Início Diário Destaques Dupla cidadania, dois passaportes. Qual deles usar?

Dupla cidadania, dois passaportes. Qual deles usar?

Passaportes italiano (vermelho) e brasileiro (azul)

Muitos dos leitores deste blog tem a dupla cidadania ou estão prestes a obtê-la. Que maravilha, agora você pode escolher se apresentar o passaporte brasileiro ou italiano quando viajar, certo? Errado!

Quando você for ou voltar ao Brasil deve utilizar obrigatoriamente o seu passaporte brasileiro. A informação foi publicada no site do Consulado do Brasil em Roma e diz:

“Todo brasileiro é obrigado a entrar e a sair do Brasil com passaporte brasileiro. Os brasileiros nascidos no exterior e maiores de 21 anos que não tenham feito o registro de seu nascimento nas repartições consulares brasileiras deverão viajar ao Brasil com seu passaporte estrangeiro, para, no Brasil, regularizar a questão da sua cidadania e solicitar o passaporte brasileiro.”

Em dia com a documentação

Com o passar do tempo você vai reparar que a dupla cidadania significa também dupla burocracia. Você tem direitos e possibilidades em dobro, mas também obrigações.

Acabo de constatar que meu passaporte vence no mês de junho e, como para ir ao Brasil é obrigatório usar o passaporte brasileiro, preciso providenciar a renovação. Só tem um “pequeno” problema. Eu não voto há um bom tempo e meu título eleitoral foi cancelado. É necessário estar regularizado com a Justiça Eleitoral para poder renovar o passaporte por isso, não deixe a burocracia para a última hora.

Como proceder

As informações completas do que você precisa para renovar o passaporte estão disponíveis nos sites do Consulado de Roma e no Consulado de Milão. Importante: cada consulado tem a sua área de jurisdição. Isso significa que, dependendo da cidade onde você reside na Itália, deve se dirigir a um ou outro consulado.

Consulado de Roma compreende as regiões de: Abruzzo, Basilicata, Calabria, Campania, Lazio, Marche, Molise, Puglia, Sardegna, Sicilia, Toscana e Umbria.

Consulado Geral do Brasil em Milão compreende as regiões de Valle d’Aosta, Piemonte, Lombardia, Veneto, Trentino – Alto Adige, Friuli Venezia-Giulia, Liguria, Emilia-Romagna.

Experiência Pessoal

Começo a enfrentar a fase de renovar o passaporte. Telefonei para a minha Zona Eleitoral em São Paulo e me informaram que não é necessário pagar as multas (que no meu caso estariam em torno aos 75 Reais), basta ir diretamente ao Consulado. Este será o próximo passo…
Por acaso alguém aí já passou por isso e quer deixar um relato, que poderá ser utilissimo?

Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas; em janeiro de 2007 criou o BRASIL NA ITALIA. Em 2010 foi a responsável pelo blog oficial da Região Toscana escrito em inglês (http://www.turismo.intoscana.it/allthingstuscany/aroundtuscany) e atualmente trabalha com comunicação digital e tradicional. Dúvidas sobre a Italia são respondidas exclusivamente online. Escreva um comentário abaixo ou publique sua pergunta aqui.

190 COMENTÁRIOS

  1. OI, aqui na Espanha tem que fazer um trâmite no consulado em Madrid para que emitam um papel que você está quite com as obrigações eleitorais, um rolo! Chama-se transferência eleitoral, para que não pague multas e não exista mais problema para emissão de documentos.
    Eu não tenho isso, mas quem quiser saber todos os documentos necessários para fazer isso, entre no:
    http://www.consuladobrasil.es/servicos-eleitorais/

  2. @Patricia
    Obrigada pelas dica. Bom confirmar que não será preciso pagar multas.
    Vamos ver no que vai dar essa historia… Até o próximo post!

  3. Se o governo italiano fez uma bagunca com os seus nomes – como fez com o meu, o nome italiano é completamente diferente do nome brasileiro, e ninguém me tira da cabeca que é só por pura sacanagem – voce tem que comprar as suas passagens com o nome italiano, e NUNCA com o nome brasileiro, ou voce vai ser barrado no exterior e pode ser até preso. Para entrar no Brasil, sem problemas, apresente o passaporte brasileiro. E para sair do Brasil, apresente os 2 passaportes no check-in. Boa sorte.

  4. Quando fiz meu passaporte italiano eu tinha que pagar uma taxa por ano cada vez que saísse da Europa. Desnecessário dizer que nunca paguei isso, já que só entro na Itália com a Carta di Identita, mas agora tenho que alterar meu estado civil e acho que os maledetti vao me cobrar multa por eu ter 2 carimbos americanos no passaporte, nao é mesmo?

  5. @Vicky,
    Quando saiu a minha cidadania também tinham alterado o meu sobrenome. Então eu entrei com um “Ricorso per il ripristino di cognome” no Tribunale di Firenze dizendo mais ou menos o seguinte:

    “La sottoscritta XXXXX nata a XXXX il XXXX cittadina italiana residente a XXXX dichiara che, in seguito al riconoscimento della cittadinanza italiana jure sanguinis ed alla relativa trascrizione del proprio atto di nascita, l’Ufficiale di Stato Civile le ha attribuito il cognome paterno: XXXXX come disposto dalla legge italiana Art. 98 c.2 D.P.R. n.396/2000 e successive circolari chiede pertanto di mantenere il cognome XXXXX per i seguenti motivi:

    1.evitare la burocrazia, le spese e la perdita di tempo necessaria per rifare tutti documenti (codice fiscale, residenza, passaporto, tessera elletorale, ecc )
    2.evitare complicazioni giuridiche rispetto ai contratti già firmati come: affitto, lavoro, conto in banca, ecc
    3.avere il cognome come ha desiderato la famiglia della sottoscritta
    4.evitare probabili difficolta per future documentazioni che devono sempre essere corrispondenti sia in Brasile che in Italia: matrimonio, morte, compra-vendita di immobili…

    Documenti allegati:
    (copia dos seus documentos)”

    Não sei se te interessa, mas você poderia reverter isso entrando com uma ação do tipo. Muito complicado ter dois nomes diferentes.

    Sobre a multa no passaporte italiano, depois conte para a gente aqui o que aconteceu.

    Se não me engano, para os novos passaportes você paga uma taxa válida pelos 10 anos.

    De qualquer jeito, você tem que avisar o governo que casou… rs! Especialmente se mudou de nome depois de casada. Ai, haja complicação.

    Nessas horas a gente precisava de um assistente para assuntos aleatórios… rs!

  6. Olha, nao entrei com o recurso porque me falaram que só poderia ser feito nos primeiros 2 anos da cidadania. voce conseguiu seu nome de volta?

    De toda forma, agora que casei eu tenho meu 3o nome… Por isso preciso registrar o casório na Itália o mais rápido possível e no Brasil também, assim reduzo tudo a um nome somente, como deveria ser com qualquer pessoa normal.

  7. Bom, estamos na Europa mas pode ser diferente para quem mora na Itália.Mesmo assim posso dar a dica do que fiz.
    Já morava cinco anos na Holanda sem ter, claro, neste periodo votado no BRasil, já estava meio preocupada com o a situação…. Foi quando precisei ir ao consulado renovar meu passaporte(holandes) que recebi a maravilhosa noticia de que eu poderia transferir meu título para que em todas as votações (presidenciais?) no Brasil, votasse aqui no consulado do Brasil na Holanda.
    Mais que rápido aceitei, e mais rápido ainda foi o preenchimento do papel e o entusiasmo da
    simpática funcionária do consulado que informou-me de que o papel preenchido e assinado iria ser aprovado por algum orgão competente no Brasil e ficaria pronto dentro de tres meses e…tudo totalmente gratis e nem taxa por não ter votado eu paguei. Dito e feito, eu já tenho em mãos.
    Talvez esteja em vigor aí tbm, se informe!

  8. @Vicky
    Sim, eu consegui o nome de volta. Os funcionários do governo que encontrei até que foram simpáticos, a questão é que eles devem seguir a lei e neste caso a lei gera confusão porque não reconhece o sobrenome feminino. Algo que está sendo discutido e provavelmente mudará em breve.

    @Kelly Cristina
    Obrigada pela dica. Sim, parece que o seu caso é válido aqui na Italia também. Estou providenciando tudo esses dias…

  9. Entao, minha mae me disse que ligou no TRE de Sao Paulo e eles disseram que quando voltar ao Brasil eu justifico o meu voto (das eleiçoes municipais de 2008). Aconselha-se a trasnferir o titulo de eleitor para o pais onde voce mora para evitar problemas burocraticos. E voce é obrigado a votar somente para as eleiçoes presidenciais.
    Ainda nao transferi o meu porque nao sabia se ia querer ficar por aqui definitivamente. Ainda por cima a burocracia italiana fez um rolo com meu nome (na verdade a coisa é simples, somente corrigir meu sobrenome). Quando for para o Brasil este ano (espero!), vou me informar no TRE sobre a transferencia de titulo de eleitor.

  10. @Juliana
    Pois eh, minha mae tinha me dito a mesma coisa. Mas acabei deixando para depois, depois, acho que dessa vez faço a transferencia do titulo. Mas estou agindo em ritmo italiano: com muita calma…

  11. o que acontece com quem esta clandestina na italia, tendo uma vida semi-escrava, e deseja fazer a propria denuncia na questura?

  12. o que acontece com quem esta clandestina na italia, tendo uma vida semi-escrava, e deseja fazer a propria denuncia na questura?
    trabalho aqui, sem direito a “giorno festivo”, aumento de salario, e sendo obrigada a trabalhar todos os domingos, pois caso nao aceite, me colocaram na rua (mesmo eles sabendo que eu nao conheço ninguem aqui pra me ajudar).
    sempre fazem terrorismo piscicologico sob o que vai acontecer comigo caso for descoberta (pra eles nao acontece nada, mas eu vou ser presa e expulsa). meu medo é si isso for verdade, quais sao os procedimentos que tenho que fazer pra embaixada do brasil me ajudar?

  13. Oi Maria Cecilia, tudo bem?

    Você pode fazer terrorismo psicológico com eles porque se te descobrirem ilegal na Italia você os denuncia.

    Não sei exatamente o que significa ser “semi-escrava” e se é realmente uma situação da qual você está decidida a se livrar.

    O primeiro passo é entrar em contato com a embaixada do Brasil e pedir ajuda ou para voltar para o Brasil ou para regularizar a sua situação na Italia. Vá pessoalmente até a embaixada ou consulado do Brasil mais próximos ou no mínimo faça um telefonema contando a sua situação.

    Depois volte aqui para contar como está sendo,ok? O que você conseguiu na embaixada e tudo mais.

    Um abraço

  14. A nossa actividade centra-se num atendimento profissional, personalizado, competitivo e transparente, beneficiando-se a proximidade com o cliente.

    A consulta jurídica on-line é o culminar dessa proximidade, sendo a pergunta e consequente resposta via e-mail, por ser a forma mais simples e rápida de obter esclarecimentos e transmitir todas as informações necessárias para a boa resolução da causa.

    A relação Advogado/Cliente deve basear-se na confiança, devendo o mesmo ser esclarecido da estratégia a adoptar, dos encargos inerentes ao processo bem como dos prováveis cenários processuais.

    Áreas de actuação:

    . Direito criminal;

    . Direito da família;

    . Direito do consumidor;

    . Direito do urbanismo e da construção;

    . Direito do ambiente;

    . Direito do trabalho;

    . Direito comercial.

    Dou Consulta, Aconselhamento, Assessoria Jurídica e Patrocíno Forense a todas as Àreas do Direito.

