25/07/2022 – Você quer levar vinho da Italia para o Brasil mas não sabe se existem limites de quantidade, como transportar as garrafas de vinho ou onde vale mais a pena comprar para economizar? Neste artigo você vai encontrar todas as informações para curtir vinhos italianos aí no Brasil.

Índice:
1. Onde vale mais a pena comprar vinhos italianos?
1.1 Comprar vinhos italianos no Brasil
1.2 Comprar vinhos italianos na Italia
1.3 Comprar vinhos italianos no Duty Free do Aeroporto
2. Levar vinho da Italia para o Brasil: quais os limites
2.1 Quantas garrafas de vinho é possível levar da Italia para o Brasil com isenção?
2.2 Bens a declarar, como calcular o imposto e pagamento quando você supera a quantidade isenta
3. Como embalar vinho para a viagem

1. Onde vale mais a pena comprar vinhos italianos?

Você pode comprar vinhos italianos no Brasil, na Italia ou no Duty Free. Onde vale mais a pena? Não existe uma resposta única, depende do vinho e da quantidade de garrafas que você deseja comprar, das ofertas e promoções que encontrar. Abaixo vamos explicar mais detalhadamente.

Levar vinho da Italia para o Brasil: como funciona? Leia o artigo para saber mais. Na foto várias garrafas da ColleMassari.
Vinhos italianos: uma delícia degustá-los na Italia e depois levar algumas garrafas na mala como lembrança. Essa foto tirei durante uma visita às vinícolas da ColleMassari na Toscana.

1.1 Comprar vinhos italianos no Brasil

Hoje em dia já é possível comprar garrafas de vinhos italianos no Brasil por preços praticamente equivalentes ao valor vendido na Italia. Claro que depende da etiqueta, mas para quem adora pesquisar uma promoçãozinha, isso é possível. Vale a pena conferir as ofertas em sites como a Amazon Brasil, que aceita cartões de crédito brasileiros ou italianos e não complica na hora do pagamento.

prosecco

Quer um exemplo de garrafa de vinho italiano que custa menos no Brasil do que na Italia?

Em julho de 2022 o Prosecco DOC Extra Dry da Freixenet é vendido por 27,70 euros na Amazon Italia e por R$ 131,00 na Amazon Brasil (o equivalente a 23 euros, de acordo com a cotação no momento de redação deste artigo em julho de 2022).

Lembrando que o Prosecco DOC é um vinho produzido no norte da Italia em 5 províncias do Veneto (Treviso, Venezia, Vicenza, Padova, Belluno) e em 4 do Friuli Venezia Giulia (Gorizia, Pordenone, Trieste e Udine).

A Freixenet é uma marca espanhola, que produz vinhos no mundo inteiro (ou compra vinho de produtores locais e coloca a sua etiqueta).

Mas nem sempre a gente encontra a promoção que procura e nem sempre é apenas uma questão de economia.

1.2 Comprar vinhos italianos na Italia

Às vezes você pode querer levar uma garrafa de vinho da Italia para o Brasil como um souvenir de viagem, quem sabe depois de uma visita deliciosa a uma vinícola na Toscana, por exemplo. Aquela garrafa que você degustou na Italia, depois de conferir o processo de produção e quem sabe até de tocar as parreiras com suas mãos… bem, aquela garrafa vai ser mais do que um simples vinho, será uma lembrança especial da sua viagem.

[Vinícola na Toscana] Reserve um tour em grupo no Chianti saindo de Florença com a Get Your Guide

Para quem quer comprar vinhos em promoção vale a pena também visitar grandes supermercados como Coop, Esselunga, Conad. Os nomes dos supermercados podem variar de acordo com o estado da Italia, mas uma coisa é certa: os hipermercados sempre tem alguma promoção de vinho, especialmente em vésperas de grandes festas como Natal, Páscoa, Dia dos Pais, Dias da Mães.

Também existe a possibilidade de comprar vinhos online com entrega na Italia. Você pode tentar na Amazon Italia, na Coop Online…

Quer uma boa garrafa de vinho para celebrar um momento especial? Experimente este Bellavista Franciacorta Alma Grande Cuvee.

1.3 Comprar vinhos italianos no Duty Free do Aeroporto

O Duty Free é o famoso free shop, aquela ala dos aeroportos com lojinhas que apenas os clientes com vôos internacionais tem acesso. Teoricamente os valores dos Duty Free são livres de impostos e por isso os preços seriam menores do que fora desta área. Mas na prática nem sempre as ofertas do Duty Free são tão atraentes assim, pelo menos nos Duty Free italianos. Às vezes os preços do Duty Free na Italia são mais caros que supermercados italianos, por exemplo.

