De onde viemos? Como viviam nossos antepassados? Se você tem curiosidade em ver pedaços da História da Humanidade ao vivo vale a pena visitar o MAF, Museu de Arqueologia de Florença (em italiano: Museo Archeologico Nazionale di Firenze). Aqui você vai encontrar tesouros dos povos antigos com uma área de “museu egípcio“, uma seção etrusca e grego-romana. Tudo isso em um edifício histórico em pleno centro de Florença, o Palazzo della Crocetta. Leia o artigo para saber mais.

Índice do artigo:
– Nossa visita ao MAF
– O que você vai encontrar no MAF
— Vídeo do Mic que apresenta o MAF
– Organize sua visita ao Museu de Arqueologia de Florença
— Ingressos para o MAF
— Entrada gratuita no Museu de Arqueologia de Florença
— Horário de abertura do MAF
— Endereço MAF – Museu de Arqueologia de Florença

Nossa visita ao MAF

O MAF é o paraíso para quem estuda história dos povos antigos e arqueologia.

Minha filha Aurora, de 8 anos, neste final de 2022 começou a estudar arqueologia na escola. Esses dias um arqueólogo foi na classe dela explicar sobre os achados arqueológicos, falou sobre o trabalho minucioso de encontrar e conservar objetos do passado para conhecer um pouco mais das nossas origens.

visita maf
Minha filha Aurora pôde ver no MAF a posição em que foram encontrados objetos arqueológicos em antigas tumbas de Casale Marittimo, na Toscana

Queria aproveitar que Aurora voltou para casa entusiasmada com o encontro com o arqueólogo para mostrar um pouco mais a ela. Primeiro pensei em levá-la em um lugar como o Castello di Montaccianico no Mugello, mas as visitas acontecem apenas no verão. Daí lembrei que minha outra filha, Gaia, de 10 anos, acabou de estudar os egípcios, está estudando os gregos e em breve os etruscos. Qual lugar reúne um pouco de tudo isso: arqueologia, egípcios, antiga Grécia e etruscos? O MAF, Museo Archeologico Nazionale di Firenze. Então é para lá que fomos!

A entrada do MAF fica em uma portinha na lateral da Piazza Santissima Annunziata, uma linda praça florentina a poucos passos da catedral de Florença. Aliás recomendo a leitura do artigo que escrevi sobre as 12 praças de Florença que merecem ser visitadas.

Daquela portinha a gente não imagina o espaço imenso que tem para visitar no museu. São 3 andares (térreo, primeiro e segundo andar) repletos de objetos históricos e preciosos. Tudo isso dentro do Palazzo della Crocetta, um edifício que começou a ser construído em 1619 para ser a residência da princesa Maria Maddalena de’ Medici, irmã do grão-duca Cosimo II.

De uma janela do MAF, o Museu de Arqueologia de Florença, podemos admirar a beleza do jardim do Palazzo Crocetta
De uma janela do MAF, o Museu de Arqueologia de Florença, podemos admirar a beleza do jardim do Palazzo della Crocetta

O Palazzo della Crocetta teve outros nobres residentes ao longo dos anos e passou por várias modificações arquitetônicas até se transformar, em 1880, na sede do Museu Arqueológico e reunir em uma única sede as coleções do Museu Etrusco e Museu Egípcio que já existiam em Florença.

O que você vai encontrar no MAF

O MAF possui objetos dos mais variados tipos, tamanhos e origens. Verdadeiros tesouros com quase 3000 anos de história que vão de objetos de uso pessoal como colares, aneis, pulseiras, prendedores de cabelo até facas, urnas, sarcófagos, estátuas.

Selecionei alguns dos objetos que mais chamaram a nossa atenção.

A Quimera

Logo que entramos no MAF nos deparamos com um impressionante monstro com corpo de leão, cauda de cobra e cabeça de cabra. Era a Quimera (Chimera, em italiano).

A Quimera, posicionada logo na entrada do MAF em Florença
A Quimera, posicionada logo na entrada do MAF em Florença

A escultura, realizada em bronze no século IV a. C representa o monstro de três cabeças gerado por Equidna (meio mulher e meio cobra) e Tifão (monstro capaz de assustar até Zeus), pais também da Esfinge, de Cérbero e a Hidra de Lerna.

Segundo a mitologia, Quimera viveu na Lícia, onde destruiu tudo com as chamas que saíam de suas três bocas; lá ela foi rastreada e morta pelo herói Belerofonte, ajudado pelo cavalo alado Pégaso. O mito, assim concebido na Grécia, foi também conhecido e retrabalhado na Etrúria, de onde, para além da escultura monumental, provêm várias representações do monstro, entre as quais um pequeno bronze hoje exposto nas salas do Museu.

A estátua original foi encontrada em Arezzo em 1553, durante a realização dos muros de proteção da cidade. O Príncipe da época, o grão-duque Cosimo I ficou encantado com a escultura e mandou transportá-la até Florença.

Vale saber: a escultura na entrada é uma cópia e pode ser tocada. A versão original encontra-se no primeiro andar do museu.

Múmias diretamente do Egito

egito antigo

No Museu de Arqueologia de Florença você poderá ver sarcófagos vindos do Egito e também a múmia de um homem dissecada em 1827. É um pouco impressionante ver a caveira do homem, seus dentes…

O museu egípcio dentro do MAF é considerado o segundo da Italia, depois do Museu Egípcio de Turim.

Aqui você encontra algumas antiguidades que faziam parte da coleção dos Medici e foi aumentada pelo grão-duque da Toscana Leopoldo II.

