Veneza… ah Veneza!


Apesar de ter passado somente 2 dias, só tenho boas recordações desse lugar! Romântico, lindo e cheio de turista, assim é Veneza aos meus olhos.

Depois de ter passado mais de 15 dias turistando pela Itália, eu e meu marido decidimos que nossa estada em Veneza seria para o total relax, e foi.
Deixamos o mapa de lado e nos perdemos entre os canais sem destino.


A única obrigação era de conseguir chegar a Piazza San Marco e a Ponte di Rialto.
Não queríamos que Veneza fosse para nós, mais um lugar cheio de obrigações. Ter que visitar isso ou aquilo!


Enquanto nos perdíamos e nos achávamos, entramos nas lojinhas simples, conhecemos artesãos, tomamos gelato, nos impressionamos com as máscaras de Veneza e com as lojas de design, comemos calzone, fomos ao supermercado e quase caíamos nos canais.

Minhas dicas e conselhos são estes:

 

  • Nem pense em ir de carro em Veneza! Se estiver com um carro alugado pare fora da cidade e vá de trem! Pagamos 80 euros por um dia de estacionamento (quase o mesmo que o hotel).
  • Veneza é cara, muito cara, então se você não souber “viajar econômico”, pode comprometer parte do orçamento da sua viagem por lá.
  • As gôndolas também são caras, na época custava cerca de 80 euros o passeio. Se você pode pagar, faça! Senão faça como nós que andamos muito a pé ou de vaporetto! Para quem não sabe o Vaporetto é o meio de transporte (aquático) dos Venezianos.
  • Guarde um cartão e o ponto de referência do seu hotel, jogue o mapa fora, e se perca nas ruas de Veneza! Tenho certeza que você descobrirá o que nenhum guia de viagens te conta.
  • Procure fugir dos restaurantes turísticos da Piazza San Marco e Ponte di Rialto. Você pagará caro e nem sempre estará satisfeito.
  • Se for mulher e estiver solteira, aprecie a beleza dos gondoleiros. Muitos deles são bonitos (e sedutores também, cuidado!).
  • Vá as feiras livres e compre frutas, você irá se surpreender com as cores e perfumes.
  • Sente-se na beira de um canal para fazer um lanche, contemple o vai e vem dos barcos e deixe o tempo passar…

A última e grande dica: Visite meu blog e veja as ótimas dicas para comer muito bem em Veneza!
http://comerecocaresocomecar.blogspot.com/search/label/Veneza
Espero que tenham gostado.

Artigo e fotos por Dani Bispo, 36 anos, carioca apaixonada por viagens, arquiteta, casada com um italiano e autora do blog Comer e Coçar é só Começar!

9 COMENTÁRIOS

  1. Oi Chica,
    Eu também gostei muito de rever Veneza através das fotos e dicas da Dani. Apesar de estar aqui pertinho de Florença, a última vez que eu estive no centro de Veneza foi há uns 5 anos…
    Um beijo pra vc,
    Babi

  2. Eita, 80 euros por 1 dia de estacionamento?? Aonde vc conseguiu isso?

    1 ou 2 vezes por ano dou um pulo em Veneza, sempre de carro! Se vc vai ficar pouco tempo (1 ou 2 noites, como eu), vale a pena sim! Eu sempre estaciono no Tronchetto, sempre tem vaga e vc já pega o vaporetto dali mesmo! Muito prático! O preço é razoavel, se nao me engano foi 24 euros por dia da ultima vez. O unico problema é q se vc ficar 25 horas estacionado, vai pagar 2*24 euros! Entao tem q planejar bem q horas vc vai chegar e sair de la hehe…

    Alem disso, com esses freccia-nao-sei-o-q caríssimos, corre o risco do trem sair mais caro, ainda mais se forem mais de 2 pessoas no msm carro! E sem contar tambem o transtorno q é a trenitalia: greve, cancelamentos, atrasos… aff, SEMPRE q posso (e q o custo é comparavel), evito o trem aqui na Italia! uhahuahua

  3. Leoh

    Pagamos esse valor em um estacionamento assim q chega em Veneza, porém não lembro o nome agora, mas foi esse preço assustador mesmo. Infelizmente 🙁

  4. Estou adorando as suas dicas na Itália ! Quero fazer um bate e volta de Veneza para Lugano(Suíça ) dia 23 de marco 2013 você Ana viável?Quais suas dicas?

Comments are closed.