    Presto Advocacia Preventiva bem como Aconselhamento Jurídico.

    Aquisição de nacionalidade e legalização.

    Direito Comercial e Societário:Constituição, fusão, cisão e transformação de sociedades, transmissão de participações e activos, apoio à implementação de projectos de investimento e internacionalização, joint ventures.

    Direito das Tecnologias de informação, Telecomunicações e Media:Assessoria a prestadores de serviços da sociedade da informação, contratos informáticos, comércio electrónico, relação com entidades reguladoras, propriedade intelectual, marcas, patentes, bases de dados.

    Direito Contratual, Financeiro e Tributário:Análise, negociação e gestão de contratos, assessoria jurídica em matéria de fiscalidade, investimento, financiamento e seguros.

    Recuperação de Créditos:Diligências judiciais e extra-judiciais tendentes à cobrança de créditos cujos devedores sejam residentes em qualquer comarca do país, em atenção às recentes alterações legislativas respeitantes à competência territorial dos tribunais.

    Direito Laboral:Acompanhamento e gestão eficiente da relação laboral entre colaborador e empresa desde o seu início até ao seu termo, transmissão de empresa ou estabelecimento, contratos de trabalho, segurança social.

    Direito Público e Regulação: Relações com organismos públicos, nomeadamente reguladores, concursos públicos, contra-ordenações. A enunciação das actividades é meramente exemplificativa, e tem por objectivo uma melhor identificação do seu caso concreto na área das actividades, dos diversos ramos do direito.

    No caso do seu problema ou questão jurídica não se encontrar aqui enunciada, contacte-me através do e-mail: chadvogada@live.com.pt, terei muito gosto em esclarecê-lo(a)!

  15. gostaria muito em saber como faço fui casada com italiano mas nao estamos mais juntos porem ainda nao divorciamos. meu filho nasceu na Italia o ano passado e o pai dele nao e o italiano mais sim um portugues. ai fiz os documento do bb por portugal tenho q fazer o do brasil agora e ele tem direito tambem ao italiano. podem tirar minha duvida?

  16. @Anonimo
    Mamma mia, isso que é globalização!

    Partindo do seu caso, para você obter a cidadania italiana por casamento deve ver se entra em todos os requisitos de acordo com o Ministero dell’Interno Italiano. Dá uma olhada neste link:

    http://www.interno.it/mininterno/export/sites/default/it/sezioni/servizi/come_fare/cittadinanza/Concessione_della_cittadinanza_italiana_a_cittadini_stranieri_coniugati_con_italiani_xart._5x_legge_5_febbraio_1992x_n._91x.html

    Sobre o seu filho: ele poderá ter cidadania brasileira e portuguesa, o que já o faz um cidadão da União Européia. Para crianças nascidas na Italia filha de pais estrangeiros o procedimento é o seguinte:

    http://www.stranieriinitalia.it/l_esperto_risponde-mi_e_nato_un_figlio._cosa_devo_fare_6095.html

    Depois volta aqui e conta para gente como foi!

  17. Gostaria de saber se posso sair com o passaporte brasileiro para os EUA e lá apresentar o passaporte italiano, já que o meu visto de 10 anos no passaporte brasileiro venceu em 2007?

  18. @Anonimo
    Depende de qual eh o seu passaporte italiano porque, me parece que so os novos digitais podem entrar nos EUA sem necessidade de visto.

    De qualquer jeito sim, eh possivel sair do Brasil com passaporte brasileiro e entrar em outro pais com o passaporte italiano. Eu faço isso por exemplo quando vou do Brasil para Italia.

  19. Em relaçao ao titulo de eleitor e ao passaporte.

    O meu passporte vence em outubro e consulando o site do consulado, descobri que deveria ter justificado porque nao votei em todas as eleiçOes desde que estou na Italia (informaçao contraria a do Cartorio eleitoral que tinha me falado qu eu poderia justificar no prazo de 15 dias quando voltasse ao Brasil). Passados mais de 3 pleitos (cada turno um pleito) a inscriçao eleitoral è cancelada. Tenho que pedir um novo alistamento eleitoral, com domicilio no exterior, votar/justificar todas eleiçoes presidenciais!!

    Mas o problema è: Quanto tempo demora para sair esse novo alistamento? Sem ele eu nao consigo renovar o passaporte nao è mesmo?

    E alguèm sabe por quanto tempo a carteira de habilitaçao brasileira pode ficar vencida? Minha carta tambèm vence, mas nao se pode renovar fora do Brasil. A patente italiana sao 3 anos, depois desse periodo, se nao for renovada,la serà revocada. E a brasileira?

  20. @Juliana
    Acabei ainda não renovando o meu passaporte, mas desta discussão entendi que não é muito complicado. Basta ir até o Consulado do Brasil (você já mora em Roma, então está um passo a frente! rs) e lá eles transferem a sua residência eleitoral para a Italia e renovam o seu passaporte.

    Sobre a carteira de motorista brasileira… bem, a minha também já venceu e eu não tinha pensado nisso, que pode ser revocada… De qualquer modo, será necessário estar no Brasil, imagino, para renová-la, ou não? Se você descobrir me avise.

  21. boa tarde, mas em relaçao ao inicio do topico, o que acontece se eu chegar com meu passaporte italiano no Brasil, nao deixam eu entrar e me mandam embora? Porque nao vou ter tempo de renovar o meu passaporte brasileiro antes de ir e vou sò com meu passaporte italiano mesmo.

  22. Ola, Mudando um pouco o foco destes comentarios, mas se tratando de documentacoes, gostaria de saber no meu caso que ja' sou cidadao italiano,juntamente com minhas duas filhas menores( 9 e 11 anos0, se quando chegar na Italia definitivamente pra viver, tenho que fazer minha identidade italiana e codigo fiscal na minha Comune,ou posso fazer em qualquer regiao?Se afirmativo a duvida anterior,ficarei registrado na cidade de registro?

  23. @ Rogerio
    Voce deve tirar sua identidade e Codice Fiscale na cidade onde for morar (onde eh residente).

  24. Nao entendi,ou nao me entendeu…
    …veja..Estou registrado na Comune di Fermo, porem va' morar em Torino. Portanto sou obrigado ir at'e Fermo fazer meus documentos?ou tirarei onde morar idependente de onde sou registrado? Onde eu primeiramente me instalar, e' onde terei que tirar meus documentos?e depois se mudar apos um mes? (exemplo)? Desculpe..mas realmente nao lhe entendi!! Entendo " onde for morar" diferente de "onde e' residente".

  25. O que vc quer dizer com "estar registrado"? Você pode ter tirado a sua cidadania no Comune di Fermo, possivelmente cidade dos seus antenados, é isso que entende por estar registrado?

    Na Italia existe uma coisa que se chama residencia. Se você é cidadão italiano deve dizer ao governo onde é residente. Observe que o local de residência nem sempre coincide com o de domicilio.

    Para os italianos que moram no exterior, por exemplo, eles declaram ser residentes no exterior. Para quem mora na Italia, deve ter pelo menos um endereço fixo que é a residência.

    Bem, fato está que a residência é tão importante que dependenderá dela por exemplo a sua tessera elettorale, a sua base para pagar imposto do lixo, para pagar o imposto para a RAI, para conseguir patrocinio com a região e subsidios…

    Oras, se você mudar de casa e não tiver mais relação com a casa antiga, você transfere a sua residencia. É um processo burocrático, pode levar alguns meses (em geral uns 2).

    Aliás, é por isso que ficar mudando de casa não é nada prático, é uma verdadeira burocracia…

  26. Sim,estou registrado na Comune di fermo,a mesma que meu pai nato italiano esta'.
    - Entao para tirar o codigo fiscal, necessito de um endereco fixo? Mas para alugar algo,nao tenho que ter o codigo fiscal e a identidade italiana??? A solucao entao e' alguem me ceder o endereco onde mora, at'e a vigile verificar minha real presenca no local?

  27. Para fazer o codice fiscale basta ir ate a Agenzia dell'Entrate mais proxima. Voce faz rapidinho em qualquer cidade.

    A questao eh a carteira de identidade pq nela contem o seu endereço de residencia e se vc nao eh residente em lugar nenhum, como faz? Nao saberia te dizer…

    O aluguel depende: ate turista aluga apartamento, atraves de agencias especificas para turistas.

    Com o codice fiscale vc ja pode alugar um apto, junto com algum documento que comprove que vc eh voce, um passaporte italiano talvez sirva. Alias, o passaporte vc pode fazer em uma questura qualquer.

  28. Desculpe, tantas perguntas,e agradeco muito pela sua atencao!
    Ja' tenho o meu passaporte Italiano,mas to sentindo muita dificuldade daqui do Brasil, para as imobiliarias me darem atencao,e exigindo os documentos como forma inicial de conversa.
    Bom , novamente lhe agradeco…um bom final de semana!

  29. Bom dia!!!
    Eu gostaria de saber, porque pretendo ir conheçar a europa…
    Eu tenho que estar com tudo certo , sobre meus impostos na receita federal???
    Ou se eu estar devendo algum imposto , isso pode acarretar algum problema em meu imbarque???
    Obrigado..

  30. Bem, o ideal é que você esteja em regra com seus impostos. Se você for um mega sonegador procurado pela polícia pode ser que seja difícil embarcar… ;)

  31. Estou ilegal na italia a 1 dia, posso pedir a renovacao do meu passaporte assim permetindo que eu fiquei qui por mais 90 dias, corro algum risco se falo q meu passaporte foi roubado, eles exigem o periodo que voce chegou.tenho q levar a fotocopia do passaporte, eles podem saber o quanto tempo estou no pais… Agradeco muito..to ansiosa

  32. Se voce diz que esta ilegal imagino que nao tenha o passaporte e cidadania italiana, certo?
    Para renovar o passaporte brasileiro voce deve ir ate o Consulado Brasileiro.
    O Consulado Brasileiro eh uma especie de territorio brasileiro dentro da Italia, que serve exatamente para ajudar os brasileiros fora do Brasil. Voce pode ir ate la renovar seu passaporte brasileiro sem problemas.

  33. Ola tenho um conflito , tenho dois passaporte europeu e outro brasileiro , quero viajar para frança tenho que sair do brasil com o brasileiro ,mas na hora de sair nao irei encontrar problemas ? sendo que nao tenho nehum problema quando chega la apresento o alemao entro sem probelams . gostaria de uma sujestao ou experiencia que possa me despreocupar um pouco .obrigada

  34. Pela lei brasileira voce eh obrigada a sair e entrar no pais com o passaporte brasileiro. Quando estiver na Europa, entre e saia com o passaporte europeu. :)

  35. Essa era minha dúvida também… Tenho passaporte italiano e brasileiro, em maio vou pra França. Saio daqui com o brasileiro, entro lá com o italiano, até aí tudo bem. De lá eu vou para Bali, e o visto pra Indonesia esta carimbado no meu passaporte brasileiro.. então, saio da França com o italiano, entro em Bali com o Brasileiro, é isso? Mais uma coisa, quando comprei a passagem pela Ibéria, indiquei o numero do passaporte brasileiro, terei problemas para entrar na europa com o passaporte italiano? Ou no final das contas, uso somente o brasileiro e pronto? :) obrigada!!

  36. tenho uma duvida, convivi com o pai da minha filha por 10 anos, ele estava tirando a cidadania, e faleceu qual sao os meus direitos?
    se pudessem me responder eu agradeceria..

  37. Oi boa noite. Não sendo italiano, posso requerer uma identidade aqui na Itália na Comune? Pois minha carteira de Habilitação brasileira venceu e preciso dirigir na Itália e para emitir uma Habilitação italiana necessito de uma identidade italiana. Já possuo Permesso di Soggiorno e Codice Fiscale.
    Muito Obrigado

  38. @Claudia Goulart
    Primeiro informe-se em um patronato da Italia no Brasil (voce mora no Brasil, vero?). Dependendo da resposta consulte um advogado ou um especialista em cidadania.

