Recebo dezenas de mensagens no blog, via e-mail, via facebook e afins com a mesma pergunta: “Está fácil arrumar emprego na Itália?”. Resolvi escrever um artigo que responda a todos de uma vez só. Sei que ferirei muitos corações esperançosos, mas a resposta é “não está nada fácil arrumar um trabalho neste momento na Italia”.

A Italia está (ainda) passando por uma crise enorme. Ainda tem gente perdendo o emprego. Meus amigos italianos dizem que hoje em dia ter um contrato Co.Co.Co é um luxo. Para quem não entendeu a piada, o contrato Co.Co.Co – também chamado de contrato a progetto – é aquele que nos últimos anos todos diziam ser o pior do mundo porque não garante quase nada ao trabalhador: nem direito a férias pagas, nem direito a ser retribuído enquanto está doente, nem uma contribuição digna para aposentadoria…

Nos últimos meses também os jornais falam muito sobre o aumento do número de pessoas que abrem a “partita IVA” ou em outras palavras tornam-se profissionais liberais. Oras, isso acontece porque como não tem emprego, cada um se vira como pode. Em geral um profissional liberal trabalha muito mais do que um assalariado, isso quando tem trabalho, e na maioria das vezes não chega nem a ganhar mais do que um assalariado em uma posição equivalente.

É hora de rever os seus conceitos

Antigamente quando alguém pensava em Italia, pensava em estabilidade, tranquilidade, saúde garantida. As coisas estão mudando por aqui. A Italia está empobrecendo muito rapidamente. O governo atual tem feito cortes drásticos em pontos chave como saúde e educação e não me admirarei se daqui a poucos anos será necessário pagar escola privada para nossos filhos terem um estudo de qualidade e sejamos obrigados a pagar as despesas médicas para ser atendido em tempo. Afinal nem sempre a doença pode esperar.

Ainda sobre a questão de trabalho: um trabalhador italiano recebe seu salário em euros, mas isso não significa nada porque ele também gasta em euros. Morar custa caríssimo, principalmente em cidades como Milão, Roma e Florença (morar fora dessas cidades custa menos, mas existem ainda menos vagas de emprego). O resultado é que conheço muitíssimos jovens que dividem apartamento aos trinta e poucos anos! Oras, dividir apartamento quando você está na faculdade é uma coisa. Quando você já trabalha há anos é outra. Especialmente para casais.

Falam que italiano é “mammone” que sai da casa dos pais tarde… Oras saem da casa dos pais tarde (se é que um dia realmente conseguem sair) porque custa uma fortuna morar sozinho. Por menos de 800 euros você não encontra uma casa de 60 metros quadrados no centro de Firenze. Se você pensar que um trabalho médio te paga 1000 euros ao mês…

Tudo está mais caro

A inflação existe no mundo inteiro e também na Italia. Encontrei aqui o antigo livro “Guia da Imigração Descomplicada” do Pedro Reggiani Anzuategui, que usei como base antes de vir para a Italia em 2004. Oras na época ele escrevia que “um quarto para 2 (mora você e mais outra pessoa no mesmo quarto) no centro custa 200-270 euros/mês”. Este valor em 2010 não existe mais. Hoje paga-se 270 euros por pessoa dentro de um quarto duplo, ou seja, o valor do quarto duplo é de 540 euros ao mês! Quinhentos e quarenta euros ao mês para dividir casa com outras pessoas desconhecidas! A única coisa que continua mais ou menos na mesma faixa são os salários. Entende qual é o problema?

Se você acha que conseguir um trabalho bacana no Brasil é difícil, aqui na Italia é ainda mais complicado, mesmo para brasileiros com cidadania italiana. Entenda que eu digo difícil, mas não impossível. Também existe gente que chega aqui e consegue um trabalho super descolado, mas são casos raros e de pessoas com um diferencial em relação a maioria.

Fique de olho, que em breve vou dar dicas de como se diferenciar na busca de um trabalho bacana (serve para a Italia, mas também para outros lugares do mundo).

E antes que eu termine o artigo, gostaria de lembrar que o debate está aberto mais uma vez e opiniões são muito bem vindas. Estou falando verdade? Estou falando bobagem? Estou na crise dos 5 anos? Não perca a oportunidade de dizer o que você pensa! Este espaço é seu.

64 COMENTÁRIOS

  1. Ciao a tutti,

    Eu ainda não tive a oportunidade de morar na Itália mas pelos contatos e notícias que leio vejo que essa é a realidade sim!
    Mas ao mesmo tempo é relativo… digo isso pois ainda tem muita gente que se arrisca a ir pra Itália ilegal, sem falar o italiano fluente e com a idéia de "ganhar dinheiro" e "fazer carreira". Se alguém quiser morar em outro país pra juntar grana, convenhamos, Inglaterra e EUA são melhores para isso…
    Agora, se você pretende vivenciar uma cidadania italiana, conhecer a cultura, tem italiano fluente e já possui conhecimento profissional, você terá muito mais chance…
    Acho que vai do objetivo de cada um ao morar em um outro país. Para quem só pensa em dinheiro e farra, melhor ficar no Brasil mesmo.
    Resumindo (e relembrando o que já foi dito várias vezes aqui no blog) se você vai pra Itália, no mínimo você tem que ter o italiano fluente e conhecer um pouco da cultura do país. A diferença entre bons e ruins profissionais é o conhecimento!

