Um dos meus lugares favoritos em Florença é certamente o Palácio Pitti e o Jardim de Boboli. Um oásis de verde e imponência do “outro lado” do Rio Arno, a poucos metros de distância da famosíssima Ponte Vecchio.

Índice do artigo:
– Bons motivos para visitar o Palácio Pitti e o Jardim de Boboli
– Importância histórica do Palácio Pitti
— Esplendor e beleza graças a Eleonora di Toledo e Cosimo I de’ Medici
— A origem do Palácio Pitti e do Jardim de Boboli
— Residência de reis e nobres
– O que você poderá ver no Palácio Pitti
– Ingressos Palácio Pitti e Jardim de Boboli
– Tours no Palácio Pitti e Jardim de Boboli
– Horário de abertura do Palácio Pitti
– Horário de abertura do Jardim de Boboli

Fachada do Palácio Pitti de Florença (foto de 06/11/2022)
Fachada do Palácio Pitti de Florença (foto de 06/11/2022)

Bons motivos para visitar o Palácio Pitti e o Jardim de Boboli

Saindo do centro histórico de Florença, basta atravessar o Ponte Vecchio e percorrer alguns metros da Via de’ Guicciardini para você dar de cara com uma ampla praça, a Piazza Pitti, e um enorme palácio, o Palácio Pitti.

A praça Pitti é um ponto de encontro em Florença, no verão artistas de rua se apresentam por aqui, no outono e na primavera as pessoas sentam na praça para curtir o sol morno de meia estação.

O jardim de Boboli é há anos uma das áreas verdes mais amadas pelos florentinos. Enquanto os visitantes de outras cidades pagam para entrar, os florentinos tem acesso gratuito (mas não pela entrada principal). É um oásis de beleza verde para relaxar a mente da confusão e barulho do centro.

E o Palácio Pitti… só a arquitetura do edifício já deixa a gente imaginar o poder das famílias que ali viveram. E ainda tem muitos quadros, esculturas, obras de arte e beleza para admirar.

Em família a gente gosta bastante de visitar o Palácio, cada visita é uma experiência nova.

Às vezes nos concentramos no estilo dos apartamentos imperais e reais, outras nos quadros de um determinado artista. Às vezes vamos passear no Jardim de Boboli, outras paramos apenas na Praça Pitti para admirar a beleza do lugar. Abaixo um vídeo que gravei no dia 8 de outubro de 2017 quando minhas filhas ainda eram pequenas… que saudade rever essas imagens!

Na nossa visita de novembro de 2022 chamou atenção a sala dedicada a Galileo Chini, artista florentino que teve também um importante papel tanto no cenário internacional como no Mugello. Veja aqui as fotos da minha última visita.

E você, também quer construir memórias bacanas neste lugar especial? Então continue lendo para mais dicas.

Importância histórica do Palácio Pitti

Quando se fala em Palácio Pitti a primeira coisa que vem em mente é a família Medici, que foi uma das famílias mais importantes de Florença. Mas foi graças a esposa de um Medici, a espanhola Eleonora di Toledo, que hoje o Palácio Pitti é um edifício tão imponente e de grande beleza.

Esplendor e beleza graças a Eleonora di Toledo e Cosimo I de’ Medici

O Palácio Pitti se tornou um símbolo de Florença no momento em que foi comprado em 1550 por Cosimo I de’ Medici e pela esposa Eleonora di Toledo para se transformar na nova residência granducale.

Naquela época a posição de granduca (em português grão-duque) era equivalente a de um rei ou imperador. Ou seja, o Palácio Pitti seria a nova residência dos “reis” de Florença, que até então viviam no Palazzo Vecchio (em português seria Palácio Antigo).

De uma das janelas do Palácio Pitti é possível admirar o Jardim de Boboli (foto tirada em 06/11/2022)
De uma das janelas do Palácio Pitti é possível admirar o Jardim de Boboli (foto tirada em 06/11/2022)

Eleonora di Toledo sentia falta de uma residência com um jardim para passear, coisa que não existia no Palácio Vecchio. Resolveu então comprar o Palácio Pitti por 9.000 escudos de ouro. Mas é claro que o nobre casal não se mudou imediatamente para o novo palácio: primeiro era necessário reformá-lo para transformá-lo em uma residência digna de um granduca.

A origem do Palácio Pitti e do Jardim de Boboli

O Palácio Pitti tem este nome porque foi mandado construir pelo banqueiro florentino Luca Pitti seguindo um projeto de Brunelleschi. Mas quando Eleonora di Toledo o compra, era uma grande propriedade em estado de decadência dividida por vários herdeiros.

Com a compra de Palácio Pitti, Eleonora e Cosimo poderiam realizar uma residência digna de reis, ampla e segura, rodeada pelo verde e ao mesmo tempo protegida pelos muros da cidade e pelos conventos nos arredores.

A primeira fase das reformas foi realizada por Davide di Raffaello Fortini e a nova residência foi ilustrada em um afresco do Palácio Vecchio onde podemos ver que apresentava ambientes decorados por pinturas de Giorgio Vasari e Bernardo Buontalenti.