    @Andre
    Ja falei mil vezes no blog e honestamente nao tenho tempo para ficar repetindo

    @Alfredo
    Voce pode ter uma carteira de identidade italiana mesmo nao sendo italiano. I importante eh que vc tenha ja a residencia (que em geral consta na carteira de identidade). Procure a Anagrafe do seu comune para fazer a carteira de identidade. abs,

  39. @Anonimo sobre os passaportes
    Use o brasileiro para tudo menos para entrar na Europa. Para entrar e sair da Europa apresente o passaporte europeu. Simples assim. Boa viagem! E depois volta para contar para gente como foi (e deixar todo mundo com agua na boca!)

  40. OLá! Moro em Sampa e finalmente a minha cidadania italiana foi reconhecida,já estou providenciando o meu passaporte italiano junto ao Consulado.Só que tenho 1 dúvida,alguém poderia me responder? Já fui p/ a Italia algumas vezes e sempre fiquei na casa de 1 amiga minha(que é italiana) e estou pretendendo voltar p/ lá no ano que vem,talvez em maio ou em junho,já c/ o meu passaporte italiano nas mãos.A minha dúvida é a seguinte:se eu for até a Comune (ou prefeitura),onde a minha cidadania foi reconhecida,lá eles me dão a carta de identità italiana,mesmo que eu não tenha residência fixa lá na Italia e esteja hospedada na casa de 1 amiga?
    Agradeço pela atenção! ;)

  41. @Vivi Acredito que nao seja possivel tirar a carteira de identidade na Italia porque antes voce tem que transferir a residencia para a Italia (aqui, como vc sabe, nao basta apresentar uma conta de luz, voce faz o pedido de transferencia de residencia e eles vem controlar se vc mora no lugar mesmo…)

  42. Buon giorno,

    Bem,eu me chamo Juliana e,eu sou casada na Italia da trez meses,mas,moro aqui ja fazem setes meses. Eu gostaria de saber se eu posso conseguir o passaporte italiano ou nao,pois,eu vi em um site em que apenas descendentes de italianos o possam adquirirem. Uma outra domanda é:eu fiz uma ligaçao ao consulado do Brasil em Roma,e eu perguntei sobre a cidadania italiana…eles me disseram que somente o comune é que pode me dar essa informaçao…me disseram também que talvez eu possa conseguir a cidadania italiana..SE…

    Bem,eu tenho todos os documentos daqui…Permesso di Soggiorno,Carta de Identidade,la tessera sanitaria,estratto di matrimonio…tudo tudo de documentaçao. Bem,em que senso eu nao poderia conseguir a cidadania?

    Sinceramente,

    Juliana Marilac.

  43. gostaria de tirar uma duvida,meu namorado é italiano,ele veio aqui ao brasil em dezembrode 2009 fiquei sabendo que ele veio aqui em abril e não me falou nada,é possivel um estrangeiro entrar no brasil sem carimbar o passa-porte?pq eu perguntei a ele e ele me garantiu que não veio aqui nesse periodo,essa é minha duvida,tambem falou que ia me mostrar o passa-porte.espero que voces tirem minha duvida.bj

  44. @Juliana Marilac
    Realmente o consulado do Brasil nao tem nada a ver com a cidadania italiana. O Consulado do Brasil na Italia serve para fornecer informaçoes e documentos do Brasil.

    O passaporte italiano em geral se tira na Questura da sua cidade, mas para ter o passaporte italiano voce tem que ter cidadania italiana (vc pode ter por casamento, nao sei se eh o seu caso, mas acho que em geral eh necessario pelo menos uns 3 anos de casada).

    De qualquer modo, telefone ou va pessoalmente a questura mais proxima e confirme.

    abs,
    Barbara

    @Anonimo
    Em geral quando vc entra e sai de um pais voce tem que ter o carimbo de entrada e saida do pais.

  45. Olá,
    Vou para a França ficar dois anos e tenho o passaporte italiano. Quero saber se preciso de um visto ou com o passaporte italiano eu posso ficar o tempo que quiser. Meu passaporte italiano foi emitido em 2005 e é válido até 2015, acredito que ele não tenha o melhor sistema de leitura (eletrônico), tenho a necessidade de fazer outro?
    Obrigado

  46. Com o passaporte italiano voce pode entrar tranquila na UE (Uniao Europeia) e circular tranquilamente pela Europa, independente do sistema de leitura (o eletronico eh interessante principalmente se vc for viajar para os EUA).

    Para morar por longo tempo na França informe-se se a França requer algum tipo de documento especial que varia de pais para pais

    abs,

    Barbara

  47. Estou quase há um ano e meio trabalhando na Itália clandestina..estou querendo voltar ao Brasil para casar-me com um ítalo-brasiliano..A minha dúvida e':visto que o meu passaporte está vencido devo renová-lo no Consulado do Brasil??Me disseram que poderia voltar ao Brasil sem problemas porque não posso ser "barrada" na minha pátria.. Outra dúvida e' .. corro o risco de "rientrare" na Itália só depois de cinco anos??Existe controle na saída??Por favor me ajude..

  48. Estou quase há um ano e meio trabalhando na Itália clandestina..estou querendo voltar ao Brasil para casar-me com um ítalo-brasiliano..A minha dúvida e':visto que o meu passaporte está vencido devo renová-lo no Consulado do Brasil??Me disseram que poderia voltar ao Brasil sem problemas porque não posso ser "barrada" na minha pátria.. Outra dúvida e' .. corro o risco de "rientrare" na Itália só depois de cinco anos??Existe controle na saída??Por favor me ajude..

  49. Sim, voce deve renovar o seu passaporte no Consulado do Brasil na Italia. Dentro do Consulado do Brasil eh como se voce estivesse no Brasil e valem as leis brasileiras. Alem disso o Consulado serve para ajudar brasileiros com necessidades no exterior e por isso recomendo que vc confirme todas essas duvidas com alguem la do consulado do Brasil.

    Em geral existe um controle antes de entrar no aviao, mas nao saberia dizer quanto rigoroso eh, em geral eles conferem simplesmente se o nome da passagem aerea corresponde ao nome do passaporte. Mas por via das duvidas, confirme no consulado.

    Abraços,

    Barbara

  50. Boa noite

    tenho dupla nacinalidade,meu passaporte italiano expirou em 2003, no site doconsulado italiano as informações sobre a renovação de passaporte não ficaram claras. o que devo fazer? existe alguma documentação ou taxa que deva pagar antes de ir ao consulado?obrigada

  51. Ola Boa noite, ja te enviei alguns e.mail e nao obtive resposta rsrsr,mas deixa pra la.

    Gostaria de tirar uma duvida entrei na italia pela primeira vez dia:31/10/2009 e sai da italia dia:23/12/2009. ou seja fiquei 54 dias.
    Entao vim para o Brasil preparar os meus documentos para me casar com o meu noivo.
    Voltei para a Italia dia 11/02/2010 e iria casar dia 08/05/2010 porem apos a publicaçao do meu casamento me avisaram que eu estava inlegal pos fizeram a contagem da primeira vez que fui entao tive que sair da italia dia 28/04/2010 ou seja mais 77 dias. Ao todo com as duas viagens foram 131 dias o qual ultrapassei 41 dos 90 dias.
    Ou seja gostaria de saber quando posso voltar sem problemas?Minha nulla osta tem validade de 6 meses e esta no comune.
    Me ajude a tirar essa duvida! Obrigado

  52. Se vc esta casando com um italiano, com todo respeito, ele deveria ser mais interessado na sua situaçao e resolver isso diretamente para vc na cidade dele.
    Essa pergunta que vc me fez eh uma pergunta que deve fazer la onde disseram que nao poderiam efetuar o casamento. Vc ja esteve la e nao perguntou?
    Eu nunca vi um caso como o seu e nao saberia explicar. Talvez sejam regras da sua cidadezinha. Tem turista que vem para a Toscana e se casa em 2 dias.
    Ou seu noivo mora em um cidade no sul, onde sabe-se la quem dita as regras, ou ele eh bem desinformado. Se vc tivesse pago uma agencia de casamentos, ja tinha resolvido isso faz tempo e teria economizado em passagem aerea…
    Ou vai ver que eh uma desculpa do seu noivo que nao quer casar? Boh…

  53. Te agradeço por me responder, a nossa cidade é vicenza, estive na questura e o policial da imigraçao me disse que ja estava inlegal e nao poderia me casar e fazer nada legalmente, deveria tornar ao brasil o mais rapido para nao ser deportada e assim depois voltar a italia e casar.Te respondendo a pergunta nao perguntei o bague foi tao forte que fiquei sem palavras.
    O que acontece é que uns falam 3 meses e outros 6. E em relaçao ao meu noivo, o pai dele faleceu deixando os negocios na mao dele o qual dificulta a agilides da nossa vida pessoal (te confesso). Porem em relaçao dele querer casar ou nao foi uma atitude de ambos,mas…
    O que posso de pedir agora é, se voce poder me indicar uma "agencia de casamento" ou mesmo outra opçao para tirar essa duvida.
    Te agradeço, e aguardo resposta.
    Parabens pelo Blog

  54. Oi…

    Eu fiquei ilegal na italia um mes e meio. Eu quero voltar pra passar quinze dias de boa. Eles caribaram meu passaporte normal e tals.! vou ter algum problema? ja que eu entro com carta convite e fico hospedada numa casa de italianos?

    obg

  55. Se vc ficou ilegal mas ningue percebeu (ninguem = governo italiano) pode voltar sem problemas. :) Eh como se nunca tivesse ficado ilegal…

  56. sempre soube que meu pai havia feito a cidadania italiana tão logo nasci. Hoje com 60 anos, indo ao consulado italiano no Brasil…descubro que meu nome não consta….como faço para saber se esse pedido de cidadania ,foi feito e aceito.

  57. Olá!
    Meu esposo tem dupla cidadania. Brasileira e Italiana.
    Ele rege a orquestra de Roma em 2011 e pediram para ele o "codice fiscale". É preciso ir em um consulado italiano? Só poder ser ele, pessoalmente a preencher o formulário de requisição do código?
    Grazie Mile!
    Rosse

  58. Boa tarde,

    Tenho uma amiga que vem me visitar e ela ja ficou uma vez um mes aki ilegal e esta voltando agora depois de 2 meses pra passar somente 15 dias…quando ela saiu nao notaram qeu ela tinha ficado a mais ( nao tem carimbo vermelho) tem perigo de ela voltar e nao deixarem ela entrar? eu vi que tem uma pergunta parecida em cima mas gostaria de saber se vc ja presensiou algum caso e tem certeza?MUITO OBRIGADA VOCE FAZ UM OTIMO TRABALHO.

  59. Oi Aline,
    Na verdade tudo depende da sorte. Geralmente quando eu viajo mal olham no meu passaporte, especialmente quando viajo dentro da União Européia e mais ainda de carro.
    Às vezes viajando de carro não te param e nem te pedem nenhum documento.
    Acho que depende muito de onde ela vem e como vai chegar, de qualquer modo, desejo boa sorte.
    abs
    Barbara

  60. ola meu nome e rosi sou casada a 4 anos com um italiano nao pede a cidadania italiana seu pedir o proximo ano em janeiro quanto tempo dura pra chegar eu moro com ele na suica obrigada

  61. SOU BRASILEIRA LEGALIZADA EM PORTUGAL MEU FILHO É PORTUGUES DE 3 ANOS FILHO DE PORTUGUES,QUERO IR AO BRASIL ANO QUE VEM E QUERO LEVALO MAS O PAI NAO PODE IR ALGUEM SABE SE EU POSSO LEVALO SO COM A NACIONALIDADE DELE A AUTORIZACAO DO PAI.E SE É PRECISO TIRAR 2 PASSAPORTES PORTUGUES E BRASILEIRO?OBRIGADO

  62. Amigos,

    Tenho cidadania e passaporte Italiano. Viajei para os EUA ano passado com a cidadania italiana, sendo que o fui orientado a colocar um SELO/adesivo no passaporte Italiano para tal viajem, o que foi feito.

