Há pelo menos 3 anos eu não sentia o prazer de assistir um filme brasileiro no cinema e hoje foi simplesmente um espetáculo! Tive a oportunidade de curtir um documentário sobre a vida do arquiteto Oscar Niemeyer apresentado no Cinema Odeon de Firenze. Sala lotada, a italianada participando em massa de “Lo Schermo dell’Arte Film Festival” e devo dizer que até me surpreendi porque todas as vezes que fui ao cinema aqui na Italia – tirando Avatar – ou o cinema estava vazio ou meio cheio.

O filme foi apresentado em língua original (português) com legendas em italiano. Não tenho certeza se a versão aqui foi integral como no trailer abaixo porque hoje vimos somente Oscar Niemeyer, sem participação especial de ninguém, mas nem era necessário. Oscar Niemeyer é simplesmente fantástico. Sabe quando você sai do cinema orgulhosa de ser brasileira? Orgulhosa de ter uma pessoa com uma cabeça assim genial que é do seu país e exporta o que o Brasil tem de melhor. Até me emocionei, não sei se é culpa da saudade, afinal os brasileiros no exterior são mais sensíveis por natureza, mas saí pensando: taí um cara que entende das coisas.

Palazzo Mondadori, em Segrate (Milano), projetado por Niemeyer

O documentário é uma espécie de entrevista com o Niemeyer, onde ele conta toda sua trajetória profissional, explicando, desenhando. Fala sobre vida, política, arquitetura, Rio de Janeiro, Brasil, elite, França, Italia.

Niemeyer é um dos arquitetos mais famosos e importantes das últimas décadas, que projetou grandes obras em todo mundo. Do Palazzo Mondadori em Milão à sede do partido comunista em Paris, passando pelo pavilhão brasileiro no New York World’s Fair e a Universidade de Constantine na Algeria.

Sem falar das obras que nós brasileiros conhecemos tão bem, como o Copan, a Bienal, a Oca, o pavilhão do Ibierapuera em São Paulo; Brasília… Realmente para babar.

Se você ainda não assistiu o filme, não perca! Se já assistiu, comente! 🙂

7 COMENTÁRIOS

  1. Olá amei seu blog.. gosto muito de saber sobre pessoas que moram em outros países, sei que nunca vou sair daqui eu até gosto de ser brasileira mais não gosto de viver em um país que despresa seu povo.. que sorte a tua.. até mais

  2. Linda foto, gostei de saber e ler. Parece muito com a arquitetura de Brasília, inegável os traços do autor.

    Um beijo do Brasil.

  3. @Lindinha
    Obrigada pela mensagem, adoro trocar ideias. 🙂 Em qual cidade do Brasil voce mora? Adorei o seu texto "Viver é fantastico" no site Rosa Linda. Queria te deixar uma mensagem por la, mas estava dando um erro, nao sei por que. Bem, espero te reencontrar outras vezes aqui na net. Inte.

    @Carolina
    Pois eh, eu fiquei com vontade de fazer um tour pelo mundo so para conhecer todos os predios/monumentos de Niemeyer que ainda nao conheço… Até a proxima! Beijocas

  4. Babi

    Se eu soubesse, tambem tinha ido!

    Quanto estive no BR em setembro, assisti um filme lindo, um documentario tambem, chamado "B-1 Tenorio em Pequim", que conta a preparaçao do judoca Antonio Tenorio, deficiente visual para as olimpiadas de Pequim, o qual ele foi medalha de ouro. Tambem sai do cinema, morrendo de orgulho! Se vc tiver a oportunidade, nao deixe de ver! Beijo grande

  5. Muito legal ver uma obra brasileira fazendo sucesso no mundo!
    Queria ver este documentario, deve ser muito interessante.
    Beijos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here