essereNão existe nada melhor do que aprender línguas. A razão é muito simples: quem sabe se comunicar bem consegue resolver as coisas com maior facilidade, conquista os melhores empregos, os melhores salários e é mais respeitado. É uma regra de sobrevivência para quem pretende morar na Italia. Seja você dentista, médico, publicitário, designer, advogado ou o que for! Sem falar a língua o seu diploma simplesmente não vale nada. Por uma razão óbvia: você pode saber tudo sobre dentes, mas se não conseguir entender a dor que seu paciente tem e explicar para ele qual é o melhor tratamento indicado, não vai conseguir emprego em lugar nenhum.

Embora já tenha dado aqui minhas dicas para aprender italiano por conta própria, muita gente tem dúvidas sobre cursos diretamente na Itália. Então lá vamos nós:

Curso de italiano em Florença

Minha dica: existem centros que oferecem cursos de italiano a custos baixíssimos graças a uma parceria com o Governo Italiano. Enquanto as normais escolas de língua podem oferecer 20 horas semanais por quase € 700 ao mês (80 horas no total), existem opções como o “Centro Internazionale Studenti Giorgio La Pira” de Firenze que oferece por exemploo 5 semanas, 2 horas por semana em um total de 40 horas por € 130 com material didatico incluso. E um curso de excelente qualidade. Pesquise! Para informações sobre o custo dos cursos do Centro La Pira visite: Centro La Pira.Entre os vários cursos de italiano que fiz em Florença foi um dos que mais gostei.

16 COMENTÁRIOS

  1. Oi Babi, entrei no seu blogg por algum atalho da internet,não lembro qual,e gostei muito dos seus posts.
    Tenho pensado muito em ir estudar italiano na Itália e quando vi que vc está em Florença,vi que vc pode me ajudar bastante.
    A minha idéia é estudar e trabalhar em Florença,acho que vc pode me ajudar muito.
    Meu e-mail é: musicahc@gmail.com
    Se puder,entre em contato,gostaria muito de saber mais detalhes sobre essa terra aí!
    um abraço,
    Tony.

  2. Olá, meu nome é Ricardo,

    Estou aprendendo italiano por conta própria.
    Já comprei muitos livros caros de editoras renomadas, com cd´s de audio e tudo mais. Os exercícios me pareciam muito básicos e repetitivos, eu estudava muito mas não “progredia” muito. Sem contar que algumas vezes eu tinha algumas dúvidas e perdia tempo consultando outros livros.
    Após perder muito tempo, aqui vai uma dica para quem quer aprender italiano (aprender mesmo) sem gastar muito:

    Dicas para quem quer estudar sem professor:

    Livro:
    -“Língua Italiana para Brasileiros” de Piero Ciabattoni – volume 1
    Este livro é excelente pois os capitulos são divididos em lições,( 4 a 5 páginas de explicação e 2 páginas de exercícios). São exercícios bem puxados (1 exercício chega a ter 20 itens!, uma média de 5 a 6 exercícios por lição) e dá pra aprender bem estudando 2h por dia só com o livro e um dicionário.
    O livro foi escrito por uma professora fera de italiano (a mãe do Piero). O livro é bem objetivo, com explicações em português, não tem figuras, mas o conteúdo é muito bem montado. excelente! (nunca conheci os autores pessoalmente e nem estou fazendo propaganda, recomendo porque é bom mesmo)

    -Escreva o nome das coisas:
    Pegue algumas etiquetas e cole em objetos do seu quarto, escritório etc.. com o nome em italiano. Ex.: Matita (lápis), Scrivania (escrivaninha), finestra (janela), frigorifero (geladeira),… etc..

    -Outra recomendação que me ajudou muito é: Assista filmes em italiano (sem legenda né!) assim vc exercita seus ouvidos. Eu recomendo no mínimo 1 por semana. No começo vale a pena assistir o mesmo filme mais de uma vez, para “decorar” algumas passagens que podem ser úteis quando estiver em algum exercício com tema semelhante do livro. (dá pra baixar clássicos na internet como “le notti di Cabíria” ou outro de Benigni, e até recentes como “Romanzo Criminale”)

    -Escute rádio italiano:
    Está trabalhando no computador? então acesse http://www.italia.fm e sintonize a “Radio 24” (só notícias) eles falam bastante e é fácil de entender. Eu deixo ligado o dia todo.