    O referido SELO tem validade de um ano.

    Ocorre que, agora estou indo para Italia e França e não sei se é necessário um novo SELO, já que o meu passaporte é valido até 2018.

    Sendo assim, pergunto: alguém sabe se é necessário o dito SELO para entrar na Europa (Itali e Frça), ou basta o passaporte italiano ainda válido???

    Obrigado.

  63. Acabei de postar o comentário acima.

    Meu nome é Glauco, sendo que postei como anônimo, pois com outro perfil, não deu certo.

    Se possível, alguem responda sobre a necessidade do dito SELO do passaporte italiano para viajar pela Europa.

    Obrigado.

  64. Prezados,

    Estou a caminho de Lisboa (Portugal) para finalizar meu curso de mestrado e, tal como da primeira vez em que fui para lá, utilizarei o meu passaporte italiano.

    Contudo, reparei no meu passaporte que um determinado SELO referente a uma certa taxa está vencido e gostaria de saber se obrigatoriamente terei que me dirigir ao consulado italiano em BH para paga-lo novamente ou se não há problemas em utilizar o meu passaporte sem o referido SELO…Afinal, ele ainda está no período de validade…

    Com meus melhores cumprimentos.
    Ciro

  65. Ciro,
    É melhor você renovar o selo para viajar tranquilo. Em geral, viajar dentro da comunidade européia é tranquilo, bastaria uma carteira de identidade. No entanto, conheço amigos brasileiros que no passado tiveram problemas.
    Abs,
    Barbara

  66. Mas é verdade que este selo seria para controle em termos de arrecadacao apenas se a pessoa chega ou sai pela Italia rumo a outro destino que nao aos Estados pertencentes à Uniao Europeia?
    haveria problema em me valer do passaporte mesmo sem o selo atualizado caso eu viajesse dentro dos limites da UE?

    Att,
    ciro

  67. Ola,

    Estou indo para a Italia dia 13 e me caso no dia 22 de março. Gostaria de saber se mesmo de casamento marcado e documentos compravando isso, eu devo marcar obrigatoriamente a minha volta para o Brasil em até 90 dias. Porque senao vou marca-la para Dezembro.

    Obrigada,

    Carolina.

  68. Oi,
    Tenho uma duvida, ja estou na Italia a sete meses quero me casar e ja preparei todos os documentos porem eu deveria sair do pais pra carimbarem o meu passaporte? pra eu nao ter problemas?
    Obrigada, Tamires.

  69. Tenho dupla nacionalidade, em outubro/novembro de 2010 viajei para a Espanha só com o meu passaporte frances. Enrroscou um pouco na PF no embarque e no desembarque, mas viajei. Depois descobri que a PF não pode impedir de VC viajar desde que tenha um passaporte válido. Abraço.

  70. Bom Dia,estou na Italia e fui hoje no consulado brasileiro em milao,tenho dupla cidadania para saber se posso entrar no brasil com o passaporte Italiano,sendo que o meu brasileiro esta vencido eles me disseram que sim.Porque tem escrito no site do consulado que os brasileiros sao obrigados a entrar no brasil com o passaporte brasileiro,como eles me responderam de sim eu nao perguntei como faço para renovar o passaporte do meu filho de 13 anos,porque preciso da autorizaçao judicial brasileira ou italiana assim eu li no site,mas aquela Italiana de deve ser traduzida em portugues?o juiz Italiano me deu a autorizaçao para fazer aquele Italiano,nao sei se vale para renovar aquele brasileiro porque eu escrevi no pedido a autorizaçao para passaporte Italiano.ALGUEM ME AJUDE,OBRIGADA

  71. Senhora para tirar sua duvida vai ter que ir de novo ao consulado.é uma vergonha que a embaixada ou consulado brasileiro nao tenha nenhum numero de telefone para tirar as duvidas dos brasileiros na Italia.

  72. A recomendação é a de que brasileiro entre no Brasil com passaporte brasileiro. Para tirar eventuais dúvidas, escreva um e-mail para o Consulado brasileiro.

    PS. O comentário acima do seu um leitor disse que encrencaram pela falta do passaporte, mas a PF não pode impedir que você viaje se tem um passaporte válido.

    Por via das dúvidas, é melhor ter sempre toda a documentação em ordem, seja brasileira como italiana. Dupla cidadania, dupla burocracia :)

  73. Muito Obrigada!mas eu ja mandei um e-mail para o consulado.Uma vez dois anos atras ate hoje espero a resposta,mandei ontem outro quem sabe se dessa vez me respondam.Gostaria muito que o consulado brasileiro dessa mais atençao aos brasileiros na Italia.

  74. oi,morei na italia dez anos,tenho a cidadania,pasaporte e tudo,mas agora dia 23 de abril,tenho que voltar na italia,mas meu passaporte brasileiro esta vencido,nao vi antes,agora me falaram que nao da tempo,mas que posso viajar com o italiano,sera que posso?na policia federal me falaram que sim.obrigado.

  75. obrigado,,,,por mais esse sim espero quando chegar ao aeroporto todos digam sim tbem,ha gostaria de parabenizar pelo trabalho,as vezes moramos no exterior e perdemos dias de trabalho em um consulado e nao resolvem nada,e sao orgaos colocados ali pra ajudar BRASILEIROS no EXTERIOR e nao complicar mais ainda a vida dessas pessoas,e vcs respondem e dao atençao,OBRIGADO….

  76. Bom dia. Portador de passaporte italiano e brasileiro, aluguei pela internet um automóvel na Alemanha (além disso, cruzarei a fronteira com a França de carro). Vou entrar na Europa com passaporte italiano mas, apesar disso, para efeitos de aluguel/condução de veículo, devo apresentar documentos de habilitação brasileiros (os únicos que eu tenho – CNH e PID) e, portanto, também o passaporte brasileiro, certo? Ao apresentar um passaporte brasileiro sem carimbo de entrada (Alemanha e França), isso não será um problema?

    GUILHERME

  77. …aliás, bom mesmo seria se, no aeroporto de Frankfurt, onde chego, me carimbassem entrada nos dois passaportes. Alguma chance?

    GUILHERME

  78. Guilherme,
    Nao complique as coisas, nao eh preciso carimbar os dois passaportes, ate pq para entrar na Alemanha da Italia nao eh preciso carimbar passaporte italiano (bastaria mostrar a carteira de identidade ou o passaporte italiano).
    Alem disso, como turista brasileiro vc pode viajar tranquilo pela Europa por 3 meses e provavelmente vao carimbar o seu passaporte apenas quando vc desembarcar na Europa pela primeira vez.
    Obvio traga os dois passaportes. Na Europa mostre o italiano. Se pedirem o brasileiro, mas nao creio seja necesssario.
    abs
    Barbara

  79. Obrigado pela atenciosidade e a resposta, Bárbara. Mas vou do Brasil (e não da Itália) à Alemanha, chego de avião em Frankfurt, onde apresentarei o passaporte italiano.

    Entretanto, vou dirigir com CNH brasileira.

    Passaporte italiano + CNH brasileira: esta é a dúvida.

    Guilherme.

  80. estou com o passapote brasileiro vencido ,confundi as datas de vencimento,28 de março (venceu)achei que venceria 28 de maio,estou com passagem comprada pra italia dia 22 de abril,tentei agendar na policia federal mais proxima da minha cidade pra renovar ,eles disseram que teria vaga na primeira semana de maio,sera que consigo viajar com o passaporte italiano,agradeceria muito se ouvesse uma resposta,ha e parabens pelo blog,vcs tem ajudado muito mais que muitos consulados.

  81. Oi, eu estou planejando ir embora da italia para o brasil. eu tenho qe fazer oqe aqui na italia? dar baixa em alguma documentaçao no comune? sou maior de idade.
    e tbm qeria saber como saio e como entro no brasil?? saio daqui com o passaporte europeu e entro no br com o brasileiro? na hora de comprar a passagem, qual deles usar? obrigada desde ja.

  82. OLHA MORO EN BRUXELAS DEPOIS DE MUITOS ANOS,E POSSO DIZER QUE O CONSULADO BRASILEIRO AQUI E UMA POUCA VERGONHA,TRATAN OS BRASILEIROS COMO CACHORROS,é UMA POUCA VERGONHA QUE TEMOS QUE PAGAR POR ESSE SERVICO.MEU PASSAPORTE ESTA VENCIDO A ANOS E NEN LA RETORNEI.O POVO BRASILEIRO JA SAI DO BRASIL POIS TEM UMA VIDA DIFICIL E AQUI E HUMILHADO QUANDO VAI NO SEU CONSULADO.QUE COMO TODOS SABE UM CONSULADO E PARA REPRESENTAR O CIDADAO QUE ESTA FORA DO SEU PAIS.POCO VERGONHA MESMO.PORISSO QUE NAO VOTO A 10 ANOS.ONDE ESTA NOSSOS GOVERNOS QUE NAO VEJAN E NAO FAZEN NADA CONTRA ISSO….

  83. Tenho dupla cidadania, italiana e brasileira. Moro no Brasil e em julho agora (2011) estarei indo a Italia. Ocorre que ao comprar as passagens eu coloquei meu nome italiano (sem o sobrenome de casada) e a empresa de turismo que nos vendeu disse que serei barrada porque meu passaporte brasileiro tem o sobrenome de casada e o italiano não, portanto tenho que cancelar a que comprei e efetuar nova compra. Isso é assim mesmo?
    No check-in sou também obrigada a apresentar o passaporte brasileiro? Ou a obrigatoriedade de apresentar o brasileiro é somente na Polícia Federal?
    Agradeço antecipadamente a resposta.

  84. Ola, se vc temtb umpassaporte italiano com o nome igual ao da passagem leve os dois passaportes e vc dificilmente tera problemas. Eu particularmente te aconselho de pedir o ripristino del cognome aqui na Italia. Ter sobrenome diferente em dois paises pode gerar problemas e confusao. Boa viagem

  85. olá ,bom dia ,tenho dupla cidadania e diretamente realizada em 2010 na itália.Tive que retornar ao Brasil antes que a cidadania fosse concedida e não consegui fazer os passaportes.Posso ainda retornar ao comune de origem para faze-lo?

  86. Estou indo morar com meu namorado na italia,porem talvez demore um poco de tempo para nos casar, posso estar por 90dias? Posso tambem providenciar os meus documentos por lá mesmo ?

    Aguardo
    Obrigada!

  87. Eu tenho dupla cidadania Brasileira-Israelense e moro em Israel a varios anos. Meu passaporte brasileiro acabou a validade e nao tenho o menor interesse de renova-lo. Nao moro nem morarei no brasil, entao nao vejo o porque nem mesmo da cidadania. Mesmo assim eu nao posso entrar no brasil com o passaporte israelense?

  88. Alex,
    Nao eh uma questao de ideologia ou de preferencia.
    A regra eh que brasileiro entra no Brasil com passaporte brasileiro.
    Agora, se vc vai conseguir entrar com passaporte israelense já é outra coisa…

  89. Tenho dupla cidadania, brasileira e portuguesa.Vou viajar para os Estados Unidos e verifiquei que expirou a validade do meu passaporte brasileiro.

