O fato é tão absurdo, que achei que merecia destaque aqui no Brasil na Italia.

Era uma vez um italiano, que decidiu passar mais uma vez suas férias em um resort em Fortaleza, acompanhado pela sua esposa brasileira e a filha de 8 anos. Seria mais um ano de relax a beira da praia não fosse por um acontecimento inédito: ele caminhava na área da piscina abraçado com a filha enrolados em uma única toalha. Não estavam pelados. Estavam de roupa de piscina.

Um pouco mais tarde, outro fato “suspeito”: o pai deu um beijinho estilo selinho na sua filha de 8 anos na frente da piscina. Um gesto normal de afeto para a cultura italiana. No entanto, um casal de brasileiros ao ver a cena, chamou a polícia e denunciou o italiano por moléstia sexual. Não é brincandeira! O cara tá preso! E pode pegar de 8 a 15 anos de cadeia baseado em uma nova lei brasileira anti-pedofilia.

Olha só a matéria que foi levada ao ar pela TV Globo sobre o assunto:

Quer saber mais: olha só a notícia publicada no jornal La Repubblica (clique aqui) e no jornal Corriere della Sera clique neste link.

Fala sério, o mundo tá de cabeça pro ar, não tá não?

7 COMENTÁRIOS

  1. Incrivel como voces sao sempre contra o Brasil, sem que o caso tenha sido nem mesmo julgado!!! Nòs brasileiros nao nos espantamos com nada, por isso nao acredito que tenham sido sò selinhos…. E cultura por cultura, quando alguém viaja deve procurar saber como sao as leis no pais que se visita… Eu nunca andaria de biquini num pais arabe. Isso se chama respeito. Italianos nao costumam respeitar muito as tradiçoes (dos outros). Vi muitos italianos nus em praias no Brasil e fazendo topless, sendo que aqui é contra a lei. Mesmo que ele seja inocente espero que sirva de alerta para todos aqueles que usam o Brasil e nossa meninas descaradamente nas suas "fèrias familiares".

  2. Achei meio estranho depois de ter visto que a familia foi convidada a se retirar do clube. Se nao tinha nada demais, porque expulsa-los?

    O casal que denunciou o italiano seguramente foi movido pelo preconceito. Viram um estrangeiro com uma criança, até ai normal se nao fosse numa terra onde é frequente casos de turismo sexual.

    Nao confio nas declaraçoes de uma das supostas testemunhas, mesmo porque achei a reportagem um pouco instrumentalizadas (reparem na forma como a apresentadora e a enviada local falam). Nem na imprensa italiana, afinal, eles defendem seus conterraneos.

    Que a justiça seja feita.

  3. Os Brasileiros deveriam se preocupar com o turismo sexual infantil que acontece em Fortaleza e não com um pai que dá um selinho na filha. Brasileiro é ignorante mesmo, e esse casal deve ter agido com preconceito, primeiro pq a mãe da menina é negra e a menina também!
    Abraços

  4. @arteconfesta
    De acordo com as notícias divulgadas pela imprensa, o caso deste italiano em particular não tem nada a ver com prostituição e portanto esse "férias familiares" entre aspas não faz o menor sentido.
    Eu não estou aqui para julgar ninguém no tribunal até porque não conheço o cidadão, mas fico pensando no pesadelo que a vida de uma pessoa pode se tornar em um segundo.
    Partamos do pressuposto que ele seja inocente, oras já imaginou o que é terminar suas férias preso porque um casal que não tinha nada melhor para fazer, resolveu encrencar com a sua família?
    Agora me diga se uma situação dessas ajuda ou piora a vida de brasileiras que moram no exterior?
    Invés de pensar em patriotismos e ufanismos, pense nas brasileiras que moram no exterior e tem família italiana.

  5. Bom dia,

    depois de assistir o vídeo e ler as matérias indicadas, a meu ver tudo não passou de um engano reforçado pela malícia de nossos pensamentos. Mais um mico que estamos pagando…
    Afinal, até onde eu saiba, o turismo sexual na região nordestina e também no restante do país continuam ocorrendo em larga escala, engraçado como ninguém fala nada sobre estes???
    Estudo Direito e em aula comentamos sobre crimes envolvendo estrangeiros em solo brasileiro e brasileiros em solo estrangeiro. Fui a única que defendi o pobre pai…nem minha professora se manteve neutra,
    ela também acredita que o italiano é culpado…
    Ficamos de levar na próxima aula, dia 28/9 informações sobre este e outros casos similares,…
    Se alguém puder auxiliar eu agradeço…

    Abraço

  6. Teve aquele famoso caso da brasileira gravida que foi agredida na Suiça e perdeu o filho (escreveram com canivete na barriga dela).

    Ou o do americano que queria o filho de volta. Ele tinha se casado com uma brasileira com quem teve um filho. A brasileira voltou para o Brasil, casou de novo e morreu. Ai começou uma briga entre o padrasto brasileiro e o pai verdadeiro para cuidar da criança.

    Realmente são casos delicados, difícil ter certeza absoluta sobre quem diz ou não a verdade. Particularmente no caso que citei no artigo deste post, me parece surreal pensar que um pai faz jogos eroticos com a filha na frente da mae e de um inteiro villaggio turistico que ele frequenta ha anos.

    Bem, boa sorte com o seu trabalho. abs,

    Babi

Comments are closed.