua estadia. Suas dicas e conselhos são preciosos para outros viajantes!

*Observação: o artigo original foi escrito em 28/07/2009 e atualizado pela última vez no dia 12/11/2015 com informações fresquinhas para você.

76 COMENTÁRIOS

  1. Para quem viaja mochilando, tem pouca grana e/ou gosta de conhecer gente, uma boa alternativa é o Hostel Santa Monaca. Fica do outro lado do Arno, mas ainda dentro do centro histórico, nas proximidades do Palazzo Pitti e da S. Maria del Carmine. Os mais dispostos fazem dali todos os passseios a pé, mas há transporte de ônibus para todo canto (o passe de dez viagens é o mais econômico). O hostel está instalado num antigo convento, e permite cozinhar, em boas instalações, estando ao lado de um supermercado.
    []s Rogerio

  2. estive algumas vezes em Firenze, e sempre fico hospedado no o Hotel Albani Firenze.
    os preços deles são interessantes, e quase sempre tem promoção.
    alem de ele esta localizado nunhuma rua bem calma.
    Ele fica próximo da estação de caminhos-de-ferro de Santa Maria Novella.

  3. As dicas são boas…
    em Janeiro estarei por em Firenze, posso deixar para escolher um Hotel para ficar quando chegar lá ou é melhor ja reservar antes?

    Abraços!!

  4. @Anonimo
    Janeiro eh baixa estaçao em Firenze (desde que voce nao escolha a semana do Pitti Uomo (12 a 15 de janeiro de 2010) e Pitti Bimbo (21 a 23 de janeiro de 2010).

    Voce provavelmente vai conseguir otimas tarifas, pode ate reservar antecipadamente online ate por comodidade de nao ter que ficar girando procurando hotel quando chegar (perguntando preço, especialmente se nao fala bem o italiano)…

  5. valeW pela dica!!
    sabe me indicar um site para fazer boas reservas?
    Grato!!

  6. Estarei em Firenze em abril e por estar de carro e saber que dirigir em Firenze é complicado , estou desejando me hospedar me em Prato e/ou Calenziano .Esta certo meu raciocinio? Abraco.
    Evandro

  7. Pode ser uma boa ideia, especialmente se em Prato o seu hotel for perto da estaçao de trem. Assim voce pode pegar o trem para ir ate o centro de Florença, visita a cidade e depois continua o seu percurso pela Toscana.

    Faça o sul da Toscana, tipo Cortona, aquela area la… eh incrivel.

    Boa viagem!

  8. Muitissimo obrigado .
    Estava pensando em ir de carro ao centro de Florenca mas vc deu me uma boa dica em utilizar o trem .
    Posso tb deixar perto da estacao em Prato ok?

    Ficarei 15/16/17 e 18/04 na Toscana e a principio ficaria em Firenze ,Lucca Pisa e Siena .

    Penso nestas cidades e gostaria da gentileza de sua opniao .

    Grato

    Evandro

  9. Bom dia pessoal do Brasil na Italia,, desculpe me perturbar vcs novamente .
    É que mudei de ideia e nao mais ficarei em Prato.
    Resolvi entrar em Firenze e hospedar me no bairro de Coverciano.
    Ha hoteis de bom custo beneficio e ganharei tempo .
    Esse bairro é perto do centro ok?
    Abs

    Evandro

  10. Oi Evandro,
    Coverciano eh a area onde a nazionale de futebol italiano treina. 🙂 Fica relativamente perto do centro: voce pode chegar em cerca 20 minutos de onibus. A parte boa eh que voce esta proximo a saida da Autostrada A1 e pode estacionar o carro com relativa tranquilidade (atençao ao dia da lavagem da rua!)