Além de adquirir peças de coleções particulares, Leopoldo II financiou, junto ao rei da França Carlo X, expedições científicas ao Egito comandadas por Jean-François Champollion e por Ippolito Rosellini, seu amigo e discípulo, que se tornaria o pai da egiptologia italiana. Os inúmeros objetos recolhidos durante a viagem, tanto por meio de escavações quanto pela compra de achados de comerciantes locais, foram divididos igualmente no retorno entre o Louvre de Paris e Florença

O Vaso François – arte da antiga Grécia encontrado em uma tumba Etrusca na Toscana

Quando a gente olha para esse vaso todo fragmentado não tem ideia da história por trás deste pedaço de arqueologia e de história da humanidade. O vaso François foi realizado em Atenas, na Grécia, por volta de 565 a.C. Dá para imaginar o que significa ver na sua frente um objeto usado há uns 2500 anos? Pois a particularidade é que este vaso grego foi encontrado… na Toscana!

Uma das obras de arte gregas mais famosas do mundo, o "Rei dos Vasos": o Vaso François no MAF
Uma das obras de arte gregas mais famosas do mundo, o “Rei dos Vasos”: o Vaso François no MAF

O Vaso François foi encontrado em Chiusi, na Toscana, entre os anos de 1844 e 1845. O vaso estava em uma tumba etrusca na necrópoles de Fonterotella. Quem o encontrou foi Alessandro François, um oficial e arqueólogo que trabalhava para o Granduca di Toscana, Leopoldo II d’Asburgo-Lorena. Daí o nome de vaso François.

Este vaso é considerado uma obra de arte grega, decorado com 270 figuras e 131 inscrições que contam os mitos e sagas dos deuses e heróis, com histórias da Guerra de Troia, em particular com o casamento entre Peleu e Tétis, futuros pais de Aquiles. O vaso era já prestigioso na época em que foi realizado já que possui a assinatura de quem o realizou: foi modelado por Ergotimos e pintado por Kleitias.

O vaso François foi quebrado pelo menos duas vezes, uma na antiguidade e uma em 1900. Hoje seus 639 fragmentos foram colados com a integração de um gesso pintado em um restauro realizado em 1973.

Vídeo do Mic que apresenta o MAF

Você poderá ter uma panorâmica do que encontrará no MAF, o Museu Arqueológico de Florença, com esse vídeo divulgado pelo Ministério da Cultura da Italia em italiano. Nele o diretor do MAF, Mario Iozzo, apresenta as belezas e tesouros do museu. Aproveite e teste o quanto você entende italiano e pratique a língua!

Organize sua visita ao Museu de Arqueologia de Florença

Ficou com vontade de visitar o Museu de Arqueologia de Florença? Então veja abaixo todas as informações necessárias para organizar sua visita, tais como custo de ingressos, data de abertura e endereço.

Precisa reservar hospedagem? Então veja nossas dicas de hotéis em Florença

Vamos lá:

Ingressos para o MAF (Museu de Arqueologia de Florença)

Reserve seu ingresso para o Museu de Arqueologia de Florença MAF aqui

Os ingressos para o MAF podem ser comprados na hora na bilheteria por Euro 8,00 (adultos) e Euro 2,00 (reduzido). Menores de 18 anos entram gratuitamente.

Quem preferir garantir o ingresso com antecedência paga um suplemento de reserva de 3 euros.

É possível reservar uma visita guiada + ingresso ao MAF através do Get Your Guide (disponível em várias línguas, mas não em português)

Entrada gratuita no Museu de Arqueologia de Florença (MAF)

A entrada no MAF é gratuita todo primeiro domingo de cada mês.

Também é possível visitar o MAF grátis mostrando o ingresso da Galleria degli Uffizi em até 5 dias após a compra.

Horário de abertura do Museu de Arqueologia de Florença (MAF)

O MAF abre nas seguintes datas e horários:

ATÉ O FINAL DE 2022:

  • segundas, terças, quartas, sábados, primeiro domingo do mês e feriados: das 08:30 às 14:00 (entrada até às 13:15)
  • quintas e sextas: das 13:30 às 19:00 (entrada até às 18:15)

O MAF não abre no 2º, 3º, 4º e 5º domingo do mês; no dia 1º de janeiro e 25 de dezembro.

A PARTIR DE 1º de JANEIRO DE 2023:

  • segundas, quartas, sextas e sábados: das 08:30 às 14:00
  • terças e quintas: das 08:30 às 19:30
  • Primeiro domingo do mês: das 08:30 às 14:00
  • Feriados durante a semana: das 08:30 às 14:00

Última entrada 45 minutos antes do fechamento

(última atualização de horário: 13/12/2022)

Para mais informações entrar em contato com Firenze Musei +39 055.294883

Endereço MAF – Museu de Arqueologia de Florença

O MAF fica no Palazzo della Crocetta, mais especificamente na Piazza S.S. Annunziata, 9b – 50122


Depois de visitar o MAF você pode dar uma esticadinha até a Galleria dell’Accademia para ver o David de Michelangelo ao vivo. Outra atração nos arredores é o Palazzo Medici Riccardi, a residência da família mais poderosa do Renascimento italiano.

Já se você está com crianças e quer fazer uma pausa para descansar após visitar o MAF eu recomendo dar uma esticadinha até a Biblioteca delle Oblate que tem uma seção de livros infantis muito bacana e é um ambiente confortável e seguro para recarregar as energias.

Leia também: Roteiro de 7 dias na Toscana (itinerário clássico)

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

Artigo anteriorQuando é possível visitar os museus grátis na Italia
Próximo artigoNovos voos Milão Malpensa – Madeira
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

1 COMENTÁRIO

  1. Que museu riquíssimo com suas obras importantes e reveladoras. Vale conhecer.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here