Existe um museu do selfie em Florença. Se as ruas de uma das cidades mais bonitas e famosas da Italia e do mundo não forem suficientes para a sua vontade de tirar fotos, bem… você pode visitar o Museu do Selfie ou Selfie Museum.

Índice do artigo:
– O Museu do Selfie em Florença
– A história por trás do Selfie Museum
– Horário de abertura do Museu do Selfie em Florença
– Tarifas do Selfie Museum em Florença

O Museu do Selfie em Florença

O Museu do Selfie fica a poucos passos da imponente catedral de Florença, na Via Ricasoli 44.

São mais de 1000 metros quadrados dedicados a reinterpretação criativa da arte e da cultura de todos os tempos e estilos, com instalações e cenários realizados por mais de 400 artistas de todo o mundo.

Um museu onde o objetivo é fotografar e ser fotografado, um espaço de arte contemporânea na cidade da arte.

Além da visita clássica o Museu do Selfie está disponível para eventos particulares. Pode ser uma ideia divertida para reunir as amigas.

A história por trás do Selfie Museum

O Selfie Museum, nome original em inglês do Museu do Selfie, nasce em Los Angeles em 2014.

Museu do Selfie em Florença (foto: Carolina Romizi)
Museu do Selfie em Florença (foto: Carolina Romizi)

O criador do Selfie Museu foi o fotógrafo e diretor de arte Adrien Berlin, que do seu estúdio fotográfico em Los Angeles, organiza uma série de eventos e festas particulares com cenários realizados por seus colaboradores, artistas, cenógrafos, diretores, muitas vezes reutilizando o material usados como elementos cenográficos em set de fotografia e cenas de filmes.

O sucesso foi tanto que ele criou uma rede de artistas internacionais, que hoje são mais de 400, para realizar o pop-up selfie museums em todo o mundo durante eventos de moda, design, cinema e música.

Em 2021, após a pausa da pandemia, Adrien Berlin se muda para a Europa e começa a propor o formato em algumas cidades, repetindo o sucesso na imprensa e com o público.

O Museu do Selfie em Florença surge graças a colaboração com alguns amigos artistas que moram em Florença, como por exemplo Stefano Fake & The Fake Factory, no dia 7 de outubro de 2021 abriu o primeiro Selfie Museum na capital toscana.

Adrien Berlin prevê para 2022/2023 a abertura do museu em outras 14 cidades italianas e europeias.

Horário de abertura do Museu do Selfie em Florença

O Self Museum ou Museu do Selfie de Florença abre:

  • De segunda à sexta das 10:00 às 19:00
  • Sábados e Domingos: das 10:00 às 12:00 e das 14:00 às 19:00

(Última entrada permitida às 18:00)

(horário atualizado em outubro de 2022)

Para informações e reservas: +39 055 61452

É recomendável efetuar a reserva online para evitar filas, especialmente nos finais de semana.

Tarifas do Selfie Museum em Florença

Ingresso inteiro – Euro 13,00

Compre seu ingresso para o Museu do Selfie através do Get Your Guide

Ingresso para estudantes e maiores de 65 anos – Euro 10,00

Jovens de 6 a 18 anos – Euro 7,00

Crianças menores de 6 anos – Euro 5,00

Família (2 adultos + 1 jovem) – Euro 30,00

Família (2 adultos + 2 jovens) – Euro 35,00

Família (2 adultos + 3 jovens) – Euro 40,00

Detalhes: https://selfiemuseumfirenze.it/biglietti/


Crédito fotos: divulgação

Procurando outras ideias do que fazer em Florença e arredores? Leia Roteiro de 7 dias na Toscana

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

Artigo anteriorUffizi é o melhor museu do mundo
Próximo artigoMuseu Bargello em Florença, o primeiro museu italiano de arte da Idade Média e Renascimento
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

1 COMENTÁRIO

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here