Nem sempre economizar dinheiro significa fazer uma viagem pior. Às vezes você descobre como gastar menos na hospedagem para poder gastar mais em um restaurante (ou simplesmente para poder viajar mais vezes). E a coisa interessante é que em geral quem sabe organizar uma viagem não apenas economiza, mas em geral fica nos melhores lugares. Se você quer aprender como se faz, leia a dica abaixo.

(DICAS ATUALIZADAS EM OUTUBRO/2015)

Os albergues da juventude nem sempre são a melhor opção para economizar

Sim, é verdade que os albergues da juventude são uma opção muito barata na Italia, uma cama em um quarto com outras pessoas em custa em média entre € 15,00 e € 25,00. Mas mais do que uma alternativa econômica, os albergues são um estilo de viagem já que o pressuposto é que você estará aberto para fazer novas amizades e compartilhar (histórias, experiências, banheiro, quarto…).

Se por um lado os albergues da juventude estão cada vez mais sofisticados (veja por exemplo estes albergues em Florença), é melhor você conferir os serviços incluídos já que geralmente o banheiro é coletivo, existe um horário rígido para fazer o check in e check out no albergue, nem sempre lençóis e toalhas estão incluídos no preço e a privacidade é praticamente inexistente.

Já fiquei várias vezes em albergues porque queria economizar, mas também porque é o lugar perfeito quando você tem vinte e poucos anos e está viajando sozinho. Lá vai encontrar outros viajantes deste mundão com o mesmo espírito que o seu e é uma experiência incrível.

Para quem viaja acompanhado (2 ou mais pessoas), nem sempre os albergues da juventude são a melhor opção. Graças a famosa “crise italiana” hoje em dia é muito fácil encontrar uma boa promoção de hotéis 3 estrelas (às vezes até 4 ou 5!) pelo mesmo preço de um albergue da juventude. Já vi hotéis 4 estrelas que ofereciam um quarto para duas pessoas por € 50,00! Ou seja: invés de pagar 25 euros por pessoa em um albergue, você consegue um quarto confortável, com privacidade e mimos.

Onde encontrar boas promoções de hotéis na Italia

O site que não dá para deixar de consultar é o Booking.com. As opções de hospedagem são variadas: dos hotéis luxuosos, até os b&b e também simples apartmentos. Sim, agora dá para alugar apartamento e casa de férias pelo booking.

Se você não sabe muito bem para qual cidade quer ir ou não faz muita questão de uma determinada cidade, pesquise por termos genéricos como “Sicilia” ou “Toscana”, o nome dos estados italianos. Coloque o filtro com a faixa de preços que você procura.

Se hoje você não achou nada, tente de novo amanhã. É interessante, mas às vezes de um dia para outro aparece uma oferta nova. A única coisa é que quando você achar o lugar “certo”, aquele com um ótimo preço e que parece bonitinho (quanto mais opiniões de viajantes o lugar tiver, melhor), reserve na hora. Não dê bobeira porque outra pessoa pode ser mais rápida que você.

O Booking oferece já um índice de opinião dos usuários que é mais confiável que a do TripAdvisor porque foi escrita apenas por quem viajou e se hospedou no local. De qualquer modo, cheque também o que os usuários do TripAdvisor dizem antes de reservar.

Muita gente recomenda também o AirBnB,  para alugar apartamento. Mas embora eu tenha feito a minha inscrição faz tempo, nunca consegui efetivamente fechar viagem através do site. Seja porque a pessoa responsável pelo apartamento que me interessava demorou demais para me responder, seja porque cansei de procurar por um preço e depois achar um valor bem mais alto no final com mil taxas de limpeza e extras. Enfim, eu até pesquiso lá na esperança de um dia finalmente poder achar algo legal. Quem sabe no futuro?

Algumas dicas de hotéis em…

O BRASIL NA ITALIA fez uma seleção de hotéis nas principais cidades e destinos da Itália. Confira:

E você, que site usa para as suas viagens?

65 COMENTÁRIOS

  1. Em Firenze fiquei hospedada em um hotel pertinho da estação de trem e do centro histórico pela bagatela de 35 euros a diária, quarto super confortável, com banheiro e chuveiro privado, café da manhã e atendimento nota 10, Consegui pelo Expedia. Isso pq estava sozinha e a hospedagem acaba ficando mais cara.