    Se vc quiser outras dicas de roteiro, consulte tb o outro blog que escrevo para a Regiao Toscana:
    http://www.turismo.intoscana.it/allthingstuscany/aroundtuscany/

    abs,

    Barbara

  11. Barbara ,muito obrigado.
    Chegarei dia 15/04(giovedi) e retiro me dia 16/04 (verdi).
    Nao entendi esse negocio de lavagem de rua?
    Vc sabe que dia que é ?
    Grato

    Evandro

  12. Evandro,
    Na Italia a limpeza das ruas eh feita por caminhoezinhos que passam e limpam ruas e calçadas. No dia em que passa esse caminhaozinho eh proibido estacionar em determinado lado da calçada (se vc estacionar, leva uma multa de 36 euros).
    Cada rua tem o seu dia de limpeza que pode ser 1 vez por semana, 1 vez por mes, a primeira e terceira quarta-feira do mes… Existe um cartaz com as indicaçoes.
    Bem, 36 euros nao eh nada de gravissimo que vc se arranca os cabelos. Mas eh melhor evitar, ne?

  13. Barbara , mais uma vez muito obrigado.
    Vou tomar cuidado pois ja tomei multa em Verona chegou depois de um ano e foi um problemao paga la aqui no Brasil.
    Vou ver seu blog ,ficarei em Florenca,Lucca,Pisa e Siena.

    Abracao

    Evandro

  14. Barbara , boa noite !!
    Afinal, vc sabe se e necessaria a carteira de habilitacao internacional?
    Uns dizem que é outros dizem que nao ,apenas sei que hoje é carissimo tirar o docto.
    Eu tirei anos atras era super barato .
    Abs

    Evandro

  15. Evandro
    Eu tenho a sensaçao que essa habilitaçao internacional nao eh necessaria, pelo menos ha uns 4 anos minha familia quando vinha alugava sempre carro e ninguem nunca tirou essa carteira. Nao sei dizer se foi sorte ou se nao precisa mesmo.
    Acredito que 80% dos brasileiros que fazem turismo na Europa nem sabem que existe essa carteira internacional… Se tiver tempo, ligo para uma empresa para me informar melhor.
    abs,
    Barbara

  16. Barbara ,bom dia !!
    Querida vc pode indicar me restaurantes onde sirvam boas saladas nosso prato preferido?
    Quando estive na Italia em 2007 sofri um pouco com os restaurantes que fecham muito cedo em comparacao a Sao Paulo. Para o jantar é necessario reservas em todos eles?
    Barbara , alem de Firenze irei ficar 5 dias em Volterra e de lá explorarei a Toscana.O que acha?

    Abracao e desculpe me com tantas perguntas.

    Obrigado

    Evandro

  17. Oi Evandro,
    Eh verdade, na Italia os restaurantes fecham cedo. Depois das 23, dificilmente voce consegue entrar em um restaurante (as vezes ate antes!).
    Não é necessário reservar em todos, alguns não aceitam reservas (em geral os mais informais e que estão sempre lotados). Por via das dúvidas, telefone antes.
    Volterra é uma ótima opção, uma cidadezinha muito simpática e que se tornou famosa nos últimos meses graças a série Twilight.
    Quanto ao restaurante com salada… putz, essa vc me pegou! Eu dificilmente vou em restaurante comer salada, para falar a verdade. O menu dos restaurantes na Italia também costuma variar de acordo com a estação do ano porque em geral servem pratos com ingredientes locais. Passa lá no blog da minha amiga Tuscanycious e pede dicas pra ela: http://www.tuscanycious.com
    abs,
    Barbara

  18. Barbara , boa noite !!!
    Ajude me por favor..
    Estarei em Florenca em 15/04 e ficaria num Hotel em Ccoverciano pois receio dirigir no Centro historico pois no passado tomei multas em Verona e apnas no Brasil recebi e foi um parto para paga las.
    Ocorre que o Hotel que ficaria (D'Anunzzio)esta em reforma e nao ficou pronto e ofereceram me 3 opcoes com parking etc sem custo extra e optei pelo HOTEL OGNISSANTI Via Maso Finiguerra .
    O problema é que tenho medo de multas ao adentrar no Centro Historico para guardar o carro . Estarei mehlor localizado ?Qual cuidado que devo tomar para obedecer a proibicao.?

    Obrigado de coracao.

    Evandro

  19. Evandro,
    A Via Maso Finiguerra eh em pleno centro ao lado da estaçao e a vantagem eh que vc estara mais proximo de tudo. (Alias, na Maso Finiguerra ficam as principais locadoras de carro de Firenze).

