O sonho de criança em conhecer a terra da Tarantella e das boas massas de onde meus avós migraram, se tornou realidade em 2008. Não escolhi Torino (Turin), ela me escolheu, vim parar aqui, por amor as minhas raízes, por sonho, por aventura e até por teimosia…

Cidade do norte da Itália, região do Piemonte, existente nada menos que III século a.C. Cortada por um lindo rio chamado Po, e cercada de maravilhosas montanhas, sendo a mais fria cidade da Itália, em todos os sentidos (é verdade, não espere muita simpatia por aqui), com as estações do ano muito bem definidas; foi a primeira capital da Itália, com arquitetura Barroca que não deixa a desejar. Onde está muito bem guardado o Santo Sudário de Jesus Cristo, sede do tão amado time de futebol (para quem gosta, claro) Juventus, ah, e da fábrica de carros Fiat.

O que visitar

O bom do turismo em Torino é que a maioria dos pontos turísticos estão muito perto um do outro, e basicamente na área central, onde você dependendo da quantidade de dias disponíveis poderá desfrutar de tudo. Mas somente a arquitetura já é um show a parte.

viagem_torino_italia

Museus (área central)

Palazzo Reale (Desde 500) – Moradia de alguns tantos reis. Dentro você tem acesso a móveis, porcelanas e objetos da época. Caso não queira visitar o museu porque te levara um par de horas, poderá entrar na parte de baixo, do pátio, que inclusive da acesso a igreja Duomo (onde está o Santo Sudário).

Palazzo Madama (Desde não se sabe bem) – Ambos palácios são protegidos pela Unesco. Fica ao lado do Palazzo Reale, durante muito tempo serviu como sede para casa da moeda. Assim como o Palazzo Reale. É lindíssimo, dentro do museu pode desfrutar de uma luxuosa cafeteria, aproveite para experimentar algumas especialidades torinesa, dentre outras atrações. A parte de livre acesso, você pode ver sobre um vidro a seus pés a conservação e interessantíssima da parte subterrânea do lugar (as “mas línguas” dizem que as passagens serviam também para a amante encontrar com o rei). Ambos museus estão situados na Piazza Castello.  Comprar ingresso online aqui.

Museo Egizio (Desde 1824) – O maior e mais original museu do Egito depois do museu do Cairo, claro. Para visitar todo ele dentro, é grandíssimo, tem cerca de 6.500 objetos a serem vistos, maravilhoso, vale a pena.

Mole Antonelliana ou Museu Nacional do Cinema (Desde 1863) – E o símbolo de Torino, além de lindo, divertidíssimo se você puder entrar no museu, poderá ainda, comprar o ingresso com acesso a torre que tem 167,5 metros, a subida é feita com elevador, dura mais ou menos uns 5 minutos com visão panorâmica de 360°, tempo suficiente para desfrutar da beleza de Torino. Senão, entre na área interna inferior, você também tem acesso livre ao bar e a lojinha de souvenir.

Borgo Medievale (Desde 1884)– O Borgo Medievale fica dentro do Parco Valentino. Antigo, o Castelo foi construído depois da época medieval para mostrar como viviam na época. Você pode fazer uma visita guiada dentro do museu que vale a pena e não demora e nem custa muito, senão você caminha pela parte externa que tem lojas e ocasionalmente apresentações com artistas caracterizados da época.

Parco Valentino (Desde 1630) – Percorra o parque todinho, é extenso com 500.000 mq, nas margens do rio Po, tem muitas coisas lindas lá dentro, como a Fontana dei dodici mesi, Castello Del Valentino, Orto Botânico, e ainda restaurantes a beira do rio, muito romântico, o parque fica aberto continuamente. O nome dado ao parque é incerto, mas dizem que possa ser pelo dia 14 de Fevereiro que aqui é dia de San Valentino (dia dos namorados). Acesso pelo Viale Virgilio 107.

torino_ferias_italia

O que tem ainda para conhecer (muitas coisas gente, foi difícil escolher)