  2. Ôba,aqui tem dicas excelentes q/ aproveitarei.Já estive em Roma,Florença,Piza,Livorno e Gênova.
    Mas,o q/ adoro mesmo são as aldeias italianas e as “nonas”.
    Arrivedercci

  3. Olá, este é um comentário de uma pessoa ansiosíssima e desesperada! Vou para Roma e florença em novembro e estou com duvidas qt às passagens de trem! Vou chegar em Roma dia 05 de novembro (vindo de paris). Dia 08 de novembro quero pegar um trem para forença e dia 11 retorno para Roma para voar p Paris. Como faço p comprar os tickets do trem? Dá p comprar em Roma mesmo, na hora?? É melhor comprar cada passagem separada ou comprar algum cartão que inclui várias viagens pela itália? Quando eu estiver em Florença quero fazer um dia p Pisa ou Siena. O que é melhor e mais econômico. Vou viajar com meu pai!! Outra coisa, qul melhor lugar para ficar em roma e florença, que seja barato. Não ligo para conforto!!
    Muito obrigada mesmoooooooooooooo

  4. Marília,
    Novembro é baixa estação aqui na Italia e, se eu não estiver esquecendo de nenhum feriado importante, você provavelmente consegue comprar as passagens diretamente aqui na Italia, sem problemas. Se você optar pelo trem rápido entre Roma e Florença (Euro Star Alta Velocità) é melhor comprar as passagens assim que você chegar na Italia. No seu primeiro dia vá até a estação central, pegue a fila e reserve tudo.
    Entre Florença e Roma existem também os trens regionais, muito mais baratos, mas que invès de 1:30 levam mais de 3 horas para fazer o percurso.
    De Florença até Pisa você vai tranquilamente com um trem regional (esse você compra até alguns minutos antes de viajar, não existe limite de passageiros) e custa uns 6 euros.
    De Florença até Siena é melhor ir de ônibus, os ônibus partem dos arredores da estação central de Florença (Santa Maria Novella) e te deixam diretamente no centro de Siena (a estação de trem Siena é um pouco longinha do centro e depois você tem que caminhar bastante ou pegar um ônibus local). O ônibus de Florença a Siena custa tanto quanto o trem.
    Sobre hotéis baratos, bem depende da oferta que você conseguir para o período. Você pode dar uma pesquisada aqui: http://hospedagem.brasilnaitalia.net e lembre-se que na Italia existem quartos de hotel com banheiro compartilhado (ou seja: fora do quarto). São mais baratos, mas tenha certeza que para você isso não é um problema. Alguns sites como o Booking.com dão o preço complexivo para a quantidade de noites que você indicou; outros dão o preço por noite. Preste atenção na hora de comparar preços e boa viagem!

  5. Outra dica importante sao os apartamentos para alugar e os bungalows em campings.
    Quando fui à Gardaland, fiquei num bungalow em Peschiera di Garda. Como era baixa temporada, pagamos 34 euros por dia. A capacidade era de 4 pessoas. O lugar era limpo, pequeno mas bonitinho, o camping tinha piscina e restaurante.
    Em Firenza, tambem fiquei num bungalow com meu marido e meus pais no Camping Internacional. Pagamos 78 euros pelos 4, deixamos o carro no camping (ja que é dificil e caro estacionar no centro) e fomos passear de onibus.
    Agora acabei de voltar de uma super viagem pelo norte da Italia e pela Toscana. Apenas nas periferia de Milao, conseguimos um hotel 4 estrelas por 68 euros o casal, pelos sites que a Barbara ja sitou. Depois, em Bellagio (Lago de Como), pegamos um apartamento super bonitinho por 110 euros, para 4 pessoas. Com cozinha preparada e banheiro com secador. Lençois, cobertas, toalhas, tudo arrumadinho quando chegamos. O lugar se chama “Il Borgo Residence”, o proprietario, Flavio, uma pessoa muito gentil. Achamos no Booking.
    Nas 5 Terras, pegamos outro apartamento e dessa vez, achamos assim que chegamos la. Tinham varias agencias na entrada de Riomaggiore oferecendo quartos e apartamentos. Esse era meio velho, mas pagamos 90 euros por 4 pessoas, com direito a garagem fechada para o nosso carro (o estacionamento publico custa 25 euros por dia e é proibido entrar de carro na cidade). So para dormir, valeu a pena.
    PErto de Lucca, gastamos um pouco mais. 75 euros num quarto duplo, mas o hotel era lindo e tinha piscina! Se chamava Villa Chelly.
    Na Isola d’Elba pagamos 65 euros por dia em um apartamento di tres quartos, com 7 lugares. O lugar era simpatico, o proprietario atencioso, a praia na frente, descendo uma escada. O carro ficou no jardim. Se chama “Residence Sottobomba” e fica a 2 km do centro de Portoferraio. Achamos pelo Booking.
    Um pouco de pesquisa e fizemos uma super viagem sem gastar muito!