Já no caso do Duty Free brasileiro é mais fácil encontrar boas promoções e ainda por cima as compras no primeiro Free Shop brasileiro aumentam o seu limite de compras disponível (leia mais abaixo)

Por isso é sempre aquela incógnita: será que vou encontrar algo que vale a pena no Duty Free do Aeroporto?

A boa notícia é que existe um site que dá a possibilidade de efetuar a compra online, com pagamento e retirada das garrafas diretamente no Duty Free. Você pode dar uma olhada no Duty Free do Brasil, ou selecionar o aeroporto italiano por onde vai passar (veja por exemplo Duty Free Milão Malpensa).

Levar vinho da Italia para o Brasil: quais os limites

Quantas garrafas de vinho você pode levar na bagagem da Italia para o Brasil?

De acordo com o site do Ministério da Economia do Brasil, atualizado em 21/06/2022, você pode levar quantos litros de vinho quiser desde que a quantidade não revele finalidades comerciais ou industriais, os bens serão tratados normalmente como bagagem.

Entretanto atenção: a isenção de tributos está disponível apenas para uma quantidade limitada de garrafas / litros e valor.

As regras de isenção abaixo são válidas para quem viaja por motivos turísticos. Se você está de mudança para o Brasil depois de uma longa temporada na Italia as regras são diferentes, ok? Neste caso consulte diretamente o site da Receita Federal aqui.

2.1 Quantas garrafas de vinho é possível levar da Italia para o Brasil com isenção?

Para usufruir da isenção da bagagem acompanhada é preciso obedecer aos limites quantitativos de 12 litros no total válido para bebidas alcóolicas.

Lembre-se que em geral uma garrafa de vinho possui 750 ml. Se as garrafas que você leva na mala forem de 750ml isso significa que você poderá levar 16 garrafas de vinho isentas de cobrança de imposto no Brasil.

É claro que escrevo garrafa de vinho, mas vale também para licores, cervejas ou qualquer outro tipo de bebida alcóolica.

Schermata 2022 07 23 alle 20.23.49
Cota de isenção de impostos durante viagens internacionais de acordo com o site da Receita Federal do Brasil

Além da quantidade de garrafas você deve prestar atenção no valor total gasto: a cota de compras isentas no exterior é de 1000 dólares (via aérea ou marítima, portanto o caso de viajantes da Italia para o Brasil).

Schermata 2022 07 25 alle 08.30.10

Portanto se você decidir trazer 16 garrafas de vinho de 750 ml cada, poderá gastar no máximo 62,50 dólares em cada uma. Dólares, não euros. Fique de olho na cotação e é sempre recomendável conservar o recibo das compras.

Bonus Duty Free no Brasil

Se você viaja da Italia para o Brasil, além da cota de 1000 dólares de isenção para compras fora do Brasil (via aérea ou marítima), os viajantes tem uma cota adicional de 1000 dólares para compras no Duty Free brasileiro no primeiro aeroporto de chegada, conforme informado no site da Receita Federal:

Schermata 2022 07 23 alle 20.36.10
Compras

As compras nas lojas Free Shop de chegada ao Brasil sujeitam-se aos seguintes limites quantitativos: 24 (vinte e quatro) unidades de bebidas alcoólicas, observado quantitativo máximo de 12 (doze) unidades por tipo de bebida.

Levar vinho da Italia para o Brasil, o que diz a Receita Federal do Brasil

Aqui as regras falam em unidade e não em litros. É fácil se confundir, então precisa ler tudo com muita atenção.

Vale saber também que estes limites são válidos por viajante.

As isenções de impostos sobre a importação da bagagem de viajantes são individuais e intransferíveis, ou seja, não se pode somar as cotas para se beneficiar da isenção, ainda que entre familiares.

compras em free shop de entrada no Brasil - regras da Receita Federal do Brasil

Bebidas alcoólicas produtos de tabacaria ou outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou química não poderão integrar a bagagem de crianças ou adolescentes, mesmo quando acompanhados de seus representantes legais. 

Isso significa que se você viaja com 2 crianças, não poderá ter o seu limite de garrafas de vinho multiplicado por 3 porque as crianças não tem podem levar bebidas alcóolicas na bagagem.

2.2 Bens a declarar, como calcular o imposto e pagamento quando você supera a quantidade isenta

Se você pretende levar vinho da Italia para o Brasil, ao desembarcar em um porto ou aeroporto do Brasil você deverá escolher um dos canais “Nada a Declarar” ou “Bens a Declarar”. Se você respeitou os limites da isenção pode passar no “Nada a Declarar”.

