Para quem gosta de economia, mercado financeiro e investimentos uma parada obrigatória em Milão é a Piazza Affari. Esta praça representa o centro das finanças da Italia. Leia o artigo para saber mais sobre a Piazza Affari.

Índice do artigo:
– Informações sobre a Piazza Affari em Milão
– A Bolsa de Valores de Milão
— A história da Bolsa de Valores da Italia
— Informações sobre a Borsa Italiana
– Por que tem um dedo médio na Piazza Affari em Milão
– A Banca d’Italia em Milão

Informações sobre a Piazza Affari em Milão

O centro financeiro da Italia fica na cidade Milão e o seu símbolo principal é a “Piazza Affari”.

O nome correto da praça é “Piazza degli Affari“, conforme a gente pode ver nas placas de rua, mas os jornais econômicos e as pessoas em geral se referem à praça simplesmente como “Piazza Affari“.

Conhecida como "Piazza Affari" o nome correto da praça é "Piazza degli Affari" conforme as placas indicativas no local
Conhecida como “Piazza Affari” o nome correto da praça é “Piazza degli Affari” conforme as placas indicativas no local (foto: Barbara Bueno/Brasilnaitalia.net)

A praça já tem nome de negócios, a tradução literal de “Piazza Affari” do italiano ao português é “Praça Comercial“, o lugar onde as pessoas fecham negócios.

A Piazza Affari fica em pleno centro de Milão, a menos de 10 minutos de caminhada do edifício símbolo da cidade, a catedral (que os italianos chamam de “Duomo“, em italiano).

Ainda não reservou sua hospedagem? Então veja nosso artigo com dicas de hotéis em Milão

Mas o que tem para ver na Piazza Affari e por que ela é um ícone do mundo das Finanças?

Nesta praça existe um edifício imponente chamado Palazzo Mezzanotte que é a sede da bolsa de valores de Milão.

A Bolsa de Valores de Milão

O Palazzo Mezzanotte é a sede da Borsa Italiana desde 1932, o ano da sua inauguração.

O edifício foi projetado pelo arquiteto Paolo Mezzanotte com o objetivo de reunir em um único edifício a Bolsa de Valores e Bolsa de Mercadorias, que encontravam-se em lugares diferentes em Milão.

O edifício sede da Bolsa de Valores de Milão na Piazza degli Affari
O “Palazzo Mezzanotte”, edifício sede da Bolsa de Valores de Milão na Piazza degli Affari (foto: Barbara Bueno/Brasilnaitalia.net)

A fachada do Palazzo Mezzanotte tem 36 metros de altura e foi inspirada na arquitetura clássica com esculturas que representam os “Quatro elementos Naturais” realizados por Leone Lodi e Gemignano Cibau.

Onde antigamente aconteciam protestos, hoje é possível organizar mostras, conferências, desfiles de moda e jantares de gala. Mais de 600 pessoas podem ser recebidas no Parterre histórico e em outras salas dedicadas a eventos. Eventualmente também acontecem mostras abertas ao público na Borsa Italiana Gallery (BIG).

O Palazzo Mezzanotte foi construído sobre as ruínas de um edifício de período romano do II século e sobre os restos de um teatro do período Imperial. Ainda hoje é possível admirar as ruínas em uma das salas de eventos através de um vidro colocado no local com iluminação.

A Sala Scavi do Palazzo Mezzanotte onde podem ser realizados eventos exclusivos (foto: divulgação)
A Sala Scavi do Palazzo Mezzanotte onde podem ser realizados eventos exclusivos (foto: divulgação)

Antigamente a Bolsa de Valores era conhecida pela gritaria entre quem comprava e vendia ações inclusive no Palazzo Mezzanotte existe uma sala chamada “Sala delle Grida” (Sala dos Gritos). Foi em 1994 que o mercado virou eletrônico e as ações agora são compradas e vendidas através de um sistema eletrônico.

A história da Bolsa de Valores da Italia

A Bolsa de Valores de Milão possui mais de 200 anos e nasceu graças aos franceses. Foi instituída em janeiro de 1808 como Camera di Commercio di Milano a pedido do vice-rei do Regno d’Italia, Eugenio Napoleone, filho de Giuseppina di Beauharnais. Foi a quarta da Italia após Veneza (1630), Trieste (1775) e Roma (1802). A primeira sede ficava em 3 salas no Monte di Pietà. Alguns meses depois foi deslocada para o Palazzo dei Giureconsulti.

O vídeo abaixo faz um resumo da história da Bolsa de Valores (vídeo em italiano, para você testar a sua fluência na língua).