    Posso viajar usando o passaporte português que está válido, mostrando o brasileiro vencido?

    Desde já obrigada.

  90. Olá, tirei minha cidadania agora e estava vendo os custos pra obter o passaporte no Brasil. Uma amiga disse que todo ano devemos renovar um selo que aqui custa por volta de E$82,79. Ela disse também, que se você fica sem renovar por 5 anos por exemplo, quando for renovar o selo deverá pagar pelos 5 anos perdidos. É verdade isto? Não pretendo morar fora do Brasil e não estou conseguindo ver vantagem financeira em ter o passaporte italiano. Alguém poderia me esclarecer? Tentei falar com o consulado mas eles foram muito confusos.
    Também queria saber se ao desembarcar nos USA, saindo do Brasil com passaporte brasileiro, posso entrar com outro passaporte sem ter problemas, alguém sabe?
    Obrigada!

  91. @Brasil na Itália

    Muito bom saber que é possível mudar o sobrenome! Eu moro na Áustria e é um sofrimento já que em cada passaporte (italiano e brasileiro) tenho um sobrenome completamente diferente! Você sabe se eu posso mandar essa carta para um consulado local ou só direto para Firenze? Ou você mandou para Firenze pq mora na Itália? Eu sei que a minha família é originalmente de Padova. Abcs e obrigada

  92. Eu mandei para Firenze porque moro em Firenze. Você deve mandar para a sua jurisdição. Informe-se no consulado mais próximo e depois conta pra gente como foi.
    beijos
    Babi

  93. Oi Babi,

    muito obrigada! Entrei em contato com o consulado de Viena, eles me disseram que tinha que preencher o Mod.A – Istanza di cambiamento del cognome per maggiorenni e o Autocertificazione_maggiorenni.doc e que o processo pode durar dois anos. Quanto tempo demorou no seu caso? No primeiro formulário, tenho que explicar os motivos pelo qual quero trocar o sobrenome. Dei uma olhada na sua carta que vc postou e queria tb acrescentar que como já tenho artigos publicados, fica complicado agora publicar com outro nome… será que vc poderia me ajudar a escrever essa frase em italiano? tô com medo de usar o google translator e sair tudo errado… grande abraco e mais uma vez obrigada

  94. Ola pessoal!
    Espero que vcs possam me ajudar! Tenho dupla cidadania, brasileira e italiana,e estou com uma duvida. Vou para os EUA agora em outubro e a agencia emitiu a passagem com meu sobrenome de casada, mas no meu passaporte italiano(que é o que eu vou viajar porque nao tenho visto americano)meu sobrenome é de solteira e somente na pagina seguinte tem uma observação falando do sobrenome do meu conjuje.
    Sei que tiveram comentários semelhantes, mas é que como a viagem é para os EUA estou preocupada…dizem que eles sao bem chatos com essas coisas..
    Outra duvida: vi no site da embaixada americana que preciso responder um questionário, (ESTA) para aqueles que querem se isentar do visto…isso vale pra quem tem dupla cidadania também, correto??
    obrigada desde já!!

  95. Tenho o nome de solteira no passaporte por ocasião da cidadania por sanguines italiana e nome de casada no passaporte e documentos Brasileiros, o que implica em compra e venda de imoveis no Brasil, ou por ocasião de minha morte dara complicação para meus filhos que tem nos documentos italianos por cidadania e passaporte italiano deles o meu nome de casada??? Ou aqui no Brasil o que interessa são meus documentos brasileiros e os deles tambem?
    Quem poderá me dar uma orientação correta do que devo fazer a respeito, agradeço.

  96. Jô,
    Não saberia te responder, o ideal é que você consulte um especialista para entender que problemas esse nome diferente em dois países pode trazer.

    Por via das dúvidas, quando mudaram o meu sobrenome aqui na Italia eu fiz um “Ricorso per il ripristino di cognome” no Tribunal de Firenze (o Comune que me concedeu a cidadania e onde eu era residente) para voltar a ter o mesmo sobrenome do Brasil. Foi bem simples, e nesse caso nem precisei de um advogado.

    Um abraço,
    Barbara

  97. HÁ UM PROBLEMA SÉRIO POR FAVOR ME AJUDEM

    TENHO UM CONHECIDO QUE TEM DUPLA CIDADANIA COMO EU A ITALIANA E BRASILEIRA

    O QUE ACONTECE É QUE ELE TEM NOMES DIFERENTES NO PASSAPORTE, ELE TEM O JÚNIOR NO FINAL NO BRASILEIRO, E SEM O JÚNIOR NO ITALIANO.

    COMPRAR A PASSAGEM COM O NOME DE ITALIANO CORRETO ?

    E A ENTRADA NO BRASIL COM PASSAPORTE BRASILEIRO SENDO QUE NO FINAL CONSTA COMO JÚNIOR O QUE FAZER ?

    NÃO VÃO VER SEM O JÚNIOR NO TICKET DE VIAGEM ?

    POR FAVOR ME AJUDEM SE ALGUÉM SABE INFORMAR A QUESTÃO

    ATÉ PARA FALAR COM A POLÍCIA FEDERAL NO BRASIL É COMPLICADO !!!! É QUE ELE TEM MESMO QUE SAIR DA EUROPA, PORQUE ELE É COMO ITALIANO E TEM O CARTÃO DE ESTRANGEIRO LEGALIZADO NO PAÍS COMO ITALIANO.

    OBRIGADA

  98. Cara Bárbara,
    Primeiramente, agradeço o empenho com que você soluciona tantas dúvidas, via de regra, emergenciais e com fontes tão escassas de solução.
    Para não fugir à regra, minha situação é uma emergência também.
    Sou cidadão ítalo-brasileiro e meu caso é o seguinte: devo ir estudar em Portugal já no começo de janeiro. Pelo curso, eles me mandaram as passagens, o seguro viagem e a carta de chamada da Universidade com meus dados do passaporte brasileiro. Pedi que alterassem, mas eles não estão dispostos. Assim, pergunto:
    1) Há algum problema se eu entrar com o passaporte italiano em Portugal para estudar por um prazo de 90 dias (ainda mais porque eles só disponibilizaram meus dados referentes ao passaporte brasileiro)?;
    2) Se houver, não tenho problemas em tirar o visto de estudo de Portugal no Passaporte brasileiro, mas depois de terminados os estudos e tendo entrado em Portugal com o Passaporte brasileiro, poderei viajar de Portugal para a Espanha, por exemplo, usando o Passaporte Italiano? Há alguma coisa que possa fazer para mudar minha qualidade para cidadão europeu quando estiver já na Europa?
    Muitíssimo obrigado,
    Francisco.

  99. Oi Francisco, tudo bem?

    Obrigada pela mensagem, vou tentar responder suas dúvidas que são simplesmente uma opinião pessoal. Recomendo que tenha sempre os dois passaportes com você por via das dúvidas.

    1) Não tem nenhum problema em entrar com o passaporte italiano em Portugal. Você tem cidadania italiana e nada mais natural que use um passaporte europeu na Europa.

    2)Você precisa checar se em Portugal existe necessidade de visto de estudo para brasileiro ou italiano. Por exemplo: um português pode vir para a Italia sem necessidade de visto, mas se por acaso decidir morar na Italia por alguns meses ele deve transferir a sua residência para a Italia.

    Para viajar pela Europa basta apresentar o passaporte europeu nos aeroportos. Ninguém vai ficar fazendo história, para falar a verdade eles mal olham meu passaporte.

    Às vezes nos hotéis eu dou um passaporte brasileiro, mas é mais por uma questão pessoal: adoro ajudar a aumentar a estatística dos brasileiros que viajam pelo mundo. Assim, quem sabe no futuro os hotéis investirão mais em serviços especiais para brasileiros. :)
    Você pode dar o passaporte que preferir. Dificilmente terá problemas.

    Boa viagem!

  100. Por favor, quem dupla nacionalidade e viaja para a Europa, eu já entendi que se sai e entra no Brasil com o passaporte brasileiro, e vive-versa na Europa. A minha dúvida é: no momento do check-in na cia aérea lá na Europa, pra voltar pro Brasil, qual passaporte devo mostrar?

  101. Bárbara,
    Muito obrigado.
    Então vou tirar o visto de estudante no Passaporte brasileiro só para garantir e entrar em Portugal com o brasileiro.
    Depois, pelo que entendi, me lomovo de Portugal para os demais países da Europa com o Passaporte italiano (não sendo importante que eu apresente o Passaporte brasileiro com o carimbo de entrada em Portugal, certo?). Mas quando for embora para o Brasil: 1) devo apresentar o Passaporte brasileiro (onde recebi o visto de entrada em Portugal) para dar baixa? 2) Mesmo tendo viajado por mais tempo que os 3 meses permitidos na Europa? 3) Não tem problema ficar com o carimbo de entrada no Passaporte brasileiro e sair com o italiano?
    Na verdade, minha dúvida é se eu entrar com o visto de estudante português no Passaporte brasileiro, posso viajar com o outro, Passaporte italiano pelo resto da Europa, por quanto tempo quiser? E na hora de ir embora, devo dar baixa no brasileiro, mesmo tendo ficado mais tempo que o permitido?
    Obrigado novamente e me desculpa a insistência.

  102. ola….gostaria de uma ajuda urgente,
    moro na italia ha seis anos, tive uma filha aqui, com meu ex marido que è brasileiro e mora aqui tb, trabalho tenho documento aqui, tudo certo, è que tenho passagem marcada pro Brasil dia 19 de janeiro o pai da minha filha ja fez a autorizacao de viajem pra ela, tudo certinho, o problema è, a volta esta marcada pro dia 6 de fevereiro e o passaporte da minha filha vence dia 15 de fevereiro, terei algum problema pra sair do brasil e retornar a italia ? o passaporte nao estara vencido mas faltando poucos dias pra vencer,
    lembrando que tenho residencia fixa na italia e o pai tb, e que o passaporte dela foi tirado no consulado do brasil em milano, nos moramos aqui, e nao gostaria de ter nehuma surpresa, porque tenho que voltar a trabalhar no dia 8, obrigada estou anciosa!!!!

  103. Olà, eu atualmente moro na Italia e estou casada la com todos os documentos em dias, e voltei para o Brasil para passar ferias e fui assaltada, levarm meus documentos brasileiros que ainda estava com o nome de solteira, e quando fui retirar novamentes os documentos me falaram que tenho que colocar o nome de casada, gostaria de saber como fica em relaçao aos documentos italiano que esta com meu nome de solteira? irei voltar com os documentos com o nome diferente de como esta na Italia como funciona isso alguem sabe? se alguem puder me ajudar eu agradeço, obrigada

  104. Olá Barbara,
    Encontrei esse site por acaso e tenho que parabeniza-lá pela ajuda a tantas pessoas.
    Também tenho algumas duvidas.
    Vou mudar-me para Italia nesse semestre, tenho dupla cidadania.
    Sabes me dizer se preciso outros documentos, tipo identidade, cpf, ,italianos ? E se sim, como procedo para adquiri-los ?
    E tbm preciso saber quais documentos preciso para alugar uma casa .
    Obrigada
    Helena

  105. Você precisará certamente de um CPF, que você tira na Agenzia delle Entrate da cidade onde vai morar.

    Uma das primeiras coisas que deve fazer quando chegar é transferir a sua residenza para a Italia, vá até o Anagrafe e dê o endereço da casa onde você vai morar. (leia mais aqui: http://www.brasilnaitalia.net/2009/04/residenza-na-italia.html)

    Depois que chegar a confirmação da sua residenza você pode tirar sua identidade. Até lá você pode usar o seu passaporte italiano, que vale tranquilamente como documento.

