A educação das crianças e adolescentes é mais do que um direito aqui na Italia. É um dever. Mas como funciona o sistema de ensino italiano? Essa é uma dúvida frequente entre as famílias que pretendem mudar para o Belpaese e BRASIL NA ITALIA está preparando uma série de posts esclarecedores. O tema de hoje é:

Filhos de estrangeiros tem direito a escola pública na Italia?

Sim. De acordo com o site do  Ministério da Educação da Itália (MIUR) as crianças com cidadania não italiana, mesmo que em posição não regularizada, têm direito a educação com as mesmas características de alunos italianos.

miurIsso significa que as crianças são obrigadas a se inscrever e frequentar scuole statali o paritarie e tem o dever de seguir todas as disposições nacionais em matéria de instrução.
A inscrição na escola pode ocorrer em qualquer momento do ano escolástico.
O artigo 45 Regolamento sull’immigrazione (DPR 394/1999) fornece os critérios e indicações para a inscrição e o inserimento de alunos com cidadania não italiana, remetendo ao Consiglio di Circolo / Istituto e ao Collegio dei docenti a responsabilidade por um correto inserimento de acordo com a idade e nível de escolarização do aluno estrangeiro.

De acordo com um estudo divulgado pelo MIUR, 8409 crianças brasileiras estavam inscritas na escola italiana no ano letivo 2012/2013. Como você pode ver, seu filho não será o primeiro e nem o último.

Se você já enfrentou a burocracia, conte para a gente como funciona. Aqui você encontra um depoimento de uma mãe de criança brasileira na escola italiana.

22 COMENTÁRIOS

  1. O é preciso para eu transferir de curso de Universidade Estadual na PB para alguma gratuita Italiana que fique em Milano?

  2. Em primeiro lugar decidir qual curso na universidade de milano tem mais a ver com o que você segue atualmente.
    Em segundo lugar, entrar em contato com a universidade e pedir para ser aceito.
    Provavelmente pedirão todos os seus documentos traduzidos para o italiano e legalizados pelo consulado.
    Fique ligado aqui no blog, na próxima terça-feira tem uma história de brasileira que veio estudar na Italia. 🙂

  3. minha mãe está indo para a cidade de marocco mogliano na itália, irei com ela, gostaria de saber como eu faço para ser aceita em uma escola, tenho 17 anos e conclui o primeiro ano do colegial.

  4. E quem não é descendente de italiano NÃO pode estudar la ?
    A minha mãe vai se mudar para lá mas, descobri que o meu avó é italiano, o problema que ele não é meu avó de sangue, pois é padrasto do meu pai, se eu não tiver cidadania italiano eu não posso estudar lá ?

  5. Você não apenas pode como DEVE estudar, se for menor de 16 anos e morar na Italia. 🙂

    A escola pública italiana recebe estrangeiros também e frequentar a escola é uma ótima maneira para se integrar.

    Um abraço,

    Barbara

  6. pode me passar site ou nome de algumas escolas publicas em Milao para crianças de 12 anos?
    obrigada

  7. Procure a escola mais proxima a sua casa. Milao eh bem grandinha…

  8. Por favor, alguem sabe me informar como devo fazer pra voltar a estudar aqui na italia, mas precisamente em reggio emilia. no Brasil eu terminei segundo grau, queria continuar….
    agradeço desde ja.

  9. Depois que voce traduzir e legalizar seus documentos em um consulado da Italia voce pode ver se te aceitam em uma Universidade. Se nao aceitarem vc devera cursar mais dois anos de segundo grau…

  10. ola meus tios i avos sempre moraram na italia em napoli so que minha avo veio conhecer o brasil e tava gravida do meu pai dai ele acabou nascendo aqui mais logo voltaram pra italia meu pai estudou toda a vida na italia ele tem dupla cidadania so que resolveu voltar pro brasil e casou com minha mae tenho 22 anos i pretendo morar com meus tios na italia i dar entrada nas papeladas da cidadania e queria saber se tenho direito de fazer uma universidade?ou vou ter q estudar mais 2 anos na escola pra depois entrar numa universidade?
    obrigada desde ja.

  11. Sou DJ e tenho interesse em arrumar um trabalho na Itália, vocês poderiam me auxiliar a encontrar endereços de casas noturnas ou eventos em gerais. Grata

    DJ JOSY SANTOS

  12. Olá, sou professora de ensino fundamental no Brasil. Meu esposo é neto de italiano e entramos com o pedido de cidadania italiana. Como tempos planos de ir morar na italia, gostaria de saber se vale a pena se aposentar no Brasil. O dinheiro não desvalorizará muito rapidamente por ser em reais? Valeria a pena eu tentar trabalhar Na Italia e me aposentar lá, o meu tempo de serviço no Brasil conta? Será que tenho chanches de arruamr um emprego lá?