    Eu recomendaria que vc nao girasse o centro de carro para evitar cometer uma gafe como a deste cidadao ( http://www.youtube.com/watch?v=fLtgxq8wgAw )hehehe

    De qualquer modo, em geral os hoteis no centro registram a placa do seu carro no dia da sua chegada e no dia da sua partida para evitar que vc leve multas. Esse registro eh uma especie de autorizaçao especial para andar de carro no centro e vale apenas por um par de horas. Confirme com o seu hotel se eles fazem esse registro. E viaje tranquilo.

    abs

    Barbara

  20. Risos, vi o filme.
    Barbara irei pegar o carro no aeroporto (ja aluguei)e levarei um GPS .
    Irei diretamente para o estacionamento do Hotel e de la saio em direcao a Volterra, apenas isso.
    Pelo que entendi para esse acesso nao devo atrapalhar me ok?
    Meu hotel registrara sim minha placa.
    Barbara parece que nessa troca sai ganhando ,pode ser?

    Mais uma vez agradeco sua atencao .

    Abs

    Evandro

  21. Oi Evandro,
    hahaha.. Nao confie muito nos GPS porque eles não são super atualizados com as ruas de Florença, especialmente porque os sentidos de ruas mudaram ultimamente graças a reforma para a nova Tramvia.

    Mas segue o fluxo, como diria meu amigo, que dá tudo certo. 🙂

    Boa viagem. E depois mande uma fotinho pra gente ver! Ou escreva um twitter para @tuscanytips dizendo onde vc está que eu vou lá te entrevistar para saber o que vc tá achando da viagem… hehehe

  22. Barbara , com certeza ja sofri com GPS inclusive em Florenca onde eternamente existe reforma e trechos interditados.

    Desculpe me incomoda la com questionamentos porem tenho trauma de multas na Italia ,pois apenas em Verona tomei 3 em 2007, é mole.

    Apenas a ultima pergunta Barbara, vc sabe dizer me se para chegar nesse hotel http://www.hotelognissanti.com ja etarei em area proibida ou passarei em cancela algo assim.?

    Seria um prazer estar com vcs Barbara .
    Deus permitindo, dia 15 as 13hs ja desejo estar nos calcados de Firenze…

    Abracao e ais uma vez meu muito obrigado.

    Evandro

  23. Olá.
    Estou planejando uma viagem para outubro. E gostaria de retornar a Florença. Da última vez fiquei hospedada em Lucca. Pretendo correr de carro Florença, Lucca, Pisa, Chianti, Siena, San Gimignano, Cinque Terres. Onde seria melhor hospedar-me?
    Att.
    Fernanda

  24. Oi Fernanda,
    Florença eh a cidade mais central do seu roteiro, mas eu particularmente me hospedaria em algum lugar nos arredores de Siena ou San Gimignano e aproveitaria para descobrir a parte sul da Toscana. Voce pode visitar a arvore do amor em Lucignano, a cidade do pecorino em Pienza, explorar Bagno Vignoni, uma cidade classica da Via Francigena com aguas termais, visitar Arezzo (a cidade do filme A vida eh bela), Cortona (a cidade do filme Sob o Sol da Toscana…).
    Espero nao ter te confundido ainda mais! beijos Babi

  25. Olá Barbara,
    Gostaria de tirar uma dúvidas mas estou vendo que o último post foi em Outubro.
    Está td bem?
    Posso enviar minhas dúvidas?
    Abraços
    Eduardo

  26. O ultimo post em outubro? Nao entendi… O blog continua sendo atualizado frequentemente…

  27. Desculpe , quis dizer o último comentário aqui.
    É o que aparece para mim.
    Mas td bem!
    Deixa então eu te falar: Estarei em Roma de 28 de Abril a 03 de Maio. Daí começa a surgir a minha dúvida.
    Alugo um carro e vou para Florença de carro ou vou de trem?
    Tenho uma semana para ficar na região ae de Florença.
    Faço tudo de trem?
    ou alugo carro ae?
    Não conheço a cidade mas falam que é dificil a locomoção de automóvel, verdade?
    E os passeios a Lucca , Piza e Veneza? podem ser feitos de carro ou e melhor de trem?
    Vou ficar no Hotel Berna, em frente à estação de Santa Maria Novella.
    Abração
    Eduardo Rollo

