Última atualização: 30 de setembro de 2022

Veja aqui os documentos necessários para entrar na Italia a partir de 1º de outubro de 2022. Ainda precisa de certificado de vacinação? Usar máscara de proteção? Leia o artigo pra saber mais.

01/03/2022 – A partir de hoje as viagens do Brasil para a Italia por motivos turísticos são permitidas.

Índice do artigo:
1. Viagens do Brasil para a Italia: documentação necessária
1.1 Documentos clássicos necessários para viajar do Brasil para a Italia
1.2 Documentos necessários adicionais devido a pandemia covid-19

Viagens do Brasil para a Italia por motivos turísticos são permitidas a partir de01/03/2022

1. Viagens do Brasil para a Italia: documentação necessária

Além da documentação clássica necessária para uma viagem internacional do Brasil para a Italia, no período da pandemia são necessários alguns documentos adicionais.

1.1 Documentos necessários para entrar na Italia

Não é necessário um visto para brasileiros que viajam por motivos turísticos por um prazo máximo de 90 dias dentro do espaço Schengen. Para saber mais sobre vistos na Italia consulte o site oficial do governo italiano: https://vistoperitalia.esteri.it/

1.2 Documentos necessários adicionais devido a pandemia covid-19

No momento não são necessários documentos adicionais relativos a pandemia covid-19.

Desde 1º de junho de 2022 não é mais necessário apresentar o Green Pass / certificação verde Covid-19. Leia aqui. O Green Pass era um certificado de vacinação, certificado de recuperação ou teste molecular ou antigênico negativo ou outra certificação de vacinação reconhecida como equivalente.

O PLF (Passenger Locator Form) não é mais necessário a partir de 1º de maio de 2022. O PLF era um documento necessário para entrar na Italia que não é mais pedido.

As máscaras de proteção FFP2 ainda são obrigatórias na Italia em alguns casos. Leia aqui. (Artigo atualizado em 30/09/2022 com as últimas alterações do Ministério da Saúde da Italia)

A notícia da abertura das fronteiras para viajantes vindos do Brasil foi divulgada no dia 22/02/2022 através de um tweet do Ministro da Saúde da Italia, Roberto Speranza.

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

Artigo anteriorLatam terá vôo direto São Paulo – Roma em 2022
Próximo artigoControle financeiro no Aeroporto Malpensa flagra dois viajantes com 294 mil euros não declarados. Veja o que aconteceu aqui
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

7 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal o artigo! Parabéns!
    Tive a oportunidade de conhecer Dublin quando pequeno, e sempre tive interesse em explorar outras localidades!
    Foi por gostar de viajar que eu comecei a trabalhar com o Cafezinho, um app que facilita se conectar com outros BRs no exterior, é muito interessante que as pessoas sempre comentam da Itália, que vale muito a pena conhecer. Fiquei bem curioso em conhecer mais!

  2. Olá Joana, tudo bem?
    Quando você está programando a sua viagem?
    As regras da Italia em relação ao coronavirus estão mudando bastante nos últimos meses.
    É provável que em breve não sirva mais o green pass.

    Em relação a sua viagem, se for por motivos turísticos você pode ficar na Italia por até 90 dias sem necessidade de visto. Isso porque existe um acordo entre Italia e Brasil e não é necessário visto para viagens por motivos turísticos e duração inferior a 90 dias.

    Na imigração você deve mostrar um passaporte válido pelo menos 3 meses a partir da sua data de ingresso na Italia e podem pedir também para você comprovar que viaja por motivos turísticos e que terá como se manter durante a viagem.

    Para isso geralmente é suficiente um cartão de crédito e as reservas de hotel.

    Como você vai ficar na casa de um familiar, algumas pessoas preparam também uma “carta convite” (ou “lettera di invito”) que serve como um comprovante que você terá onde se hospedar durante a sua estadia.
    Em relação a carta convite não estou atualizada sobre os procedimentos, melhor sua filha checar no Comune ou na Questura local se ainda serve essa lettera di invito e se precisa depois fazer declaração em até 48 horas após a sua chegada.

    Depois me conta se deu tudo certo,

    Boa viagem,

    Barbara

  3. Olá,quero passar 85 dias na Itália, casa da minha irmã junto com minha filha,o que eu preciso pra noa ter problemas.

  4. @Matheus Arruda
    Se você já terá o CDAM não precisa apresentar outro seguro de viagem caso solicitem na imigração.
    De qualquer modo é bom saber que o seguro de viagem costuma ter uma cobertura mais ampla que vai além de urgências hospitalares. Alguns seguros de viagem incluem reembolso em caso de cancelamento de viagem (mesmo em caso que a política de cancelamento do serviço seja não reembolsável e já tenha entrado em penalidade); reembolso por mala extraviada; cobertura odontológica, etc. Dependendo do preço do seguro pode valer a pena fazer também.
    Aproveite suas férias na Italia!
    Saudações da Toscana,
    Barbara

  5. Olá Barbara tudo bem? Em junho estou indo passar umas férias na casa de um familiar, vou passar 85 dias… eu já solicitei o seguro saúde pelo governo Brasileiro, é necessário eu adquirir o seguro de viagem para eu entrar no País?

  6. Olá Camila, tudo bem?
    Se a sua vacina é válida na Italia basta o certificado de vacinação do Conect Sus.
    Pode acontecer de você ter tomado uma vacina que na Italia não é reconhecida neste caso é indicado o teste covid.
    Você pode checar as vacinas válidas na Italia aqui: https://www.brasilnaitalia.net/2022/01/vacinas-aceitas-na-italia.html
    Recomendo também que imprima uma cópia do documento oficial que diz que se a vacina é válida não é necessário o green pass. Você encontra ele aqui: https://www.esteri.it/it/ministero/normativaonline/focus-cittadini-italiani-in-rientro-dall-estero-e-cittadini-stranieri-in-italia/
    (é a parte do quadro cinza, fiz a tradução deste trecho aqui: https://www.brasilnaitalia.net/2022/02/quando-turistas-brasileiros-poderao-entrar-na-italia.html)
    As regras mudam com frequencia, mas se elas estão escritas claramente não dependem de interpretação. Devem ser aplicadas.
    Também pode acontecer que o problema não seja a imigração italiana, mas a companhia aérea que pede o teste anti-covid. Neste caso cheque com a companhia aérea o que é necessário.
    Att
    Barbara

  7. Barbara, você tem noticias de turistas brasileiros que entraram na Italia após dia 01.03.2022 e que conseguiram entrar normalmente com o certificado de vacinação do conect sus?
    Pergunto porque vi uma outra pessoa especializada em viagens dizendo que nosso certificado não é reconhecido e por isso precisamos mostrar pcr negativo. Você sabe algo sobre essa informação?
    Muito obrigada!!!

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here