  6. Desculpem os erros…

    Citou com c!

    Villa Cheli se escreve assim.

    Na periferia, sem s! Estavamos a 11 km do centro de Milao.

    A unica reclamaçao do Residence Sottobomba é que o banheiro e a cozinha eram um pouco velhos, mas tinha um rapaz que limpava todo dia, incluso no preço!

  7. OI Debora,
    Que bom que as dicas foram úteis e você fez uma ótima viagem.
    Fico muito contente que tenha passado por aqui para contar como foi e sugerir os nomes dos lugares onde você se hospedou, tenho certeza que poderá ser útil para outros viajantes.
    Se você quiser contar mais detalhes sobre a sua viagem, ou sobre um destino específico, escreva um artigo para o BRASIL NA ITALIA.
    Mande texto e fotos para brasilnaitalia@gmail.com e eu publicarei aqui no site com muito prazer. 🙂
    abs
    Barbara

  8. Oi Bárbara… muito obrigada pelas excelentes informações!!
    Eu vi no site do Trenitália que a viagem de Roma para Florença dura 1:30 e custa 32 euros(mini) e 45 euros (base). Só ida. Mas ainda não entendi direito a diferença do mini para o base. VocÊ sabe??
    Outra coisa: Qual é melhor: tirar um dia, partindo de florença, para pisa e luca ou um dia para siena e San Gimigniano?
    VocÊ disse que é melhor ir de ônibus para Siena, né? E de Siena para San giminiano e de San giminiano para florença? Ou é melhor ir primeiro para san giminiano e depois para siena?? Me ajuda de novo! Per favore! 🙂
    Beijão

  9. A tarifa Mini é uma tarifa promocional de outono que dá até 60% de desconto. Para ter direito a promoção você tem que comprar o bilhete até 2 dias antes de partir (se comprar 1 dia antes de partir não tem mais direito a essa promoção) seja em uma bilheteria, no site do Trenitalia, através de agências de viagem ou do call center.
    Confira os detalhes do site da Trenitalia:

    “In occasione dei festeggiamenti per i 150 anni dell’Unità d’Italia, ci sono a disposizione un milione di posti al mese a prezzo scontato, per scoprire il nostro Paese e sentirci sempre più vicini.

    Al momento dell’acquisto, trovi il prezzo più vantaggioso, con sconti fino al 60% sul prezzo base, per il giorno e il treno scelto, sia in 1^ che in 2^ classe.

    Ecco alcuni esempi:
    Milano- Venezia a partire da 9 euroVenezia – Firenze a partire da 17 euro Roma – Bari e Roma – Genova a partire da 19 euro
    Roma- Lamezia a partire da 26 euro Roma – Verona a partire da 29 euro Roma – Bolzano e Roma – Venezia a partire da 29 euro
    Torino – Firenze a partire da 29 euro Napoli – Bologna a partire da 29 euro Roma – Milano a partire da 49 euro

    “La MINI è valida per viaggi sui treni AV, ES*, ES* City, Espressi, IC, ICN in servizio cuccette o VL. Sono escluse le vetture Excelsior ed Excelsior E4.

    Come e quando acquistare la promozione
    Puoi acquistare la MINI fino a due giorni prima della partenza su questo sito, nelle agenzie di viaggio autorizzate e presso il call center anche in modalità ticketless, presso le biglietterie e le self service in stazione.
    Non puoi cumulare la MINI con altre riduzioni e offerte, compresa quella a favore dei ragazzi.
    Il numero di posti a disposizione è limitato e variabile, a seconda dei giorni della settimana, dei treni e della classe”

  10. As duas opções de dia extra que você mencionou são interessantes, mas eu particularmente prefiro San Gimignano e Siena. Eu sei que dá para ir até as duas cidades de ônibus, embora não saiba te dizer os horários (pesquisa “bus San Gimignano” e “bus Siena”). Se você vai e volta para Firenze, não faz diferença qual cidade você visita primeiro. Cheque o horário dos ônibus. E boa diversão! 🙂
    abs
    Barbara

  11. Eu tô te explorando um pouquinho, né? rsrsrsrs
    As dúvidas estão surgindo aos poucos…
    Eu vou chegar em Roma dia 05 e vou pra Florença dia 09 e volto pra Roma dia 11. Vou descer na Rome Termini. É na Rome Termini que compra os bilhetes, né? Queria comprar os bilhetes de ida e volta de Florença logo no dia 05, porque aí eu pego essa promoção MIni, né? Eu posso comprar o bilhete florença-roma na Rome Termini ou só posso comprar em Florença mesmo? E tem que ser o FRECCIAROSSA?? As pessoas da bilheteria falam inglês? Depois que compra o bilhete é preciso validar em algma maquininha?
    tô pensado em fazer Florença – Siena – San Giminiano – Florença. Caso eu vá pra Siena e San giminiano, o mesmo local que o ônibus pára em Siena é o mesmo que pego o ônibus para San giminiano?

