Dessa vez não se trata de uma dica de palestra quase grátis com o mestre da fotografia criativa e polêmica Oliviero Toscani. O fato é que ele voltou a aprontar, em uma campanha já censurada na França e absolutamente proibida em Milão. A imagem de uma modelo anoréxica pele-osso nua usada para a divulgação da grife Nolita está dando o que falar. Hoje quem o critica, em matéria do jornal Il Firenze, é Fabiola De Clerq, uma ex-anoréxica e presidente da Associazione per lo studio e la ricerca sull’anoressia, bulimia e altri disturbi alimentari:

” È un messaggio osceno quello che lancia Oliviero Toscani, un’immagine scabrosa, che non lascia spazio a nessuna speranza. In più è una campagna pubblicitaria di una marca di moda, non una campagna di sensibilizzazione. Offende le persone che soffrono e le loro famiglie.”

Se a polêmica é realmente útil ou comercial, deixo a cada um decidir. O fato é que o dedo foi colocado na ferida, e arde… Meninas, comam que faz bem. Mas evitem Nutella nos primeiros meses em solo italiano. rs! É uma tentação capaz de causar estragos a silhueta feminina, principalmente nos primeiros meses, sem mãe, pai, amigos e cobertor de orelha. 🙂