  28. Desculpe , quis dizer o último comentário aqui.
    É o que aparece para mim.
    Mas td bem!
    Deixa então eu te falar: Estarei em Roma de 28 de Abril a 03 de Maio. Daí começa a surgir a minha dúvida.
    Alugo um carro e vou para Florença de carro ou vou de trem?
    Tenho uma semana para ficar na região ae de Florença.
    Faço tudo de trem?
    ou alugo carro ae?
    Não conheço a cidade mas falam que é dificil a locomoção de automóvel, verdade?
    E os passeios a Lucca , Piza e Veneza? podem ser feitos de carro ou e melhor de trem?
    Vou ficar no Hotel Berna, em frente à estação de Santa Maria Novella.
    Abração
    Eduardo Rollo

  29. Carro ou trem… sao dois estilos de viagem diferentes. O carro eh melhor para explorar a Toscana como territorio, parar em viniculas, pequenos borgos medievais. O trem eh melhor para vc nao se preocupar com roteiro, estrada, radares de velocidade, no semaforo. Para explorar Florença nao eh preciso um carro, da para fazer tudo a pe. Lucca, Pisa e Veneza sao facilmente acessiveis via trem.
    Espero que curta a viagem. Tenho pouco tempo para responder todas as mensagens por isso criei um site especifico para estimular as respostas pela comunidade de brasileiros que viajam pela Italia. Se chama http://perguntapro.brasilnaitalia.net
    Passa la e pode fazer mil perguntas. Alguem vai te responder (espero!)
    Boa viagem!
    Barbara

  30. Pessoal,
    Estarei em Florença, de carro, entre os dias 12 e 15 de outubro. Como eu escutei falar que é super dificil de encontrar hotel com estacionamento, e dos hoteis que eu encontrei, o estacionamento é uma fortuna, queria saber qual é o melhor local em que eu possa me hospedar de forma que eu consiga parar o carro e ir ao principais pontos turisticos da região através de um transporte publico de fácil acesso?

  31. Voce pode por exemplo se hospedar na area de Campo di Marte ou Coverciano, por exemplo.

  32. Oi Bárbara,
    Vou de lua de mel pra Italia e vou ficar 5 dias na Toscana. GOstaria de ficar em algum hotel ou pousada na zona rural. QUal cidade vc me sugere?
    Obrigada!!

  33. estarei na Italia em setembro/2012.Desta vez,pretendemos conhecer um pouquinho da Liguria, inclusive , claro, Cinque Terre e continuar descendo rumo a Sicilia.Logico que antes,percorrer algumas cidadezinhas
    da Toscana.Seria o maximo conseguir alugar uma casinha pequenina,tipica
    ou até mesmo algum hotelzinho bem simples.
    Voce tem alguma dica,já estou procurando bastante mas….
    muito obrigada

  34. Oi Bárbara,
    Muito legal suas dicas…eu estava um pouco perdida, mas está me ajudando bastante…..Vou para Milão, Florença e Siena no fim de maio! estava pensando em ficar 05 dias em Milão, 4 em Siena e 4 em florença. Você acha que são muitos dias em Florença e Siena?
    Obrigada

  35. Oi Karina, tudo bem?
    Eu particularmente sou adepta ao slow travel e detesto ficar mudando de hotel a cada 1-2 dias por isso acho que a sua escolha foi perfeita.
    De Siena você pode explorar várias cidadezinhas nos arredores e, Florença, embora tenha um pequeno centro histórico, possui uma série de atividades que você pode curtir nesses 4 dias.
    Acho que para conhecer o verdadeiro espírito da Toscana é preciso ficar alguns dias, é impossível para aqueles turistas que ficam 1 dia em Florença na maior correria.
    Venha, curta a primavera que é uma das estações mais bonitas do ano e boa viagem! Qualquer coisa estamos aí… abs Barbara

  36. Barbara

    pretendo ficar no hotel Ambasciatori. É um bom hotel? ao menos parece mais novo. pensei tambem no Hotel balestri. Qual sua opiniao?

