Por toda uma vida que vivi no Brasil, sempre pude me orgulhar de ter dentes super sadios. Atribuía toda essa “saúde dentária” ao fato de ter sempre tomado muito leite desde que nasci, alimento conhecido por suas altas quantidades de cálcio, que faz bem a ossos e dentes. Pensava também que, como quando era criança fazia bochechos com flúor, aquilo havia ajudado a “construir” dentes fortes e saudáveis.

Pois bem, nos últimos três anos tudo mudou. Eu cheguei na Italia no início de 2005. Como sempre pensava que logo estaria de volta no Brasil (fosse de férias ou definitivamente), acabava deixando para ir “depois” ao dentista. Quando completou mais de ano e meio que estava aqui, cheguei a conclusão que já era mais do que hora de fazer uma boa revisão geral na boca.

Quando encontrei um italiano com dentes realmente bonitos, pedi o número do telefone do dentista dele. Sim, o fato é que a maioria dos italianos tem dentes horríveis: amarelados pelo excesso de cigarro e café. Sem falar que conheci vários que tinham coragem de sair na rua sem um dente na boca, vê se pode! E gastavam fortunas em roupas e coisas inúteis. Bem, “cada um, cada um”.

Telefonei para o dentista do italiano de sorriso perfeito e marquei uma limpeza dentária. O valor da limpeza cobrado por tal consultório era exorbitante: 86 euros, ao contrário de muitos outros desconhecidos que achei nas Páginas Amarelas que pediam cerca de 50 euros pelo mesmo serviço. Mas eu não ia economizar bem nos meus dentes, né? E lá fui eu.

O consultório era impressionante. Você entra e uma assistente toda simpática vem te receber e oferecer aquelas meias de plástico para colocar sobre o sapato. Como cheguei adiantada, fui convidada a esperar em uma sala com 3 computadores conectados a internet, para o tempo passar mais rápido. Dez minutos depois, a assistente me acompanhou até o consultório.

Me perguntou se eu gostava de U2, colocou lá o DVD, que passava em uma TV de plasma na frente da poltrona da dentista. Me colocou guardanapinho no pescoço, sentei, e logo entrou a minha dentista, que por sinal, também era muito simpática. Depois de uma rápida conversa, mãos a obra, ela começou a mexer aqui e ali, limpar e tirar todo o tártaro que tinha se acumulado neste ano e meio. Até que recebi a bomba: eu estava com duas cáries!

Para uma pessoa que sempre se considerou “dentes-perfeitos”, descobrir que não tem apenas uma, mas DU-AS cáries é uma notícia absolutamente de impacto! Marquei uma outra hora na semana seguinte para fazer chapas e confirmar a dimensão das cáries, para depois tratá-las. Graças a Deus, não eram muito profundas e não foi preciso fazer canal. Mas saí 400 euros mais pobre, além do valor da limpeza.

Seis meses depois, fui fazer outra limpeza, e andava tudo tão bem, que resolvi que só voltaria a fazer outra limpeza depois de um ano. Para quê fazer limpeza a cada seis meses e gastar 90 contos a cada vez? – pensava. Um ano depois foi exatamente hoje.

Hoje acabo de sair da minha dentista para uma limpezinha básica nos dentes e advinha? Sim, estou com mais duas cáries!!! Eu escovo os dentes no mínimo 3 vezes ao dia, passo fio dental no mínimo 1 vez ao dia, como as recomendações. Indignação total! Perguntei se era possível que a mudança da água fosse a responsável porque se não me engano, no Brasil eles colocam algum tipo de cloro ou flúor na água, e aqui na Italia a gente só toma água mineral. A resposta foi: “provavelmente é a alimentação, você deve estar consumindo mais açúcar”.

Talvez seja verdade. No Brasil só consumia produtos light, diet, sem açúcar. Me lembro que um pacote de açúcar de 1 kilo na minha casa durava mais de um ano e não é um exagero. Desde que cheguei na Italia não coloquei mais adoçante nenhum na boca.