    Ciao.

  2. Para fazer uma carreira profissional em nossa área de formação, o Brasil é o país das oportunidades cada vez mais… para se viver o "italian way of life", mesmo depauperado o lugar é a Itália. Simples assim.
    P.S. pessoas sem profissão ou desprepradas sem chance em nenhum lugar.

    Saluti!!1

    Péricles

  3. Concordo em todos os pontos!! Trabalhei durante 5 meses em 2009 (até outubro com contrato determinado) e até agora não consegui mais nenhum emprego. Fiz algumas entrevistas, mas mesmo com faculdade, experências e idiomas não foi o suficiente. É muito desempregado pra pouco emprego.

  4. Babi,
    Acho que você tem total razão em tudo o que escreveu.
    Sou formado,sei línguas, estou fazendo Master em Firenze. Procuro trabalho há 9 meses e não consigo nada.
    Tenho algumas opiniões sobre o assunto.
    Muita gente do Brasil me pergunta se eu acho que existe preconceito.
    Não acredito que seja por preconceito.
    Acho simplesmente que com a crise atual entre contratar alguem madrelingua de italiano, ou alguém que aprendeu a lingua, mesmo que muito bem, lógico que eles vão preferir a pessoa que conhece melhor os termos específicos e a cultura italiana. E hoje também atingimos un nível que tanta gente sabe fazer as mesmas coisas. Assim fica mais difícil se destacar.
    Firenze também tem o problema de receber muitos americanos, e isso faz com que muitas vagas onde seja necessária o ingles seja naturalmente preenchida por eles.
    Bom, pra mim é isso. Continuo tentando e estudando na esperança que as coisas melhorem.

    Abraços

  5. Ola a todosss!! primeiramente muito legal esse ponto do trabalho!!

    queria dizer que concordo em partes com aquilo q escreveu nossa amiga do site!!
    Concordo q è dificil arrumar um trabalho na Italia
    Mas hoje depois de um tempo ja morando na Italia penso q a coisa fica mais dificil para os AVENTUREIROS
    digo aqueles que antes vinham com a cara e a coragem!!
    e sem uma perspectiva do que fazer aqui!
    eu aqui ensino a nossa arte da capoeira, que por sinal aqui è muito reconhecida! trabalho em varias academias e escolas com projetos onde ensino capoeira para crianças………..mas oq quero dizer com isso??
    que isso è fruto de uma preparaçao, um planejamento onde me formei em educaçao fisica, fiz uma pòs graduaçao em Fisiologia do exercicio…e hoje graças a Deus estou conseguindo desenvolver um trabalho aqui, sempre lembrando que antes de eu vir pra Italia ja tinham pessoas que eu conhecia aqui e um grupo q me deu uma base de onde deveria andar!!
    por aqui estao muitos brasileiros alguns trabalham outros nao!!
    depende doque vc tem a oferecer
    meu pai me dizia assim "nao falta emprego… falta gente qualificada"
    e penso q è verdade
    depende dos seu objetivos
    vir pra italia ou pra qualquer lugar do mundo è possivel! mas oq vc quer depois?
    trabalhar como barmam da um bom dinheiro! mas pra toda vida? oviamente nao menospresando por que eu trabalhei assim e fiz muito mais, trabalhei em colheita(campagna), e muito mais!
    e com isso vejo q o trabalho esta.. mas quem quer fazer??
    se pra vc acordar as 5 da amanha pra ir na colheita è ruim.. nao vai fica… em casa a lamentar e depois fala q nao tem trabalho

    uma outra coisa, é verdade que os alugueis custam muito e muita gente divide casa e apartamentos minusculos com tanta gente…mas nao concordo que morar fora das grandes cidades seja uma dificuldade? eu faço isso e movo muito bem, è claro q è muito mais dificil mas è o preço a pagar eu moro 30km de Bari no sul da Italia e pago 1,60€ no trem quando devo andare la!! nao é muito e em 20 minutos estou por la!!
    as alternativas estao com certeza!! basta procurar e nao desistir! a crise esta è verdade, mas a vontade de vencer tambem,

    Ou seja brasileiro è sempre reconhecido pela ua versatilidade! e o jeitinho brasileiro de fazer as coisas!
    isso nos torna guerreiros com grandes habilidades!
    basta querer

    Xandao Capoeira!!

  6. Adorei esse tópico…
    Amigos eu estou indo morar na Itália em Abril, vou morar com parentes em Roma.
    Eu me formei em Marketing em Dezembro, gostaria de saber se meu diploma é valido na Itália tanto para trabalho como para fazer Máster. Que tipo de trabalho me aconselham procurar agora de inicio? Falo italiano, mas tenho que melhorar a gramática. Minha cidadania deve sair em uns 4 meses, será que fica mais fácil depois?
    Abraços!!

