Em um pequeno vilarejo no alto de uma colina, chamado Vetulonia, encontra-se um lugar para você matar sua sede de conhecimento: o Museu Arqueológico “Isidoro Falchi”.

Uma dica para você que pretende visitar cidades como Castiglione della Pescaia, Punta Ala, Follonica, e outros tesouros do território conhecido como Maremma Toscana.

Sobre Vetulonia

Vetulonia fica na Toscana, a aproximadamente 25 km de distância de Castiglione della Pescaia(30 minutos de carro) ou 165 Km de Florença (2 horas e 10 de carro).

Lá no alto: Vetulonia, que foi uma das cidades mais potentes e ricas da antiga Etruria
Lá no alto: Vetulonia, que foi uma das cidades mais potentes e ricas da antiga Etruria

A primeira vista é difícil imaginar que este pequeno aglomerado de casas de pedra rodeadas pelo verde exuberante da natureza  foi um dia uma das cidades mais ricas e potentes da Etruria, um povo que viveu há quase 3 mil anos neste território hoje conhecido como Maremma Toscana.

A arte da joalheria
A arte da joalheria há quase 3 mil anos na antiga Etruria, atual Maremma Toscana, Itália

Felizmente existem objetos antigos encontrados ao lado dos túmulos de nobres da época para provar a importância, o conhecimento e nível desenvolvimento desses antigos habitantes da Toscana. Algumas das peças mais importantes encontradas estão exatamente no Museu Isidoro Falchi de Vetulonia.

Como é o Museu Arqueológico Isidoro Falchi de Vetulonia

Uma das 7 salas do Museu Isidoro Falchi em Vetulonia
Uma das 7 salas do Museu Isidoro Falchi em Vetulonia (lá atrás o carrinho com a Aurora, quando tinha 10 meses)

Dizem que nos menores frascos encontram-se os melhores perfumes: assim é o Museu Isidoro Falchi. No centro de Vetulonia encontra-se este edifício com 7 salas abertas ao público, distribuídas em dois andares. Acessível para cadeirantes, mães com carrinhos de bebês e até cegos que podem descobrir algumas peças a do passado através do toque.

[quote_box_center]Vale a pena fazer uma visita guiada neste museu: cada objeto traz consigo uma verdadeira aula de história! [/quote_box_center]

Durante a minha visita fomos guiados pela diretora do museu em pessoa, Simona Rafanelli, que nos contagiou com sua paixão pelo assunto. Ela nos contou diversas curiosidades, por exemplo, descobrimos que a figura feminina tinha importância igual ou superior à masculina para os etruscos, quase 3 mil anos atrás. Aliás, notamos vários acessórios de beleza feminina como pulseiras, acessórios para o cabelo e enfeites.

Objetos
Objetos do VI século a. C. do Museu Isidoro Falchi de Vetulonia, na Toscana

Alguns dos vasos só tinham uma alça. E não era por acaso…  Os vasos com duas alças eram usados por exemplo para a água; quando um vaso perdia uma alça ele se transformava em uma urna funerária onde eram armazenadas as cinzas dos defuntos.

Depois de visitar o museu você pode continuar o passeio pelos túmulos etruscos encontrados no local.

Informações Práticas

Museu Arqueológico Isidoro Falchi

Endereço: Piazza Vetluna n.1 – Vetulonia
Tel. (+39) 0564.948058
E-mail: museovetulonia@libero.it
Detalhes: http://www.museidimaremma.it/it/museo.asp?KeyMuseo=21
Página Facebook oficial: https://www.facebook.com/museoisidorofalchivetulonia

Horário:
Outubro – fevereiro: 10.00-16.00
Março – maio: 10.00-18.00
Junho – setembro: 10.00-14.00 e 16.00-20.00

Ingressos:
€ 5,00 inteiro; € 2,50 reduções especiais e grupos com mais de 20 pessoas.

As tarifas e horários podem variar. Melhor telefonar ao museu e confirmar.

Acesso especial para cadeirantes

 

—-

Essa viagem a Vetulonia / Castiglione della Pescaia foi oferecida pela prefeitura de Castiglione della Pescaia (GR), em colaboração com a A.C.O.T. e Claridea em ocasião do evento “Castiglione di Primavera“.

5 COMENTÁRIOS

  1. Oi Barbara!! Adorei as dicas.. Super bacana.. Essa é minha primeira visita, fiz questão de deixar um comentário pra dizer que gostei muito do seu blog e que vou voltar mais vezes, com certeza! E quem sabe a gente não conta com uma contribuição sua para o nosso blog qualquer dia desses? Beijo :*

    Juh – http://quasegringa.blogspot.com.br

Comments are closed.