Viva a sua paixão, mesmo que ela não pareça rentável no momento. Um dia pode se tornar. Basicamente é essa a mensagem que tiro da entrevista de 4 páginas na revista D do jornal italiano la Repubblica (06/03/2010) com “Os Gêmeos”.

Eles estão com 3 mostras praticamente simultâneas pelo mundo. A primeira é “Nos braços de um anjo” na Galleria Patricia Armocida em Milão até o próximo dia 25 de março. A segunda é “Vertigo” no Ccbb de Brasília até o dia 01 de maio. A terceira “Os Gêmeos” no Museu Berardo de Lisboa entre 15 de maio deste até 18 de setembro.

Mas quem são esses tais de “Os Gêmeos”?
Otavio e Gustavo, uma dupla que dançava break dance no Cambuci, em São Paulo e que hoje estão bombando no mundo mostrando seu trabalho como grafiteiros. Quem poderia dizer que a imagem negativa de “pixadores” de muros se transformaria em “artistas” que sabem interpretar o seu tempo?
Os Gêmeos se consagraram em 1998 com uma monografia publicada pela revista americana 12oz Prophet depois veio a primeira mostra pessoal de arte contemporânea internacional na galeria Deitch Project de Nova York. E nos últimos anos, fama também no Brasil.
Na internet eles estão por toda parte, basta digitar “Os gemeos”. E não poderiam ficar de fora do Brasil na Italia, um blog que procura sempre inspiração com outros brasileiros que fazem e acontecem no cenário internacional.

2 COMENTÁRIOS

  1. Babi, por falar em grafite brasileiro, além dos Gêmeos que são incríveis e já conceituados mundialmente, vale lembrar também do Eduardo Kobra.
    Esse artista é autor de trabalhos maravilhosos, como um lindíssimo mural na Av. 23 de maio, não sei se você já teve oportunidade de ver. Acredito que logo, logo o Kobra estará bombando no cenário internacional!
    Se ficar curiosa, segue o blog do artista – http://eduardokobra.zip.net/
    Beijo,
    Roberta

  2. Oi Roberta, tudo bem?
    Semana que vem vou passar na 23 de maio e reparar no Kobra. 🙂 Obrigada pela dica, beijocas, Babi

Comments are closed.