  7. OOOOiiii!!!
    Acompanho sempre o blog e adoro.
    Em maio farei 2 anos de Itàlia que tem seus pròs e contras,mas tudo depende de um ponto de vista.
    Eu sou enfermeira e graças a Deus na minha àrea aqui na Itàlia praticamente falando emprego naum falta.Mas vejo que nem todas as outras profissoes tem a mesma fortuna.
    Beijos

  8. Falar de emprego na Italia e o mesmo que falar de Brasil ai voce ja sabe…

  9. Pessoal, mas será que falta mesmo todo tipo de emprego? Desde barman/garçonete etc. até diretor de empresas/C.E.O.? Quando fui, em 2007, consegui emprego de garçonete com muita facilidade e ganhava bem, mesmo sem o italiano fluente. Agora, que me formei, gostaria de saber se mesmo com graduação/pós-graduação e línguas é difícil conseguir um emprego mais qualificado…

  10. Olá
    galera penso em ir para italia até o final do ano nao falo fluente mais conheço um pouco quero fazer um cursinho até lé para melhorar, mais na vou desistir. moro no rio de janeiro-brasil e trabalho na GOL empresa de aviaçao mais estou pensando em largar tudo para ir para italia. E seja que deus quiser, nao tenho medo de enfrentar as dificuldades. sei que terei muitas mais ja enfrentei muitas quando sair do interiou do nordeste sem saber nem falar e hoje estou aqui. espero conseguir mais adorei as dicas do site

  11. Olá Pessaol!
    Por favor sou enfermeiro e gostaria de saber como faço para conseguir um emprego na Italia, a amiga acima também enfermeira diz que existem bastante oportunidades, se ela puder me orientar também vou agradecer muito, dese ja obrigado a todos.

  12. Oi

    Sou Enfermeira e gostaria de saber qual o caminho para convalidar o diploma, e quais as agências que contratam profissionais que ainda estão no Brasil, pois gostaria de sair daqui com o contrato.

    Obrigado

    Ti

  13. Pensem bem antes de vir para Italia. Sao pessoas racistas, ignorantes e està pior do que o Brasil!!! Cada dia pior!!!

  14. Regina!!!!!!!!
    Morei na Italia 5 anos , e sempre fui feliz la , nao vejo os italianos como racistas e ignorantes , pois os amigos que fiz sao 90% italianos e amigos que levarei para a vida toda , infelizmente a crise abalou a Italia ,mas mudei de país por conta dos estudos do meu filho , agora moramos em Londres .
    Se vc tm documento italiano e forca de vontade … lute sempre … !!!!!!!!
    A Italia e um belissimo pais para se viver

  15. Salve a todos….estou na Italia ha 3 anos e sinceramente ja vi o que tinha que ver! Vim pra ca com cidadania (que ja tinha fazia uns 15 anos) entendendo perfeitamente a lingua porque meu avo falava dialeto veneto no Brasil, que nao é a mesma coisa mas ajuda pra caramba e posso dizer que aprendi a falar muito rapidamente. Se engana aquele que pensa que tudo isso me fez ter uma vida melhor aqui! Em dezembro de 2009 perdi meu emprego e nao consegui ainda arranjar algum. Entrevista de trabalho? So pra garçonete e caixa de supermercado. Eu trabalhei por anos em banco no Brasil, falo ingles, computador é um brinquedo pra mim e em 3 anos me chamaram uma vez pra entrevista pra secretaria porque eu praticamente implorei pra fazer a entrevista. Sim, eles sao racistas mesmo se dizem o contrario, e vivem fazendo piadinhas como se todo estrangeiro fosse debilmental. Mulher, em especial a brasileira é sempre aquilo mesmo que voces estão pensando….sim sim…eu sei que nao da pra generalizar, nao sao todos assim, mas é melhor deixar sempre claro que a regra é essa, a exceção são os outros. Alguem ja parou pra analisar a televisão daqui??? E' nogenta!!!Eles conseguem fazer uma pornografia até na propaganda de lata de tinta….tudo aqui gira em torno de sexo, politica, programa de tv, futebol….Não que o Brasil seja santo mas aqui é muito…é troppo….as 2 e 30 da tarde passa I Griffin onde o pai simula um estupro com a amante e quando chega em casa bate na mulher porque queimou a carne. Isso é um desenho, pra crianças as 2 da tarde da pra acreditar??? Concordo com Breno sobre os estrangeiros que vao pro Brasil. Nos, no Brasil, valorizamos sempre um estrangeiro, como se ele soubesse cosias que nos não sabemos, e nos aqui na Italia, o que somos??? Somos aqueles que servem café, lavam pratos, limpam banheiros, fazem a cama do hotel…..a Italia me fez perder muita coisa, a mais importante de todas é meu filho, que foi passar aas ferias no Brasil com os avos e nao quis mais voltar. Ninguem falou sobre esse topico e falo eu agora. Meu filho se sentia sozinho, discriminado pelos pais das outras crianças na escola porque era estrangeiro, mesmo com a cidadania. E era o melhor da turma, diziam todas as profes. As crianças aqui sao mal-educadas, egoistas….culpa dos pais???…boh….So sei que meu filho era sozinho, que eu falava com outras maes pra eles brincarem depois da escola e a resposta era sempre não…dias depois ficava sabendo que um tinha ido na casa do outro e meu filho nunca era chamado….resultado de tudo isso?? Desilusao total….tenho um compagno italiano e estou fazendo todo o possivel pra convencer-lo de vir pro Brasil comigo, mesmo que eu tenha muito medo de nao encontrar um emprego, sei la, ao menos to na minha casa. Porque sim as vezes é dificil conviver com um italiano havendo uma cultura assim tao diferente. Meu companheiro é do sul da Italia, sao homens fechados, machistas e eu as vezes nem me reconheço de tanto que tive que mudar porque a musica um pouco mais alto ou uma risada um pouco mais aberta me criava uma serie de problemas…..insomma…..quero voltar, tenho medo, mas esse pais me fez perder dinheiro, tempo e meu filho. Italia pra mim é a lição de que o Brasil é o melhor lugar do mundo!