A “horta dos Pitti” se encontrava entre os muros de proteção construídos por Cosimo I durante a guerra contra Siena (1546-1548), os muros do século XIV, a Porta Romana e as casas de via Romana. A área era conhecida como de’ Boboli, um antigo topônimo que indicava as áreas arborizadas.

O terreno que antigamente pertencia a família Pitti foi ampliado em direção ao norte (em direção ao Rio Arno) com a compra de dois terrenos que pertenciam as freiras de Santa Felicita (1550) e pelos Guidi di Monterigoli (1551).

O Palácio Pitti visto do Jardim de Boboli. A menininha no centro da foto descendo a rampa é a Gaia no dia 8 de outubro de 2017
O Palácio Pitti visto do Jardim de Boboli. A menininha no centro da foto descendo a rampa é a Gaia no dia 8 de outubro de 2017

Niccolò Pericoli, também conhecido como Tribolo, que já tinha realizado um esplêndido jardim para Cosimo I, na Villa Medicea di Castello, foi encarregado de realizar o projeto do novo Jardim de Boboli.

Quando Pericoli morre em setembro de 1550, os trabalhos foram seguidos pelo seu genro Davide Fortini que apenas seguiu o projeto já definido.

Foram chamados uma série de arquitetos renomados na corte como Marco del Tasso, Giorgio Vasari, Bartolomeo Ammannati. A área principal do jardim em forma de U, que lembra os anfiteatros antigos, foi obtida a partir do enterro de uma pedreira usada para a construção do edifício.

Na área em direção a Santa Felicita foi construída a Grotticina di Madama” com pinturas grotescas de Francesco Bachiacca e Giovanni Fancelli representando querubins, capricórnios e figuras zoomórficas. Naquela área surge também um “jardim secreto” destinado a cultivação de árvores de fruta pequenas e uma horta.

Para as plantações, as fontes e as grutas foi necessário criar uma complexa rede de canais de drenagem e um sistema hidráulico eficiente.

O Jardim de Boboli com o Palácio Pitti e a cidade de Florença ao fundo - Foto da minha visita ao Jardim de Boboli no dia 27 de agosto de 2019
O Jardim de Boboli com o Palácio Pitti e a cidade de Florença ao fundo – Foto da minha visita ao Jardim de Boboli no dia 27 de agosto de 2019

Em 1562 morre Eleonora di Toledo e a fábrica de Palácio Pitti passa totalmente para as mãos de Cosimo I que considerava a ideia de fazer um palácio grandioso, que representasse o seu poder e status social a comando de um estado regional de relevância política no cenário europeu. Cosimo encarregou a difícil tarefa de terminar o edifício a Bartolomeo Ammannati, que se transformou o diretor da fábrica de Palazzo Pitti em julho de 1561.

E você gostaria de se hospedar em um lugar grandioso em Florença? Então confira nosso artigo com os melhores hotéis de luxo Florença

Residência de reis e nobres

O Palácio Pitti também foi residência de outras duas dinastias: a Casa de Habsburgo-Lorena (sucessores dos Medici a partir de 1737 com a morte de Anna Maria Luisa de’ Medici) e dos Savoia que habitaram ali como reis de Italia a partir de 1865.

meninas palazzo pitti
Minhas filhas Gaia e Aurora em frente ao Palácio Pitti de Florença no dia 13/09/2021

O que você poderá ver no Palácio Pitti

Dentro do Palácio Pitti existem 5 museus diferentes.

No andar térreo você encontra o Tesoro dei Granduchi e o Museo delle Icone Russe, con a Cappella Palatina.

Foto dos apartamentos imperiais e reais do Palácio Pitti tirada em 08/10/2017. Durante a visita em novembro de 2022 a área estava fechada para manutenção
Foto dos apartamentos imperiais e reais do Palácio Pitti tirada em 08/10/2017. Durante a visita em novembro de 2022 a área estava fechada para manutenção
palacio pitti entrada galleria palatina
Minha filha Gaia em frente a porta para subir até a Galleria Palatina e a Galleria d’Arte Moderna (6/11/2022)

No primeiro andar, considerado o andar nobre encontra-se a Galleria Palatina e os Apartamentos Imperiais e Reais.

Aqui você encontrará a maior concentração de obras do mundo de Raffaello, além de quadros de Tiziano, Tintoretto, Caravaggio e Rubens.

Vai passar pelas salas dos planetas onde as obras de arte combinam com o resto da decoração.

No segundo andar está a Galleria d’Arte Moderna e o Museo della Moda e del Costume.

Ingressos Palácio Pitti e Jardim de Boboli

Reserve seu ingresso prioritário para o Palácio Pitti através da Get Your Guide com política de cancelamento flexível

Reserve seu ingresso prioritário para o Jardim de Boboli através da Get Your Guide com política de cancelamento flexível

Os ingressos para o Palácio Pitti dão acesso a Galleria Palatina, Galleria d’Arte Moderna, Tesoro dei Granduchi, Museo delle Icone Russe e Cappella Palatina.

