Todos os anos, durante o verão italiano, existe a possibilidade de aprender sobre arqueologia e história in loco: o Castello di Montaccianico, um sítio arqueológico a aproximadamente 40Km de Florença, abre suas portas com visitas guiadas por arqueólogos italianos, que vão contar um pouco sobre o interessante trabalho para desvendar o mistério da cidade medieval completamente destruída pelos fiorentinos em 1306.Progetto_montaccianico2016

Trata-se do Progetto Montaccianico, onde desde 2006 são realizadas escavações em parceria com a Universidade de Arqueologia de Florença, para descobrir os detalhes sobre a destruição completa do castelo em 1306 pelos fiorentinos, que aconteceu em contemporânea com a fundação da cidade de Scarperia.

arqueologos_trabalhando
Arqueólogos trabalhando no Progetto di Montaccianico

Os arqueólogos buscam responder perguntas sobre como foi destruído o castelo que fica nos arredores de Sant’Agata no Mugello, quantos muros de proteção tinha, quantas pessoas viviam. Hoje sabe-se que certamente pessoas habitavam no local e viviam muito bem para o período graças aos fragmentos de objeto de grande qualidade como cerâmicas.

Olha eu durante a visita de 2016 do Progetto Montaccianico
Olha eu durante a visita de 2016 do Progetto Montaccianico

Durante a visita foi possível aprender sobre a importância do trabalho da arqueologia para resgatar informações sobre o nosso passado e história.

Entre os fatos curiosos, achei interessante saber que nos séculos XII e XIII as sociedades feudais italianas tinham também muito em comum com o estilo de vida no Oriente Médio.

Ou que destruir um castelo não era uma coisa simples: os muros de proteção e das casas eram bastante grossos e não existiam os instrumentos modernos. A atividade certamente não levava apenas poucos dias e era necessário pagar pessoas que sabiam realizar este específico trabalho.

A destruição completa de um burgo medieval era um símbolo importante para exaltar o poder das famílias/cidade rival.progetto-montaccianico-2016Quem diria que em um monte de pedras abandonadas no chão no meio do “nada” poderia ter tanto significado e tanta história interessante. Quem sabe um dia o antigo castelo será reconstruído… E você, tem alguma dica de projeto semelhante em outro lugar do mundo?

Leia: 7 boas razões para conhecer o Mugello.
Siga no facebook:  página oficial de turismo no Mugello.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here