  16. Boa tarde!!!hj comecei a seguir o blog de vcs.. e estou achando muito interessante…e claro gostaria de tirar algumas duvidas..tendo lido tantas coisas sobre esse país e depois de tantas comparações..ainda concluo que o melhor lugar do mundo é a gente que faz…Bom gostaria de sugestões…pois recentemente meu marido e eu resolvemos tentar a vida na italia..ainda estamos no Brasil e ja escutei muitas coisas…queremos tentar a vida ai,pois uma prima nossa foi pra italia e não sei bem ao certo em qual cidade,mas o que soubemos é que ela está muito bem.
    Estamos estudando a possibilidade de meu marido ir primeiro e se td der certo eu com os meus tres filhos irmos depois.Já ouvi dizer que criança é bem vinda na italia,pois o indice de natalidade é muito baixo..a media de idade na italia é 60 anos..não sei se essa informação procede..mas é o que ouço dizer..Bem gostaria muito que vcs que vivem ai..me falassem algo..e gostaria de saber se alguem tem informação de como é o mercado de trabalho no ramo automotivo como acessorios e insulfilm.

    Aguardo resposta,
    Obrigada!!!

  17. Ola Vanessa, tudo bem?
    Na Italia pouquissimos carros tem insulfilmm porque a violencia eh mais baixa e as pessoas nao sentem necessidade de se esconder atras de vidros escuros.

    Devo dizer que eh verdade que a populaçao da italia esta envelhecendo. As vezes, caminhando pelas ruas vejo somente velhinhos e crianças e me pergunto: onde estarao os pais dessas crianças? Provavelmente trabalhando muito!

    Um abraço,

    Barbara

  18. EStou de acordo com a pessoa anonima que escreveu antes de Vanessa. Tudo o que ela falou è a pura verdade da ITALIA . Sao racistas mesmo ! Tudo è caro, as pessoas nao sabem ser felizes. Os homens e mulheres casados parecem comandados pelos pais a vida inteira. Os filhos destes ja nascem cheios de MMIMO..as avos sao as piores. Criam mal os filhos homens , educam mal …a maioria ou fica com tata…ou vai para ASILO NIDO…(a tal creche 9 do Brasil. Ali, que nervoso. So de pensar me vem vonatde dechorar…

  19. oi concordo plenamente c a amiga la em cima que diz q é muito dificil de se viver c um homem italiano,sou casada auiq no brasil com um e também tive que me mudar muito em tudo por simplesmente não poder dar uma risada im pouco mais alta,eles tem o gnio muito forte e são sim machistas,isso pq ainda nem sai do brasil e já o seria minha vida por lá.um abraço

  20. Oi meninas,
    Obrigada pelo relato de vocês.
    Acho super importante dividir a experiência com outras pessoas que talvez estejam pensando em se aventurar pela mesma estrada que vocês fizeram.
    Um abraço, força e boa sorte!
    Barbara

  21. Olá, gostaria de saber se alguém poderia conseguir alguns endereços de lojas que se interessariam em expor/vender alguns dos meus produtos. Sou designer e fabricante de bolsas e acessórios em couro e peles (legalizadas).
    Obrigada,

    Sonia

  22. Em qual cidade? Em toda Italia? Compra uma revista italiana tipo Glamour, Elle, Marie Claire, Vogue e da uma olhada nos endereços de lojas…

  23. Olá a todos!!!
    Gostei muito de ler sobre as experiência de cada um em relação a Italia, isso dá p/ fazer um balanço de tudo, pude ver poucos realizados e muitos frustrados, mas uma coisa também é certa, se perguntarmos p/ brasileiros aqui de nossa terrinha vamos ver isso também, na classe média-baixa encontraremos também pessoas mais frustradas(e muito individadas) doque realizadas, isso sem falar nos nossos pobres, coisa que acredito não haver tanto na Itália. A nossa assitência médica e horrível e a educação nem se fala, pagamos impostos caríssimos por isso e temos só descaso por parte de nosso governo…chega de falar sobre isso, todos sabemos, e só quem mora fora vir novamente p/ cá que ele vai ver que lá fora ainda é melhor,falo isso por que todos que conheço que voltaram p/ o Brasil ficaram pouco aki, e os que não voltaram estão individados, porque tinham um rítimo lá fora e quiseram ter o mesmo aki, e esqueceram o quanto aki as coisas são difíceis, ex: um trabalhador assalariado na Itália consegue vir p/ o Brasil 1 x por ano, a minha pergunta é: e o assalariado brasileiro? Sou barbeiro e minha esposa cabeleireira, temos um salão de beleza e somos até que bem pagos por isso, mas temos o desejo de um dia morar na Itália, trabalhar p/ alguém ou montarmos um salão lá, em Milano, Breschia, Mantova sei lá em algum lugar, isso claro se for da vontade de Deus, mas p/ isso acontecer precisamos dar passos e colhermos o máximo de informação possível, nos preparar pois afinal não somos só nós 2, temos 3 filhos…mas gostei muito dos post, e vou continuar lendo e buscando informações.

