Seguindo a linha do ultimo post, para quem quer conhecer um pouco mais sobre a cultura italiana, com um certo tom de humorismo, e com um livro leve para levar para cima e para baixo, bem, voces simplesmente nao podem deixar de ler “Marcovaldo ovvero Le Stagioni in Città”, de Italo Calvino.
Sao 20 contos, que contam as atrapalhadas historias de Marcovaldo ao longo das estaçoes do ano. O personagem principal eh um manovale (ou seja, um operario que trabalha com as maos, pode ser um carregador de pacotes, um peao de fabrica…) que vive em uma grande cidade italiana.
O nome da cidade, Calvino nunca revela, nem com nome original, nem em nome ficticio. O fato eh que Marcovaldo, apesar da vida dura de trabalho para sustentar mulher e filhos, vive em busca da natureza, com uma forte nostalgia de um mundo “puro” do passado. Um passado que eh idealizado, claro, que vem bem a calhar com o mundo de hoje onde vivemos um constante saudosismo…


Eu recomendo a leitura do livro em versão italiana, mas se você não fala a língua pode comprar “Marcovaldo ou as Estações na Cidade“.

4 COMENTÁRIOS

  1. Show… valeu pelas dicas…
    jah to procurando os 2 na Amazon =)
    Otimo final se semana!

  2. Fantástico, vou à procura!Viajei mundo rumo às terras do Imperador Mongol Kublai Khan, neto de Gêngis Khan e cheguei até a China em companhia de Marco Polo, escritor, historiador Italiano. Aproveitando o momento, é possível ajudar-me a encontrar “Il Libro della Pizza” de Vincenzo Buonassisi da Fabbri Editori ISBN 88-450-2792-9.
    E-mail: jqa@terra.com.br
    Muito obrigado, sucesso e um grande abraço!
    José Quintão de Almeida

  3. Olá sou descendente de Italiano e a Itália sem dúvida é uma terra que os brasileiros amam pela importância que tem na cultura do nosso país.

    Tenho um blog ImigrantesBrasil e gostaria de propor uma troca de links.

  4. Legal saber que voce tem uma boa experiencia na Italia. A minha foi absurda, triste e traumatica, me senti um personagem de Kafka dentro de O Processo.

    Os efeitos nefastos sao perenes, modificaram completamente meu sobrenome. O que me presenteou com uma nova saga: registrar no Brasil o meu casamento com um estrangeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here