    Não esqueça também de tirar a sua tessera sanitaria, para usar o sistema de saúde publico italiano.

    Em resumo acho que é isso.

    Para alugar a casa, acho mais fácil você ver isso através de uma agência acostumada com turistas (no entanto informe sobre a questão da residenza). É mais difícil conseguir um aluguel apenas por 6 meses sem poder demonstrar a renda (como por exemplo com uma busta paga / holerite). Provavelmente você terá que antecipar todo o valor do aluguel (ou boa parte dele).

    Abs

    Barbara

  106. Oi Bárbara,
    Tenho cidadania italiana,mas o meu passaporte italiano está com meu nome de solteira,e já faz muito tempo que me casei.
    Para viajar a turismo pra França preciso sair e entrar com o passaporte brasileiro e só na França apresentar o italiano.Dúvidas:A passagem deverá ser comprada com o nome do passaporte brasileiro,já que devo apresentar o passaporte brasileiro quando for viajar? Se comprar as passagens com o brasileiro,as reservas do hotel podem ser feitas no nome de casada?que consta no brasileiro,mesmo tendo entrado na França com o europeu? E o tal selo ,é preciso para a França? O fato de ter nomes diferentes(acréscimo do nome do marido)é necessário a tradução da certidão de casamento juramentada ?
    Se usar o nome de casada para a reserva do hotel terá problemas se apresentar o passaporte italiano com nome de solteira na hora do check-in ou posso apresentar o brasileiro.
    att

  107. Oi Bárbara,
    Existe a possibilidade de fazer uma averbação no meu passaporte italiano,para constar que houve alteração com o acréscimo do nome do marido? O meu passaporte italiano só tem 4 anos.Vou viajar e gostaria de sua orientação,se compro as passagens com o nome do passaporte brasileiro,e as reservas no hotel?
    Abs
    Frannie

  108. Frannie,
    Se você vai viajar com os dois passaportes na bolsa, não precisa se preocupar tanto. Em geral bastaria um único passaporte para fazer uma viagem a França e o brasileiro já seria suficiente.

    Você pode entrar na França com o italiano simplesmente por uma questão de pegar a fila para cidadãos europeus (que nem sempre é mais rápida, depende do vôo). De qualquer modo, se por acaso alguém implicasse por causa do nome de casada ou solteira você tem o outro passaporte para comprovar que é você mesmo.

    Nos hotéis, você pode tranquilamente apresentar o seu passaporte brasileiro, aliás é uma coisa positiva porque mostra que o número de presenças brasileiras nos hotéis europeus está aumentando e no futuro isso pode garantir mais serviços em língua portuguesa.

    Reserve tudo com o nome do passaporte brasileiro e boa viagem! :)

    abs

    Barbara

  109. - Passaporte italiano na alfandega brasileira -
    Olá,

    Tenho passaporte italiano e brasileiro. Moro no Brasil e vou para os Estados Unidos.
    Minha pergunta: Para evitar a alfandega posso passar com o passapote italiano em mãos para evitar que eles peçam para abrir mala?

    O que acontece se eu entrar no brasil com o passaporte italiano??
    E se eu não preencher o papel para brasileiros – aquele que tem que declarar o que tem na mala?

    Pq geralmente venho com umas 3 ou 4 malas.. e geralmente pedem pra eu abrir as malas.

    Teria como evitar isso com o passaporte italiano em mãos??

    Obrigada

  110. Kethy,
    Oficialmente os brasileiros são obrigados a entrar no Brasil com passaporte brasileiro. Essa é a regra. Eu nunca tentei entrar com o italiano para dizer o que acontece.

    Sobre o papel para preencher, as regras mudaram esse ano: nem todos são obrigados a preenche-lo, veja aqui: http://www.brasilnaitalia.net/2012/01/menos-burocracia-para-quem-faz-compras-no-exterior.html

    Quem sabe alguém pode dar dicas sobre essa situação em particular do passaporte italiano. Na verdade eu sempre viajo leve porque não tenho muita paciência para carregar mala e acho que por isso nunca fui parada.

    Se descobrir, depois conta aqui pra gente.

    abs

    Barbara

  111. ola boa tarde sou brasileira tive uma filha em portugal com um portugues , trouse ela para o brasil , mas agora o passporte venceu dela de portugues tambem tirei o registo dela aqui no brasil tambem , agora quero ir para portugal , qual o passorte q devo tira pra ela o portuges ou brasileiro ,, mim reponda urgente..

  112. Se a sua filha é brasileira, ela deve entrar e sair do país com o passaporte brasileiro (de acordo com as regras do Brasil). Para evitar ter problemas de entrada em Portugal, o ideal é também ter em mãos o passaporte português. Se possível tire os dois. Dupla cidadania, dupla burocracia.

  113. MAS ELA NASCEU EM PORTUGAL E PASSAPORTE PORTUGUES VENCEU SERA NESSECARIO TIRA O PASSAPORTE PORTUGUES , MAS POREM XEGANDO AUI NO BRASIL EU REGISTEI ELA POR SER FILHA DE BRASILEIRA , OU SERA D DEVO TIRAR O BRASILEIRO , TENHO MEDO IR XAGANDO EM LISBOA ELES MIM XATIAREM E ONDE DEVO TIRAR O PASSAPORTE PORTUGUES DELA AQUI NO BBRASIL..OBRIGADA

  114. Barbara, vejo que tem ajudado muita gente, penso que sou mais uma.
    namoro um italiano, ano passado fui 3 vezez na europa sem ultrapassar os 90 dias e de 13 de novembro de 2011 a 29 de janeiro tambem estive lá, minha duvida é: os dias que passei la ano passado conta para esse ano. ou cada ano que passa so podemos está lá 90 dias e voltar para o Brasil? me responda urgente pois penso em voltar esse final desse mes….e quero saber quanto tempo posso ficar lá ainda esse ano? abraço

    me ajude estamos aflitos pois nao temos respostas para estas perguntas…sao 90 ao ano?

  115. São 90 dias consecutivos da sua data de entrada na área de Schengen (os países europeus que aderiram ao tratado de Schengen, como a Italia, Espanha, França, Portugal, etc).

    Portanto, você pode voltar para a Italia novamente esse ano.

    Por via das dúvidas, entre em contato com o Consulado da Italia ou um patronato na sua cidade / jurisdição.

    Abs

    Barbara

  116. Barbara me desculpe, mas o que dizem é que em casa 6 meses é que se pode fazer isso….ou eu posso esta ali 2 agora volto aqui, e depois passar 3 meses…..isso que nao entendo bem…..perdoa a ignorancia mas preciso saber melhor de uma pessoa que ja viveu essa esperiencia…e no caso do eu queira estudar ali a lingua em um certo curso, como devo proceder para obter a autorização.

  117. Barbara,

    Fantástico seu esforço nesse blog, e o conteúdo valioso que você esta disseminando ao responder corretamente tantas questões. Acabei de passar as ultimas horas lendo centenas de comentários seus, e aprendi muito, apesar de já ter bastante experiência internacional (pois sou cidadão brasileiro, italiano e americano, e viajado).

    Agradeço a sua presença incansável nesse canto da net, e se assumo corretamente o sentimento de seus leitores, escrevo por muitos.

    Tudo de bom a você!

  118. Oi Admirador,

    Devo dizer que não é todo dia que aparece uma mensagem de agradecimento e sem nenhuma perguntinha anexada.

    Obrigada. É um bom modo de iniciar o dia.

    Tudo de bom para você também e até a próxima!

  119. Barbara, eu não tinha nenhuma pergunta especifica simplesmente porque você já as respondeu todas, em seus comentários anteriores. E antes de abusar da sua paciência, fiz a minha lição de casa e procurei aqui minhas respostas, que encontrei facilmente.

    Aliás, encontrei também muitas outras repostas, essas para perguntas que eu nem sabia que deveria fazer – e ai está o valor informativo e educacional do seu site. Sempre há algo mais a aprender, e muitas vezes importante.

    Pois parafraseando você, tripla cidadania significa tripla burocracia!…

    Então obrigado pelas respostas, que você já proveu de antemão.

  120. Eu vivo na italia minha filha veio me visitar para me ajudar ja que faço uma cirurgia e teve problemas em outro pais na europa ,pois entrou de novo sem esperar os 3 meses mas como tinha alguns dias ainda deixaram passar e carimbaram sua entrada mas falaram que depois destes dias estaria ilegal assim ela iria embora nos dias certos mas para ajudar ainda masi neste problema eu bati sem querer na maquina de lavar seu passaporte e agora posso tirar um novo sem problemas aqui mesmo na italia no consulado brasileiro ja que teve problemas na entrada em outro Pais.
    Me ajude estou preocupada nao quero que ela fique prejudicada por causa de mim .

  121. obrigada por me responder,mas por motivo familiar è dificil queria saber se ela tem problemas ao tirar um passaporte novo,pois ela tem a intençao de retornar breve ao brasil.
    Tirar um novo ela vai ter de qualquer forma pois o seu foi danificado.
    So quero me tranquilizar.

  122. OI Barbara, preciso de uma ajuda sua.
    Sou italo-brasileira moro no Brasil e estou indo para os EUA de férias em agosto.
    Vc sabe me dizer se posso entrar com o passaporte italiano?
    Que tipo de documentos pedem na alfandega além da autorizazzine (ESTA)?

  123. Oi Kauana,
    Já faz uns anos que não vou para os States e não estou atualizadíssima sobre os documentos necessários, o ideal seria você olhar diretamente na página da Embaixada dos Estados Unidos. (Parece que o governo Obama queria facilitar a entrada dos brasileiros, não sei como ficou a história).

    Você pode entrar tb com o passaporte italiano, lembre-se que para viajar com o passaporte italiano precisa pagar o bollo do ano. Sobre a necessidade ou não de outros documentos cheque na Embaixada/Consulado.

    Abs,

    Barbara

  124. Olá, eu tenho cidadania dupla brasileira e italiana, mas sempre morei no Brasil.
    Estou morando na França há 4 meses (entrei com passaporte italiano) e agora eu to presa entre questoes burocraticas misturadas entre França/BrasilÍtália.

    1) Seguro saúde: como cidada europeia, eu tenho direito a ele.
    Porém, como nao tenho seguro saude italino (nem nenhum outro documento italiano /salvo passaporte/) eu nao consigo “trasferir” nada.
    Nao sei como prosseguir.

    2) Onde eu posso conseguir informaçoes sobre esses problemas italia/frança em ingles ou portugues?
    A questao é que nao falo italino, e to no nivel médio de frances (que nao é suficiente para tirar duvidas assim complicadas).

    Obrigada.

  125. (gabriela esquecendo das coisas)

    ps1) Ah, e mais um questao: meu passaporte italino foi feito no brasil.
    Agora que to morando na frança, tenho que “atualizar” meu passaporte em relação ao meu local de residencia?

    Existe isso e é necessário?

    ps2) me disseram que se por exemplo, eu perder meu passaporte italiano, eu teria que pedir segunda via no consulado italino no brasil – que aqui no consulado da frança nao poderia ser, porque meu passaporte tá “registrado”no brasil.
    Isso é verdade?

  126. Olá Gabriela, tudo bem?

    Se você agora mora na França deve se informar se a França requer algum tipo de documento equivalente a residência italiana e nesse caso transfira a sua residência para a França como cidadã italiana. Essa informação você pode achar nos sites oficiais do governo francês ou eventualmente no blog de algum brasileiro que more na França e saiba te dizer se existe a “residência” na França (aqui na Italia foi implementada por causa da máfia).

