Uma boa parte da blogosfera mundial hoje publicará artigos com o tema “The Power of We“*, ou seja, o poder que temos juntos quando lutamos por um ideal. Como o BRASIL NA ITALIA é também uma comunidade de gente idealista, que quer mudar o mundo para melhor, o blog não poderia ficar de fora deste evento tão especial.

Como podemos melhorar a vida do turista brasileiro na Italia?

Felizmente essa é uma pergunta que escutei diversas vezes nos últimos meses, em eventos italianos que tiveram o Brasil como um dos temas principais das discussões (por exemplo na última BTO (Buy Tourism Online)  ou neste evento da Toscana Promozione).

Se antigamente o turista brasileiro era praticamente esquecido já que representava um número insignificante de presenças no território italiano em comparação a outros países, hoje o trend começa a mudar. Os proprietários de hotéis, de agências de viagens, e de toda a cadeia relacionada ao mundo do turismo começam a pensar em atrativos especiais para os brasileiros.

Não que a Italia precise de atrativos adicionais, o país é riquíssimo de cultura, eventos e atrações para os turistas de todo o mundo. Mas uns servicinhos a mais são sempre bem vindos e se o brasileiro agora tem mais dinheiro para viajar ao exterior, certamente ele irá para os países onde poderá viver uma excelente experiência de viagem.

Serviços em língua portuguesa, per favore!

O primeiro passo é certamente investir no português afinal quando a gente está programando uma viagem procura primeiro as informações na nossa língua, não é mesmo? Nos meus sonhos, no futuro os hotéis, agências de viagem, companhias aéreas e ferroviárias, sites institucionais do governo terão um site em português do Brasil. O número de bloggers que falam sobre a Itália crescerá. Ficará cada dia mais fácil encontrar, por exemplo, um guia turístico que fale português. Ou um motorista. Ou um recepcionista de hotel.

Sites sobre a Itália e destinos italianos em português

Da minha parte eu faço o possível. Além de atualizar o BRASIL NA ITALIA, cuido também do Pergunta Pro Brasil na Italia, um site para tirar dúvidas sobre viagem para a Itália, e cuidei da tradução do portal Capri.com, por exemplo.

Inclusive recentemente preparei uma apresentação em italiano explicando como o turista brasileiro precisa de mais atenção e mimos, olha só:

E já que estamos falando em expectativas, quando você espera vir para a Italia mesmo? 😉

*O artigo de hoje faz parte da blogagem coletiva internacional organizada pelo Blog Action Day cujo tema deste ano é “The Power of We”. Confira: a lista dos participantes. Siga as atualizações via twitter através do hashtag #BAD12

5 COMENTÁRIOS

  1. Olá Bárbara!
    Estive ano passado na Italia,fiquei 15 dias, fui com intençao de morar, tirar minha cidadania, mas nao consegui nada, nem mesmo uma viva alma que pudesse me entender (o portugês) rsrsrs, mas nao desisti, ainda quero voltar se Deus quiser! BJs

  2. Muito boa a matéria sobre o turismo dos brasileiros fora de seu território.
    Até pouco tempo nossa opção era nordeste, estâncias no sul e mesmo Buenos Aires, nossa vizinha internacional. Hoje podemos observar nossos colegas de trabalho saindo do país em suas férias. É quase unanimidade. Lógico que o turismo interno ainda é cobiçado, mas naquelas férias de 20/30 dias acaba acontecendo a viagem internacional mais distante tão desejada. E daí vão as inúmeras opções: Miami, Nova York, Paris, Londres, Barcelona, Roma, Firenze, etc.. Todas viagens regadas de muito consumo, principalmente daqueles que retornam dos EUA.

  3. @Giovana
    Realmente é ainda bastante difícil encontrar informações em língua portuguesa na Italia e é por isso que seria bom mudar este quadro. Quem sabe no futuro as coisas serão diferentes? 😉

    @Marcia
    É verdade, a quantidade de brasileiros no exterior aumentou bastante nos últimos anos, e deve aumentar também os serviços a esses brasileiros, não é mesmo?

    Abs e até mais,

    Barbara

  4. Oi, Babi! Muito legal esse seu artigo! Nao sabia de varias coisas e fiquei impressionada do quanto essa brasileiraiada gasta em NY! rsrs Também nao sabia que o portugues era a segunda lingua mais falada no Twitter. Mas, uma coisa reparei… nos sites oficiais dos hotéis daqui de Roma, pelo menos, quase todos tem versao em portugues brasileiro.
    A proposito, vc foi pro Brasil esse ano? Ja nao estava barato, mas te juro, estou pagando menos pra almoçar aqui em Roma do que no interior de SP! Nao quero nem imaginar como estaá SP capital! rs
    Bjos!!!

  5. OI Dani, tudo bem?
    São Paulo está ficando cada vez mais cara mesmo… me lembro quando escrevi um artigo comparando o preço dos imóveis de São Paulo e Toscana e naquela época São Paulo era uma pechincha. Hoje os valores estão iguais ou talvez até custe mais em São Paulo. Uma loucura, né?
    Bom saber que os hotéis de Roma estão investindo em português. Sinal que as coisas vão bem com os brasileiros, né? Aliás, você deve ter visto os números relativos a Roma.
    Espero que o poder aquisitivo dos brasileiros melhore (mas espero também que aconteça uma certa distribuição de renda pq esse ano já fiquei sabendo de duas pessoas que foram assassinadas na capital em casos diferentes, uma vergonha! Como o Brasil pode ser o país do futuro assim?)
    Beijos,
    Babi

DEIXE UMA RESPOSTA