  13. Com todo otimismo desse mundo, acho bem dificil conseguir um emprego publico como professora na Italia. Se voce ler os jornais italianos, perceberá que os professores nas últimas semanas tem feito greve de fome, passeatas e protestos porque o governo está demitindo. Não digo nem que não está contratando, está levando as vagas e muito professor a espera do contrato a tempo indeterminado está desesperado!

    Sobre a aposentadoria, não saberia dizer onde vale mais a pena se aposentar. O fato é que até você conseguir um emprego a tempo indeterminato vai levar no mínimo uns 3 anos (tá difícil até para italiano) e são 3 anos que você terá que esperar a mais para a sua aposentadoria.

    Honestamente se vc está com trabalho seguro aí no Brasil, venha para a Italia nas férias!

    abs,

    Barbara

  14. Claudiana
    Depende de quanto tempo vc estudou no brasil, independente de voce ser cidada italiana ou nao.
    Precisa entrar em contato com a universidade e verificar com eles.
    abs
    Barbara

  15. Sou estudante de engenharia mecânica, no final de 2011 termino minha graduação. Tenho minha cidadania italiana desde 2007. Fui numa exposição de cursos de pós-graduação e fiquei muito interessado em fazer mestrado em Milão.
    Gostaria de saber se tenho privilégios na hora de concorrer a cursos como esse por ter cidadania italiana, e se tenho como conseguir bolsa de estudos.
    abs

  16. Leonardo,
    Essa eh uma questao dificil de responder porque alguns cursos oferecem um certo numero de vagas para estudantes estrangeiros e as vezes eh mais facil concorrer com estudantes estrangeiros do que italianos, especialmente se vc nao eh super fluente na lingua.
    Certamente o fato de ter cidadania facilita a parte burocratica, vistos, direito de morar e trabalhar na Italia..
    A melhor coisa eh se informar diretamente com a escola que oferece o curso. abs Barbara

  17. Olá! Retornei da Itália e estou no Brasil! tenho minha cidadania Italiana e tambem a residencia mais de um ano em Italia. Allora, gostaria de uma dica do blog : – Iniciei a faculdade no Brasil, mas me desliguei e fui fazer minha cidadania Italiana,
    .Pois agora etsou com o objetivo de retornar em Italia, mas iniciar l'università! Quais documentos Brasileiros preciso traduzir e legalizar?
    Historico escolar do ensino medio e tecnico?
    historico escolar dell'università?

    E se…é possivel fazer transferencia do curso do brasil a Italia. Pois quando fui fazer o vestibular nell'università Italiana, meu curso ´nuumero fechado, cioè, 62 vagas…"não passei"…Porém a secretaria disse, se vc iniciou no Brasil, pedi a sua faculdade para fazer o transferimento do curso, isto te ajudara a entrar nell'università Italiana. Basta que a sua faculdade faça o transferimento do curso. Mas qual o procedimento para a faculdade do Brasil transferirmi para l'università Italiana. Ah ja tenho mais de um ano de residencia! e sobre as bolsas de estudos, colaboração do governo, ajuda de custos – é realmente possive?

    Grazie mille!

  18. Olá, eu e minha família estamos planejando mudar para a Italia, mais precisamente Milão. A princípio por 1 ano, mas com a intenção de ficar mais e quem sabe não voltar mais. Tenho 3 filhos (11, 8 e 8 meses). Pra isso ser viável é fundamental que tenha escola púbica de qualidade e saúde pública honesta e decente. E é isso que eu gostaria de saber. Pelo comentário acima a educação publica é um direito, mas e a qualidade, é boa? E o serviço de saúde, como é?
    Sem querer a busar, mas e o transporte publico, funciona bem? Devo procurar um local para morar mais afastado do centro, pois deve ser mais barato, o que não tem problema se o transporte for eficiente.
    Muito obrigado
    Francis

  19. Oi Francis,

    O ideal é que alguém que more em Milão possa te responder. Eu moro na Toscana há 8 anos e o que posso te dizer é que mudanças não são sempre fáceis. Não é fácil mudar de cidade dentro do Brasil, o que dirá mudar para um outro país, neste caso a Itália. Leva tempo para se adaptar e se acostumar com o funcionamento das coisas.

    Como você sabe a Itália está passando por uma grande crise e os últimos governos estão aproveitando para fazer cortes na saúde, na educação, no transporte público. Neste momento, os serviços públicos de uma cidade como Milão nem se comparam por exemplo, com a São Paulo de 8 anos atrás: aqui existe serviço público, em São Paulo eram quase inexistentes. Não posso dizer como está São Paulo agora, porque estou muito distante para avaliar. Mas na minha época era uma lástima. Lógico que com todos esses cortes, não dá para saber como estará a Itália daqui a 5, 10 anos.

    Antes de mudar, o ideal seria você fazer uma viagem para Milão tentando observar a cidade do ponto de vista de quem mora lá.

    Aproveito para lembrar que não existe um lugar no mundo que seja um paraíso. Todos os lugares tem seus prós e contras. Depende de você escolher um lugar onde os prós sejam suas prioridades e os contras sejam coisas que você não considera relevantes.

    Abs

    Barbara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here