Tomo café com açúcar, doces com açúcar, tudo com açúcar! Os italianos quase não usam adoçante, aqui os produtos light custam mais barato que os normais no supermercado porque faltam compradores (em São Paulo tudo que era light custava mais caro). E agora, será que o problema é mesmo do açúcar? Será que é a idade que vai chegando e com ela as cáries? Será que não tem nada a ver mesmo o fato da água ser diferente?

Bem, vou continuar fazendo a higiene bucal diária, vou adiantar minhas limpezas para cada seis meses. Mas e aí, será que vai ser suficiente?

Se você vier morar aqui, não dê bobeira não. A gente tem que cuidar do corpo, é o nosso único bem.

PS. O governo não oferece tratamento dentário gratuito, apenas tratamento médico.

9 COMENTÁRIOS

  1. Ui.. senti uma facada nesse tratamento dentário…

    E depois do tanto que eu leio sobre a dificuldade de se conseguir um emprego por ai, 400 euros parecem uma fortuna…

  2. Tambem moro em Firenze e queria te contar a minha esperiencia, talvez possa te ajudar:
    tambem tenho dentes muito saudaveis, nunca tive caries. O ano passado o meu dentista aqui, muito bom e renomado, achou duas!! O preço do tratamento: € 420.
    Como estava com viagem marcada pra Sao Paulo, decidi ir ao meu dentista de confiança. Sorpresa: eu nao tinha nada, nenhum problema, nenhuma carie.
    Cuidado, muitos dentistas inventam caries… eu sempre procuro uma segunda opiniao antes de fazer qualquer tipo de tratamento.
    E sim, com o passar dos anos os dentes vao ficando mais frageis…
    Sugar doesn’t help 😉
    Andrea

  3. Oi! Jà tinha lido esse seu post sobre os dentes hà meses atràs e hoje fui ao dentista pensando: serà que também vao encontrar mil càries na minha boca?! Pois, se vc nunca tinha nada no Brasil e aqui teve duas, eu q às vezes tinha alguma là pensei q aqui teria umas quinhentas… enfim, depois de um ano de Itàlia (antes de vir pra cà fui ao dentista e estav tudo bem) decobri q tenho nada mais nada menos que 6 (SEIS!!!) càries… q decepçao! Queria desistir dos meus dentes naquele momento, enfim, a dentista disse q nao sao profundas as càries, mas puxa vida… serà q eu vou perder os dentes se continuar morando aqui? Nao sou o maximo em passar o fio dental, mas tb escovo os dentes pelo menos 3 vezes ao dia… O preço q estou pagando é o mesmo q vc pagou…q facada! Nao sei qual o problema, mas acho q nao é o açucar, nao, pois quase nao como açucar (nem adoçante)…

  4. Dani,
    Eh realmente chocante essa historia das caries. Nao sei se Andrea tem razao e os dentistas daqui inventam as caries, ou se realmente elas existem.
    Acredito que existam porque hoje existe radiografia, sentimos o dente sensivel e tal. Mas nao sou especialista para dizer.
    Acho que o fato poderia render uma tese universitaria: porque na italia o numero de caries aumenta???
    Saluti,
    B.

  5. Interessante este post, ainda nao tinha visto 😀

    Eu uso aparelho desde 2005 e fiz manutençao duas vezes depois de vir para ca. As duas das vezes que fui ao Brasil.

    Como nao quero ficar eternamente com aparelho e muito menos arriscar de fazer um canal por causa das caries, fui num dentista aqui perto de casa.

    O primeiro dentista olhou minha boca, controlou para ver se tinha carie (graças a Deus, nenhuma! E eu sempre achei que fosse a agua – a avo do meu namorado tem quase todos os dentes ainda, com mais de 80 anos – ou a diminuiçao do açucar. Mas fiquei surpresa porque nem sempre vou ao dentista e o tempo é escarso para fazer uma faxina do aparelho tres vezes ao dia). Ai ele disse o que tinha que fazer com o aparelho e marcou uma consulta com a ortodontista.

