O blog do Mino Carta mal recomeçou e será interrompido de novo. No dia 08 de outubro de 2008, após seis meses de pausa, seu antigo blog informava que Mino estava de volta no mundo da blogosfera em novo endereço. Pois mal deu tempo de voltar a sentir o sabor de ler seus textos e nos deparamos com um balde de água fria: “A despedida”.

Por que parou?

Mino parou porque cansou. Cansou de se deparar com os absurdos brasileiros.

O jornalista descreve sua história, que se entrelaça com a brasileira. Diz coisas, que a maioria certamente condivide como:

(…)Enquanto isso, o Brasil ainda divide com Serra Leoa e Nigéria a primazia mundial da má distribuição de renda, exporta commodities, 55 mil brasileiros morrem assassinados todo ano, 5% ganham de 800 reais pra cima. E 2009 promete ser bem pior que pretendiam os economistas do governo.

Isso não significa que Mino Carta parou de escrever para sempre. O jornalista continua “calado” na CartaCapital e informa que com o tempo livre que sobra dedicará a um livro sobre o Brasil. Como se diz aqui na Italia, “chi vivrà, vedrà…”

PS: um dos meus textos favoritos do blog de Mino, como já tinha até comentado anteriormente, é um retrato de São Paulo, “A São Paulo que deixei para trás”, que estranhamente desapareceu do link que eu tinha. Bem, paciência. Da próxima vez eu imprimo como imagem…

2 COMENTÁRIOS

  1. Certamente ele cansou de ver tudo sempre ser repetido, das coisas não mudarempra melhor por aqui… Pena!Um beijo,chica

  2. Eu tbm adoro os comentários do Mino Carta, aqui no Brasil assino a revista Carta Capital, e como ele é ítalo-brasileiro, sempre aborda assuntos ligados a política italiana. Esse caso do Battisti já foi assunto de muitas páginas muito antes da atual polêmica. É uma pena isso!
    un’abraccio!

Comments are closed.