Você está programando sua próxima viagem para a Italia e não sabe por onde começar a organizar seu roteiro de viagem? Que cidades incluir? Se alugar um carro ou opta pelo trem? Se é melhor um hotel no centro ou na periferia? Está com uma dúvida existencial sobre o tipo de visto e passaporte mais indicado para a sua aventura italiana? Bem, agora tem um lugar certo para você fazer essas e outras milhões de dúvidas: o Pergunta Pro*!

O que é o Pergunta Pro*

O Brasil na Italia acaba de lançar o seu site de perguntas e respostas, o lugar ideal para um perguntador profissional! A idéia do site surgiu de uma necessidade pessoal da autora do blog, euzinha. É com uma pontinha de orgulho que digo que minha caixa de e-mails é frequentemente invadida por dezenas de mensagens diárias com dúvidas.

Para mim, esse é um ótimo sinal: significa que estou conseguindo dialogar com os leitores do blog, que entre tantos sites (alguns completamente mortos), meu caro leitor escolheu fazer uma pergunta especialmente para mim. E não é pouca coisa, não! No entanto, o dia tem apenas 24 horas, e eu não estava dando conta de responder a todas as mensagens. Foi aí que pensei: vamos fazer essa comunidade crescer! E a melhor solução é contar com a ajuda de todos os leitores.

Uma verdadeira comunidade nasce da troca: um pergunta, outro responde. A quantidade da informação aumenta e a qualidade melhora. Afinal, falar sobre viagem e Italia é sempre uma delícia, né?

Se gostou, compartihe!

O Pergunta Pro* acaba de nascer. Neste momento vocês encontram apenas algumas perguntas que recebi via e-mail e publiquei diretamente no site, duas delas que eu respondi pessoalmente.

Gostaria de convidar você, querido leitor, leitora, amigo(a) do blog, a passar lá, responder uma perguntinha, publicar aquela dúvida que está tirando suas noites de sono, enfim, queria que você participasse!

Eu dediquei várias horas nas minhas últimas semanas para preparar esse site para vocês. Fiz com muito carinho e dedicação, o que não significa que o site seja perfeito. Se tiver algum bug, defeito ou o que for, me avisem e tentarei arrumar.

Aproveito para lembrar que uma pergunta respondida publicamente ajudará muitos futuros internautas. 🙂

Viagem, Estudo, Trabalho?

O Pergunta Pro* é um site para falar principalmente sobre viagem, mas também sobre estudo, documentos, vida italiana. Já se a sua dúvida é sobre trabalho, recomendo que visite nosso outro site, o www.trabalhonaitalia.com . Reparei que o blog tem muito conteúdo e fica fácil se perder por isso resolvi separar os assuntos para facilitar a vida de vocês. Espero que gostem!

Salva o link aí no seu Favoritos: http://perguntapro.brasilnaitalia.net 

17 COMENTÁRIOS

  1. Oi Meninas,
    Obrigada pela mensagem.
    Cris, to adorando, a comentadora oficial. 🙂
    Obrigada,
    beijocas
    Babi

  2. "che'li della muor" alguém pode me dizer o que significa me mandaram isso que eu nem sei ajudaa

  3. Oi, Barbara, tudo certinho?
    Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha! Que tudo esteja 100% com você!
    Interessantíssimo o seu post. Parabéns!

    Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000 e fui para os USA estudar na Harvard, onde estudei até 2002. Desde 2003, moro na Holanda – sou casada com um holandes.
    O choque cultural existe e acaba sendo benéfico – de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!

    Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual, que é: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

    E será uma outra alegria, se quiser ler o prefácio do meu livro: Mevrouw Jane (o prefácio não foi feito por mim, mas por um outro escritor, um já reconhecido no mundo literário). Se gostar – ou não – por favor, deixe um comentário; vou adorar ler a sua opinião!

    Tenha um ótimo dia!
    Grande abraço.
    Josane Mary

  4. OI Joseane,
    Obrigada pela visita. Nossa senhora, você estudou em Harvard! Parabéns, não é para todo mundo.
    Você tem razão, o choque cultural existe sempre, em alguns casos é mais fácil em outros menos, mas a verdade é que depois de morar no exterior nunca mais seremos os mesmos. Somos um pedacinho de cada lugar que passamos, de cada pessoa que conhecemos.
    Passei no seu blog para dar um oi, o prefácio do livro vai ficar para outro dia porque estou exausta e agora vou descansar. Até a próxima!
    abraços,
    Barbara

  5. Agora ja tenho uma nova profissão: perguntadora profissional =).
    Adorei!

    Abraços,
    Antonieta.

  6. Oi Antonieta, tudo bem?
    Quem sabe um dia vira uma profissão remunerada? Vai saber, ne? 🙂
    Babi

  7. Olá vou viajar no dia 16 de abril, p/ a Italia e retorno no dia 3 de maio, vou p/ Roma, Milão e região de trento, ainda faz frio por lá, que roupa levar? obrigada

  8. Oi Bernadete,
    Você estará chegando no início da primavera; ainda faz frio, mas já dá para arriscar uma camiseta de manga curta em um dia de sol na hora do almoço. Evite levar blusas de alcinha e sandálias, mas de resto leve um pouco de tudo: camiseta de manga curta, blusas de manga comprida e um casaco mais pesado. Prefira sapatos fechados.
    Melhor ainda se as roupas forem de cores claras porque na primavera usa-se muito branco, tons pastéis e desenhos floreais.
    Boa viagem
    abs
    Barbara

  9. Boa tarde,

    Me chamo Valquiria e moro em Sao Paulo, peguei o seu e-mail em um site que fala de crianças brasileiras na Itália, estou indo para a Itália em Setembro com meu marido e filha, meu marido esta indo para aguardar o tramite para tirar a cidadania Italiana.

    Depois que ele conseguir a cidadania, me parece que ainda demora um ano para que eu e ela consiga a cidadania através dele, então eu queria saber, se nesse tempo, que deve ser um ou dois anos, se ela consegue realmente estudar aí sem a cidadania italiana, ela tem 11 anos.

    Pretendemos ficar em Bibiane, se poder me ajudar com essas informações agradeceria muito.

    Desde já agradeço sua atenção.

    Obrigada
    Abs,
    Valquiria

  10. Em geral as crianças sempre são matriculadas na escola, independente dos pais possuírem cidadania ou permesso di soggiorno.

    Não tenho acompanhado detalhadamente os processos de reconhecimento da cidadania italiana na Italia, mas me lembro de ter lido no blog Minha Saga, do Fabio (www.minhasaga.org) que o erro mais comum é vir para a Italia reconhecer a cidadania trazendo a família.

    Sugiro que fale com ele, para tirar eventuais dúvidas.

    Um abraço,

    Barbara

Comments are closed.