    Beijooss E obrigada mais uma vez!

  12. Oi Marília,

    Você pode comprar os trechos que você quiser na estação Roma Termini (ou em qualquer estação que tenha uma bilheteria). Por exemplo: Florença-Roma ou Florença-Veneza. 🙂

    Nem todas as estações italianas tem bilheteria, naquelas cidadezinhas pequenininhas tem no máximo uma maquininha para comprar passagens regionais. Não é o caso de Roma Termini.

    Em Roma Termini você pode comprar qualquer tipo de passagem para Florença, o Freccia Rossa Alta Velocità é o tipo de trem rápido (e por isso mais caro) que conecta as duas cidades. Aliás, o mesmo tipo de trem que Angelina Jolie pegou naquele filme The Tourist com o Johnny Depp (http://www.trip2italy.info/getting-around-italy-by-train )

    Os trens de alta velocidade não precisam ser timbrados, os outros sim. Na bilheteria em geral falam ingles. Você também pode tentar comprar você mesmo, tem máquinas na estação para comprar o bilhete com acesso em diversas línguas entre elas o português.

    Do ônibus em S. Gimignano eu não sei, pq sempre fui de carro até S. Gimignano. Mas não se preocupe, você pergunta lá e resolve na hora.

  13. Poxa, obrigada, novamente!! Seu site está me ajudando e muito!!!
    Tá muito frio por ai? Eu vi que tanto em Roma qt emFlorença a temperatura está variando entre 20 – 10 graus. Moro no nordeste brasileiro e aqui tá calor rsrsrsrs. Tá um frio agradável ou friozão mesmo?
    obrigada mais uma vez!

    Beijo

  14. Boa Noite Bárbara,

    Vou para a Itália ano que vem, pretendo ficar cerca de 6 meses estudando…

    Sabe me informar quanto eu gastaria por mês mais ou menos pra viver bem lá?? Sem e com hospedagem por favor!!

    Se puder me ajudar, estou um pouco perdida…

    Seu blog é ótimo,

    Obrigada!!

  15. Olá, bom dia !
    Sou brasileira e estou indo p Italia – Florença no mes de Junho/2012 fazer um curso de verão no Instituto de Florence.
    Gostaria de muitas dicas, pois não conheço nada na Italia.
    Você poderia me ajudar?

    Gostaria de alugar um quarto para 2 pessoas em Florença ou algum lugar mais proximo. Como faço?
    A media de alugueis em Florença.
    Durante este mês, eu gostaria de desenvolver uma atividade…trabalhar na parte da manha, seria possivel?
    Eu fiz cotações de passagens que saeem do RJ e vão direto para Florence, porém achei um pouco cara.
    Há alguma rota mais barata que eu possa fazer?

    Ficaria muito grata.

  16. Em viagem de lua de mel,estou indo de Roma a Florença de trem no dia 11 de março.
    Quero passar 3 dias em Florença fazendo pequenas viagens pela Toscana e voltando para dormir em Florença.Pretendo alugar um carro aí para estes passeios. Vale a pena ?
    Ainda não tenho reserva de htl. Poderia indicar algum ?
    Obrigado.

  17. OI Sergio, tudo bem?
    Se você decidir alugar um carro, eu sugiro um hotel um pouco fora do centro de Florença, onde é difícil andar de carro (e não levar uma multa). O tipo de hotel depende do seu budget, mas sem dúvida nenhuma uma boa opção é o Villa Olmi, que de vez enquando faz ofertas realmente incríveis (dá uma olhada aqui: http://www.booking.com/hotel/it/villa-olmi-resort.en.html?aid=327572&lang=pt&label=bniolmi).
    Já que você estará de carro, sugiro que explore o sul da Toscana. Pode passar por San Gimignano, Siena, Montepulciano, Cortona, Pienza… São todas cidadezinhas charmosas e maravilhosas.
    Alugar carro vale a pena porque você tem maior liberdade de viajar pela Toscana: pode parar para tirar foto, visitar cidades que são difíceis de chegar com transporte público… e a Toscana de carro é linda! 🙂
    Boa viagem, Barbara

