Patrick me deixou um comentário no último post com algumas dúvidas pertinentes; achei que podem ser úteis para outros e por isso as respondo aqui. Ele comenta:

“passei pelo yahoo respostas e a maioria dos comentários que eu li sobre morar na itália era criticando o país, o povo e a discriminação, mas isso vai totalmente contrário do que li no seu blog! vc é exceção ou as outras pessoas não estavam preparadas para se adaptar a uma nova cultura e estilo de vida?”

Fazer as malas para mudar de país não é uma decisão fácil. Ela implica uma mudança radical e completa do estilo de vida de quem está de partida. Se você está em busca de uma nova maneira de viver, vá em frente e prove. O que acontece é que muita gente sai da sua casinha e quer continuar vivendo na Italia igualzinho como vivia no Brasil. Para que vir, então?

Quando a gente muda de país sozinho, chega em uma cidade onde não conhece ninguém, não tem amigos, não tem trabalho, não tem casa, não tem nada de seguro. E não fala bem a língua.

Quem decidir vir para a Italia deve ter em mente que vai começar a vida de novo.

E o começo é sempre complicado: seja o primeiro dia de escola, o primeiro dia no trabalho. Imagina o início em um novo país. As amizades serão novas, devem ser conquistadas no dia-a-dia.

O trabalho na Italia funciona de uma outra maneira. Você pode ter diploma na faculdade, 5 anos de experiência na sua área, mas se for persistente, talvez consiga um estágio aqui e que te pagará pouquíssimo (quantidade insuficiente para viver baseado no seu estágio). Quem vem, deve estar atento ao redor para ver como fazem aqueles que vivem bem e tentar seguir os seus passos. E ver se esse jeito de viver tem a ver com você ou não.

Depois escrevo mais sobre trabalho na Italia. Até o próximo post!

3 COMENTÁRIOS

  1. pois é, sei q nao é facil por saudade da familia no meu caso, pq o resto nao terei problemas ja morei 7 meses lá, o frio do norte tb nao é facil, mas nada q nao seja suportavel, principalmente no meu caso q to indo por amor, casei com um italiano e meu destino foi esse, mas to muito feliz, é outro mundo e depois q agente se acustuma lá nao sente mais vontade de morar no Brasil, só se for 3 meses no ano…

  2. Boa tarde!
    Tenho uma dúvida sobre cidadania. Minha mãe é brasileira e nasceu em 1941 e é descendente de italianos (avós dela). Ela não tem direito a cidadania por ter nascido antes de 1948? Nem eu (1967) e meus irmãos? Meus primos filhos de tio e tia nascida após 1948 só que têm direito?
    Obrigada.
    Débora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here