    Obrigado a todos e que Deus abençõe muito vcs!!!

  24. Olá anonimo,

    Na verdade é tudo muito relativo e cada estrada é única. Do meu ciclo de amizades brasileiro, praticamente todos viajam no mínimo 1 vez por ano pela Europa, em viagens muito confortáveis.

    Neste momento, graças a chamada crise, os empregadores oferecem salários baixos e contratos de trabalho péssimos e você tem que dar graças a Deus de ser um dos privilegiados que trabalha.

    Não dá para pensar a vida na Italia com a lógica brasileira. Aqui existe muito pouco espaço para o mérito e para crescer. Existe muito pouco espaço para o talento e é necessário muito sacrifício.

    No Brasil a vida é também muito difícil, especialmente para os menos privilegiados, mas existem mais chances de crescer e prosperar.

    É muito difícil explicar essa sutil diferença, talvez seja possível entendê-la somente morando na Italia.

    De qualquer modo, boa sorte e o que eu puder fazer para ajudar com informações e dicas, faço com prazer.

    Um abraço,

    Barbara

  25. li quase todos os comentários. Muito legal porque senti muita sinceridade em todos. A dificudade está estampada em todo lugar. Conseguir um emprego na itália é tão difícil quanto no Brasil. Tudo bem. Mas minha pergunta é: O empreendedorismo tem oportunidades maiores na itália que no brasil? Por exemplo: No Brasil um pedreiro artístico, aquele que é capaz de fazer boas restaurações com criatividade, não vai ganhar mais que 80 reais por dia. Quanto poderá ganhar um profissional assim na itália? Alguém pode me dizer?
    grato
    chico

  26. Chico
    O empreendedorismo tem muito mais oportunidades no Brasil! No Brasil voce começa a trabalhar e pronto, as coisas sao mais livres. Aqui vc precisa ver se precisa de alguma licensa especial (artesanato?) se for trabalhar como profissional liberal.

    Não espere ganhar fortunas do dia para a noite. O retorno vem a médio-longo prazo, se vier.

    Sobre salarios… a diferenÇa salarial na italia eh muito pequena. Os salários variam em média entre 1000 e 2000 euros ao mês, no caso de contratos de trabalho regular e nao eh raro ver que o gari ou o pedreiro ganham mais do que muito profissional com faculdade e mba.

    Não pense com a lógica brasileira.

    Abraços,

    Barbara

  27. Oi, seria um diferencial para se encontrar um emprego ser fluente em inglês e ter experiência trabalhando em outro país? Trabalhei como pintor nos EUA. Não sei como esta o setor de construção civil por aí…Obrigado!

  28. Com certeza falar ingles eh sempre um diferencial positivo, especialmente em um pais tao turistico como a Italia.

    A construçao civil anda meio em crise, porque a Italia ainda esta em crise e consequentemente menos pessoas compram casas, investem, reformam.

    Um abraço

    Barbara

  29. ola a todos, o amigo que pensa em abrir um salao de beleza na italia nao è uma boa, pois aqui os saloes sao sempre vazios, as mulheres se arruma muito em casa, os saloes cobram ate o shampoo sao mto caros as manicures nunca ficam no salao vc deve marcar. e tem os chineses que quebram qualquer um, trabalham ilegais e com produtos nao confiaveis. e a burocracia è muitooo grande sem contar os impostos.
    me refiro italia regiao toscana
    bjs
    silvana

  30. vivo na italia e sou satisfeita, aqui a vida è mais tranquila, nao è tao cara como no brasil. silvana

  31. Olá Barbara!
    Sabe me dizer como está a área de comunicação na Itália? Jornalismo, assessoria de imprensa, marketing digital, comunicação interna em empresas…
    Adorei seu blog. Um abraço,
    Ismênia (ismenia.machado@gmail.com)

  32. Ola, gostaria muito de saber como esta trabalhar na area de eletricista e tecnico de telefonia,pois penso em trabalhar nesta area q já atuo a muitos anos no Brasil e alguem pode me informar se na Italia nesta area tem vagas?????

  33. Boa tarde!

    Meu nome e Mariana e atualmente junto dinheiro para estudar fora. O curso q escolhi e oferecido em 3 cidades. Londres, Paris, Milao. Estou na duvida. Meus criterios de desempate sao: um emprego a conseguir, custo de vida (moradia, alimentacao). Nao tenho curso superior, farei minha graduacao la. O curso e caro e vou com metade ja pago, se Deus quiser, mas terei q ralar la pra pagar despesas e o resto do curso. Gostaria de saber em qual das cidades encontro mais e melhores opcoes de remuneracao e um custo de vida menor… Se e que essa combinacao existe!!!

