Foto das Termas de Caracalla FAKE – As Termas de Caracalla são um dos mais impressionantes complexos termais do antigo Império Romano, localizadas em Roma. Este patrimônio histórico, conhecido por sua grandiosidade e engenharia avançada, atrai turistas e estudiosos do mundo inteiro.

No entanto, recentemente, uma imagem das Termas de Caracalla viralizou na internet, causando bastante alvoroço e discussões sobre sua autenticidade. A imagem em questão foi marcada como “FALSA” e, neste artigo, você vai descobrir a origem da imagem.

A foto fake das Termas de Caracalla

Começou a circular nas redes sociais uma presunta foto das Termas de Caracalla. A imagem é convidativa e tem recebido vários likes e compartilhamentos mas… a imagem não retrata as Termas de Caracalla. Aqui você vai descobrir a origem da imagem.

Foto fake das Termas de Caracalla: esse lugar não existe e nunca existiu em Roma
Foto fake das Termas de Caracalla: esse lugar não existe e nunca existiu em Roma

Viajantes dos quatro cantos do planeta sonham em conhecer Roma, a cidade que foi o centro do mundo antigo e que ainda hoje mantém restos de alguns monumentos com aproximadamente 2 mil anos de história como o Coliseu ou o Panteão, por exemplo.

Uma outra atração bastante importante, mas um pouco menos conhecida, são as Termas de Caracalla. Abaixo a foto fake das Termas de Caracalla que estão circulando nas redes sociais em português (mas também já vi versões em inglês e italiano).

Imagem das Termas de Caracalla Falsa - Fake
Screenshot

Mas a notícia é que não apenas as Termas de Caracalla não são assim atualmente como não eram assim no passado.

Foto das Termas de Caracalla criada pela Inteligência Artifical

A imagem das Termas de Caracalla foi criada por uma Inteligência Artificial e o autor da foto compartilhou a imagem no Instagram com os comandos em inglês que deu para esta inteligência artificial. A seguir uma tradução livre do que o autor pediu para a I.A.:

“240123 – um meio cilindro e um cubo formam um arco, cujo interior é renderizado como um banho de mármore branco, em estilo barroco; blender, midjourney, sd1.5 (comfy), controlNet, magnific, python, lightroom
Dia 24/91 – no Blender, uma forma semelhante a um arco é construída com nós de geometria unindo um cubo e meio cilindro. Uma câmera 4:5 é posicionada em um local aleatório dentro da forma e apontada aleatoriamente em uma direção geralmente para frente/para cima. A cena é renderizada em profundidade, depois usada com controlnet_sd15_depth para guiar a difusão através do modelo realisticVision_V60B1 usando o estilo artístico hiper-realismo. Um primeiro passe de 60 etapas para na etapa 40, depois passa para um segundo kSampler avançado, mudando para sai-photographic para um passe final de 30 etapas. Um conjunto de dados de imagens (inicialmente geradas no midjourney v6 com um prompt semelhante) é usado como ipAdapters. Os resultados são selecionados manualmente, depois processados no magnific (2x resolução, natureza/paisagem, criatividade moderada, hdr e semelhança) e ajustes são feitos no Lightroom. Os toques finais (incluindo nitidez, correção de cor, contraste e redimensionamento) são automatizados via script Python.”

Ou seja: em nenhum momento o autor mencionou as Termas de Caracalla. O mistério é como foi que da foto criada artificialmente apareceu a primeira legenda que fazia uma referência às Termas de Caracalla. Essa parte ainda não descobrimos. Se você souber escreva um comentário abaixo.

As Termas de Caracalla foram construídas no século III d.C., durante o Império Romano, e apresentam um estilo arquitetônico característico daquela época. A arquitetura romana é conhecida por suas estruturas imponentes, mas relativamente simples, com uso de colunas, arcos e abóbadas. A imagem apresentada, no entanto, mostra um estilo que remete ao Barroco ou Rococó, períodos que surgiram muitos séculos depois.

Concluindo: a imagem das Termas de Caracalla que circula online é uma representação fictícia e não histórica do local. A análise do estilo arquitetônico, dos elementos visuais e do contexto histórico revela várias inconsistências que comprovam a falsidade da imagem. É essencial verificar as fontes e buscar informações em registros históricos e arqueológicos confiáveis para evitar a disseminação de informações incorretas sobre patrimônios históricos.

A foto das Termas de Caracalla atualmente

Abaixo uma foto de como são as Termas de Caracalla no século XXI, ou seja, atualmente:

Termas de Caracalla em Roma na Italia

Nos dias de hoje você pode organizar uma visita guiada às Termas de Caracalla ou mesmo assistir a um show ao vivo durante o verão italiano. Para saber mais leia nosso artigo sobre as Termas de Caracalla.

Ainda não existe nada como viver uma experiência ao vivo, aprender a história real dos lugares com profissionais especializados.

Se você ainda não reservou sua acomodação, vale conferir nosso artigo com dicas de hotéis em Roma.


Se você achou esse artigo interessante, compartilhe-o com seus amigos.

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

Artigo anteriorTrenitalia lança promoção FrecciaFAMILY: menores de 15 anos viajam grátis nos trens de alta velocidade
Próximo artigoFontana di Trevi em Roma além do óbvio
Barbara Bueno - brasilnaitalia
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here