    De qualquer modo, você deve avisar o governo italiano que agora mora na França, inclusive para poder renovar o seu passaporte diretamente na França em um consulado da Italia na França.

    Não é tão complicado como parece. Pense que neste caso o fato de ser cidadã brasileira não interfere em nada. Você é uma cidadã italiana residente no Brasil que passará a ser residente na França.

    Eu conheço muito pouco sobre a burocracia francesa. De qualquer modo, boa sorte. Abs Barbara

  127. Alguém sabe me dizer se preciso pagar a taxa anual do passaporte italiano para poder ir para os EUA entrando com o ESTA ?
    Soube que cidadão italiano x brasileiro ( dupla cidadania )que mora no Brasil e quer ir para os EUA não precisa pagar a taxa anual do passaporte italiano pois não está saindo da Itália.
    Alguém sabe alguma coisa sobre isso?

  128. meu marido nasceu no Brasil mas possui passaporte italiano, viajamos para para Portugal, ficamos lá 7 meses, ele entrou e saiu normalmente com o passaporte italiano e não o brasileito. Não houve nenhum problema.

  129. Paulistana, casada com italiano de Friuli, acredito no amor , fazer o que…

    Gostaria de saber se é possível pedir a citadania italiana se estou casada apenas 9 meses mas meu casamento acabou. Deixei meu país, minha vida para viver um grande amor mas me transformei em uma badante não remunerada, pois cuido da casa de meu marido e agora de seu pai de 90 anos. Como tenho uma filha de meu primeiro casamento, que está muito bem adaptada aqui, pretendo ir embora quando ela terminar a escola media, porque depois de tanta humilhação a única coisa de bom foi ver a facilidade de minha filha aprender o italiano e fazer amigas. Não quero romper novamente a vida dela, fazer com que ela refaça novamente o quinto ano no Brasil, e voltar prá trás como uma derrotada, mal amada. Vendendo um imóvel meu no Brasil, consigo comprar um apartamento aqui, mas gostaria de saber se posso ficar na Italia, tenho visto de permanencia de 5 anos. Meu marido, quer que eu continue morando com ele, cada um num quarto, mas pra mim isso é inviável. Ele tem alguma responsabilidade financeira nesta separação ? Eu gastei muito dinheiro para vir pra cá e deixar minhas coisas,por exemplo: encerrei minha empresa, coloquei meus imoveis para alugar, pago administradores pra isso, paguei multas por rescisões de contratos em meu país quando vim, vendi meu carro. Eu fui enganada por ele que era um doce mas agora mostrou quem é realmente.

    Perguntas:

    Posso sair da casa dele e pedir a cidadania ?

    Faz um ano que estou aqui, para conseguir a cidadania preciso esperar 2 anos ou o já posso pedir a cidadania ao síndaco ?
    ( saiu uma LEI NOVÍSSIMA : A partir de junho os procedimentos referentes a cidadania serao decididos pelos prefeitos e somente em casos excepcionais serao enviados a Roma. http://www.stranieriinitalia.it/attualita-cittadinanza_per_matrimonio_piu_veloce_dal_1_giugno_decidono_i_prefetti_15074.html )

    Devo aguentar essa situação na casa dele ou posso pedir que ele pague um aluguel enquanto vendo um escritório que tenho em SP para comprar um apto aqui ?

    Será que realmente preciso da cidadania, se tenho permesso di soggiorno por 5 anos, posso comprar um imóvel e depois poderei vendê-lo…

    Já me disseram que ele não me bota pra fora daqui porque os meus direitos de casada que não tem emprego e que tem uma filha menor de idade mesmo não sendo dele, exigiria dele uma pensão alimentícia de acordo com o padrão de vida que sempre tive e que tenho aqui na casa dele.

    Peço aconselhamento pois me vejo perdida e não quero me prejudicar tomando uma atitude impensada.
    Tem muita mulher que aguentaria, mas quero ser feliz nesta vida.
    Desde já agradeço, saudades do Brasil sem terremotos…
    abraços

  130. Oi Val,

    A melhor coisa a fazer no seu caso é consultar um advogado italiano.
    Pelo que andei lendo você deve ser casada por pelo menos 2 anos para ter direito a cidadania e não deve provocar o fim do casamento para ter direito a pensão alimentícia. Lógico que a pensão depende da renda dele e da sua: se a sua for maior que a dele, quem deve pagar pensão é você!

    Achei essas respostas no site do Consulado Brasileiro em Roma, que podem te ajudar:

    4) Sou casada com um cidadão italiano. Quais são os requisitos para obter a minha cidadania italiana?
    Para a concessão da cidadania italiana por matrimônio, os requisitos são os seguintes (Art. 5 Lei n.91 de 5/02/1992):

    • Ser casado com cidadão italiano e residir legalmente na Itália por pelo menos 2 (dois) anos a contar da data da celebração do casamento;
    • Se os cônjuges residem no exterior, o pedido pode ser apresentado após 3 (três) anos da data do casamento.

    Os prazos são reduzidos pela metade na presença de filhos nascidos ou adotados pelos cônjuges.
    No momento do decreto de concessão da cidadania italiana, não pode ter ocorrido a dissolução ou a anulação do casamento, bem como a separação pessoal dos cônjuges.
    O pedido de concessão de cidadania italiana deve ser apresentado à “Prefettura” do lugar de residência. Se residente no exterior, pode ser apresentada à competente Autoridade Consular.
    No pedido deve ser anexado uma “marca da bollo” no valor de € 14,62 e o comprovante de pagamento da taxa no valor de € 200,00 (duzentos euros), além da seguinte documentação exigida:

    a) Certidão de nascimento, traduzida e legalizada, de acordo com as indicações contidas no “modello di domanda”;
    b) Certidão penal do país de origem e eventuais outros países de residência;
    c) “Permesso di soggiorno”;
    d) Certidão integral de casamento;
    e) “Stato di Famiglia”;
    f) “Certificato storico di residenza”;
    g) Certidão de cidadania italiana do cônjuge;
    h) “Casellario giudiziale” e “carichi pendenti”;

    Caso a “Prefettura” emita um decreto favorável à concessão da cidadania italiana (após verificada a inexistência de motivos que ameacem a segurança do Estado italiano), a pessoa interessada receberá uma notificação da “Prefettura”.
    O decreto é notificado pela “Prefettura” do lugar de residência ou, se residente no exterior, pela Autoridade Consular.
    Dentro do prazo de 6 (seis) meses contados a partir desta notificação, o interessado deverá prestar juramento junto ao “Comune” de residência ou, se residente no exterior, junto à Autoridade Consular.
    O modelo de “Domanda di cittadinanza italiana” pode ser encontrado no site do “Ministero dell’Interno”: http://www.interno.it

    8) Quais são os direitos e deveres dos cônjuges no caso de separação judicial?
    Do casamento deriva a obrigação recíproca de fidelidade, de assistência moral e material e de coabitação. Com a separação, esses deveres se extinguem.
    Mas, continuam existindo, ainda, as obrigações de assistência e colaboração material entre os cônjuges. Por isso, um dos cônjuges pode requerer do outro a pensão alimentícia se comprovar que não deu culpa à separação, que não possui renda própria e a impossibilidade de sustentar o mesmo padrão de vida que mantinha durante a constância do casamento.
    O Juiz, ao estabelecer o valor dos alimentos, avalia a situação econômica de ambos os cônjuges, levando em consideração as rendas de cada um, o patrimônio e a capacidade para o trabalho.

    Abs e boa sorte,

    Barbara

  131. super obrigada, vou conseguir um emprego para ficar fora de casa o máximo q puder, só de me ocupar tentando fazer isso já me tirará dessa aflição, vou suportar mais 1 ano e 4 meses, nesse tempo vou pro Brasil a visita por 2 vezes, será o tempo da Grécia quebrar e os desesperados venderem por menos ainda seus imóveis, não é possível q a idade não sirva pra alguma coisa, devo ser objetiva como os alemães e não emotiva como brasileira. Muito muito obrigada Barbara.

  132. Oi Val,

    Certamente você foi bem corajosa deixando tantas coisas para trás em nome do amor. Infelizmente nem toda história tem final feliz, ou quem sabe, pode existir ainda uma esperança de vocês reencontrarem aquela chama de quando vocês se conheceram?

    Você já fez tanto para chegar até aqui, quem sabe uma boa conversa pode ajudar a superar essas diferenças?

    Estou torcendo por você. Boa sorte,

    Barbara

  133. Boa noite!! Em primeiro lugar gostaria de agradecer aos seus serviços prestados, esclarecendo as duvidas de forma clara e simples. Tenho duas duvidas, tenho dupla cidadania pois sou filha de alguém que tem os dois pais italianos e que nasceu na italia mas vieram viver no Brasil. Eu, Celina irei me casar em agosto e gostaria de saber duas informações, uma se o fato eu adicionar o sobrenome de meu futuro marido, terei problemas com meu passaporte italiano? Qual a melhor forma de eu proceder? E no caso de meu marido, ele poderia tb ter dupla cidadania e aplicar para ter o passaporte italiano? Se houver possibilidade, como eu poderei fazer? Ah queria também ressaltar para as pessoas que acessam o seu blog, quando fui passar um ano na Austrália perguntei na agencia se haveria diferença de usar o passaporte brasileiro ou italiano, confesso que fui tola de pensar que nao haveria diferença, porém a agencia me certificou de que nao haveria diferença, quando cheguei na Austrália pude enumerar os itens que fariam o meu intercâmbio muitoooooo melhor ter ido com o passaporte italiano, teria muita diferença nos tramits do visto, o processo seria muito mais simples e mais barato, e o fato de estar com o passaporte italiano traria muitos benefícios dentro da Austrália principalmente da longevidade do visto. Enfim nao cometam esse erro gravíssimo, ter dupla cidadania é muitooo bom e nessas horas melhor ainda. Para finalizar, tenho um blog da casacm devido a minha loja no ecommerce http://www.casacm.com.br, seria uma honrra ser visitada por você! Muito obrigadaaa! Espero que possa esclarecer minhas duvidas. Abraço! Celina

  134. Oi Bárbara, parabéns pelo seu blog. Eu encontrei hoje e devo te confessar q amei, realmente muito útil todos os seus esclarecimentos! Me deram a cidadania italiana e eu já mudei quase todos os meus documentos, até no INPS eu fui (só falta a carteira de motorista), vc acha q vale a pena eu fazer o pedido com o “ripristino del cognome”, ou no meu caso eu deixo pra lá? Fica com o Altíssimo! Bjooo!

  135. Oi Daniela,
    Fico contente que tenha gostado do blog e espero que volte mais vezes.
    Sobre o ripristino del cognome, eu fiz e acho que vale a pena fazer. Não é tão complicado assim e é sempre mais prático ter o mesmo sobrenome. :)
    Até a próxima,
    Barbara

  136. ciao, mentre cercavo risposte al mio dubbio, mi è capitato il vostro sito e devo dire che mi è piaciuto molto .
    Sei, o siete veramente gentili a fornire informazioni, chiarire dubbi in modo molto cortese e chiaro.
    ..ne approfitto per chiedere un piccolo chiarimento.

    Se per uscire dall’Italia presento il passp..brasiliano,

    per per uscire dal Brasile il pass. brasiliano,

    al mio rientro in Italia, poichè vi abito, basta presentare la carta identità? se devo presentare il pass. italiano mi faranno prob…se non pago quella maledetta tassa annuale?

    se vado soltanto in Brasile, devo pagare la marca da bollo annuale per il passaporto italiano?

    grazie…attendo una vostra risposta

  137. Olá,
    Sou brasileira e tenho passaporte italiano e estou indo para Inglaterra e Alemanha com meu bebe de 7 meses, que ja tem passaporte brasileiro, porém o passaporte italiano ainda nao foi emitido, tenho apenas a carta do consulado italiano, com o reconhecimento de sua cidadania.