    abraço

    andre

  37. Oi Andre,
    Os dois parecem ser bons hotéis, com estilos diferentes: um mais clássico o outro moderno. Depende do seu gosto pessoal. Sugiro que dê uma pesquisada na opinião de quem já se hospedou em cada um dos hotéis, melhor a seção de opinião do próprio site do booking porque só opina quem realmente se hospedou lá.
    Abs,
    Barbara

  38. Oi Barbara! Estou indo pra Itália e ficarei 3 noites em Florença. Meu trem chega em S.M.novella às dez da noite. Pelo horário é melhor ficarmos próximo à estação ou a locomoção via táxi ou onibus a essa hora é tranquila? obrigada, Mariana

  39. Oi Mariana, tudo bem?
    Depois das dez a quantidade de ônibus e táxis diminui bastante. Para evitar problemas, eu sugiro um hotel próximo a estação, quem sabe na Via Nazionale, que é ali pertinho e você pode chegar a pé.
    Não esqueça de enviar uma mensagem para o seu hotel informando que você chegará tarde. Isso é muito importante porque algumas recepções não ficam abertas até essa hora, especialmente em hotéis de categoria inferior a 3 estrelas.
    Um abraço e boa viagem!
    Barbara

  40. Oi Barbara

    Parabéns pelo blog, excelentes dicas!

    Preciso de um help, cada um fala uma coisa e já não sei mais o que fazer, heheeh. Bom, o que você acha, é que pretendo pegar um carro saíndo de Roma, passar em algumas cidades no caminho (San Giminiano, Pisa, Livorno) até chegar em Florença, onde ficaria por alguns dias e de la seguiria para Milão e depois para Veneza, a princípio pernoitando em Verona.

    A questão é, vale a pena fazer essa viagem de carro, ou devo fazer de trem??? É que estou achando que seria muito trem para pegar e perderia bastante tempo chegando com antecedência nas estações, saindo depois delas…. Em compensação, em Florença e Milão creio eu que o carro ficaria na garagem parado ($$$)

    Obrigado desde já!

    abs,

    Marcos

  41. Oi Marcos,

    Uma viagem de carro é totalmente diferente de uma viagem de trem. Com o trem você fica preso a um horário a respeitar e, se por um lado não tem preocupação com radares (autovelox), estacionamento e o fato de dirigir (tem quem ame e quem odeie), do outro terá que se preocupar com os deslocamentos até a estação, carregar mala para cima e para baixo, depender de eventuais atrasos dos trens.

    Eu já fiz uma viagem semelhante de carro há uns 7 anos e foi ótima. O carro só fica parado mesmo em Florença e em Roma (que tem um trânsito incrível, é melhor usar o metrô e transporte público). Em Milão você pode usar o carro tranquilamente porque a cidade é maior.

    A grande vantagem do carro é que você pode visitar cidadezinhas que não veria de outro modo. Por exemplo, além de Siena e San Gimignano você pode parar no meio do caminho, tirar foto em um vinhedo, fazer uma degustação, visitar um pequeno burgo no alto da colina (onde dificilmente chegam os trens)…

    Se você decidir ir de carro meu conselho é de parar menos tempo em cidades onde não pode usar carro e aproveitar para conhecer lugares de difícil acesso com o transporte público. Assim da próxima vez você faz um itinerário com trens… 🙂

    Depois me conta o que decidiu,

    Abs,

    Barbara

  42. Barbara

    Obrigado pela pronta e completa resposta!!!! Pode deixar, depois conto o que decidi. Estou aproveitando outras informações do seu blog. Mais uma vez, parabéns.

    Abs,

    Marcos

  43. Olá Barbara, tudo bem?

    Parabéns pelo site.
    Gostaria da sua opinião sobre o roteiro que montei e, se possível, sugestões.
    Serão 11 noites em FEVEREIRO/2013, chegando em Milão e voltando por Roma….Pensei assim:
    2 noites Verona, pois desejo conhecer Pádova
    2 noites em Veneza
    3 noites em Florença…para conhecer cidades próximas a ela…
    4 noites em Roma
    Como não estamos a fim de dirigir muito, pensei em pegar carro só em Floerança para conhecer a região…e o resto seria de trem mesmo…
    Assim, solicito suas valiosas sugestões como o que conhecer na região de Florença entre outras dicas que achar pertinente.