Porta Palatina – Conhecida como porta de entrada da cidade, simbolizado por um arco central ainda da época romana, intacto, situada na Piazza Palazzo di città que você tem acesso pelo Corso Regina Margherita/Via Milano/Via Garibaldi. Ali mesmo nessa região você encontra muitíssimas coisas interessantes, podemos dizer que você levaria um dia todo ali, já que tem o maior mercado ao céu aberto da Europa, com mais de 1.000 bancas, Porta Palazzo funciona todas as manhãs (segunda a sábado), tudo o que você possa imaginar, de comida fresca até roupa e utensílios domésticos, uma feira gigante, que se você tiver sorte encontrará bancas ocasionais com “sobras” de lojas de grandes marcas, enfim quem precisa comprar lembrancinhas ali é o lugar, mas claro, muita coisa, ou podemos dizer a maioria não é Italiana.
Ainda nessa região, com acesso por Via Cottolengo, Lanino, Mameli, Borgo Dora tem um “mercado de pulgas”, todos os sábados pela manhã e todo segundo domingo de cada mês, tem uma feira chamada Balon para quem gosta, como eu, muitas coisinhas o “arco da velha” de se apaixonar, pechinchem, os preços infelizmente depende da cara do freguês e da lábia se você souber falar italiano e quem sabe árabe…
Vale um parênteses, devo alertar-los que é uma das únicas regiões da área central onde se deve tomar um certo cuidado com seus pertences de valor, indico evitar se mostrar muito turista ali, ficar tirando muitas fotos.

torino4

Quadrilátero romano – ele abrange toda essa região da qual citei acima Porta Palazzo, Porta Palatina, com muitos restaurantes, bares e lojas. Sem contar que só de andar por aquelas ruazinhas estreitas já vale a pena. Nessa região em matéria de restaurante/bar eu indico tanto de dia como a noite, os barzinhos são cheios, muito acolhedores. Apesar de não serem muito baratos, vale a pena sentar em algum deles, degustar um aperitivo ou até um prato típico.

Estação de trem – Temos duas estações ferroviárias importantes, a de Porta Nuova (Desde 1861) com trens regionais e Porta Susa (Desde 1868) com trens regionais e internacionais. Para quem nunca viajou de trem ou não conhece uma estação por dentro de uma entradinha. Ou quem sabe pegar o embalo e fugir do roteiro, Torino tem fácil acesso a outras cidades italianas maravilhosas, como Bardonecchia (montanha onde poderá esquiar ou curtir o clima de montanha), Genova (cidade de praias lindas, e tem o Acquario di Genova), Veneza (dispensa comentários), e tantas outras; Outros países que fazem fronteira como Suíça e França.

torino5

Basilica de Superga (desde 1731) – fica na colina, vale a pena já pelo fato de ser na colina, com um clima delicioso, e uma vista maravilhosa. Indico pegar um ônibus na estação de Porta Nuova de numero 68 , ou no centro, na Piazza Castello o de numero 15, e descer na fermata (parada) Sassi Superga, e subir até a Basilica com o “Funicolare” um trenzinho lindo, todo estilizado, dura uns 15 minutos a subida e sai de hora em hora. Mas pode subir de carro, ou até bicicleta se for corajoso, já que são 670mts. Você pode fazer uma visita guiada nas tumbas de alguns reais da Casa Savoia e na Sala dos Papas, único lugar com telas pintadas de todos os papas em ordem cronológica. E claro a basílica em si, que também pode subir no topo dela (são uns 120 degraus). Antes de descer, aprecie a bela visão que você terá de lá, pode almoçar em uma trattoria com clima de colina e Itália. Desaconselhável ir se estiver mal tempo ou nublado, você perdera grande parte da vista.

torino6

Compras:

Via Garibaldi – E a maior rua para pedestre da Europa, um calçadão gigante onde você encontra grande parte das marcas mais populares daqui. Essa retilínea rua fica de frente com o Palazzo Madama na Piazza Castello.

Via Roma – Caso esteja procurando as marcas mais badaladas e caras, é ai que você encontrara. E não somente…
Época boa para comprar são duas: mês de Janeiro e Julho (ambos iniciam no dia 3) tudo entra em saldo, com até 80% de desconto, vale a pena.

Onde comer ou o que comer (oba)

Comidas rápidas e deliciosas

Focaccia – vendidas por pedaços, são deliciosas, com atendimento rápido. Indico a Focacceria Riviera Ligure da piazza Castello, de frente com o Palazzo Madama.
Piada ou piadina – são “sanduiches” feitos em pão tipo círio, mas de tradição italiana, são deliciosas, e saudáveis. La Pie, piadineria Romagnola piazza Emanuele Filiberto, 4 (Quadrilatero romano).

Restaurantes:

Comidas típicas – Não deixem de experimentar a deliciosa sensação de estar na Itália, como protagonista dos filmes que vemos quando ainda não chegamos aqui, sentar em uma mesinha fora do restaurante em uma deliciosa praça, é o que há de mais delicioso e romântico, como por exemplo nos meus restaurantes preferidos…O clima, arquitetura, já que fica de frente Museo Nazionale Del Risorgimento Italiano com a Biblioteca Nacional, maravilhosa cozinha italiana, eu indico ir a Piazza Carlo Alberto, Via Cesare Basttistini (centro), os do numero 13 que é famoso por suas pizzas napolitanas, e a de numero 17 que tem um menu durante a semana interessante, um prato único para degustar os sabores da Itália, o preço é convidativo. As pizzas deles também são deliciosas.