    Grata…. Mariana

  34. Bem, voce esta falando das 3 cidades mais caras de toda Europa! 🙂

    Como criterio de desempate use a lingua. Va para o pais onde voce for mais fluente na lingua porque depois facilita muito na hora de encontrar emprego.

  35. Olá, pretendo ir para itália ano que vem e tenho já a cidadania italiana e falo italiano bem, gostaria de saber se é fácil conseguir um emprego de garçonete na itália assim como no brasil e se o salário pago da para viver dignamente.
    Grata.

  36. Gostaria de saber também se eu estando lá como cidadã italiana se conseguir um emprego de garçonete eles são obrigados a registrar na carteira de trabalho e eu ter auxilio doença, auxilio gravidez, auxílio desemprego..?
    enfim, queria saber um pouco das leis trabalhistas de lá..
    muito grata.

  37. Para trabalhar na Italia dentro da lei voce precisa de um permesso di soggiorno ou ser cidada de um dos paises da Uniao Europeia.

    Atualmente nem todos os contratos de trabalho na Italia dao direito a auxilio doença, gravidez, desemprego porque as leis trabalhistas estao ficando cada vez mais flexiveis (e pior para quem trabalha)… eh a crise!
    abs
    Barbara

  38. olá queria saber uma coisa,minha mãe é casada com italiano pode passar permesso di soggiorno para mim,e eu posso passar para minha esposa?quanto tempo demora para sair um permesso.Desde já fico agradecido.

  39. Olá a todos, li todos os depoimentos….moro em São Paulo,mais ainda assim gostaria muito de ir trabalhar na italia…e sei que não é facil…mais sou determinada e trabalho em qualquer coisa…pretendo ir la pra outubro…o que vcs me diz? Obrigado…..

  40. Bom quanto custa um aluguel no centro de Rio ? Nao vamos dizer bobagem !! Outra coisa aqui no Brazil quanto e o salario minimo ?? Acho que e 540 reais e tirando o plano de saude a passagem po trabalho e a refeiçao do almoÇo, voces que moram no Brazil, en particular no Rio, volta pra casa sem dinheiro…..e seu filho que escola pode estudar ? escola pubblica !! acho que e muito ruim isso,porque a escola pubblica e muito ruim , o ensino e ruim , um dos piores indices do mundo universidade…….mmmm outra cosa quando pode comprar un carrinho zero si ganha 540 reais ?? Vim pra ca no Brazil por ficar perto da mulher que amo mas agora vou voltar correndo pra Italia com ela que ja morou junto comigo e sabe como e a vida na Itlaia(a economia esta ficando ruim en tudo mund o, so na China esta muito boa… seria uma opçao para morar ).Eu sei que a Italia esta passando um periodo dificil, mas da pra viver ainda muito melhor que no Brasil , com escola de qualidade sem pagar nada e saude de graça e outra coisa se quiser comprar un carrinho zero encontra parcela a partir de apenas 99,00 euro.
    Lembro que o salario minimo na Italia e 1000,00 euro pra tudo o mundo que trabalha 8 oras por dia com folga de dois dias por semana.
    Meu nome e Diego sou Italiano , se alguem quiser outras informações pode me escrever , responderei por aqui. CIAO UN SALUTO A TUTTE BRASILIANO

  41. Estou tirando minha dupla cidadania, meus documentos vão ficar prontos em junho, gostaria de saber como faço para a lugar uma casa para ter comprovante de residência e se posso morar na casa de amigos e obter esse comprovante, como funciona isto?

  42. Diogo,ninguem aqui trabalha pra ganhar salario minimo…e depois vc bem sabe que na italia com 1000 euros vc n faz nada!!!e depois saude de graça!E tao ruim qnto a nossa!Se vc precisar fazer uma radiografia mais apurada,nao te fazem antes de oito meses,imagina pra um estrangeiro…Enfim,acredito que para vc sera tudo mais facil no seu Pais e sera com certeza mais feliz,afinal é sua casa.,Mas esses comentarios servem principalmente para pessoas que ganham um salario aqui e acham que morando em outro pais como a italia viverao melhor.Aqui é o momento,a oportunidade é vc quem faz!Abraços

  43. ragazzi buonasera guarda che si fá fatica anche in italia a vivere, il lavoro scarzeggia ma ci vuole anche il lavoro qualificato ma anche se vai ni italia per dividere la casa con dieci persone e sempre meglio che vivere nell brasile, c´e non ha paragoni garibaldi84@hotmail.com

  44. na italia se vive muito bem mas o brasil è casa nostra ragazzi vejam bem antes de sair do brasil afinal o brasil esta economicamente se desenvolvendo e as oportunidades ai aumentan mas aqui diminuem drasticamente ciao a tutti…

