Este artigo só ficará realmente interessante se contar com a colaboração de cada um que lê este texto. Peço que comentem e registrem a visão que vocês tem do Brasil.

Cada vez que encontramos um estrangeiro, seja dentro do Brasil ou fora, nós representamos o nosso país e os brasileiros de modo geral. Como você gostaria de ser representado? Qual é a realidade brasileira?

Imagino que a vida de um cidadão no sul do país, seja completamente diferente da vida de um paulistano, que é completamente diferente da vida no Amazonas, que é diferente da vida em Maceió. Dentro de cada cidade, milhares de visões diferentes sobre quem somos. Quem somos?

A minha versão

Nasci e vivi em São Paulo a maior parte da minha vida, por isso escolhi falar sobre a vida na paulicéia…

São Paulo é frenética, rápida, caótica, um lugar onde é possível obter qualquer coisa a qualquer hora. Praticamente tudo é 24 horas, do supermercado ao restaurante. Se você precisa comprar uma canetinha às 3 da manhã para terminar uma apresentação para dali a poucas horas, pode ter certeza que existe algum lugar nos arredores aberto.

É a cidade das oportunidades: existe espaço para quem tem talento. Mas nada é oferecido de graça: é preciso muito trabalho e muita dedicação. São Paulo é também uma cidade de migrantes e imigrantes. Recebe gente de todo país e de todo mundo. Existem colônias italianas, japonesas, chinesas, alemãs, de judeus… Todos convivem em paz.

São Paulo é cultural e criativa: teatro, cinema, exposições de arte, fotografia, mostras dos mais variados tipos e gêneros são frequentes em toda cidade. O paulistano adora sair, ver gente, fazer festa. Faz festa, mas é também esportivo: corre no parque, lota as academias, vai fazer rafting em alguma cidade próxima durante o final de semana.

A rotina de um paulistano fora de casa começa às 8 da manhã e termina as 10 da noite (às vezes até mais tarde porque sempre tem o aniversário de algum amigo e, frequentando tantos lugares e tantas pessoas, praticamente é um aniversário por semana, pelo menos. Isso sem falar naquele trabalho extra que era “para ontem”).

É a cidade ideal para quem procura agito e quer afastar o marasmo. Em São Paulo, definitivamente, não existe lugar para o tédio…

Leia também:

-Paraísos brasileiros são destaque na mídia italiana
– São Paulo é glamour

– O retrato do Brasil através da luz
– Vincent Cassel fala do Brasil

7 COMENTÁRIOS

  1. Brasil = Guarana Antartica

    Italia = Passeio em Roma

    França = Navegar em Nice

  2. Salve!

    Sou de São Paulo também e concordo com cada palavra que você disse! 😉

  3. Brasileira ,brasileiríssima de encantos mil por esta terra meu ponto de partida e chegada.
    Escrevo o Brasil,São Paulo,Trancoso,Serras de Minas Gerais,mística de Goias rumos que me levam na correnteza do destino.A Itália é raiz,calor de família,cultura que me embebe pelas fontes de Firenze,Roma,Taormina,Giardinni Naxos.
    Postei no Blog http://www.cristinasiqueira.blogspot.com um texto sobre Sampa que aguarda seu comentário(postagenm de 3 posts atrás)
    Trancoso é minha paixão baiana e assino o blog
    http://www.euamotrancoso.blogspot.com
    Acredito que nestes espaços vc irá encontrar textos que atenderão a esta tua proposta.
    Espero estar colaborando com este seu viajante espaço.

    Com carinho,

    Cris

  4. Existe um Brasil que o europeu não conhece, um Brasil com sotaque italiano, alemão e um pouco platino com alegres pitadas negras e mestiças. Um Brasil meridional que tem 4 estações e até alguma neve no inverno. Um Brasil diferente e que por isso mesmo, sempre se afirma como mais brasileiro possível.
    Montanhas, planaltos, o pampa encontrando o mar no extremo sul às margens do arroio Chuí.
    Curitiba moderna e revolucionária. Florianópolis
    dourada e verde do mar. Porto Alegre, minha cidade natal. Arcabouço cultural do Sul do país. Dividida em azul e vermelho, mas unida na propagação dos costumes de sua gente gaúcha.

    Bacio!!!
    Péricles Puccini Jr

  5. Barbara, eu apresentaria São Paulo, a nossa locomotiva, depois de mostrar as praias e as montanhas, principalmente nossas cidades históricas. Também Goiás, Mato Grosso e Amazonas! Ichi! Não é à toa que os gringos ficam doidos com o Brasil! Dificil mostrar um lugar só! Beijus,

  6. Olá, sou nova por aqui, mas meu filho está na Itália há um ano.
    Creio que há mais Brasil a ser divulgado que carnaval, samba e futebol.
    Há indústrias, comércio, prestação de serviços e algumas universidades de ponta.
    Há muitos locais em que a tecnologia predomina, e não somos só os malandros do morro tão divulgados no exterior, ou os boçais que os estrangeiros julgam encontrar aqui. Há um 'caldeirão de raças' de sul a norte do país, e uma difusão de culturas muito grande que merece ser divulgada.
    O Brasil é o país onde a tolerância cultural e religiosa estão presentes.
    Um país no qual temos muito a construir, principalmente no ramo educacional.
    Abraços a todos vocês.

Comments are closed.