  18. olá
    estou programando uma viagem para final de agosto,inicio de setembro/2012 e desta vez pretendo ficar 30dias.Para isto ser possivel,andei pesquizando aluguel de casas/apartamentos.Encontrei entre tantos um site chamado GabinoHome e atraves dele,um endereço
    na Via del Moro.Firenze
    Preciso por fvr que me digam se cohecem este site e o endereço,pois vou
    estar com meu pai um senhor super ativo e saudavel de 81anos.
    Este imovel parece atender o que precisamos ou seja uma “base” p/deixar
    nossa bagagem pois pretendemos usar o transporte publico p/visitar a
    Toscana e Liguria,talves descer até a Sicilia
    O lugar me pareceu super simpatico e simples mas…..
    Obrigada desde já
    abraços

  19. Não conheço esse site. Isso não significa que não seja um site confiável, simplesmente não é dos mais famosos por aqui…
    abs
    Barbara

  20. oi, barbara!
    Tenho dupla ciadania,porem nao sou mais jovem.
    Tenho 59 anos , mas gostaria de tentar a vida na italia.
    Pela sua experiencia,da p rolar ou nao?
    Bom , gostei do teu site por isto tive coragem de te perguntar
    sobre meu caso. Te aguardo resposta obrigado e ate

  21. Oi Vera Lucia, tudo bem?
    Se por tentar a vida na Italia você entende vir para cá com uma sua aposentadoria, sem depender de trabalho, seja bem vinda.
    Se a idéia for arrumar trabalho, acho melhor repensar.
    Se você ler qualquer jornal italiano de hoje, como o La Repubblica, Corriere della Serra, Il Sole 24 Ore vai ver que a Italia está passando pela pior crise dos últimos anos.
    Essa semana foi greve dos caminhonistas, que bloquearam as estradas e o fornecimento de produtos nas cidades. Na semana passada foram os taxistas. Nos próximos dias serão os postos de gasolina. E se o governo mexer no tal do articolo 18 do trabalho provavelmente pára a Italia inteira.
    É um período de incertezas por aqui. Melhor esperar um pouco para a poeira baixar.
    Um abraço,
    Barbara

  22. Oi,barbara!
    Obrigado pela resposta.
    Sei que a velha europa se erguera desta fase.
    Eu estou no brasil, moro em rio de janeiro.
    Vou esperar melhorar as coisas.
    Bjs carinhosos

  23. Oi Barbara
    Vamos para italia em meados de abril e ficaremos are meados de maio.
    Ficaremos em Milao,Toscana , Veneza, e Roma.
    Pergunto; Como esta o clima nesta epoca, a temperatura media de dia e noite.
    Abracos.
    Carlos

  24. No final de abril ainda faz bastante frio na Italia e o ideal é trazer um mix que inclui de camisetas de manga curta, blusas de manga comprida, malhas e casacos. Digo isso porque eventualmente na hora do almoço em Roma faz calor, já se você for mais para o norte em cidades como Milão ou Veneza faz mais frio, especialmente a noite.
    A temperatura em geral pode variar de 10 a 25 graus.
    Leia este artigo, que pode te ajudar bastante:
    http://www.brasilnaitalia.net/2009/05/viagem-o-que-voce-deve-colocar-na-mala.html
    abs
    Barbara

  25. Olá Barbara!

    Foi muito bom saber do seu site. Me aguarde, estou indo dia 08/04/2012 a Roma e Milão. Posso contar com o seu Help se tiver dúvidas quando chegar aí?
    Bjs.
    Vilma Rocha

  26. Oláá´! direto dou uma epiadinha por aqui e finalmnte chegou minha hora! estou indo para italia dia 16 abril e fico ate dia 28 de abril! tenho que me apresentar em algum consulado por ficar mais de 8 dias na italia? farei de milão a roma, passando por verona, veneza, florença e ainda daremos uma esticadinha ate amalfi! próximo a verona é possivel encontar neve nessa espoca do ano? ouvi falar numa cidadezinha chamada san giorgio que as vezes posso pegar neve por la… é possivel mesmo?
    adoro suas materias! obrigada

  27. @Vilma
    Qualquer coisa é só passar aqui no Brasil na Italia e perguntar pra gente! 🙂

    @Naná
    Que bom saber que você está praticamente de malas prontas para vir para a Italia. Não é preciso visitar nenhum consulado para ficar mais de 8 dias na Italia, você pode viajar tranquilamente por até 3 meses dentro da Italia / União Européia. Acho difícil que você encontre neve em meados de abril, a primavera de modo geral já começou e as flores começam a aparecer, mesmo nas cidades na montanha a neve começa a derreter e é provável que em abril já não tenha mais nada. De qualquer modo, casos excepcionais de mudança de temperatura sempre podem acontecer, mas eu particularmente acho difícil.
    Que delícia saber que você vai passar por Amalfi. Espero que pegue dias de sol de maravilhosos.
    Depois conta pra gente como foi a sua viagem,
    abs
    Barbara

  28. Adoro o site, e assim que voltar ( da minha mais sonhada aventura)darei meus pitacos por aqui! Obrigada pela resposta !abraços!

