Uma viagem para a Italia representa a oportunidade de conhecer vinhedos, adegas, aprender sobre produção de vinhos e óbvio participar de deliciosas degustações, eventualmente acompanhadas de pratos típicos de cada território. Para quem adora vinho como eu é um verdadeiro paraíso!

Eleger a melhor vinícola é realmente difícil. Eu particularmente tive a oportunidade de conhecer diversas adegas: algumas realmente pequenas e artesanais, outras grandes e modernas. Cada uma delas foi especial, cheguei a contar sobre algumas experiências aqui no blog como por exemplo minha visita a Donnafugata na Sicília na noite de San Lorenzo (noite das estrelas cadentes, dia 10 de agosto) ou minha passagem por Barolo, em Piemonte onde particularmente gostei de visitar a adega de Ceretto. Hoje, no entanto, vou falar sobre Berlucchi, uma das minhas favoritas.

A Italia e os seus vinhedos

Berlucchi: uma adega de tirar o fôlego

Berlucchi é conhecida internacionalmente pela produção de espumantes deliciosos, a versão italiana do champagne. Uma bebida para brindar, festejar e celebrar os bons momentos dessa vida. Para quem viaja com a cara metade, melhor ainda: diz a lenda que as bolinhas possuem um quê afrodisíaco…

Uma das coisas que mais me impressionaram quando visitei a adega foi a grande quantidade de garrafas. Eram corredores e corredores repletos de garrafas nos mais diversos estágios de produção.  Para dar uma idéia do que estou falando tente imaginar 14 MILHÕES de garrafas. É garrafa que não acaba mais!

Uma garrafa de Berlucchi leva 3 anos para ficar pronta para o mercado: em outras palavras, o vinho colocado em uma garrafa em 2012 não é vendido antes de 2015. E todos os anos Berlucchi produz 5 milhões de garrafas.

Em pensar que a história da Berlucchi começou nos anos 1950 com um sonho: o de produzir na Italia uma espumante com a qualidade dos franceses…

 Como visitar a adega da Berlucchi

Visita a Berlucchi em outubro de 2009

Eu visitei a Berlucchi em outubro de 2009, em ocasião de uma festa organizada pela AIS Toscana (Associazione Italiana Sommelier). No entanto, não é necessário participar de um evento especial para visitar a adega: ela é aberta ao público, mas é preciso reservar com antedência.

As adegas Berlucchi estão abertas ao público de segunda à sexta-feira das 9:30 às 11:00 e das 14:30 às 17:00 e um sábado ao mês (informações na página oficial). É necessário reservar a visita com antecedência de pelo menos alguns dias através do e-mail info@berlucchi.it

As degustações custam a partir de 12 euros por pessoa (no caso de uma visita com guia e degustação de um tipo de Berlucchi). Quem quiser também pode almoçar no restaurante nos arredores ou mesmo se hospedar lá.


View Larger Map

A adega de Berlucchi fica próxima a cidade de Brescia, no estado da Lombardia, no norte da Italia, em uma área conhecida como Franciacorta. O endereço lá é Piazza Duranti 4 – 25040 Borgonato (Brescia).

3 COMENTÁRIOS

  1. A Itália é um país que oferece diversidade de opções a serem exploradas. Acho que nem um ano seria suficiente para conhecermos os lugares interessantes que ela tem a oferecer.Fico a sonhar com a possibilidade de outra viagem.
    Abraços,
    Mª Eunice

  2. Oi M. Eunice,
    É verdade, tem muita coisa bacana para conhecer e a primeira viagem é só o aperitivo… 🙂
    Até a próxima, Abs Barbara

Comments are closed.