    Muito obrigada,
    abs.
    Lana

  44. Oi Lana, tudo bem?
    O roteiro está ótimo e, se você quiser, aqui de Florença pode usar apenas o transporte público. Por exemplo, fevereiro é o mês do carnaval e a cidade clássica para visitar nessa época é Viareggio. Nos finais de semana acontecem desfiles nas ruas dessa cidade no litoral da Toscana e pode ser interessante experimentar uma versão diferente do nosso carnaval brasileiro. Se você vai para Viareggio, pode dar um pulo também em uma outra cidadezinha charmosa, Lucca. Ou ainda a famosíssima Pisa, que está ali do lado.

    Outras duas cidades clássicas de uma viagem para a Toscana são Siena e San Gimignano onde você chega por exemplo de ônibus (SITA é a companhia). Na internet pesquise “autobus Firenze Siena” ou “autobus Firenze San Gimignano” eventualmente adicionando a palavra “orari” para ver os horários.

    Existem também excursões de um dia para visitar as terras do Chianti, por exemplo.

    Se você quiser o apoio de uma guia turística, eu sugiro que você contacte a Deyse, eu já falei sobre ela aqui: (http://www.brasilnaitalia.net/2012/10/descobrir-a-toscana-com-uma-guia-turistica-que-fala-portugues.html)

    Acho que por hora é isso. QUalquer coisa estamos aí. abs Barbara

  45. […] Quando você ouvir falar que em Florença a arte está por toda parte, não é nenhum exagero. Não é preciso gastar euros extras com bilhetes e ingressos para apreciar certas coisas, basta ter olhos para poder apreciar tanta beleza. Confira abaixo a nossa seleção de 12 praças fiorentinas que você não pode deixar de visitar por aqui. Os números que você encontra ao lado do nome da praça não indicam a posição em um ranking de melhores, mas uma sugestão de itinerário. Ao final do artigo você encontra também um mapa para te ajudar a organizar o passeio. E se ainda não sabe onde ficar, confira nossas dicas de hotéis em Florença. […]

  46. […] A cidade que mais representa cultura em toda a Italia é Florença, em italiano, Firenze. Quando você visita Florença pela primeira vez tem a sensação de passear em uma cidade em miniatura: é muito fácil percorrer o centro histórico a pé e você se depara com uma série de atrações uma ao lado da outra. O que é absolutamente imperdível é uma visita a Galleria dell’Accademia onde está o David de Michelangelo original. Sim, é verdade que existem cópias do David espalhadas pela cidade, mas quando você vê o original é que realmente se dá conta do trabalho e talento impressionante de Michelangelo. É absolutamente a minha obra favorita. Inclua também uma visita a Galleria degli Uffizi, mas lembre-se de reservar antes para não perder horas na fila. Entre no Duomo, a catedral de Florença, e suba até a cúpula de Brunelleschi, se tiver filhos leve-os para um passeio no Museu Galilei. A lista de coisas para fazer é imensa! E se você ainda não sabe onde se hospedar na cidade da arte, confira nossas sugestões de hotéis em Florença. […]

  47. Barbara, pode me ajudar?

    Devo fazer um roteiro pela Italia em outubro.

    Em Florença quero ficar 4 ou 5 dias, fazendo bate voltas pelas cidadezinhas proximas, vou estar sem carro.

    O Hostel Plus Florence – Via Santa Caterina D’Alessandria, 16
    50129 Firenze, Italy ‎ 13 m NE , fica numa boa localizacao ?

    Obrigado.

