Acabo de voltar de um mês em Follonica, uma cidadezinha à beira mar que fica a aproximadamente 2 horas de Florença. E estou com aquela sensação de “quero mais”. Poderia ter passado o verão inteiro ali e não ia me cansar.

Não que Follonica seja a praia mais incrível da Itália: o mar não tem as mil tonalidades de azul de Favignana (Sicilia) ou de outras praias paradisíacadas da Itália. E a vista nem é das mais lindas: se em Castiglione della Pescaia você faz um banho de mar de frente para um castelo, em Follonica dá para ver as torres das metalúrgicas de Piombino, por exemplo. Ok, mas dá para ver também a ilha de Elba, ilha de Montecristo, ilha de Cerboli e até a Corsica quando o tempo está bom.

Follonica
Follonica: nos dias de céu claro dá para ver lá no fundo até a Corsica (e as duas torres de uma siderúrgica em Piombino)

Se Follonica não é o lugar mais incrível da Itália também está longe de ser o pior: o mar é limpíssimo, cristalino, com peixinhos, estrela do mar, caranguejos… Em uma cidade plana, ótima para passear com carrinho de bebês, dar uma corridinha no final da tarde ou curtir uma das muitas sorveterias. Não oferece tanta vida noturna para os solteiros, e nem é lotada de hotéis como Rimini ou Viareggio. É mais íntima: aqui estão muitas das segundas casas de toscanos e milaneses, por exemplo. Gente que vem todo ano para o mesmo lugar. E, claro, frequentada pelos habitantes locais.

Uma estrela do mar de verdade: tiramos fotos e devolvemos ao mar!
Uma estrela do mar de verdade: tiramos fotos e devolvemos ao mar!
Um banho de mar em Pratoranieri com vista para o prédio mais alto da Maremma no centro de Follonica
Um banho de mar em Pratoranieri com vista para o centro de Follonica: esse eu fiz em meados de maio, a água ainda estava fria…

A melhor área para se hospedar em Follonica é Pratoranieri: a área fica a uns 2km do centro da cidade e o mar aqui é mais limpo, é a área mais indicada para veraneio.

O mar cristalino de Follonica com vista para as ilhas de Cerboli e Elba ali no fundo
O mar cristalino da praia de Pratoranieri em Follonica com vista para as ilhas de Cerboli e Elba ali no fundo

Meus dias foram deliciosos. Eu acordava em uma casa a 100 metros da praia, ia para um beach club ali em frente com espreguiçadeiras e guarda-sol, brincava com as minhas duas filhas, voltava para casa para trabalhar um pouco (eu trabalho via web, lembra?) enquanto as crianças ficavam na praia com o pai, depois almoçávamos todos juntos. As meninas dormiam, depois merenda com sorvete e parquinho com gira-gira, escorregador e balanço.

Olha um dos nossos castelos de areia: em Follonica / Pratoranieri a areia é bem macia, ideal para brincar
Olha um dos nossos castelos de areia: em Follonica / Pratoranieri a areia é bem macia, ideal para brincar

Poderíamos ter feito muito mais passeios nas cidadezinhas nos arredores, mas eu precisava descansar. Se você vier do Brasil, provavelmente vai querer conhecer o máximo possível dos arredores por isso dou algumas dicas abaixo. Mas como eu moro aqui na Toscana, preferi me conceder o luxo do “dolce far niente”… (quer dizer, dolce far niente com duas crianças e um trabalho… é modo de dizer!).

Onde se hospedar em Follonica

Uma opção bastante confortável para famílias é alugar uma casa ou apartamento. A melhor área para veraneio (ou seja, para quem quer curtir praia) é a área de Pratoranieri. Recomendo duas agências : Agência Pratoranieri e Agência Maestrale. O site das duas é péssimo, é difícil de pesquisar e só existe disponibilidade em italiano (pesquise por “affitto” ou “affitto estivo”). Nós alugamos com a primeira e foi tudo bem, foram super atenciosos com cada nosso pedido e dúvida antes e durante a nossa estadia. Alugaria de novo e recomendo. Também encontrei na praia diversas pessoas que alugam há anos com a segunda e recomendam. Avalie as opções e disponibilidade de cada uma e escolha! O aluguel de casas é indicado para período mínimo de 1 semana. E se você tiver intenção de viajar em julho e agosto é melhor reservar com muita antecedência.

Nós acabamos decidindo de última hora, dois dias antes de partir, mas viajamos da metade de maio até metade de junho, quando ainda é início da temporada. Setembro é o mês do fim da temporada.

Se você quiser ficar poucos dias, o ideal é pesquisar um hotel (e nesse caso recomendo sempre o nosso amigo Booking!).

