No alto do Monte Pellegrino, a poucos minutos de distância do centro de Palermo, encontra-se o Santuário de Santa Rosalia. Leia o artigo para saber mais sobre esta que é uma das atrações mais visitadas de Palermo.

Índice do artigo:
– Onde fica o Santuário de Santa Rosalia: o Monte Pellegrino
– Quem foi Santa Rosalia
– História de vida de Santa Rosalia
– Os milagres de Santa Rosalia
– O Santuário de Santa Rosalia
– Horário de abertura do Santuário de Santa Rosalia

Onde fica o Santuário de Santa Rosalia: o Monte Pellegrino

O Santuário de Santa Rosalia fica no alto do Monte Pellegrino de Palermo, a 445 metros sobre o nível do mar.

Este lugar considerado sagrado para os palermitanos fica a aproximadamente 10 Km de distância do porto turístico da cidade (ou 20 minutos de carro sem trânsito).

O caminho para chegar até o Santuário de Santa Rosalia já é uma atração: é necessário percorrer uma estradinha cheia de curvas com vista panorâmica de Palermo.

A estrada cheia de curvas para chegar ao Santuário de Santa Rosalia em Palermo: dá vontade de ir parando e tirando fotos (e foi o que fizemos em 2022)
A estrada cheia de curvas para chegar ao Santuário de Santa Rosalia em Palermo: dá vontade de ir parando e tirando fotos (e foi o que fizemos em 2022)

De lá é possível admirar o porto turístico de um lado e até a praia de Mondello do outro lado.

Isso se a estrada estiver aberta. Em 2012 tirei a foto abaixo com vista para a praia de Mondello, mas em 2022 um pedaço da estrada estava interditada e não pudemos retornar lá. Vai saber quando vão reabrir…

A praia de Palermo vista do Monte Pellegrino em 2012  (em 2022 este trecho da estrada estava interditada e não pudemos voltar lá)
A praia de Palermo vista do Monte Pellegrino em 2012 (em 2022 este trecho da estrada estava interditada e não pudemos voltar lá)

Lá do alto também é possível admirar o Parque della Favorita, com seus 4 km², que nasce no século XVIII como parte da propriedade real de Ferdinando III di Borbone.

O Parque della Favorita é o maior jardim da Sicília e é considerado seu “pulmão natural”. É também o quarto maior parque da Italia. Hoje faz parte da Riserva Naturale Orientata Monte Pellegrino instituída em 1996.

Ciclista subindo o Monte Pellegrino em uma manhã quente de julho em Palermo (2022)
Ciclista subindo o Monte Pellegrino em uma manhã quente de julho em Palermo (2022)

No passado muitas pessoas subiam o Monte Pellegrino pé para fazer uma homenagem à Santa Rosalia. Hoje muita gente sobe a pé fazendo trekking ou de bicicleta para praticar esporte e curtir a atmosfera do local.

No Monte Pellegrino a caminho para o santuário é possível admirar o Castello Utveggio construído em 1934 para ser hotel; hoje é sede do CERISDI, o Centro Ricerca e Studi Direzionali de Palermo
No Monte Pellegrino a caminho para o santuário é possível admirar o Castello Utveggio construído em 1934 para ser hotel; hoje é sede do CERISDI, o Centro Ricerca e Studi Direzionali de Palermo

Vale saber: existem diversos itinerários para quem vai fazer trekking que não passam pela estrada asfaltada. O mais famoso é a “scala vecchia”. Ainda não tive o prazer de fazer a subida a pé, mas quando fizer conto aqui para vocês.

Quem foi Santa Rosalia

Santa Rosalia é considerada a padroeira de Palermo. Ela teria sido responsável por colocar fim a peste em Palermo no século XVII.

História de vida de Santa Rosalia

Ela nasce com o nome de Rosalia Sinibaldi na Palermo de 1130 e fazia parte de uma família descendente direta do imperador Carlo Magno e da nobre Maria Guiscardi.

