Florença é uma cidade que vale a pena visitar sempre. Esteticamente ela continua sempre igual por fora: você encontrará o Duomo, o Ponte Vecchio e o David. Mas poderá se surpreender com os eventos especiais e descobrir uma cidade como você nunca tinha visto.

Muita gente também vem a Firenze rapidamente. Passa um ou dois dias, acha que já viu tudo e depois visita mais 38 cidades da Europa. No final da viagem, nem lembra exatamente o que viu e onde. Voltar uma segunda vez, com calma pode ser uma boa idéia.

A beleza de Firenze está em viver a cidade sem pressa, sem correria. Com tempo para sentir a sua atmosfera, respirar a sua arte, descobrir seus segredos e encantos.

Segredos de Firenze

Firenze é uma cidade cheia de jardins. A primeira vista, caminhando pelo centro histórico, vemos apenas construções por toda parte. Falta um verdinho. Onde está o verde da cidade além do Giardino di Boboli e do parque Cascine?

Estão escondidos! Os prédios antigamente (melhor seria dizer palácios) geralmente eram construídos em forma de quadrados. Da rua vemos apenas o prédio. O jardim está ao lado de dentro! Uma vez por ano, acontece um evento especial: esses jardins privados são abertos ao público. Anote aí o nome do evento “Cortili e Giardini Aperti“, geralmente acontece na primeira semana de maio. O evento é gratuito. Abaixo vocês vêem a foto do jardim ao interno do palácio Gino Capponi, que eu conheci em 2006.


Vale a pena pedir informações no hotel onde for se hospedar sobre eventos do gênero. Mas se quiser sair do Brasil já com alguma opção na manga, vale dar uma olhada no site da Provincia de Firenze e os jardins a pagamento (visite o link aqui). Não gosto de pagar para ver jardim, mas um palácio como o Medici Riccardi, por exemplo, é certamente um lugar histórico e interessante.

Aliás, melhor ainda, leia um livro sobre a familia Medici antes de vir. Vai ser ainda mais interessante caminhar pela cidade. Boa viagem!

11 COMENTÁRIOS

  1. Que maravilhos passeio pra recordar os momentos ali vividos! Um beijo,ótima semana,chica

  2. Tenho que voltar para Florença. Estivemos por lá uma tarde, cansados depois de uma viagem da Sicilia até a Toscana, além de ter visitado Napoli e Pompei, e com uma bela multa por ter passado em ZTL. Além disso estava muito quente e lotado de turistas (muitos até mal educados). Mais que um motivo para voltar lá, ainda mais depois de ter lido seu post, pois não quero ficar com má impressão daquela cidade linda e renascimental, a cidade dos grandes nomes italianos.

    E quando voltar, quero passar no Piazzale Michelangelo admirar a cidade e ver um pôr-do-sol.

    Ótima semana!

  3. Olá,
    Estarei indo de carr de Roma para Florenca (passando por Montalcino) no fim do mes.
    Gostaria de saber se é melhor pegar o carro no Fiumucino ou Ciampino ?
    Acha que é muito complicado chegar lá ?
    grato,

  4. @Anonimo
    Alugue o carro diretamente no aeroporto onde voce desembarca. Me parece a melhor soluçao!
    Boa viagem! E depois volte aqui para contar como foi a viagem!
    Um abraço

  5. Para as meninas: Firenze na primavera é linda. E está chegando. Ufa! Faltam poucas semanas… laálalala

  6. Nossa, aqui a primavera ainda não está dando as caras… nem a árvore de mimosas do vizinho parece queres acordar do longo inverno 😀

    Imagino como deve ser linda Firenze na primavera. Lá do Piazzale Michelangelo vendo as flores colorindo a cidade e o pôr-do-sol para completar o cenário 😀

    Ando muito romântica por esses dias 😀

    Um ótimo dia!

  7. Oi! Gostaria da sua opinião sobre o roteiro que montei para um dia e meio em Florença:
    chegada às 9:09 – vamos ao hotel (perto do Palazzo Pitti)e largamos as malas.
    Pegamos metrô novamente e voltamos à Igreja Santa Maria Novella (tirar fotos), à Galeria Dell’Academia (ficamos por 2h +-) e almoçamos no Mercato Centrale.
    Após, caminhada até a Basílica di san Lorenzo (tirar fotos),Piazza Duomo (subir degraus)e Battisterio di San Giovanni (tirar fotos).
    Retorno ao hotel (caminhando pela Piazza Della Signoria e Ponte Vecchio).
    À noite, vamos à Piazalle Michelangelo tirar fotos e jantar (alguma outra sugestão?).
    No segundo dia, visita à Galleria Uffizi (cedo; entradas comprados aqui), ao Palazzo Vecchio e à Basílica di Santa Croce.
    Almoço na Piazza Della Signoria.
    Após, vamos ao Palazzo Pitti e ao Giardino di Boboli.
    Às 17h, voltamos ao hotel, pegamos as malas e vamos à Estação pegar trem para Veneza (acho que pegaremos o trem ES das 17:37).
    Dá tempo? O que achas?
    Abraço, Cristina

  8. Olá pessoal, estou precisando muito de uma ajuda,

    Dia 26/8 chego em Florença p/ comemorar 32 anos de casada e quero fazer uma surpresa p/ meu marido.

    Queria Renovar os Votos de casamento numa igreja em Florença.
    Não quero Igreja famosa, queria alguma capela ou Igreja bem simples.

    O problema é que já procurei na Internet e não consigo achar nenhuma e muito menos saber se isso pode ser feito.

    Será que alguém que algum Brasileiro que esteja em Florença conseguiria ver isso pra mim ou me passar algum endereço de Igreja ou Capela?
    Pode ser mais no Interior.

    Bom, resolvi apelar por aqui, quem sabe alguém me ajude, queria tantoo fazer essa surpresa pra ele.

    Abraços e um ótimo dia a todos
    Laura

  9. Oi Laura,
    Moro em Florença, mas não conheço muito bem as igrejas.
    Vou perguntar para uma amiga e depois te conto. (pode me cobrar na segunda-feira!)

Comments are closed.