Uma das questões principais que afligem os brasileiros que vão morar no exterior são as novas amizades. Muitos “expatriados” se sentem sós, sem uma companhia para dividir o tempo, sem um ouvido para escutá-los, com um ombro, mas sem ninguém para apoiar a cabeça e descansar em silêncio. Não é fácil fazer amizades fora do Brasil, como inclusive já descrevi em antigos posts. Mas talvez a culpa não seja do povo anfitrião, que te recebe como imigrante. Talvez a culpa seja sua!

Quero dizer com isso que invés de apontar o dedo para o lado e começar a criticar, talvez seja o momento de olhar para si mesmo e ver como você anda se comportando. Imagine a situação oposta: você na sua cidade natal, com a sua roda de amigos, e uma pessoa que vem de fora (pode até ser de uma cidade brasileira diferente, de um outro estado). Agora imagine que toda vez que você encontra essa pessoa, ela só sabe falar das diferenças entre a cidade dela e a sua cidade natal. Compara tudo o tempo todo. Como você descreveria essa pessoa?

O chato

Os chatos são pessoas que aborrecem, entediam, maçantes. São aqueles que falam sem parar, repetem as mesmas coisas, não tem assunto (ou até tem, mas é sempre o mesmo!). O que você faz quando vê um chato? Foge!

Me lembro de uma situação interessante. Quando já vivia há uns três meses na Italia, um dia estava no ponto de ônibus com uma outra brasileira, minha amiga, que tinha vindo passar seis meses no Belpaese. Falávamos sem parar e blablablá daqui e blábláblá de lá. Dali a pouco aparece um senhor do nosso lado e pergunta: “vocês são brasileiras?” Sim, respondemos. Como o senhor sabe? “É que vocês falaram a palavra Brasil pelo menos umas 10 vezes nesses últimos cinco minutos!”.

Primeiros passos

É natural que em uma primeira fase de choque cultural você compare tudo o tempo todo. Quando você chega se depara com um mundo novo, língua nova, pessoas novas, hábitos novos. Leva um tempo até que certas coisas se tornem “naturais”. Até que você consiga ter uma certa rotina.

Seria ingenuidade pensar que uma pessoa que você conhece há dois meses é seu melhor amigo de uma vida. As amizades se constroem pouco a pouco. Meus amigos do Brasil eu conheço há anos, na verdade quase décadas. Como esperar que ter uma mesma relação de amizade de anos com uma pessoa que você conhece tão pouco? Dê um passo por vez, afinal você saiu disposto ao novo, não é mesmo? E vida nova significa começar do zero.

O segredo é…

Não tenha pressa. Viva a vida com tranquilidade. Nós brasileiros, tendemos a acreditar que o mundo vai terminar amanhã, mas mesmo que acabe amanhã a ansiedade não serve para nada. Você acaba simplesmente perdendo oportunidades. É como quando está com fome e tira a comida do fogo antes que esteja realmente pronta. Você até come antes, mas certamente poderia ter o prazer de comer muito melhor se esperasse dez minutos a mais. Você sabe esperar? Se não sabe aprenda!

Invista em você, torne-se uma pessoa mais interessante. Mude sua forma de pensar. Enxergue além. Teste. Experimente. Quando você conhecer uma pessoa nova e o assunto principal não for sua terra natal, você está chegando lá…

43 COMENTÁRIOS

  1. Perfeito o seu argumento!!! As vezes, a gente que esta fora do pais, cometemos exatamente os erros que voce descreveu e nem nos damos conta! Fica ai o alerta! Bom domingo para ti !

  2. @Cris
    Por falar em domingo você já viu que bonita as luzinhas de natal em Firenze? Hoje fui ao centro e tinham várias apresentações de música, teatrinho de marionetes até batuque brasileiro interpretado por um grupo de brasileiros.
    Bom feriadão para você!

  3. Estou acompanhano o seu site pq pretendo passar 3 meses em 2009 na Italia para conseguir a cidadania.
    Comecei acompanhar por acaso… eu acho ADORO os seus textos e suas dicas.
    Parabens.
    Abraços
    Veridiana

  4. @ Veridiana,
    Que gostoso ler o seu comentário. 🙂 Dá até mais vontade de escrever. Te desejo uma ótima experiência aqui na Italia.
    Espero você de novo aqui no blog, ok?
    abs,
    Bin

  5. Essa semana eu fui no Centro e vi tudo enfeitado… Adorei, pois ano passado senti falta do clima natalino. To mais animada para passar o natal aqui esse ano.