Onde curtir a praia em Follonica

Uma das entradas da "spiaggia libera" em Pratoranieri, uma praia de Follonica
Uma das entradas da “spiaggia libera” em Pratoranieri, uma praia de Follonica

Qual o seu budget?

Se você não quiser gastar para curtir a praia, existem diversos trechos de “spiaggia libera” onde basta chegar e estender a sua toalha.

Se você preferir o conforto, opte por um dos vários beach clubs que alugam espreguiçadeiras e guarda-sol e oferecem ainda serviço de bar, restaurante, banheiro, duchas de água fria e quente.

no centro: Gaia brincando na areia
Gaia brincando na areia com uma bandana na cabeça para proteger do sol

Dica de beach club em Follonica

Qual beach club escolher em Follonica? Eu super recomendo o Bagno Cerboli (Viale Italia, 221 – tel +39 0566 -42686). Os proprietários são extremamente gentis e profissionais, a estrutura é muito bem cuidada e organizada. Os banheiros estavam sempre limpíssimos apesar de estarmos na praia. Idem para os chuveiros (existem cabines para os chuveiros de água quente perfeitos para o final do dia: você dá banho na criançada e assim se as pequenas desmaiarem de sono antes de chegar em casa, pelo menos já estão limpinhas!).

O Bagno Cerboli: dava para levar o carrinho de bebê praticamente até o mar.
O Bagno Cerboli: dava para levar o carrinho de bebê praticamente até o mar.

Nós alugamos guarda-sol e espreguiçadeiras por um mês e atrás da gente tinha uma senhora que há mais de 20 anos aluga sempre o mesmo guarda-sol durante todo o verão. E não era a única. Muitos “locais” preferem o Bagno Cerboli, e alguns vêm inclusive do centro para curtir a praia de Pratoranieri (um bairro de Follonica).

A "carbonara di mare" preparada pelo chef Massimo Bucci: só fui lembrar de tirar a foto na metade do prato...
A “carbonara di mare” preparada pelo chef Massimo Bucci: só fui lembrar de tirar a foto na metade do prato…

Às vezes tomávamos café  da manhã ali, às vezes almoçávamos, sentávamos no meio da tarde para comer um tiramisù e usar o wi-fi local… Só faltou mesmo jantar e participar das noites de latino americano. Quem sabe nos próximos anos, quando minhas filhas crescerem um pouco (estamos na fase em que jantar fora é um pesadelo!).

O restaurante oferece muitos pratos clássicos a base de peixe e frutos do mar como o Spaghetti alle Vongole (meu preferido). O prato diferente é a Carbonara di Mare, que é interessante porque mistura frutos do mar com ovos e pancetta (uma espécie de bacon). Não é um prato levíssimo principalmente nos dias quentes de verão, mas como resistir?

Também não dá para não mencionar a simpatia e talento do barman Luca que preparava cada drink delicioso. Meu favorito é o Spritz, ele até fez uma versão diferente para o meu marido, o Spritz com cerveja, você já experimentou?

Onde comer em Follonica

Experimentamos alguns restaurantes, mas me sinto à vontade apenas para poucas (e boas) indicações. Bem, já falei do restaurante do Bagno Cerboli acima, que é um clima de praia, informal.

Se você procura um lugar mais bonitinho e arrumadinho, com cara de restaurante, seja para o almoço como para o jantar eu recomendo o restaurante Il Sottomarino (Via Fratti 1 – tel. +39 0566.40772). Você pode escolher entre uma mesa no terraço externo (com vista para o mar) ou na sala interna, decorada em estilo moderno e muito agradável. Como sou repetitiva fui de spaghetti alle vongole com friturinha de peixe. E a sobremesa também era ótima. O que mais chamou atenção foi o preço dos vinhos: baixíssimos, quase o mesmo preço de uma garrafa no supermercado! Em resumo, o restaurante oferece um ótimo custo x benefício para os preços médios de Follonica.

Pizzas

Nada mais prático do que pedir uma pizza durante as férias com crianças. Aqui na Itália recomendo que você vá buscar a pizza na pizzaria porque se for esperar o motoboy vai comer a pizza fria. Depois de diversos experimentos, recomendo: Caribia 2 (Via Buozzi, 6) e Caribia (o mesmo da sorveteria, ver abaixo). Também era gostosa a pizza do Il Semaforo (Via Bicocchi 8 – tel. +39 0566-42503), algumas noites quando estávamos passeando no centro fomos comer lá. O lugar é super informal, com área self service, ideal para comer rápido e ir embora).