    Espero que as dicas ajudem!
    abraço a todos
    Ricardo
    ihronkel@hotmail.com

  3. Olá, meu nome é Ricardo,

    Estou aprendendo italiano por conta própria.
    Já comprei muitos livros caros de editoras renomadas, com cd´s de audio e tudo mais. Os exercícios me pareciam muito básicos e repetitivos, eu estudava muito mas não “progredia” muito. Sem contar que algumas vezes eu tinha algumas dúvidas e perdia tempo consultando outros livros.
    Após perder muito tempo, aqui vai uma dica para quem quer aprender italiano (aprender mesmo) sem gastar muito:

    Dicas para quem quer estudar sem professor:

    Livro:
    -“Língua Italiana para Brasileiros” de Piero Ciabattoni – volume 1
    Este livro é excelente pois os capitulos são divididos em lições,( 4 a 5 páginas de explicação e 2 páginas de exercícios). São exercícios bem puxados (1 exercício chega a ter 20 itens!, uma média de 5 a 6 exercícios por lição) e dá pra aprender bem estudando 2h por dia só com o livro e um dicionário.
    O livro foi escrito por uma professora fera de italiano (a mãe do Piero). O livro é bem objetivo, com explicações em português, não tem figuras, mas o conteúdo é muito bem montado. excelente! (nunca conheci os autores pessoalmente e nem estou fazendo propaganda, recomendo porque é bom mesmo)

    -Escreva o nome das coisas:
    Pegue algumas etiquetas e cole em objetos do seu quarto, escritório etc.. com o nome em italiano. Ex.: Matita (lápis), Scrivania (escrivaninha), finestra (janela), frigorifero (geladeira),… etc..

    -Outra recomendação que me ajudou muito é: Assista filmes em italiano (sem legenda né!) assim vc exercita seus ouvidos. Eu recomendo no mínimo 1 por semana. No começo vale a pena assistir o mesmo filme mais de uma vez, para “decorar” algumas passagens que podem ser úteis quando estiver em algum exercício com tema semelhante do livro. (dá pra baixar clássicos na internet como “le notti di Cabíria” ou outro de Benigni, e até recentes como “Romanzo Criminale”)

    -Escute rádio italiano:
    Está trabalhando no computador? então acesse http://www.italia.fm e sintonize a “Radio 24” (só notícias) eles falam bastante e é fácil de entender. Eu deixo ligado o dia todo.

    Espero que as dicas ajudem!
    abraço a todos
    Ricardo
    ihronkel@hotmail.com

  4. Oi Ricardo,
    Otimas dicas, especialmente a dos bilhetinhos espalhados pela casa com o nome dos objetos!
    Um abraço!

  5. Olá! Estou indo passar um tempo(talvez morar,se tudo der certo), em Verona. Lá existe uma escola como essa q vc falou, de Florença? Obrigada! Cristina

  6. Cristina
    Provavelmente sim porque escolas de lingua italiana subsidiada pelo governo, pela uniao europeia e sem fins lucrativos existe em toda italia. Voce pode se informar diretamente no Comune da sua cidade ou procurando na internet mesmo. Se tiver por ai algum outro leitor de Verona que possa dar uma experiencia pessoal, tambem eh bem vindo!
    abs,

  7. Olá! Me chamo Francieli e estou querendo ir para a Itália em 2011. Adoraria poder manter contato contigo. Sabe como é, sempre surgem várias dúvidas e nada melhor que um brasileiro para ajudar outro brasileiro!! Se puder me add no msn meu contato é francieli.passos@hotmail.com (caso tenha orkut, me encontrará por francieli_rs@yahoo.com.br

    Anraços!!

  8. Olá, procurando um curso de italiano cheguei até aqui… trabalhei em Galliate Lombardo nos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Aprendi na marra italiano, pois apesar de estar trabalhando em casa de brasileiros, só conversava com uma romena que lá tbm trabalha, e que já domina a língua italiana. Não gostaria de esquecer por completo, por isso gostaria de ter conversação com pessoas que moram aqui e falem esta língua ou melhor ainda, ter contato com brasileiros que morem na Itália. Por favor, se puder me ajude. Meu email é graci1965@hotmail.com

  9. Olá!
    Me chamo Ana, e gostaria de saber se você tem informações sobre a cidade de Padova.

    Acompanharei o seu blog.

    Obrigada

  10. Olá Sou Franciele e meu marido e eu queremos conhecer a Itália em 2011 e trabalhar por lá, estou acompanhando o blog e está me ajudando muito, que bom poder ler tantas informações e dicas!

  11. Sempre estudei ingles ate descobrir que desejava muitíssimo conhecer Roma e Paris, porém fiz um estudo, constando que nesses países pouquíssimo se fala ingles. Como eu tinha e ainda tenho vontade de fazer um trabalho voluntario numa Comunidade Brasileira em Roma, comecei estudar com livretos de guia de viagem, não aprendia nada, por sorte descobri o site BUSUU.COM, excelente, estou lá até hoje, é praticamente sem onus.Claro, uma escola virtual tem muita diferença da escola presencial, gera muitas dúvidas e por isto tbm quero fazer um curso rápido na Italia.Abraços a todos leitores do Brasil na Italia..

Comments are closed.