  29. Conhecem Couchsurfing ? http://www.couchsurfing.org a melhor forma pra conhecer gente dos lugares do mundo ser introduzido e aconselhado pra visitar as ciadades e seus costumes e ainda ser hospedado…
    boa viagem
    Abraços

  30. Bom dia! Alugo quartos aqui na Italia em Siena – Toscana. Se alguem estiver interessado entrem em contato pelo email bottegaabate@hotmail.it
    fica na regiao do Chianti, um lugar muito lindo e quartos exelentes ate’ para quem quer passar a lua de mel.
    Incluso cafe’ da manha.
    Quem estiver interessado e’ so’ me contatar.
    abraco

  31. Olá Bárbara,
    Eu e meu esposo estaremos viajando para a Itália em setembro/outubro, ficaremos 13 dias. Falamos somente português mas vamos arriscar. Achei interessante suas dicas, queria parabenizá-la pela disposição de orientar os viajantes, principalmente os de primeira viagem.
    Gostaria de algumas sugestões de hotéis no centro de Roma; pretendemos viajar de trem e alugar um carro para conhecer a Toscana.
    Desde já agradeço,
    Vera

  32. Oi Vera, tudo bem?
    Fico feliz que as dicas sejam úteis.
    Não se preocupe com o fato de falar somente português, de um jeito ou de outro a gente sempre acaba se entendendo. Lógico que eu vivo na campanha com os italianos para disponibilizarem serviços em língua portuguesa. Um dia ainda chegamos lá…
    Sobre os hotéis n centro de Roma, eu escrevi um post com algumas sugestões. Dá uma ilhada neste link:
    http://www.brasilnaitalia.net/2011/11/hotel-roma-italia-10-dicas-para-a-sua-viagem.html
    O aluguel de carro eu recomendo depois que vocês visitarem Florença. Enquanto estiverem em Florença ou mesmo no centro de Roma o carro não serve.
    Boa viagem!
    Abs
    Barbara

  33. Como economizar na sua próxima viagem a Itália? SIMPLES!

    Espere a Itália sair da zona do Euro e voltar para a Lira, que vai permitir a Itália desvalorizar sua moeda e assim fazer tudo mais barato para os turistas de fora.

    Por outro lado, se você esta hoje na Itália, aproveite o Euro e viaje agora para outros países. Além disso, invista sua poupança no exterior, onde valerá mais no futuro (próximo!)

  34. oi Futurista,
    Muito interessante o seu comentário! rs
    Bem, digamos que neste momento o Real já está super valorizado mesmo em relação ao euro, então já é um bom momento para viajar (quando eu vim para a Italia 1 euro custava quase 4 reais…).
    Além disso ultimamente os preços no Brasil são tão altos, que quase dá na mesma.
    Enquanto isso aqui na Italia os preços dos hotéis invés de aumentar com o passar dos anos, tem permanecido estável ou inclusive diminuído. Pipocam ofertas o tempo todo na internet.
    Vamos ver o que vai acontecer com o Euro. Não sei se a saída do Euro é uma coisa tão simples quanto parece. Além de ser caro para todos os países, poderia colocar fim a um plano de uma Europa Unida que começou após a segunda guerra mundial… Acho que vão tentar segurar o máximo possível.
    Mas vai saber, quem sabe você advinhou o futuro. É sempre bom ficar aberto a todas as opções… 🙂
    Abs
    Barbara

  35. Olá, Bárbara! Seu site é incrível! Obrigada por nos trazer tantas informações.. Eu nunca estive na Itália e pretendo fazer isto agora entre jan/fev… Tinha pensado da seguinte forma: Chegar em Milão, ir até Veneza (carro ou outro transporte) conhecer o famoso Carnaval! De veneza ir para a toscana de carro até florença. De Florença pegaria um trem finalizando minha viagem em Roma! Teria cerca de 2 semanas para esse roteiro. O que vc acha? Alguma sugestão? E por último minha dúvida.. vale a pena viajar de carro pela toscana no Inverno? Obrigada!