As melhores sorveterias de Follonica

Sorveteria Caribia em Follonica: parada obrigatória!
Sorveteria Caribia em Follonica: parada obrigatória!

Se você estiver no centro de Follonica a melhor sorveteria é a Ludo. Eles fazem um sorvete natural, com fruta fresca, ingredientes frescos. O sabor não tem nada a ver com aqueles sorvetes baratos que usam aromas artificiais. Depois de experimentar várias sorveterias no centro, a Ludo foi a nossa preferida. Adorei o sabor de latte menta, só de pensar dá saudade…

Em Pratoranieri a sorveteria imperdível é a Caribia (Viale Italia 212 – tel +39 0566 260059) Íamos literalmente todos os dias tomar sorvete lá: às vezes optávamos por simples casquinhas, outras íamos com aqueles sorvetes enormes acompanhados por fruta. O sorvete era uma delícia e o ambiente muito gostoso, com mesinhas e lugar onde sentar. Revendo fotos de dez anos atrás, quando estive em Follonica pela primeira vez, reparei que também fui nessa sorveteria. Não deixe de experimentar!

E se chover, onde levo as crianças?

Uma das coisas incríveis de Follonica é que é uma das áreas onde chove menos na Toscana. Mas claro, ninguém está imune a pegar tempo ruim e em um mês de férias pegamos alguns dias de chuva. Se você se cansar de inventar mil brincadeiras em casa, pode levá-las até a Isola che non c’è, (via Donizetti 4 – tel.+39 338-8674556) um parque fechado à pagamento indicado para crianças de 1 a 10 anos. O ingresso é baratinho, não lembro o valor exato mas era tipo 5 euros e só pagavam as crianças.

Dica de passeios nos arredores de Follonica

Se você cansar de ficar só na praia e de passear no centro de Follonica, pegue o carro e vá descobrir outras atrações nos arredores como por exemplo a cidadezinha de Castiglione della Pescaia, o Museu Isidoro Falchi com os tesouros dos etruscos,  ou jogue uma partida de golf em Punta Ala.

Em Castiglione della Pescaia você pode fazer uma excursão de barco por exemplo para as Ilhas de Giannutri ou Giglio, duas lindas ilhas do Arquipélago Toscano.

Ou pode ir de Follonica até Piombino (meia hora de carro) e pegar uma balsa para a Ilha de Elba, a ilha onde Napoleão Bonaparte ficou exilado.

Além disso, vale a pena lembrar que Follonica fica a pouco mais de 1 hora de lugares que valem a visita como PisaSiena e  Monte Argentario

Se estiver disposto a ficar 1 hora e meia no carro dá para ir até Pitigliano ou das termas de Saturnia.

Roma fica a menos de 3 horas de distância, só para dar uma idéia da localização e tempo de viagem.

Como chegar em Follonica

A grande vantagem de Follonica é que a cidade possui uma estação de trem! Então você pode visitar a cidade mesmo se não tiver um carro.  Abaixo detalhes.

Essa aí sou eu na estação de trem de Follonica em 2005: a primeira vez que estive na cidade
Essa aí sou eu na estação de trem de Follonica em 2005: na época escolhi a cidade porque era fácil chegar de trem

De Trem

A estação de Follonica encontra-se no centro e dá para ir a pé até a praia (fica aproximadamente 500 metros de distância da praia mais próxima e 2km do Bagno Cerboli). Pesquise os horários dos trens aqui.

De Ônibus

Os ônibus são indicados para quem estiver em cidades nos arredores como Grosseto, Scarlino, Punta Ala, Castiglione della Pescaia ou Siena. Você pode calcular o itinerário e descobrir horários aqui.

De carro

É a maneira mais rápida e confortável de chegar em Follonica. Eu sugiro que você consulte o melhor caminho com o Google Maps ou use Tom Tom. Eu não viajo sem o Tom Tom no meu iPhone que me indica todos os radares da estrada e assim evito multas!

A melhor época para ir a Follonica

a tranquilidade de Pratoranieri em Follonica no final de maio
a tranquilidade de Pratoranieri em Follonica no final de maio

A estação turística em Follonica vai de maio a setembro: estes são os meses mais quentes do ano na Itália. Em maio a água do mar ainda é gelada, mas até dá para encarar um mergulho. Em junho a cidade começa a ficar movimentada e julho e agosto são os meses de lotação máxima. Setembro tudo volta a ficar mais tranquilo.


O pôr do sol visto do centro de Follonica (lá no fundão tem as torres de uma siderurgica)
O pôr do sol visto do centro de Follonica

Bem, dica dada! Qualquer dúvida é só perguntar. E se você tem outras dicas, experiências, conselhos ou questões existenciais, comente abaixo!

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.