O Mandela Forum de Firenze lotou nessa sexta-feira, 11 de setembro, para comemorar os 15 anos de Emergency. Mais de 6500 pessoas foram conferir ao vivo a festa de celebração e a noite começou com longos aplausos de uma grande platéia que homenageava Teresa, a mulher de Gino Strada e presidente da Emergency que faleceu no último dia 1º.

No palco, Gino Strada era entrevistado e contava trechos do que viu e viveu nos últimos anos dedicado a suas missões nos países pobres. Foi emocionante porque suas palavras mostravam paixão por uma causa, ao mesmo tempo indignação por coisas absurdas que acontecem. Ele citou, por exemplo, o caso dos engenheiros que construíam armas disfarçadas de brinquedos, de modo a matar o maior número possível de crianças. E questionava: “Como pode? Um pai de família que cria uma arma para matar uma criança qualquer que ele nem conhece?”

O evento contou também com a participação especial do jornalista Gianni Mura e do cartunista Vauro. Abaixo, um vídeo registrado por BRASIL NA ITALIA onde fala-se sobre a relação de Emergency com a política (da esq para direita: entrevistador, Gianni Mura, Vauro e Gino Strada).

Jovanotti canta para Emergency

Lorenzo Jovanotti canta Fango: “Io lo sò che non sono solo anche quando sono solo…”

Leia também:
Evento Firenze: 8º encontro nacional dos voluntários Emergency

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.