    No dia da consulta com a ortodontista ela me explicou o que tinha que fazer e tudo mais. So que nao estavam entendendo o que eu queria, alinhar o dente que esta meio tortinho, nao a arcada (ela iria deixar a arcada justa mas o tal dente nao iria ficar como queria). Ai depois ela entendeu e me deu uma previsao de um ano.

    So que fiquei meio desconfiada. Minha dentista no Brasil disse para nao ir ao dentista aqui arrumar o aparelho, salvo alguma emergencia. Os dentistas aqui ja começaram a falar que usariam uma técnica diferente e até me disseram que “aqui se faz assim”. Fora que nao me deram nenhum orçamento…

    Nem fui mais la, vou esperar ir ao Brasil agora e conversar com minha dentista. Se for possivel peço para ela me dar uma aulinha sobre meu caso e ver se posso deixar os italianos colocarem a mao no meu aparelho. Terminar trabalho de alguém é complicado, ainda mais quando é de outro pais, outra técnica…

  6. Claro q o q causa cárie é o açúcar.Mas alguém diz:"mas quase não como açúcar".Vc pode não botar açúcar nas suas bebidas, comidas, mas q alimento hoje não tem açúcar???Se vc usar achocolatado, chocolate tb, uns 60% é de açúcar mesmo sem vc colocar, biscoito salgado ou doce tem açúcar, condimentos como catchup, mostarda, maionese tem açúcar, conservas muitas vezes tem açúcar tb, pão mesmo sem ser o doce colocam açúcar, ….

    Colocam açúcar em quase todos produtos alimentícios industrializados.Se vc quiser uma dieta açúcar zero, vai ter muita dificuldade, às vezes, produtos q vc nem imagina tem açúcar.

    Como colocam açúcar em quase tudo e açúcar é cariogênico, aí arranja-se desculpa para bota flúor na água( e o flúor se vcs pesquisarem causa muitos males a saúde, mas quase ninguém divulga isso).

  7. dentista italiano è assasino de dente sem dizer que eles sao os piores profissionais do mundoooooo
    e que muito boa parte dos materias necessarios para os dentistas sao feitos aqui!! sim gente os melhores produtos sao feitos aqui e eu nao entendo porque eles sao pessimos sem dizer que sao uns Ladroes qualquer porcaria que vc precisa fazer a sua alma ainda è pouco eu estou aqui ja ha 5 anos antes de vir fui ao meu dentista no Brasil e deixei minha boca o mis perfeito possivel depois da minha primeira visita nesses açougueiros mal educados e arrogantes desse povo eu ja perdi 4 dentes!!!! mexerao abrirao que me ferrarao com tudo Graças a Deus este ano vou ao Brasil e la vou poder arrumar!!!

  8. e gente parem de falar que problema em dente è açucar existem doenças bucais que afetam drasticamente os dentes quando uma ppessoa esta perdendo os dentes ou tem dentes fracos nao significa que ela è porca e nao faz a higiene bucal
    como no meu caso eu penso em comer e ja estou escovando cuidando mas nao adianta sempre perdo dentes eu ja perdi um dente com pao pulmam mas mole que esse pao nao existe
    pq pq sempre sofri de ausencia de calcio
    e na pq nao escovei os dentes
    isso è humilhante ouvir e ajuda a colocar a aalto estima na pessoa no chao!!!!

  9. Morei 3 anos na Itália e nunca cheguei a ir ao dentista, mas meu marido é italiano e tem os dentes que só Jesus!!! O que já fizeram na boca dele daria uma indenização. Absurdo sem tamanho. Os profissionais são péssimos! Agora estamos morando no Brasil e ele vai ser obrigado a fazer um mega tratamento. Hj fomos ao dentista pq ele estava morrendo de dor e fiquei com vergonha da dentista que me disse: vc é esposa dele? Então poe ele pra tratar esses dentes! Estou morrendo de ódio do descaso que ele recebeu durante os 32 anos de vida!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here