Uma das formas de transporte preferido por quem gosta da liberdade de ir e vir é o transporte rodoviário.

Ter um veículo a disposição – seja ele uma moto, carro, van ou motorhome – para ir aonde for possível chegar via estradas, rodovias e ruas a qualquer hora é simplesmente fantástico. Mas tem um porém: para dirigir na Italia no inverno você precisa saber de algumas coisas. Leia o artigo para se preparar direito.

Índice do artigo:
1) A melhor hora para dirigir na Italia o inverno é…
2) Evite deixar as malas no carro enquanto você passeia pela cidade
3) Verifique as condições de trânsito nas estradas italianas em tempo real
4) Certifique-se que o seu veículo possui pneus de Inverno ou correntes
Veja como montar as correntes nos pneus
5) Informe-se sobre a ZTL da cidade que você vai visitar
6) Pense no estacionamento com antecedência
Como funcionam os estacionamentos na cidade de Florença
A grande diferença de tarifas entre estacionamentos
Estacionar o carro na rua no inverno
7) Atenção aos radares!
Conclusão

1- A melhor hora para dirigir na Italia no inverno é…

Se você está programando uma viagem para a Italia entre novembro e abril deve saber que nesta período costuma ter nevoeiro e/ou formar gelo no asfalto durante a noite. E para completar os dias duram pouco. Em dezembro, o mês mais escuro do ano, costuma anoitecer por volta das 16:30 e amanhecer por volta das 07:00.

Veja aqui dicas para alugar carro na Italia

Dirigir na Italia no inverno
Dirigir na Italia no inverno: prefira viajar de dia para evitar gelo no asfalto e nevoeiro

Recomendo que você verifique a hora em que o sol nasce e se põe na área em que você se encontra antes de pegar a estrada. Hoje existem apps para smartwatchs que já te informam rapidamente em base a sua localização. Você também pode checar aqui a que horas anoitece em Roma no mês de…

De qualquer modo é fácil dar um bom horário para dirigir na Italia no inverno: no final da manhã / hora do almoço, ou seja a partir das 11:00 da manhã.

Isso porque no início da manhã, entre às 07:00 e às 10:00, as estradas ficam bem cheias com o pessoal que está saindo para trabalhar. A mesma coisa no final do dia entre às 17:00 e às 20:00. Já na hora do almoço, além de ser a hora mais quente do dia e com melhor visibilidade, você evita pegar trânsito.

E convenhamos, no inverno acordar cedíssimo é doloroso (pelo menos para mim!). Então eu particularmente prefiro acordar quando o sol já raiou, tomar meu café da manhã com calma, fazer check out no hotel e pegar a estrada sem engarrafamentos. Até porque só vou poder fazer o check in no hotel da próxima cidade após o meio dia (em alguns hotéis após às 14:00 ou 16:00, verifique a sua reserva!).

2- Evite deixar as malas no carro enquanto você passeia pela cidade

Melhor sair do estacionamento de um hotel e ir direto para o estacionamento do outro hotel. Evite parar o seu veículo na rua com as malas dentro e sair para passear. Por quê?

Embora a Italia seja um país relativamente seguro, acontece bastante de roubarem bolsas e malas deixados em veículos estacionados. Atenção: não estou falando de assalto a mão armada, quando um ladrão aponta uma arma para você. Estou falando que quebram o vidro do seu carro ou usam técnicas mais modernas para abrir o carro sem que ninguém perceba e quando você volta não encontra suas bolsas ou malas.

Então a melhor coisa a fazer é sair do seu hotel com as malas e depois ir para o próximo hotel, deixar as malas e só depois sair para passear.

Aí você pode responder: “mas eu vou alugar um carro justamente para parar em uma cidade no caminho, passear e depois ir para a outra cidade”. Bem, neste caso recomendo que você não estacione o seu carro na rua, prefira um estacionamento à pagamento e faça o possível para não deixar bolsas e malas aparecendo.

Quando você viaja com um NCC (o motorista profissional particular) ele fica no carro com as malas enquanto você passeia pela cidade. Ou pelo menos conhece bem onde pode estacionar um veículo com malas ou não. Quando é você quem dirige, você deve se informar antes e prestar atenção para evitar complicações.

Leia também: Roteiro de 7 dias na Toscana

3- Verique as condições do trânsito nas estradas italianas em tempo real

As principais estradas da Italia são monitoradas em tempo real por câmeras de segurança. Você pode acessar essas câmeras para verificar a situação das estradas ou se informar através das notícias. Só a Autostrade per l’Italia possui mais de 1000 webcams para você consultar quando quiser!

Confira as notícias e imagens através do site da Autostrade per l’Italia, a empresa responsável pelas principais rodovias da Italia.

Você também pode seguir as notícias no site da Anas ou via Twitter

4- Certifique-se que seu veículo possui pneus de Inverno ou Correntes

Nas principais estradas italianas, todos os anos a partir do dia 15 de novembro é necessário ter no carro correntes (catene, em italiano) para montar nos pneus no caso de neve ou então os pneus de inverno ou ainda os modernos pneus “4 estações”. A obrigatoriedade dos pneus apropriados para o inverno e correntes em geral vai até o dia 15 de abril. Em caso de fiscalização, se você não tiver as correntes ou pneus de inverno adequados, as multas variam de 41 a 318 euros, dependendo do tipo de estrada percorrida.

exemplo de cartaz nas "autostrade" que indica obrigatoriedade de correntes ou pneus de inverno na Italia
exemplo de cartaz nas “autostrade” que indica obrigatoriedade de correntes ou pneus de inverno na Italia

A medida visa a aumentar a segurança nas estradas durante o inverno, evitando que o carro derrape em caso de neve e gelo.