Já o seu nascimento teria sido anunciado em uma premonição do rei Ruggero II de Sicília. Diz a lenda que, em 1128, quando Ruggero II observava o pôr do sol do Palazzo Reale com a esposa Elvira di Castiglia, ele viu uma imagem que disse “Ruggero, eu te aviso que, por vontade de Deus, nascerá na casa de Sinibaldo uma rosa sem espinhas.”

Quando era jovem, Rosalia viveu em um mundo de riqueza, na corte de Ruggero e na Mansão paterna que fica no atual bairro Olivella. Já tinha um pretendente que queria casar com ela, quando aos quinze anos abandonou o Palazzo Reale, onde tinha o papel de dama de honra, e foi se dedicar a sua vocação religiosa na Igreja do Santissimo Salvatore, que na época era um mosteiro.

Mais tarde ela decide se refugiar em uma gruta, em Santo Stefano Quisquina, onde viveu por 12 anos documentando a própria vida com uma epigrafe latina escrita na entrada da gruta.

Sucessivamente a rainha Sibilla permitiu que Rosalia retornasse a Palermo e ocupasse uma outra gruta, no Monte Pellegrino, onde ela morre dormindo em paz e solidão no dia 4 de setembro de 1170 aos 40 anos.

Os milagres de Santa Rosalia

De acordo com registros históricos, no dia 7 de maio de 1624 atracou em Palermo uma embarcação com portadores do vírus da peste. Uma epidemia se propaga pela cidade provocando milhares de mortes.

imagem santa rosalia em frente santuario
Imagem de Santa Rosalia em frente ao Santuário em Palermo (foto tirada em julho de 2022)

No dia 26 de maio de 1624, dia de Pentecostes, Girolama La Gattuta sobe o Monte Pellegrino para cumprir um voto. Ela bebe a água que escorria das rochas e, curada, tem uma visão da Virgem Maria e de Santa Rosalia. Na sua visão, é indicado um ponto específico no final da gruta onde estaria um “tesouro”. Ela insiste com familiares para ir até o local para dar início a escavações.

No dia 15 de julho de 1624, no lugar indicado embaixo de uma grande lápide de mármore são encontrados ossos humanos com um intenso perfume de flores. No monte começam a subir várias pessoas que rezam, bebem água, e obtém muitas curas milagrosas.

Os ossos são limpos e levados até a capela do bispo Giannettino Doria que quer confirmar a autenticidade do material.

No dia 27 de julho de 1624 Rosalia é proclamada a Padroeira de Palermo pelo Senado da cidade, graças ao grande pedido do povo.

No dia 13 de fevereiro de 1625, o saboeiro Vincenzo Bonelli, desesperado por ter perdido sua jovem esposa para a peste, se veste de caçador para escapar dos controles impostos por razões de saúde pública e, com um cachorro e um rifle, sobe o Monte Pellegrino com a intenção de cometer suicídio jogando-se no mar lá do alto.

A imagem de Rosalia aparece para ele com um rosto de “um anjo” que o impede de cometer suicídio, o conduz até a gruta e diz que ele deve dizer ao bispo Doria de não duvidar mais da autenticidade dos ossos encontrados e de levá-los em procissão pela cidade, porque só assim a peste teria fim. A imagem de Santa Rosalia informa que ele morreria em breve da mesma peste da sua esposa. A santa informa que a peste terminaria com a passagem dos seus ossos pela cidade no momento do canto de “Te Deum Laudamus”.

O Bonelli foi contagiado e quando estava para morrer em 18 de fevereiro de 1625 confessa a sua visão.

No dia 22 de fevereiro de 1625, o cardeal convoca uma nova comissão de teólogos e médicos. Eles certificam que o corpo encontrado é o de Rosalia.

