No mês de agosto dei uma sumidinha aqui do blog: era período de férias na Italia e eu aproveitei para viajar com a minha mãe que veio me visitar. Ela já conhece bem a Italia, especialmente a Toscana e a Sicília, mas ainda tinha um lugar que eu queria mostrar para ela: os cinco vilarejos mais famosos do mundo conhecidos como Cinque Terre.

Cinque Terre, na Liguria: Patrimônio da Humanidade

O território de Cinque Terre é o resultado de um trabalho milenar de camponeses que transformaram as ríspidas colinas em terras férteis para a excelente produção agrícola. O delicado equilíbrio entre os elementos naturais e a ação humana caracterizam uma paisagem única que garantiu inclusão na lista da UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade.

Localização

Os cinco vilarejos que fazem parte de “Cinque Terre” são Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. Eles se encontram na Liguria, mais precisamente no Golfo da Spezia, que já inspirou poetas e pintores. Não se impressione se você encontrar veleiros enormes, iates maravilhosos ou dezenas de barquinhos indo para lá e para cá. Eles fazem parte do cenário durante o verão italiano….

Um veleiro enorme que passou ao nosso lado….

Quantos dias ficar

A quantidade ideal de dias para visitar Cinque Terre são de 2 a 3: assim você terá tempo de explorar os cinco vilarejos, de jantar em uma tratoria local degustando o  vinho produzido ali, de curtir um delicioso banho de mar (entre junho e setembro), e de se aventurar caminhando entre um vilarejo e outro (leve tênis e evite as horas mais quentes durante o verão).

No entanto nós decidimos radicalizar: fizemos um bate-volta de Florença. Ok, ok, é um pouco programa de maluco porque embora a distância seja de cerca 200 km, a viagem dura mais ou menos 2 horas e meia de carro ou 3 horas de trem! Nós optamos pela segunda opção (ninguém estava com vontade de dirigir e eventualmente pegar trânsito). Resultado: entre ida e volta passamos 6 horas dentro do trem e ao final da aventura estávamos exaustos! Mesmo assim, valeu a experiência.

Reserve um tour em grupo saindo de Florença a partir de 80 euros por pessoa: para você que não quer pensar na organização do passeio!

Um outro conselho: reserve o hotel com antecedência. Nós decidimos ir para Cinque Terre de última hora e chegamos a cogitar a possibilidade de dormir por ali, mas a maioria dos hotéis que visitamos estava lotada ou custava um absurdo (tipo 180 euros um quarto de casal em um hotel 1 estrela!).  Tudo bem que estávamos no auge do verão (o equivalente a semana de ano novo em uma praia badalada do Brasil), mas meu lema é: “conforto com preço justo”.

Em direção a Cinque Terre…

 

De Florença a Cinque Terre

Nós subimos em um trem na estação Santa Maria Novella, em Florença, com destino La Spezia (pesquise preços e horários de passagens de trem aqui).Embora fosse possível ir direto até algum dos vilarejos de Cinque Terre, nós tínhamos pensado que seria uma boa idéia pegar um barco no porto de La Spezia e ir parando nas várias praias (para conferir horário e preço visite o site do Consorzio Marittimo Turistico 5 terre ou ligue para +39 0187.732987)

Chegando no porto, surpresa: como tinha chovido no dia anterior, o mar estava muito agitado e só seria possível parar em Porto Venere (que não faz parte da Cinque Terre, mas é super charmosa e vale uma visita rápida) e em Monterosso. Talvez tenha sido melhor assim, porque o sobe-desce do barco teria sido muito cansativo.

O barulho do mar batendo nas rochas com força era incrível!

Na volta, optamos por fazer Monterosso – Firenze de trem. Para consultar horário e preço dos trens veja aqui. Os trens em geral são regionais e você pode comprar a passagem na estação antes de partir. Lembre-se que no caso de trens regionais é necessário validar a passagem antes de subir no trem ou você pode levar uma multa! Para validar, insira a passagem dentro de uma máquina amarela antes de subir no trem: ela registra data e horário. O procedimento é necessário porque as passagens para trens regionais tem 2 meses de validade e podem ser usadas uma única vez.

Porto Venere

Um pitoresco borgo a beira mar, Porto Venere apresenta uma fila de prédios coloridos e torres alinhadas. Em frente estão as pequenas ilhas Palmaria, Tino e Tinetto, ricas de grutas. Os principais monumentos são as igrejas de S. Pietro ( séculos IV-XIII) e S. Lorenzo e o castelo.

Desembarcando em Porto Venere

É difícil se perder em Porto Venere porque  existem pouquíssimas ruas e vielas. Por isso é muito provável que você encontre a loja que fotografamos abaixo, onde faziam o pesto fresco (um tipo de condimento para acompanhar o macarrão) na frente dos clientes.

Se você for para a Liguria deve experimentar o Pesto Genovese

Monterosso

É o maior entre os cinco vilarejos de Cinque Terre. Aqui a atração principal durante o verão são as praias, que ficam lotadíssimas.

A maior parte da praia que visitei era a pagamento, existe um pedacinho minúsculo para quem quiser ocupar um espacinho na areia sem pagar, o que não é exatamente o máximo. Aproveite para passear no centrinho entre um mergulho e outro.

Para saber mais visite: www.parconazionale5terre.it

3 COMENTÁRIOS

  1. Oi Barbara ! irei pra itália agora em novembro! Gostaria de saber mais ou menos como estará o tempo… o que devo levar de roupas?
    E também se possivel o valor de queijos e azeites, onde é o meu lugar pra comprar?
    Obrigada!!

Comments are closed.