Trattoria Al Dente – Via delle orfane, 19 regiao do Quadrilatero Romano. Ai você pode se esbaldar, boa cozinha, tradição e qualidade, tem até pizza por metro tudo isso acompanhado de um bom vinho do Piemonte, quem resiste?!
De sobremesa, não deixe de experimentar doce Tiramisù, que é maravilhoso. Entre nas pasticcerie só a vitrine já engorda os olhos.Com grande tradição, Torino é famosa por seus deliciosos chocolates, como o Gianduia. Se gosta de café, prove o caffè Marocchino com Nutella, quase uma sobremesa.

torino7

Como se locomover:

Para se locomover pela cidade não é difícil, é tudo bem sinalizado, e em todas as paradas de ônibus tem mapas e ainda ponto de informações para turistas em Porta Nuova e Via Garibaldi.

Tem a opção de trem, ônibus e até metrô (nesse caso somente por curiosidade, ele é bem moderno, mas tem ainda o trajeto restrito), a passagem para ambos custa € 1,00 e se compra nas Tabaccherie e valida nas maquininhas dentro do ônibus. Durante 70 minutos você pode usar o mesmo bilhete.

Como uma cidade turística que se prese, aqui tem Torino Pass, que comprando te dara acesso as atrações e ônibus turístico (informações no link abaixo).

Para vir de Milão Malpensa pode vir de ônibus (custa € 18,00) que é mais fácil. De Milão centro, venha de trem (custa € 9,00), ambos duram 2 horas de viagem.

Poderá passear até de bicicleta se quiser, tem espalhadas por toda cidade para alugar. Aproveitem para fazer aquilo que normalmente não temos a liberdade de fazer no Brasil, um piquenique em um parque, sair de noite/madrugada pelas ruas caminhando pelo centro para olhar o movimento. Comprar um sorvete mesmo fazendo -3° de temperatura.
Por falar em passeios noturnos, marcando com antecedência, você poderá fazer um passeio subterrâneo feito com um guia e em grupos, legal heim?! Então pessoal, opções não faltam por aqui, aproveitem, e depois me digam se eu tinha ou não razão que essa cidade é maravilhosa?!

Posso dizer que talvez eu seja uma grande “puxa saco” de Torino, ou como conta a historia, ela é uma cidade mágica, cheia de mistérios e passagens subterrâneas a serem descobertas. Tem algo que te prende aqui, é incrivelmente fantástica.

Sites uteis

www.comune.torino.it/canaleturismo (Turismo)
http://www.comune.torino.it/musei (museus)
www.trenitalia.com (Passagens ferroviárias)
www.somewhere.it (Passeio subterrâneo)
http://www.turismotorino.org/card/IT/home (Torino Pass)
http://www.booking.com (hospedagem em Torino)
http://hospedagem.brasilnaitalia.net (o novo site de hospedagem do BRASIL NA ITALIA)

Christianne Darioli nasceu em Santo André (SP) tem 34 anos, freqüenta o curso de fotografia na Fondazione Università Popolare di Torino. Da aulas de língua e cultura Portuguesa (brasileira), faz trabalhos como baby sitter.
Paixões por Fotografia, viagens, cultura/arte, natureza e moda.
Obs: Caso esteja vindo para morar, ou estudar, ou sendo turista ainda te faltaram informações sobre Torino, e eu puder ajudar, deixo disponível meu e-mail com a Barbara do BRASIL NA ITALIA.


Este artigo faz parte da campanha “Apresente sua cidade!” aqui no Brasil na Italia. Se você quiser participar, escreva um texto sobre a sua cidade e envie com fotos para brasilnaitalia@gmail.com . Para saber mais clique aqui.

Leia outros guest-posts que fazem parte da campanha “Apresente sua cidade”:

19 COMENTÁRIOS

  1. Ótimo post! Cheio de informações úteis e detalhes interessantes sobre a cidade. Adorei! Ainda não conheço Torino mas se um dia tiver a oportunidade de conhecê-la certamente usarei este post como guia.

    Lindas fotos e montagem! 😉

  2. Amei o post!!!!!!!!
    Publiquei no meu facebook!
    Qual é o e-mail Christianne??

    Bjs Barbara!

    Giselle Ponchet

  3. Muito bom o post. Conheci Turin a alguns anos atrás e tenho muitas recordaçoes boas de lá! Parabéns pelas fotos, tudo lindo! Beijos

  4. adorei o post, quero em breve estar em torino, é meu sonhooo!!!eu gostaria simdo e mail!!

    beijos e parabéns msm!