  36. OI Camila, tudo bem?
    Fico contente que tenha achado informações interessantes por aqui e espero que consiga organizar uma viagem deliciosa!
    Sobre a questão do carro no inverno na Toscana… a menos que você esteja planejando visitar cidades onde por exemplo tem neve (por exemplo no Mugello da Toscana), o panorama de inverno não é tão interessante como na primavera, verão ou mesmo no outono, com suas cores amareladas e alaranjadas.
    O roteiro que você me disse pode ser tranquilamente realizado de trem se você não tiver muitas malas e se estiver disposta a depender dos horários dos trens. Mas isso depende do estilo de cada um.
    Na Toscana você pode visitar as cidades mais famosas com transporte público (ex. Siena, S. Gimignano, Pisa, Lucca, Viareggio….)
    Se você decidir dar uma passadinha na Maremma Toscana, é difícil sem carro. Bem, faça as contas, pense em qual estilo de viagem você prefere e divirta-se!

  37. Barbara
    Eu e minha esposa chegaremos em Roma em 5/10 e voltaremos 14/10 indo para Paris gostaria de alugar um carro e ir até Veneza com GPS passando por Florença e pequenas cidades da Itália. 4 dias em Roma, 3 dias para viajar até Veneza parando e 3 dias em Veneza são suficientes ou você mudaria algo nesse roteiro para podermos aproveitar o máximo possivel ?
    Julio

  38. Você pode visitar algumas cidades toscanas famosas no “meio do caminho” como Siena, Pienza, Montepulciano.
    Procure hotéis com estacionamento incluído porque em Roma, Florença e Veneza é difícil estacionar na rua, especialmente para quem reserva hotéis centrais.
    Aqui na Itália existe a lavagem da rua, e no dia que tem essa lavagem é proibido estacionar ou você pode ser multado.
    Outra dica é prestar atenção nos cartazes “ZTL” que significam Zona Traffico Limitato onde em determinados dias da semana ou horários você não pode entrar no centro com carro ou leva uma multa feita por uma telecamera.
    Na Autostrada A1 existem muitos radares de velocidade, especialmente no trecho Firenze – Bolonha. Se você passar por ali atenção. O ideal é que o seu GPS tenha esses avisos de radares, o Tom Tom oferece um pacote especial que ajuda a individuar esses radares e semáforos que multam se você passa no sinal vermelho.
    Essas são minhas principais recomendações. A Itália em modo geral é sempre toda interessante, difícil errar no itinerário.
    Boa viagem e depois conta aqui como foi.
    Abs
    Barbara

  39. Olá Bárbara,
    Muito útil o seu site, principalmente p aqueles, como eu, q têm pouco conhecimento da Itália.
    Pois bem, estou indo em maio de 2014, mais especificamente nos dias 19 a 29 de maio para a Itália c meu marido.
    Pretendo ficar 2 dias em Veneza, 4 na Toscana e mais 4 em Roma.
    Nosso voo chega em Roma às 2:10 da tarde e pretendo pegar um trem direto p Veneza. Aí começam minhas dúvidas.
    Chegando nesse horário consigo pegar o trem expresso p Veneza às 3:50 da tarde na Termini?
    Outra dúvida.
    Pretendo ficar 2 dias hospedada em Florença. De preferencia no centro. Vc me indica um hotel, pois todos q tenho procurado ou são caros demais ou não têm mais vagas. Pretendo conhecer Florença em um dia e no outro ir de trem até Piza e Lucca. É viável?
    Depois penso alugar um carro e me hospedar nos arredores de Siena, para conhecer o Sul da Toscana nos outros 2 dias. Me indica algum hotel? Tbem tenho encontrado dificuldade em encontrar vagas, mesmo olhando c tanta antecedência? É possível alugar um carro em Florença e devolve-lo em Siena?
    Fico aguardando sua s respostas ansiosamente.
    Mais uma vez, muito obrigada.
    Anna Paula

  40. OI Anna Paula, tudo bem?
    Fico contente que tenha gostado do site e que ele esteja te ajudando a organizar a sua viagem.

    Você vai partir e voltar de Roma? Porque o mais simples seria fazer o caminho inverso: começar por Roma, depois Toscana e por último Veneza. Assim você vai subindo aos poucos. Obviamente tudo depende do horário do seu vôo.
    Sobre os trens, você pode conferir os horários diretamente no site da http://www.trenitalia.it

    Sobre os hotéis em Florença, não sei se você teve a oportunidade de ler o artigo que escrevi a respeito:
    http://www.brasilnaitalia.net/2009/07/onde-se-hospedar-em-firenzeflorenca.html
    Além desse, estou preparando um guia rápido de Florença que em breve estará online aqui: http://hospedagem.brasilnaitalia.net/

    Sim, ir de Florença até Pisa e Lucca é viável e bem fácil. Basta pegar um trem na estação Santa Maria Novella até Pisa, a viagem leva a proximadamente 1 hora, depende da velocidade do seu trem e a passgem é baratinha, menos de 10 euros. Lucca também é bem pertinho de Pisa. OS horários você pode conferir sempre no site da trenitalia.