Veja também: 5 dicas para estudar italiano por conta própria

Informações sobre a Borsa Italiana

A Borsa Italiana nasce com a privatização dos mercados da bolsa de valores e desde 1998 é a responsável pela organização, administração e funcionamento dos mercados financeiros da Italia. Desde 29 de abril de 2021 é parte do Gruppo Euronext.

O principal objetivo da Borsa Italia é o crescimento do mercado, a união e a melhoria constante com foco na eficiência, adaptação às mudanças e transparência.

Por que tem um dedo médio na Piazza Affari em Milão

O dedo médio na Piazza Affari é uma obra do artista Maurizio Cattelan.

Escultura do dedo médio no centro da Piazza Affari em Milão: obra do polêmico artista Maurizio Cattelan
Escultura do dedo médio no centro da Piazza Affari em Milão: obra do polêmico artista Maurizio Cattelan (foto: Barbara Bueno/Brasilnaitalia.net)

No dia 24 de setembro de 2010 uma escultura de 4,6 metros de altura (que com a base mede 11 metros no total) realizada em mármore de Carrara com um dedo médio levantado apareceu em frente ao Palazzo Mezzanotte, a sede da Bolsa de Valores de Milão.

A escultura é conhecida na Italia como “il dito” (o dedo, em italiano), mas seu nome verdadeiro é “L. O. V. E.“, as iniciais de “Libertà, Odio, Vendetta, Eternità” (Liberdade, Ódio, Vingança e Eternidade) embora a primeira vista todo mundo pense em “amor”, que é a tradução de “Love” do inglês.

Uma das interpretações possíveis é de que a mão represente uma saudação romana, embora quase todos os dedos estejam “cortados” o que poderia parecer a erosão do tempo. De qualquer modo o gesto irreverente contrasta o estilo clássico e monumental da obra e a escolha da localização parece uma mensagem direta ao mundo das Finanças.

Maurizio Cattelan é um artista contemporâneo polêmico, o artista da banana colada na parede com fita adesiva, do vaso sanitário revestido em ouro 18 quilates exposto no Museu Guggenheim em 1016, que realizou uma estátua do ditador Adolf Hitler ajoelhado rezando em 2001.

A Banca d’Italia em Milão

A dois minutos de caminhada da Piazza degli Affari encontra-se o edifício com a filial da Banca d’Italia em Milão.

Fachada de Banca d'Italia em Milão, a dois minutos da Piazza Affari
Fachada de Banca d’Italia em Milão, a dois minutos da Piazza Affari (foto: Barbara Bueno/Brasilnaitalia.net)

A Banca d’Italia é o banco central da Italia regulado por normas nacionais e europeias.

A Banca d’Italia nasce em 1893 como um organismo que foi evoluindo no tempo criando relações com o sistema bancário, financeiro, poder político e sistema econômico.

Faz parte do Eurosistema composto pelos bancos centrais dos países da área Euro e pelo Banco Central Europeu.

Leia também: Para que serve o Banco Central Europeu

Milão centro econômico da Italia

Milão continua atraindo investimentos estrangeiros. O jornal Milano Finanza informou que em 2023 a Goldman Sachs transferirá seus traders de Londres para Milão. A migração envolve uma dezena de profissionais ativos hoje no swap em euro que devem desembarcar em Milão no início de 2023.

O JpMorgan possui hoje 200 funcionários nos novos escritórios de Piazza Cordusio (a 4 minutos de caminhada da Piazza Affari) e tem intenção de ampliar a equipe. Na mesma linha o Citi que atualmente possui 230 funcionários.

Uma das principais portas de entrada da Italia é o Aeroporto Malpensa (veja como ir do Aeroporto Malpensa ao centro de Milão). Inclusive existem dois hotéis dentro do Aeroporto Malpensa, que às vezes são usados também para reuniões de negócios.

Na cidade acontecem eventos internacionais famosos no mundo inteiro. Veja aqui o calendário grandes eventos em Milão.

Milão é também uma das cidades mais caras da Italia no quesito comprar imóvel (leia aqui).

Espero que a dica tenha sido útil para você. Se achou o artigo interessante lembre-se de compartilhá-lo com os seus amigos. Você ajuda a divulgar o nosso trabalho e é um estímulo para continuar escrevendo artigos com informações checadas, confirmadas e verificadas para você.

Leia também: 15 atrações de Milão que merecem uma visita

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

Artigo anteriorPizza napolitana em Milão
Próximo artigoNovo Voo Londres – Florença da British Airways
Barbara Bueno - brasilnaitalia
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here