Minha mãe embarcou ontem em um vôo AirFrance do Brasil com destino Paris, onde chegaria esta manhã para em seguinda pegar um segundo avião até Florença. Passei o final de semana me preparando para recebê-la: uma bela faxina na casa, casa impecável, a cama dela arrumada com meu jogo de lençóis favoritos de um algodão super macio.

Telefonei para ela umas 6 vezes no domingo para saber se as malas já tinham sido fechadas, se ela já estava indo para o aeroporto, se ela já tinha feito o check in, se já tinha despachado as malas, se já estava na sala de embarque. Na última ligação ela me disse em tom de brincadeira: “Ok, então a gente se vê daqui a algumas horas, se o avião não cair”. Eu ri.

Nunca imaginei um vôo do Brasil até a Europa caindo, muito menos da AirFrance. Até que hoje vi a notícia na internet: “avião AirFrance partindo do Brasil com destino a França desaparecido.” Gelei. Em poucos segundos, um milhão de pensamentos passaram pela minha cabeça. Não podia acreditar que um fato desses estava acontecendo, muito menos que estava acontecendo comigo.

Felizmente poucos minutos depois pude constatar que não era o mesmo vôo. Minha mãe veio de São Paulo, embarcou às 16 horas no Brasil (21 na Italia), vôo AF 445.

O acidente aconteceu no vôo AF 447, Rio de Janeiro – Paris , que partia às 19 horas no Brasil (meia noite na Italia).

Três horas e a diferença entre a vida e a morte. No meu caso foi um scherzetto di Dio, uma brincadeira de Deus. Para outras pessoas, uma realidade, triste e dura. Desejo muita força para as famílias, amigos e caros dos passageiros envolvidos no acidente. Sempre achei que acontecimentos do tipo eram tão remotos e distantes. Dessa vez passou de raspão. Agradeço a Deus por poder abraçar minha mãe hoje e por ela estar viva. Aliás, por nós estarmos aqui vivos, afinal, basta um segundo e tudo muda…

12 COMENTÁRIOS

  1. Nossa,eu comecei a te ler e fui gelando…Ainda bem ! Que coisa mais horrível essa tragédia que nos faz pensar em quanto a vida é efêmera!beijos,chica

  2. Até me arrepiei quando vi o comecinho do seu post. Nem me lembrei que voce é de Sao Paulo… graças a Deus sua mae esta bem.
    Nesses dias soube de dois acidentes aereos e minha viagem para o Brasil estava programada para dia 03 de junho. So que houve um imprevisto burocratico e nao poderei viajar. As vezes alguma coisa que nao da certo é um aviso que algo ruim esta para acontecer. Nao sou supersticiosa, mas nesses casos interpreto assim.
    Até agora nao estou acreditando que um acidente do genero tenha acontecido. Ainda mais com a Air France.

  3. Babi, me senti como as duas acima. Comecei a ler e deu um negocio. Graças a Deus tua mamma esta bem, chegou bem. Que Deus console as familias q hj nao tem seus parentes p receber.

    Concordo com a Juliana. Sempre q acontece um imprevisto, vejo q pode ser um aviso. é como aquele brasileiro q nao embarcou, pq viu 2h antes q seu passaporte estava vencido. Se ele tivesse visto antes de comprar a passagem, teria providenciado um novo, mas acredito q nao era aa hora dele. Ele decidiu nao insistir p embarcar e voltou p casa, junto com ele, seu amigo americado. Foram “salvos”.

  4. No dia 1, desde 7 da manhã os telefones da gal. Bagueira [o de cima e o de baixo]começaram a tocar. Tremedeira geral na família, passando por marido, irmão e cunhada, até os pais. Até cair a ficha que o avião saiu do Rio, vc correu o risco de saber de vários enfartes por aqui. Diga pra pestinha que nós a amamos muitíssimo. E trate de mudar o começo desse post imediatamente, avisando logo de cara que sua mãe tá viva, maravilhosa e procurando o tessuto do tio em Firenze.
    Beijão da tiO, no trampo depois de hora e meia na marginal, grrrrrrrrrr…..

  5. É muito bom mesmo saber que não aconteceu conosco. Mas infelizmente aconteceu com alguém.

  6. Noooooossa…que susto…desde sexta não leio o blog e quando vi a data CONGELEI…por aqui está uma doideira por informaçõs, cearenses tbm estavam no voo…DEUS SEJA LOUVADO E AINDA BEM QUE SUA MÃE ESTÁ BEM!!!Graças;….e eu que estou planejando viagem pra Itália…já tô até com medo…
    MAS QUE DEUS ILUMINE E GUARDE A TODOS OS PARENTES DOS PASSAGEIROS DESSE VOO….É E CONCORDO COM O POST ANTERIOR: DIGA LOGO QUE SUA MÃE ESTÁ BEM por favor :p
    um forte abraço!

    letícia

  7. Que susto!

    Eu tô triste pq a esposa de um aluno/amigo meu estava nesse voo. Estava indo à França reencontrar com os 2 filhos que ficaram lá… eles são todos franceses mas pai, mãe e filha estavam no Rio há mais de 1 ano. Ainda pensei q ela pudesse estar em outro voo mas não… :((((

  8. Sem palavras a uma tragédia como essa.Imagino a sua ansiedade, a mao de Deus existe sim! Fiquei preocupada também porque tinha amigos embarcando para paris no mesmo dia, que alivio quando descobrir que o voo era diferente! De qualquer maneira fiquei muito triste pela familia das vitimas.
    um abraço, jamille

  9. Pelamor de Deus!!! Até o parágrafo do "Felizmente…" eu chorei horrores… e confesso que foi uma sensação muito boa saber que vc pôde abraçar sua mãe. Uma amiga que mora na China, foi passar férias em Paris (está lá inclusive) perdeu a família inteira no vôo, pai, mãe e irmãos. Um grande abraço pra vc pra sua mãe.

    Priscilla Arantes

  10. Mas,mesmo depois desta perca orrível de algumas pessoas, eu só tenho que dizer que é lamentável.

    Más mesmo assim o nosso DEUS é maravilhoso, e tudo está sobre o seu inteiro controle, más é necessário que nós venhanos a pensar em como está a nossa vida espiritual, porque não sabemos a hora de nossa partida. Que JESUS abençoe a todos.

    Sérgio Augusto Gomes

  11. Olá "Brasil na Itália",
    Há muito visito seu espaço e acho formidável.
    Perdoe não ter elogiado antes!!
    Em abril de 2008 estive um mês em Firenze estudando italiano e suas dicas "caíram como luvas". Foram perfeitas!
    Devo dizer que nutro carinho por ti e fiquei feliz com a notícia de que sua querida chegou bem.
    Abraços e tudo de bom!!!!

    Fred/SP

Comments are closed.