  45. 31 dezembro 2009 esse foi o meu ultimo dia de trabalho na Italia. 2010 vivi do seguro desemprego italiano. 2011. Julho e eu estou ajudando a minha sogra que è ja velhinha. Por que??? Porque sou a desempregada da familia. NAO TEM EMPREGO. Algumas chamadas como “cameriera extra” e basta. Diploma de universidade, linguas, pluriexperiencia em diversos setores (no Brasil e na Italia). Nada….nem mesmo uma entrevista. Ano passado depois de 4 anos aqui consegui brigando, isso mesmo, brigando, fazer a minha primeira entrevista pra secretaria (sim porque aqui ser secretaria è o maximo…..mah!!!). E pra minha felicidade escutei (em italiano obviamente): “..mas com esse curriculum tu poderias trabalhar em qualquer banco da Italia, atè mesmo na parte administrativa!”. Pois bem. To até hoje esperando a chamado do escritorio. Preconceito ou nao, mesmo que tu sejas qualificado nao sei porque nao te chamam! Alias, eis a pergunta que me faço todos os dias: pra que servem as agencias de emprego aqui na Italia??? Nunca estao abertas, e quando estao simplesmente pegam teu curriculo e colocam junto aos outros na pilha. Por que nao volto pro Brasil? Porque (IN)felizmente ainda tenho esperança que aqui seja um lugar bom pra viver. Mas nao sei atè quando!!

  46. Dressa,
    Talvez você tenha que procurar um outro tipo de vaga de emprego. Uma onde as suas características sejam valorizadas. Ser brasileira nem sempre é negativo. No meu caso, por exemplo, eu recomecei em uma agência de comunicação que queria formar um team multiétnico para promover o turismo italiano no mundo.
    Imagine qual o tipo de trabalho dos seus sonhos (aquilo que vc adora fazer – não pense no dinheiro). Pense em que tipo de empresa poderia fazer o trabalho dos seus sonhos. Contate quem decide nessa empresa e peça uma oportunidade.
    Boa sorte,
    abs
    Barbara

  47. Barbara, nao è tao simples assim, em especial quando ja se tem 35 anos e um filho pra sustentar. Manda um curriculum pra uma vaga de commessa com esse idade e espera pra ver se te chamam, mesmo que tu sejas muito qualificada. A tua sugestao è louvavel, mas depende da idade e do tipo de trabalho que se quer realizar. A tua area è a comunicaçao, onde a juventude, a “variedade” de pessoal è muito procurada. Eu no Brasil fiz Direito, trabalhava em um banco espanhol e aqui mesmo com toda a minha qualificaçao e experiencia nao consegui nem mesmo ser secretaria em um escritorio de advocacia. Italiano perfeito diga-se de passagem. Garçonete, arrumadeira de quarto em hotel, è isso que sobra. E agora nem isso. Ja pensei muito em abrir uma empresa mas conversando com comercialistas e depois de varias consultas na camera de comercio desisti. E’ tanta burocracia, tanto problema e o dinheiro de um eventual finaciamento so vem depois que o negocio ja funciona quindi…. aqui nao da pra fazer docinho em casa como a gente faz la no Brasil. Aqui se eu faço docinho em casa è capaz que um me denuncie eu tenha que pagar 15 mil euros de multa, se andar tudo bem. Eu atè fiz uns grupos de brasileiros “in nero” como gui turistica mas nao sou guia oficial entao nao posso fazer propaganda, criar um site, as agencias de turismo do brasil com quem tentei um contato so trabalham com guia oficial, esse è o trabalho que eu gostaria de fazer aqui. Conheço tanto em especial o sul da Italia mas como faço pra aparecer se nao posso fazer publicidade???…..Tentei falar com comitatos, com agencias do brasil que trabalham aqui e nada….E eu preciso de um salario. Nao posso fazer a “collaboratrice”. Entao Barbara, agradeço de coraçao pelas tuas palavras, sei que o intuito è sempre ajudar, mas tu ainda ès jovem, veio pra ca pra trabalhar num ramo que justamente abre as portas para o novo, para o diverso e talvez ainda nao tenha uma familia pra sustentar. Eu por enquanto faço de “badante” a minha sogra, visto que sou a desempregada da familia.

  48. Dressa,
    Eu tenho 4 anos menos do que você, e algumas das minhas colegas são inclusive mais velhas. Não acho que o limitante aqui seja a idade. E se você já não está trabalhando, tem o tempo para arriscar. É sempre um investimento.
    Para qualquer novo passo é necessário investimento, ou de tempo, ou de dinheiro. O tempo que você gasta para procurar emprego como commessa é o mesmo que gastaria para procurar um emprego melhor. 😉
    Mas essa é só uma opinião. Cada um sabe onde aperta o sapato.
    De qualquer modo, boa sorte!
    Um abraço,
    Barbara

  49. Te agradeço novamente Barbara, e espero poder retornar em breve pra dividir com voces a felicidade de ter encontrado um emprego. Um grande abraço e parabèns pelo trabalho que realizas aqui no site.