Schermata 2022 07 25 alle 11.20.50

Se você sabe que está superando o limite de garrafas permitida ou no valor das garras deverá passar pelo “Bens a Declarar” e pagará um tributo pelo excedente.

IMPORTANTE: Caso o viajante se dirija ao canal Nada a Declarar e esteja portando bens que deveriam ter sido declarados, essa opção configura declaração falsa e perda da espontaneidade em recolher o imposto devido, punida com multa correspondente a 50% do valor excedente ao limite de isenção para a via de transporte utilizada.

E como é calculado o valor a pagar em tributos? De acordo com o site da Receita Federal do Brasil, “aplica-se a alíquota de 50% de imposto de importação sobre a bagagem que exceder os limites do valor da cota de isenção, obedecidos os limites quantitativos. Para o cálculo do imposto, o câmbio utilizado será o vigente na data de transmissão da Declaração Eletrônica de Bens de Viajantes”

Schermata 2022 07 25 alle 11.15.15

O pagamento deverá ser realizado por meio de DARF – Documento de Arrecadação de Receitas Federais gerado pelo Sistema e-DBV, em dinheiro, home banking, PIX ou nos Terminais de Autoatendimento.

Para mais detalhes consultar o site oficial da Receita Federal aqui.

3. Como embalar vinho para a viagem

A gente sabe que não é possível embarcar com garrafas de vinho como bagagem de mão porque, por medidas de segurança na Italia, os líquidos na bagagem de mão não podem superar mais do que 100ml. Por isso será necessário despachar a mala com as garrafas de vinho. A menos que você tenha comprado as garrafas no Duty Free, elas estejam em um sacola plástica lacrada e você tenha o recibo que comprova a compra.

Abaixo o PDF da ENAC, o Ente Nazionale per l’Aviazione Civile na Italia, que explica o controle de segurança de líquidos na bagagem a mão na Italia.

Também sabemos que nos aeroportos nossas malas despachadas são jogadas para cima e para baixo e, embora as garrafas de vinho sejam feitas de um vidro grosso e resistente, é sempre melhor prevenir do que remediar. Então como embalar vinho para viagem de forma a evitar que a garrafa quebre ou o vinho vaze na mala?

Existem diversas opções de acordo com o seu bolso e com as garrafa de vinho que você vai levar. Aqui você encontra algumas opções para levar vinho da Italia para o Brasil:

Para quem está investindo em bons vinhos, com preços acima de 30 euros por garrafa, pode valer a pena investir em uma mala de vinhos.

Como embalar vinho para a viagem? Na foto uma mala específica para transporte de vinhos com possibilidade de levar apenas garrafas, garrafas e roupas ou só roupas. Uma das melhores formas de levar vinho da Italia para o Brasil
mala específica para transporte de vinhos com possibilidade de levar apenas garrafas, garrafas e roupas ou só roupas

Os modelos de malas de vinho com entrega na Italia geralmente custam entre 300 e 400 euros, algumas permitem que você transporte roupas e vinho na mesma mala.

Como embalar vinho para viagem? Existem sacos plásticos infláveis para transporte de garrafas de vinho
sacos plásticos infláveis para transporte de garrafas de vinho

Existem também sacos plásticos infláveis sob medida para garrafas de vinho que custam entre 10-20 euros e resolvem o problema para quem carrega poucas garrafas.

Se você está levando uma garrafa de vinho que custa apenas alguns euros, não vale a pena investir mais no custo do transporte do que na garrafa de vinho, certo?

Neste caso a melhor solução é embalar a garrafa em sacos de plástico (sem furos!), quem sabe lacrando tudo direitinho com uma fita adesiva resistente e prestando atenção em colocar a garrafa entre roupas macias bem no meio da mala.

A Aline Brito também deu uma dica bacana: “Eu pego uma garrafa de água (vazia claro) de 2 litros pet corto no meio com tesoura coloco a garrafa de vinho, fecho a garrafa pet com durex largo e voilaaa garantido que não quebra.”


E você, como faz para levar vinho da Italia para o Brasil? Conta para a gente nos comentários!

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

ALUGUE SEU CARRO COM A NOSSA PARCEIRA

Alugue um carro na Italia, ou em qualquer outro lugar do mundo com a nossa parceira Rental Cars

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

RESERVE SUAS PASSAGENS DE TREM NA ITALIA E EM VÁRIOS OUTROS PAÍSES EUROPEUS COM NOSSA PARCEIRA TRAINLINE

Reserve sua passagem de trem ou pass de trem agora

Artigo anteriorA arancina palermitana
Próximo artigoO Santuário de Santa Rosalia em Palermo
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here