Já para entrar no Jardim de Boboli é cobrado um suplemento.

bilheteria palacio pitti jardim de boboli
A bilheteria onde comprar ingressos na hora para o Palácio Pitti e Jardim de Boboli (podem ter filas, inclusive demoradas)

Tarifas dos ingressos:

  • Palácio Pitti Inteiro – Euro 10,00 por pessoa
  • Palácio Pitti + Jardins de Boboli – Euro 14,00
  • Apenas Jardim de Boboli – Euro 6,00
  • Ingressos para menores de 18 anos – grátis
  • Ingresso reduzido – Euro 2,00 (válido para cidadãos da Comunidade Europeia de idade superior a 18 anos até completar 25 anos com documento de identidade válido. Alguns países não comunitários que também aderiam ao acordo são: Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein e Uruguais.

As tarifas acima são válidas para os ingressos comprados na bilheteria. Podem ter filas para entrar.

ATENÇÃO PARA RESIDENTES NO COMUNE DI FIRENZE: a entrada no jardim de Boboli é gratuita para quem é residente no Comune di Firenze. Para entrar grátis o acesso é através da Porta Romana e Annalena e através da entrada no Forte di Belvedere. Não é possível entrar do portão central de Palazzo Pitti. Os residentes devem ter o ingresso gratuito mostrando um documento de identidade válido que ateste a residência.

Quem preferir comprar os ingressos prioritários online e evitar filas pode comprar os ingressos no site oficial de ingressos para o Palácio Pitti com adicional de 3 euros e política de cancelamento não reembolsável. Podem existir suplementos adicionais no preço em caso de mostras ou eventos.

Tours no Palácio Pitti e Jardim de Boboli

Reserve seu tour em grupo com ingressos no Palácio Pitti através da Get Your Guide

Reserve seu tour em grupo com ingressos no Jardim de Boboli através da Get Your Guide

Reserve seu tour particular com ingressos no Palácio Pitti e Jardins de Boboli através da Get Your Guide

Para quem prefere fazer uma visita acompanhado de um guia profissional a dica é reservar um tour. Existem opções de tours em grupo ou tours particulares.

Os tours em grupo são geralmente mais econômicos, as saídas geralmente são inglês ou espanhol. Quem sabe quando mais turistas brasileiros voltarem a frequentar a Italia e seus museus abrirão saídas também em português.

Você pode reservar um tour em grupo apenas para o Palácio Pitti ou apenas para o Jardim de Boboli.

Os tours particulares são mais exclusivos, já que o guia será exclusivo para você e é mais fácil encontrar disponibilidade em português. No momento da reserva verifique a duração do passeio. Existem tours que duram 1 hora e meia, outros 2 ou 3 horas e a maioria inclui seja os museus do Palácio Pitti como o Jardim de Boboli.

Horário de abertura do Palácio Pitti

O Palácio Pitti abre de terça a domingo das 08:15 às 18:30. A última entrada é às 17:30. Às 18:30 os visitantes serão convidados a sair do Palácio Pitti.

O Palácio Pitti não abre às segundas, no dia 1º de janeiro e 25 de dezembro.

Aviso novembro 2022: os apartamentos reais e imperiais e o Museu da Moda estão temporariamente fechados para reforma até nova comunicação.

Horário de abertura do Jardim de Boboli

O Jardim de Boboli abre de terça a domingo das 08:15 às 16:30 (nos meses de janeiro, fevereiro, novembro e dezembro).

Em março e outubro o jardim fecha às 17:30

Nos meses de março, abril, maio, setembro fecha às 18:30

Nos meses de junho, julho e agosto fecha às 19:10.

É possível entrar no Jardim de Boboli até 1 hora antes do horário de fechamento. Em caso de chuva e eventos meteorológicos que tornem a visita perigosa é possível alteração de horário ou encerramento das atividades temporariamente.

O Jardim de Boboli não abre na primeira e na última segunda-feira do mês. Fecha também em 1º de janeiro e 25 de dezembro.

Aviso novembro de 2022: o Museu das Porcelanas permanece fechado para reforma.

Abaixo o álbum de fotos que compartilhei no Instagram na visita de novembro de 2022.

Se você gostou da dica, compartilhe-a com seus amigos!

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

RESERVE SUAS PASSAGENS DE TREM NA ITALIA E EM VÁRIOS OUTROS PAÍSES EUROPEUS COM NOSSA PARCEIRA TRAINLINE

Reserve sua passagem de trem ou pass de trem agora

ALUGUE SEU CARRO COM A NOSSA PARCEIRA

Alugue um carro na Italia, ou em qualquer outro lugar do mundo com a nossa parceira Rental Cars

Artigo anteriorPróximos shows de Andrea Bocelli na Italia
Próximo artigoDescobertas antigas estátuas de bronze na Toscana
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

1 COMENTÁRIO

  1. Que aula de história. Lembro bem quando lá estive e também fiquei sentada por horas admirando a vida cultural do local. Foi especial.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here