  50. Olá,
    Estou precisando de informações sobre a área de odontologia na itália, tenho um laboratório de prótese especializado em ortodontia e sou funcionária pública( militar) atuando como tecnica de higiene dental aqui no Brasil, gostaria de continuar trabalhando como militar , como imagino que seja impossível ,gostaria de trabalhar ao menos na mesma área, pois meu futuro esposo é militar e italiano,e uma pessoa maravilhosa que não quero ficar longe de maneira alguma,então pretendemos nos casar, mas só saio daqui se conseguir trabalho lá. Como funciona o reconhecimento de diplomas? Pq se for difícil, meu noivo vai sofrer um pouco pra me convencer a casar..rs

  51. Olá!
    Tenho muita vontade de morar na Itália, é um país que me encanta muito!
    Faço idéia de todas essas dificuldades e por isso tenho muito receio de enfrentar! Meu esposo é professor de Jiu-Jitsu, mais de 18 anos de lutador, é faixa preta e algumas vezes surgem ofertas de trabalho no exterior.
    Tenho vontade de saber se em Firenze haveria procura por esse tipo de esporte e se é válido ir para esta região com este intuito.
    Grata pela colaboração!

  52. Olá pessoal!
    Encontrei esse site e prá dizer a verdade, não sei se queria te-lo encontrado….rsrs.
    Tenho o mesmo sonho que outros que escrevem nele tambem e não sei se ler as experiências me fortalecem ou desanimam…
    Enfim, pesando os prós e contras fica assim para mim:
    Italia é um bom lugar para se viver mas as dificuldades existem como existem tambem aqui no Brasil e no resto do mundo!
    Devo escolher: ficar aqui e ter mais oportunidade profissional e consequentemente melhor salario ou morar na Italia em troca da segurança principalmente e oportunidade de conhecer um pouco mais da Europa?
    Tenho 53 anos, trabalho por conta ha mais de 30 anos e estou extremamente cansada do que faço. Apesar da idade ainda sonho muito em conhecer novos países, culturas, etc…o que não pude fazer muito até agora…
    Meu marido trabalha por conta como ourives, ótimo profissional por sinal, e tambem tem vontade de arriscar a vida na Italia, ja que tenho a cidadania italiana.
    Temos um filho de 14 anos louco prá sair do Brasil pois tem muito medo de andar sozinho até próximo de casa devido a violência e tudo que nos pede é para sairmos do país…
    Ele conheceu a Italia e gostou muito mas tambem pensa em ir para Irlanda pois temos parentes lá e existe essa possibilidade.
    Conclusão: Temos a possibilidade de irmos com uma renda de 1.800 euros garantida para Italia mas só arriscaríamos se existir a possibilidade de meu marido trabalhar na sua área para não descapitalizarmos….
    Você acha que existe mercado de trabalho para ele, talvez em Firenze, Venezia ou outra cidade não muito grande????
    Se puder nos ajudar, ficaríamos muito gratos!
    Um forte abraço!

  53. Ciao galera.
    Moroem portugal e estou farta daqui ja que para mim matar de tanto trabalhar que ao menos esteja num lugar que goste de viver aqui tambem nao ha muitas alegrias. moro perto praia onde tem muito turismo mas quando verao vai embora vem a depressao kkkkk porque tambem trabalho se vai. estou indo de ferias a napoles por acaso tenho la amigos italianos mesmo italianos dizem que esta dificil porque pessoas estao indo para milao ou roma. mas assim napoles o que ha mais turimos? gostava de ir arranjar um trabalho nem importo tanto dinheiro vivendo e pagando as contas para mim basta. consigo me desirascar no ingles e espanhol sera q isso ajuda? italiano percebo agora falar e com tempo penso que nao tao dificil. porem em napoles ha muito dialeto rs. galera da ae uma luz e opniao.obrigado pela atencao.

    Amanda Sequeira

  54. Adorei a resposta e penso igual. Estou aqui desde de 2005 e estou vendo como as coisas mudaram. Antes eu dispensava emprego agora eu estou desempregada. Estou aqui ainda pq meu marido esta trabalhando, se nao eu ja teria voltado.

    Roberta Oliveira

  55. Tenho uma tia q mora na Itália a mais de vinte anos… tenho muita vontade de ficar um tempo lá… fiz um curso técnico de cabeleireiro, e tenho um salão em casa… mais gostaria de buscar uma esperiêcia lá… trabalhar juntar uma grana para montar algo melhor aqui, no Brasil… O que me impede é um marido que não concorda, e uma filha de 8 anos que não sei se ele me deixaria levar…

  56. Bom dia, eu sou profissional Cableireira, tenho 31anos e gostaria de trabalhar em um salao de beleza na Italia, como e o mercado de trabalho nesta area.obrigado

  57. Olá Boa tarde.
    Tenho 53 anos mas não aparento ter esta idade sou tec. de enfermagem, tec. de radiologia , tenho esperiençia como cuidadora de idosos e baby sister já tive uma creche .
    adoro cuidar de idosos e de crianças será que tenho oportunidades ai na itália apesar da minha idade? minha filha trabalha em loja de material de construção como caixa o que vçs acha ? e aonde podemos tentar , qual a cidade ? estamos pensando em tentar a vida ai pelo menos por uns tempos para equilibrar nossa vida. mas por ela que precisa de fazer uma faculdade .
    no aguardo de resposta de vçs agradeço.

Comments are closed.