No dia 9 de julho de 1625 acontece uma procissão com os ossos de Santa Rosalia e a participação popular. Conforme previsto da visão, precisamente durante o canto de “Te Deum Laudamus” os doentes se curam da peste sob os olhos de todos e o contágio tem fim. Os escrivões do rei anotam em registros comunais o nome, idade e local onde as pessoas foram curadas.

No dia 3 de setembro de 1625, a pouco mais de um ano após os ossos de Rosalia serem encontrados, a epidemia termina por completo graças a ajuda milagrosa ajuda da Santa e recomeça a pública circulação de “pessoas, animais e mercadorias”.

Leia também: Festa de Santa Rosalia em Palermo

O Santuário de Santa Rosalia

Por fora o Santuário de Santa Rosalia parece uma igreja como tantas outras.

O santuário de Santa Rosalia, no Monte Pellegrino em Palermo, Sicília
O santuário de Santa Rosalia, no Monte Pellegrino em Palermo, Sicília

Mas é por dentro que a gente repara como a construção está inserida nas rochas do Monte Pellegrino.

Interno do Santuário de Santa Rosalia
Interno do Santuário de Santa Rosalia

Encontramos uma fila de bancos onde as pessoas podem sentar e rezar e lá no fundo, à esquerda, a imagem da Santa Rosalia protegida por um vidro e coberta por rosas. Do lado direito a lápide de mármore.

A lápide de mármore que descreve o encontro dos ossos sagrados de Santa Rosalia dentro do santuário em Palermo
A lápide de mármore que descreve o encontro dos ossos sagrados de Santa Rosalia dentro do santuário em Palermo

A imagem de Santa Rosalia

A imagem de Santa Rosalia no santuário de Palermo
A imagem de Santa Rosalia no santuário de Palermo

Atrás da imagem de Santa Rosalia existe um espaço para doações. Chamou a minha atenção o cartaz que diz: “Ajude as obras de caridade. Se a oferta que você deixa é fruto de um sacrifício terá valor dobrado. Deus te ajude!”.

Doações ao Santuário de Santa Rosalia em Palermo
Doações ao Santuário de Santa Rosalia em Palermo

A versão original em italiano diz “Aiuta le opere di carità. Se l’offerta che lasci qui è frutto di un sacrificio avrà il doppio valore. Dio ti benedica!”

Horário de abertura do Santuário de Santa Rosalia

Entre março e final de outubro:
– De Seg. à sábado: das 09:00 às 19:00
– Domingos e feriados: das 08:00 às 19:30

Entre fim de outubro e março:
– De Seg. à sábado: das 09:00 às 18:00
– Domingos e feriados: das 08:00 às 18:00

Para mais informações: https://www.santuariosantarosalia.it/orari-al-santuario/

Minha visita ao Santuário de Santa Rosalia

Abaixo o registro da minha visita ao Santuário de Santa Rosalia em julho de 2022. Já estive no local muitas outras vezes. Falta só fazer a caminhada a pé. Quem sabe na primavera ou outono. No verão faz calor demais para subir a pé.

E você, já visitou o Santuário de Santa Rosalia em Palermo? Conta nos comentários como foi a sua experiência!

Veja outras dicas do que ver em Palermo

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

ALUGUE SEU CARRO COM A NOSSA PARCEIRA

Alugue um carro na Italia, ou em qualquer outro lugar do mundo com a nossa parceira Rental Cars

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

RESERVE SUAS PASSAGENS DE TREM NA ITALIA E EM VÁRIOS OUTROS PAÍSES EUROPEUS COM NOSSA PARCEIRA TRAINLINE

Reserve sua passagem de trem ou pass de trem agora

Artigo anteriorLevar vinho da Italia para o Brasil, tudo que você precisa saber em um único artigo
Próximo artigoEstratégia para acumular Bitcoin
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

2 COMENTÁRIOS

  1. Melhor conhecer o Santuário depois de saber a história da Santa como descrita no artigo. É belíssima.

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here