    Postei na nossa comunidade do orkut, o link desse post, ta? Acho super importante as dicas que voce deu, pois a maioria das meninas, passam pelo problema de relacionamento interpessoal fora do BR.

    Um abraço e boa semana pra ti

  6. @Cris,
    Ok! Me manda o link da comunidade para eu poder xeretar por la. 🙂

  7. Para falar a verdade, nao tenho amigos aqui. Claro, uns conhecidos, colegas da universidade e tal. Mas como no Brasil, nao tenho.
    No começo da minha vida na Italia, sentia-me muito so. Na faculdade nao conseguia me enturmar, so com poucas pessoas. Era a unica brasileira no meio dos italianos. Nao era como no Brasil que conhecia todo mundo da universidade, passavamos horas conversando na cantina da faculdade ou nas salas de aula vazias. Talvez ainda estava com a mentalidade brasileira.
    O que voce disse do ponto de onibus, sempre acontece comigo quando me encontro com minhas amigas aqui. Uma vez estava com minha amiga no onibus voltando para a casa, onibus interurbano. Ah, duas brasileiras e amigas conversando, imagina! E nao so conversando, cantando também. Até que paramos para pensar se nao estavamos incomodando ninguém… mas nao, o grupo atras de nos conversava em voz alta e a moça da frente estava entretida com seu Ipod.

  8. @Juliana
    Em qual cidade da Italia você mora? Quer ser minha entrevistada para um depoimento sobre “estudar na Italia”? Se quiser, me escreve um e’mail brasilnaitalia@gmail.com 🙂
    Sobre as amizades, dê tempo ao tempo. Já dizia a canção “Don’t you know that Rome wasn’t built in a day…”

  9. Moro em Brescia e topo sim ser sua entrevistada. Ja ja te mando o email.

    Pois é, ja tenho mais conhecidos que antigamente…

  10. Quero estudar na Itália, fazer disciplinas ligadas à religião, mas não sei como começar.
    Agradeço qualquer informação. Suzana

  11. goostaria de fazer novos amigos pela neti se estiver enterecado em me conhecer e descobrir que eu sou entao me escreve. ta ba guri

  12. Olá barbara,
    Me permita utilizar esse espaço, para divulgar aos brasileiros, ou mesmo aos amigos de outras nações, o blog banda legao urrbana http://blogbandalegiaourbana.blogspot.com/ , é possível conhecer sobre a banda, discografiia,integrantes, curiosodades e até baixar núsicas (algumas gravadas em italiano) pelo gênio renato russo, ou albúm completo (direcionados ao site devido.

    Abraços a todos e boa sorte!

  13. Meu filho, Rodrigo Salvadoretti,(neto de italiano) tem uma banda aqui no Rio de Janeiro chamada Vandergraaf e ele vem trabalhando muito duro para divulgar seu trabalho e quero ajudá-lo. Gostaria de divulgá-lo para italianos e brasileiros.

    subscrever – http://www.youtube.com/user/Vandergraafband?feature=watch.

    facebook página-http :/ / http://www.facebook.com/pages/Vandergraaf/1842440349956

    Se houver um caminho poderá me indicar. Muito Obrigada!

    Feliz ano novo!!!!!

  14. EU,tenho disponibilidade para viagem. estou estudando inglês em são Paulo tudo de bom! sou formado em técnico de enfermagem, trabalho com hortelria só preciso de chance ok!

  15. Olá!!!
    Gostaria de obter informações sobre sites, e-mails etc para fazer amigos italianos.

    Abraço,
    Simone

  16. quero fazer amizades novas fora do Brasil pois estou pedindo a cidadania italiana e queria conhecer pessoas na Italia, pois estou pensando em ir para a Italia

  17. que fazer amizade com pessoa fora do brasil pois qual quer paiz pessoa que queira fazer amizade

  18. boa noite , gostaria de fazer amizade na italia, pois sou neto de italiano e quero ver se consigo encontrar parentes na italia. pois a minha amizade e sicera , pois quero fazer intercambio. e muita amizade.
    agradeço des de ja..
    olindo manoel..

  19. Quero amizade fara do brasil,e quer escreva português?pode ser italiano,ou de portugal

  20. gostraria de fazer amizades com italianos,sou descente desre pais e gostaria de de amigos para conversação, aprendizado cultural m.Seria possível

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here