  48. Oi Joao, tudo bem?
    Ah, eu já entrei nesse hostel por curiosidade: não cheguei a ver os quartos, mas a área em geral era bem arrumadinha e bem cuidada. A localização também é boa, você estará próximo a Piazza San Marco e Piazza della Liberta’ de FLorença, dá para ir a pé até a estação de trem (bem, tem que caminhar um pouquinho, mas em geral quem vai para o albergue está no espírito, né?) e dá para vc se mover bem.
    Aqui você encontra o link direto para o hostel, eventualmente com ofertas especiais do Booking: http://bit.ly/hostelplus e você também pode ter uma idéia sobre a área lendo este artigo:
    http://www.brasilnaitalia.net/2012/11/12-pracas-imperdiveis-de-florenca.html

  49. Barbara, estou indo morar em florença, na verdade estudar pelo ciencia sem fronteira, quero saber se há alguma dica pra aluguel de apto ou casa para estadias longas?

  50. Estive em Florença durante os dias 08 e 14/08. Eu, meu marido e meu bebê ficamos hospedados no Martelli Hotel que está na Via Panzani,8.
    Foi o melhor hotel da viagem.

    O perfeito Bom, Bonito e Barato…

    A começar pela decoração do hotel que é toda no estilo renascentista…uma coisa lindíssima…

    Os recepcionais foram muito simpáticos, falavam perfeitamente o inglês e até se interessaram em conhecer o português.
    O café da manhã é completo…tem de tudo que gostamos!! Sem falar que a funcionaria responsavel pelo café, Maria, é uma brasileira que há mais de 30 anos vive fora…8 em Florença…Super simpática…foi ótimo começar as manhãs conversando com ela…

    O hotel fica muito bem localizado, em uma rua que liga a Estação Santa Maria Novella e a praça do Duomo (florença é perfeita para se conhecer inteirinha a pé).
    Na rua existem ótimos restaurantes e barzinhos…

    Nosso quarto era ENORME… Pelo o que Maria nos contou nos deram o maior quarto do hotel (51)….Nele tinha uma cama de casal, duas de solteiro, muito espaço para o Davi correr, TV à cabo, frigobar, banheira e um mega banheiro.

    O único ponto negativo é que o acesso à internet era cobrado e bem caro: EUR 16 por 24 horas…

    Fora isto indico muito o Martelli, foi uma excelente experiência em Florença.

  51. Bárbara,

    Estou indo para Florença com um grupo de amigos e ficaremos ai 05 dias.
    Queremos conhecer Pisa, Siena e San Gimignano. O que você nos sugere?
    Abraços. Adalberto

  52. Bárbara,

    Esqueci de falar a data.
    De 03 a 08/03/13. (Carnaval no Brasil).

    Aguardo sua sugestão.

    Adalberto

  53. […] Já começam a ser divulgadas as datas dos principais mercadinhos de Florença para o natal 2013. Para você começar a entrar no espírito das festas com comprinhas de produtos típicos, objetos de artesanato,  chocolates e outras coisinhas especiais. E para você que não mora na Cidade do Renascimento, mas quer curtir a beleza da cidade na época de Natal, algumas dicas de hotéis em Florença. […]

  54. Olá! Estou indo para Florenca dia 31/01/15 para ficar até 02/03/15. Preciso ficar próximo da Universidade de Firenze pois farei estágio lá! Pode me indicar hoteis com com bom custoxbeneficio ou se é melhor alugar um apto ou flat? Obrigada

  55. Olá! Estou indo para Florenca dia 31/01/15 para ficar até 02/03/15. Preciso ficar próximo da Universidade de Firenze pois farei estágio lá! Pode me indicar hoteis com com bom custoxbeneficio ou se é melhor alugar um apto ou flat? Estou perdida em relacao aos bairros em Florença! Obrigada

  56. […] Quando você ouvir falar que em Florença a arte está por toda parte, não é nenhum exagero. Não é preciso gastar euros extras com bilhetes e ingressos para apreciar certas coisas, basta ter olhos para poder apreciar tanta beleza. Confira abaixo a nossa seleção de 12 praças fiorentinas que você não pode deixar de visitar por aqui. Os números que você encontra ao lado do nome da praça não indicam a posição em um ranking de melhores, mas uma sugestão de itinerário. Ao final do artigo você encontra também um mapa para te ajudar a organizar o passeio. E se ainda não sabe onde ficar, confira nossas dicas de hotéis em Florença. […]

Comments are closed.