  5. O post ta ótimo, super completo! Amei o blog, uma pena eu não ter conhecido antes… quero ler cada post daqui.
    Acabei de chegar de viagem, fiquei 2 semanas em Palermo e 3 dias em Roma. Foi incrível, me apaixonei pela Italia. Tenho amigos lá e vou tentar voltar pra trabalhar e estudar…

    beijinhos
    http://www.deliriosdeconsumo.com/

  6. parabéns Chris, muito bom, a melhor guia turístico de todos os tempos…hehe

  7. Muito legal, Cris!

    Estive la em outubro de 2008 no meu aniversario. Fomos até ver a partida Juventus e Torino (e como presente de niver, um gol da Juve!).

    Achei interessante o mercadinho do Balon. Nunca tinha visto algo do genero aqui, e olha que moro em Brescia. Achei a versao menos moderna da 25 de Março em Sao Paulo :0) Mas o mais chocante foi ver um bar lotado de arabes que fumavam com o narguilé!

    Gostei de Turim e das pessoas, bem dispostas a darem informaçao. E' uma cidade cheia de parques, as pessoas fazendo exercicios mesmo no outono e fiquei imaginando como deve ser na primavera ou verao.

    Quero voltar para la e conhecer esses parques, o Borgo Medievale, as igrejas (a Basilica di Superga deve ser inesquecivel), museus (o do Cinema é otimo, nos divertimos la) e passear à margem do Po.

    Voce disse que a cidade é cheia de lenda e magias e é verdade, a Piazza dello Statuto era considerada nefasta pelos romanos porque era onde escurecia mais cedo, além de ser palco das execuçoes publicas. Reza a lenda que la esta situado um dos vertices do triangulo da magia negra, proximo ao Monumento ao Frejus. Se é mal-assombrada ou nao, eu achei linda aquela praça.

    Beijos Cris e Babi

  8. Ótimo Post !!!!
    Conheci Torino em 2005, e digo, Torino é tudo isso e muito mais, só conhecendo pessoalmente mesmo…
    Quero voltar novamente, vou escrever p voce Chris…
    Abraço
    Maicon

  9. Torino realmente é uma cidade muito bonita… Convido você e seus leitores a conhecerem o meu blog que é um prato cheio para quem gosta de design, interiores, arquitetura, fotografia, Milão… É o Disegno à Milanesa! E é para devorar com os olhos!

    http://www.disegnoamilanesa.blogspot.com

  10. Eu aconselho a visitar o Cimitero Monumentale, é o quarto mais importante da Europa em arte cemiterial.
    Pode parecer coisa de gente macabra, mas não é; no cemitério tem obras de grandes artistas. Vale lembrar que era muito comum os artistas (escultores) viverem principalmente da arte cemiterial, era o que dava realmente dinheiro.
    Dica: Não esqueçam de pedir na entrada o roteiro do cemitério, que está dividido em duas partes: em artistas e tumbas.
    Bom passeio!

  11. Ola Rana,
    Eu simplesmente amo esse cemitério, eu moro ao lado dele, e as pessoas acham muito macabro eu gostar do cemitério, esse foi um dos motivos do qual eu nao coloquei no meu roteiro para os leitores da Barbara…hehehe
    Mas, eu assino embaixo, realmente é maravilhoso, e uma paz muito grande voce encontra naquele lugar!
    Bjs a todos.
    Chris

  12. Adorei sua descrição sobre Turim. Vamos para Turim e arredores em final de setembro, principio de outubro e certamente vamos adorar a cidade.
    De Turim iremos a Biella com o objetivo de visitar Quittengo e de lá pensamos em visitar Asti e os vinhedos, Alba etc. Se tiver mais alguma dica , adorariamos receber. obrigada abs. Gladys

  13. nossa chris, legal.Eu moro aqui em torino ha 4 anos e nao conheco a metade, ja passei por quase tudo, mas uma visita muito rapida,porque eu trabalho e o tempo e curto, mas realmente pra se viver, Torino e a melhor cidade da Italia, tem mais natureza, lembra o nosso querido Brasil.Voce e muito bonita ,parece um pouco italiana. BACIONE E ARRIVEDERCI.

  14. Bárbara, boa tarde!

    Primeiramente parabéns pelo trabalho, muito informativo e interessante!
    Meu filho está indo para Turim ano que vem e eu gostaria de solicitar informações à Christianne, você poderia me passar o email dela?
    Obrigada,

    Marília

  15. Adorei, suas dicas eu sou apaixonado por Torino também, já fui duas vezes, e ainda falta muita coisa para conhecer… ótima postagem para os que ainda não conhece ter uma noção sobre essa cidade verdadeiramente mágica…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here