Veja aqui dicas de hotéis para curtir o inverno na Italia pertinho da neve

Veja como montar as correntes nos pneus

Em alguns modelos de pneus não é possível montar correntes. O ideal é que você cheque no manual do seu veículo (se por acaso for alugar carro entre 15 de novembro e 15 de abril, certifique-se que ele possui pneus de inverno, pneus 4 estações ou correntes).

O vídeo abaixo explica como montar as correntes de neve nos pneus. O vídeo é em italiano, mas existe a possibilidade de inserir legendas em português traduzidas automaticamente pelo YouTube, não é o máximo, mas quebra um galho:

5 – Informe-se sobre a ZTL da cidade que você vai visitar

ZTL significa Zona Traffico Limitato e indica as áreas onde é proibido circular com veículos comuns. A restrição pode ser permanente em algumas ruas ou pode variar conforme o dia da semana ou horário.

Existem restrições de trânsito que podem variar também de acordo com a época do ano. Em geral no verão e em períodos muito turísticos as restrições são maiores do que no inverno. Quem informa as restrições geralmente é a prefeitura (Comune). Você pode pesquisar no google digitando por exemplo “ZTL Milano” para saber os detalhes da ZTL de Milão.

Para complicar um pouco as regras variam de acordo com a cidade. Existem cidades onde é possível entrar em algumas ZTL pagando uma taxa e seguindo um procedimento específico como no caso de Milão (leia aqui), em outras existe um semáforo que se é verde pode passar e se é vermelho não pode. Mas também tem cidades onde existe apenas uma placa com as informações e se você não vê a placa e entra na ZTL muitas vezes tem uma câmera que tira uma foto e manda a multa depois…

6 – Pense no estacionamento com antecedência

Para não ser surpreendido com uma conta absurda ou uma multa é recomendável pesquisar sobre o estacionamento com antecedência. Existem cidades onde só é possível estacionar em faixas brancas, em outras na faixa azul… a cor pode variar de cidade para cidade. E dependendo da cor da faixa pode ser necessário pagar um valor para parar o carro na rua. Existem também garagens de estacionamentos públicos ou particulares e a diferença de preços também é enorme. Abaixo dou o exemplo com a cidade de Florença.

Como funciona na cidade de Florença

Por exemplo, no site do Comune di Firenze (cidade de Florença) explicam que fora da ZTL a cidade é dividida em áreas ZCS (Zona Controllo Sosta) e existem:

A grande diferença de tarifas entre estacionamentos

Saiba que a diferença de preço entre um estacionamento e outro pode ser enorme!

Por exemplo em Florença, não muito distante da estação Santa Maria Novella, no estacionamento Firenze Parcheggi Fortezza a diária é de Euro 20,00 e o valor de cada hora Euro 1,60.

Já se você preferir estacionar no estacionamento dentro da estação Santa Maria Novella vai gastar bem mais: lá o valor da hora é Euro 3,80 e não existe tarifa máxima de diária então se quiser deixar o carro lá 24 horas vai gastar Euro 91,20 por dia!

Ou seja, vale a pena fazer uma pesquisa antes ou perguntar diretamente para o seu hotel o que eles recomendam.

Estacionar o carro na rua no inverno

No inverno os vidros do carro costumam congelar à noite, então pela manhã muitas vezes é necessário ter um “Kit Antighiaccio” (Kit contra o gelo) para descongelar os vidros e poder dirigir com segurança. Aqui um exemplo de Kit Antighiaccio com um spray para descongelar o vidro e a pazinha para raspar o vidro. Se você preferir evitar essa etapa estacione em um lugar coberto!

7 – Atenção aos radares!

Não importa se você vai dirigir na Italia no inverno ou no verão: os radares estão sempre prontos para multar que supera a velocidade máxima permitida!

Existem diversos tipos de radares que controlam a velocidade do seu veículo: por exemplo os autovelox são aqueles que tiram uma fotografia imediata de um momento preciso após você passar pelo radar e registram a velocidade que você percorria.

Depois tem os radares que calculam a velocidade média de um determinado trecho que você percorreu, o chamado “sistema tutor“.

sistema tutor controle de velocidade

Seja como for preste atenção para não superar o limite máximo de velocidade. Vá com calma e curta a Italia em verão slow…

Conclusão

Quem gosta de dirigir vai amar dirigir na Italia, mesmo no inverno. As estradas em geral são muito boas e tem para todos os gostos: das rodovias retas e rápidas ou as estradinhas cheias de curva para ir apreciando os vilarejos menores. Respeite as regras do trânsito e siga os nossos conselhos para ter uma experiência feliz e inesquecível!

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

RESERVE SUAS PASSAGENS DE TREM NA ITALIA E EM VÁRIOS OUTROS PAÍSES EUROPEUS COM NOSSA PARCEIRA TRAINLINE

Reserve sua passagem de trem ou pass de trem agora

ALUGUE SEU CARRO COM A NOSSA PARCEIRA

Alugue um carro na Italia, ou em qualquer outro lugar do mundo com a nossa parceira Rental Cars

Artigo anteriorMetrô em Roma
Próximo artigoAlugar carro na Italia
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

2 COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here