    Sobre o aluguel de carro, sim é possível alugar em Florença e devolver em Siena (às vezes custa um pouco mais do que devolver na mesma loja). Outras cidadezinhas charmosas da Val d’Orcia são Pienza, Lucignano, Cortona… se der tempo inclua uma delas. San Gimignano costuma ficar lotadísisma na primavera e verão, se você quer fugir da multidão de turistas, evite.

    Bem, acho que é isso.
    Qualquer coisa, é só perguntar. Boa viagem!

  41. Boa tarde Bárbara,
    Na verdade consegui uma super promoção na Ibéria e por isso chego e saio de Roma. Deixei Roma por último pq é a cidade q mais gosto e quero aproveitar até o último segundinho rs.
    Já olhe os horários os trens saindo da Termini, por isso te perguntei se consigo pegar o trem das 15:50.
    Não estou conseguindo vagas em hoteis aí de Florença, por isso pedi indicações de hotel. Os q vc indicou estão todos lotados no período q eu vou.
    Pode me indicar algum hotel próximo a Siena tbem?
    Muito obrigada.
    Anna Paula

  42. OI Anna Paula, tudo bem?

    Pois é, maio é altíssima estação nas cidades da arte, como Roma, Veneza e Florença, provavelmente por isso você está tendo dificuldades para encontrar hotéis e ainda mais hotéis baratos. Por outro lado, é alta estação justamente porque é a melhor época para visitá-las. 🙂

    Em Florença, eu ouvi falar bem do “Le Camere dei Conti”, que fica perto da estação de trem (já que você vai usar bastante trem seja para chegar de Veneza como para ir a Pisa, né) e tem um estilo moderno. Tenta lá.

    Nos arredores de Siena (já que você estará de carro) tem o Laticastelli, minha amiga acabou de voltar de lua de mel lá e amou (a Ziga da Zuca, você já leu o blog dela?)

    Sobre o trem de Roma até Veneza… olha, difícil dizer se o horário dá porque o vôo pode atrasar, as malas podem demorar, você pode se atrapalhar. Além do mais fica bem corrido pegar as malas, se entender no aeroporto até onde você deve ir para partir de Fiumicino até a estação central de Roma, descobrir qual a plataforma do trem… A menos que a passagem esteja em super oferta (que você não pode mudar), eu compraria a passagem que você pode alterar o horário na hora, só por via das dúvidas…

    Abs

    Barbara

  43. Oi Bárbara,
    Muito obrigada pelas dicas. Consegui fazer reserva nos 2 hotéis q vc indicou.
    Tbem desisti de ir de trem p Veneza. A passagem estava muito cara e acabei optando por ir de avião q ficou a metade do valor.
    Parabéns por ser tão especial.
    Um grande abraço e sucesso,
    Anna Paula

  44. Oi Anna Paula,
    Fico contente que tenha achado uma boa passagem aérea em oferta e tenha dado certo com as reservas.
    Não esqueça de nos contar depois sobre como vai a viagem. 🙂
    Um abraço e até a próxima,
    Barbara

  45. Oi Bárbara,
    estou indo para a Italia no dia 21 de outubro e passarei a semana toda, ficando tres dias em Roma, dois em Florença e dois em Veneza. Gostaria de saber se nesse periodo tem muitas filas para entrar nos monumentos, pois fico com receio de comprar o bilhete antecipado e não conseguir chegar no horário marcado e, em contrapartida, fica a duvida se perderei muito tempo nas filas.O que me você sugere?

  46. OI Kelen, tudo bem?

    Eu faria a reserva nos principais museus porque o Uffizi de Florença, por exemplo, tem sempre uma fila desanimadora. A primeira vez que eu fui fiquei 3 horas esperando para entrar.

    É chato já ter que imaginar o roteiro que você vai fazer nas cidades, mas pelo menos assim você já garante que vai ver tudo o que quer. E se achar algo muito mais interessante para fazer, você sempre pode tentar ligar na última hora e mudar o horário. Às vezes dá certo.

    Boa viagem e depois conta pra gente como foi,

    Abs

    Barbara

  47. Quando fui a Itália comecei economizando no estacionamento em guarulhos. O próprio do aeroporto é muito caro, 74,00 a diária, achei um estacionamento bem pertinho, com traslado grátis e paguei 15,00/dia, fiquei abismada com o quanto economizei fiquei até mais animada para conhecer o castelo de santo Ângelo
    o site deles: http://www.ultraparkgru.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here