Uma das perguntas mais frequentes que recebo é a de leitores com a grande dúvida: “vale mais a pena comprar um notebook na Italia ou no Brasil?”. A pergunta pode parecer simples, mas não espere uma resposta rápida como Brasil ou Italia. Depende do seu caso, da sua história e das suas necessidades. Vamos lá que vou te ajudar!


Os notebooks na Italia custam menos do que no Brasil
Se você for comparar os preços de uma determinada configuração de computador na Italia e no Brasil vai chegar a conclusão que na Italia consegue comprar um computador melhor gastando menos. Mas pera aí, o preço final depende do país onde você mora! Se você mora no Brasil deve considerar que existe um custo extra de transporte e de impostos. Além disso, se você compra um produto na Italia a garantia é italiana. Isso significa que se por acaso você tiver um problema com o notebook, a assistência técnica pode virar uma grande dor de cabeça.
Me lembro que alguns anos atrás uma amiga comprou um mp3 da Sony nos Estados Unidos. O bendito deu problema 3 vezes, e ela teve que expedir via correio 3 vezes para os EUA. Fazendo as contas, ela quase gastou mais com correio do que com o valor do produto! Por isso avalie com calma.

Os notebooks na Italia vêm com programas em italiano
Pode parecer uma coisa óbvia, mas é sempre bom lembrar: a maioria dos notebooks na Italia são impostados para língua italiana, apenas um modelo ou outro estão disponíveis em língua inglesa. Se você lê fluentemente o italiano isso não será um problema, mas se você está pensando em presentar a sua sobrinha brasileira que não fala italiano… digamos que pode não ser uma boa idéia. Ok, para quem está acostumado a usar computador, este pode ser um detalhe porque afinal a tecnologia é a cada dia mais intuitiva. Além disso, os mais entendidos de computador podem instalar uma versão em português, por exemplo. Mas repito: se o usuário do notebook não entende italiano e não entende muito de computador pode ser mais interessante comprar um computador no Brasil.

Impostos: Mandar notebook via Fedex
Se o notebook que você acaba de comprar for enviado ao Brasil via Fedex, DHL e outras empresas do gênero os impostos serão calculados pela Receita Federal brasileira em cima do valor total do notebook e do frete cobrado:

  • Imposto de importação: 60%
  • ICMS: 18%

Existe também um valor máximo dos bens a serem importados que é de 3.000 doláres americanos. É possível encontrar mais detalhes diretamente no site da Receita Federal – seção Importação de Bens Via Remessa Postal


Impostos: Trazer notebook na mala / viagem
Para quem entra no Brasil via área ou marítima, existe um limite de 500 dólares: até esse valor você está isento de impostos segundo o site da Receita Federal – Isenção de Tributos sobre a bagagem. Não se esqueça de conservar a nota fiscal da compra, que você pode ter que apresentar. Esquecer a nota fiscal nem sempre é uma boa idéia porque nesse caso quem decide o valor do objeto é a Receita Federal. Lembro também que o limite de 500 dólares inclui todas as suas compras, portanto se você comprar um notebook de 500 dólares + um outro eletrônico, vai superar a quota e portanto ter que pagar um adicional por excesso de bagagem.
O procedimento do viajante chegando ao Brasil estão muito bem explicados nesta página do site da Receita Federal.

Existe também um fórum muito interessante sobre isso: clique aqui.

Agora que você está bem informado, é livre para fazer a sua escolha. Boas compras!

Leia também:

11 COMENTÁRIOS

  1. Pretendo comprar um notebook na Itália. Pretendo não, vou! Já está decidido. Isso porque como quero um computador com configurações pesadas, sai muito mais em conta comprar na Itália. Para exemplificar: O Asus G73JH aqui no Brasil está na faixa de 6 mil reais. Na Itália sai por 1400 euros.
    E como minha mãe já fez esse tipo de compra lá antes, vale muito a pena. Basta despachar o notebook na malona mesmo, que ninguém da Receita/Alfândega vai encher o saco. É garantido. Muito menos se você tiver dupla cidadania (meu caso). Mandar por correios para o Brasil nem pensar. Aí é quase certo de cobrarem os abusivos 60%.
    Chegando aqui, é só reinstalar o sistema operacional e reconfigurar o teclado (duas coisas relativamente simples, não são nenhum bicho de sete cabeças). Depois basta comprar um adaptador para a tomada daqui (custa cerca de 10 reais) e voilà… Você tem um computador excelente, pela metade do preço. (:

  2. Oi Renan,
    Obrigada pelo seu relato.
    Quanto a tomada não sei se você vai ter grandes problemas, porque na maioria das vezes o plug é compatível (bem, na Italia existem vários plugs diferentes, é verdade)….
    Se o computador for "usado" e não estiver embalado realmente é difícil que te parem porque eu, por exemplo, viajo sempre com o meu notebook pessoal. Hoje em dia um computador é como um telefone, a gente leva pra todo lugar.
    Um abraço e até mais!
    Barbara

  3. Oi Renan

    Aproveite e compre seu notebook numa loja onde ofereça o TAX FREE, assim vc consegue um desconto de aproximadamente 12%! Boas compras!

  4. Oi Eduardo Henrique,

    Para nao te deixar falado sozinho eu tento te responder sem nunca ter tido essa experiencia.

    Acredito eu, que o computador (notebook) pode viajar como bagagem de mao, assim como uma maquina fotografica ou uma bolsa cheia de livros.

    Se é um produto novo e nao supera o limite de preço acho que nao tem problema, mas no caso seja de valor mais elevado tem que pagar o imposto de importaçao.

    Ps. Teclado italiano sem ascentos.

  5. Anonimo
    Faz muito bem em responder.
    O Brasil na Italia eh uma comunidade e funciona porque todos participam.
    Eu leio todas as mensagens, mas infelizmente nem sempre tenho tempo de responder tudo e muito menos com tempo pre-estabelecido.
    Este blog tem mais de 650 artigos, cada um com vários comentários. As perguntas chegam diariamente seja em comentários, via e-mail, via twitter, via facebook…
    Se todos colaborarem respondendo, é a comunidade aqui do blog que ganha. 🙂
    Obrigada e um abraço,
    Barbara

  6. Babi,

    Alguma sugestao daonde comprar notebook aqui na Italia (online, provavelmente) com teclado/Windows em ingreis??

    Valeu! 🙂
    Bjos,
    Leo.

  7. preciso pesquisar, todos meus notes sao com teclado em italiano (mas eh facil configurar para usar na lingua que vc quiser, eu sempre vario com um clique para portugues, italiano e ingles).
    Eu gosto bastante da MediaWorld, o Pixmania costumava ter uma oferta de notes muito limitada, embora seja uma das minhas lojas favoritas.
    Eu agora to namorando minha futura maquina fotografica…

  8. O problema de configurar pra outra lingua é q as teclinhas ficam todas na lingua original ne… tudo bem q ja decorei faz anos, mas msm assim me irrita… e qdo a esposa for usar?

  9. gostaria de saber quais as lojas que vendem notes em piombino,follonica ou seja cidades próximo a suvereto..

Comments are closed.