    Como pretendo comprar passagem somente de ida para a Inglaterra, sem data prevista de retorno, gostaria de saber se terei problemas para entrar na Europa, sem o passaporte italiano do bebe?

    Me ajude, pois a data prevista para eu viajar é dia 15/03/2013.

    Obrigado
    Flavia

  138. Oi Flávia, tudo bem?
    A melhor coisa que você pode fazer é checar as informações oficiais (por ex. no site da UE, da Inglaterra…).

    Eu imagino que um passaporte brasileiro mais esse documento do consulado italiano sejam suficientes, mas se der tempo faça também o italiano. Assim você pode viajar 100% tranquila.

    Ah, você vai viajar com o pai da criança? Se não, cheque se o passaporte que você fez autoriza o expatrio com apenas um dos pais.

    Abs e boa viagem,

    Barbara

  139. Decidi Bárbara em fazer esse mês o “rispristino del cognome”… Realmente é muito complicado ter dois nomes… Vc teve que pagar algum advogado ou foi sozinha no Tribunal com sua cartinha na mão??? Obrigada pela atenção! Beijão e fica com o Altíssimo!

  140. Eu fiz tudo sozinha. Nao me lembro mais qto tempo levou, talvez um mes? Eu acho que vale a pena fazer este recurso, muito mais pratico. Quem me ajudou foi a funcionaria do comune di firenze que na epoca me deu o modelo da carta e indicacoes. Boa sorte e depois conta se deu certo.

  141. Ciao Barbara e Daniela, tudo bem?

    Desculpe a minha intromissão (caindo completamente de pára-quedas na conversa alheia rsrsrs), uma dúvida: Daniela, você obteve o seu reconhecimento por motivo de sangue ou outro motivo? Te pergunto porque vi sua pergunta sobre a mudança do sobrenome, e pela legislação em vigor o comune não pode mudar o sobrenome no ato da transcrição dos documentos, a não ser em relação as mulheres que adquiriram um sobrenome posterior ao nascimento (do marido, por exemplo) e que neste caso, como a cidadania retroage ao nosso nascimento, faz sentido que a pessoa tenha o sobrenome de solteira. Por isso pintou a dúvida sobre o seu caso ;)

    Desculpem a intromissão rsrsrs

    Abraços

  142. OI Fabio,
    Na hora da transcrição da minha cidadania italiana mudaram o meu sobrenome. Eu tenho o sobrenome da minha mae e do meu pai e, com a lei italiana, no ato do reconhecimento da minha cidadania, mudaram meu nome cancelando o sobrenome da minha mae e adicionando um outro sobrenome do meu pai. Ou seja: eu tinha um sobrenome para os documentos no Brasil e outro na Italia.
    Obviamente isso a gente nao resolve ali na hora, como bem me informou a senhora do Anagrafe do Comune di Firenze. Eu entrei com um recurso no tribunal de Florença explicando que ter um sobrenome no Brasil e outro na Italia me causaria problemas e custos, especialmente porque na epoca eu ja tinha contratos (de aluguel, trabalho) com o meu nome brasileiro.
    Em pouco tempo recebi a cartinha comunicando que o meu nome voltava a ser aquele de sempre. Nao foi nada complicado, alias todos foram muito solicitos na epoca. Acredito que se mudam o sobrenome de uma pessoa seja possivel ainda fazer recurso.

    Alias, mudando de assunto, a gente nao ia se conhecer pessoalmente este ano? ;-) Quando vc vem para cá?

    Até mais,

    Barbara

  143. Ciao Barbara

    Entendi, essa mudança “forçada” do sobrenome do requerente aconteceu até 2009, a partir de então foi emanada uma circular que proíbe o comune a mudar o sobrenome do requerente, seja para inserir aquele paterno, seja para retirar o materno, felizmente atualmente não se muda mais ;)

    Sobre o nosso encontro, vamos finalmente marcar o dia e lugar, passou (e muito) a hora de nos conhecermos, né?

    A presto!

  144. Oi Fabio,
    Bom saber dessa novidade. Ainda bem que não mudam mais, assim é uma coisa a menos para pensar. De vez enquando fazem uma circular util então. :)
    Quem sabe agora na primavera eu dou uma escapadinha até os lados da Versilia, Pisa… e te aviso. :)
    Até mais,
    barbara

  145. Oi Fabio, a minha cidadania foi por casamento com cidadão italiano, nessa semana estarei dando entrada nos papéis para “il ripristino del cognome”… Escrevi também para o Consulado e eles me disseram que mais cedo ou mais tarde realmente terei problemas por causa disso… Uma pessoa se quer viver sem confusões não pode ter dois nomes diferentes… Depois darei notícias aqui se consegui a mudança para meu sobrenome original ou não… Por enquanto só tenho que agradecer a Bárbara pelas dicas maravilhosas!

  146. Me deram a cidadania ano passado e tive a mudança de sobrenome, conheço algumas amigas que moram no sul da Itália, elas também tiveram o sobrenome alterado, todas receberam entre ano passado e início desse ano…

  147. Oi Bárbara, acabei de mandar no seu e-mail (brasilnaitalia@gmail.com) a carta que fiz para pedir o tal “ripristino del cognome”, gostaria que vc me desse sugerimentos, se está boa ou se precisa de melhoras. Um beijo e obrigada pela sua atenção sempre!

  148. Bárbara olha eu aqui de novo, preciso falar com vc urgentemente, me escreve no e-mail, fui no Tribunal aqui na cidade onde moro, a funcionária na maior má vontade me disse que devo me conformar com essa mudança de sobrenome pois já que eu aceitei ser cidadã italiana devo me conformar, ela quando viu il “ricorso” me perguntou para que “ufficio” eu deveria mandar já que eu tinha tanta certeza, fiquei nervosa me deu até vontade de chorar… Encontrei lá por acaso um advogado que conheci no meu trabalho e ele falou para eu te pedir a carta que te mandaram informando o “ripristino del cognome”, que ele vai ver e vai me informar melhor o que eu devo fazer… Fico no aguardo de uma resposta sua! Obrigada pela atenção sempre!

  149. Te peço também por favor se vc pode obter o modelo da carta que vc entregou no Tribunal?

  150. OI Dani, tudo bem?
    O modelo que eu usei na época dizia:

    “La sottoscritta XXXXX nata a XXXX il XXXX cittadina italiana residente a XXXX dichiara che, in seguito al riconoscimento della cittadinanza italiana jure sanguinis ed alla relativa trascrizione del proprio atto di nascita, l’Ufficiale di Stato Civile le ha attribuito il cognome paterno: XXXXX come disposto dalla legge italiana Art. 98 c.2 D.P.R. n.396/2000 e successive circolari chiede pertanto di mantenere il cognome XXXXX per i seguenti motivi:

    1.evitare la burocrazia, le spese e la perdita di tempo necessaria per rifare tutti documenti (codice fiscale, residenza, passaporto, tessera elletorale, ecc )
    2.evitare complicazioni giuridiche rispetto ai contratti già firmati come: affitto, lavoro, conto in banca, ecc
    3.avere il cognome come ha desiderato la famiglia della sottoscritta
    4.evitare probabili difficolta per future documentazioni che devono sempre essere corrispondenti sia in Brasile che in Italia: matrimonio, morte, compra-vendita di immobili…

    Documenti allegati:
    (copia dos seus documentos)”

    Note que o meu diz: “riconoscimento della cittadinanza italiana jure sanguinis” mas você deve checar como se chama no caso de cidadania por casamento e se esse recurso é válido. O Fábio disse que não é mais necessário porque não mudam mais o nome. Então, se mudaram o seu nome, talvez você deva encontrar a tal da circular que falou o Fábio que diz que não podem mais alterar o nome e ir ao Anagrafe para saber por que mudaram o seu nome se uma circular oficial do Ministero diz que não pode mudar. Quem sabe o Fábio pode dar mais dados sobre essa circular?

    Não se desespere e quando vá a qualquer orgão público, vá segura, sempre com um tom de voz tranquilo, sem se agitar. Se o cara for de má vontade, tente direcioná-lo para a resposta que você quer. E se não der na primeira, existe sempre uma segunda, terceira, quarta chances.

    Eu não estou em casa e não tenho o documento original aqui, provavelmente lá está escrito para qual ufficio eu enviei. Quando voltar e se achar o documento te aviso.

    @Fabio, você tem mais dados sobre a tal circular?

  151. Oi Bárbara, eu casei aqui na Itália e meu sobrenome ficou o mesmo de batismo, com a cidadania tiraram o sobrenome de minha mãe. Uma prima da minha sogra foi atrás de uma parente que trabalha num Tribunal de uma cidade vizinha e descobrimos que se pode fazer na Prefettura, eu já imprimi os formulários, preenchi tudo, só que no dia que fui lá o funcionário responsável estava numa outra repartição como não tive tempo de esperar fui embora, devo voltar lá na segunda, depois te conto aqui como vai terminar essa história…
    Aqui tem explicando como funciona: http://www.prefettura.it/milano/contenuti/5950.htm
    Obrigada pela atenção sempre! Esse formulário é mais ou menos assim como vc fez o seu, ele manda descrever os motivos da sua solicitação de mudança do sobrenome…

  152. Olá,
    Estou terminando meu curso de medicina aqui no Brasil e gostaria de fazer residência médica lá na Itália. Mas quando eu for pra fazer a residência provavelmente já estarei com a minha cidadania pronta (pretendo ir antes de me formar pra conseguir minha cidadania, já estou com os documentos prontos).
    A minha dúvida é quanto a validação da medicina na Itália, pra eu poder exercê-la por lá, além de me especializar. Como que faz? É só fazer uma prova? Aonde encontro informações sobre isso?

  153. Hoje consegui finalmente arrumar um tempinho e ir na Prefettura, foi tudo ótimo, o funcionário foi super gentil, aceitou o formulário e disse que daqui a 10 dias me liga, terei de ir buscar um documento e levar pro “comune” e depois de 30 dias vai sair o decreto oficial com a mudança para meu sobrenome de nascença… Uma coisa bem simples! Agora se o funcionário que trabalha no “Ufficio Immigrazione” tivesse me dito isso, teria poupado o tempo e o dinheiro gastos na mudança dos meus documentos… Obrigada Bárbara se não fosse por vc eu não teria ido me informar, pois tanto na “Prefettura” como no “Comune” na época me disseram que não poderia fazer nada…

  154. Hallenn acredito que vc antes de viajar tenha de procurar um Consulado italiano aí no Brasil, pois vc terá que fazer uma Declaração de valor do diploma e histórico escolar de curso de Ensino Superior. Aqui tem todas as informações: http://www.consrecife.esteri.it/NR/rdonlyres/D2A606EF-BB18-4290-8B93-151FBCA3A85F/13525/DichiarazionedivaloreEnsinoSuperior1.pdf
    E aqui tem o formulário que vc terá que preencher: http://www.consrecife.esteri.it/NR/rdonlyres/D2A606EF-BB18-4290-8B93-151FBCA3A85F/13530/Domandadichiarazionedivalore1.pdf
    E olha o que achei no site do Consulado do Brasil na Itália:
    INSCRIÇÕES NAS ORDENS PROFISSIONAIS ITALIANAS:

    Os brasileiros possuidores de inscrição em sua respectiva Ordem Profissional (advogados, médicos, engenheiros e outras), deverão consultar a página do Ministério da Universidade e da Pesquisa Italiano http://www.miur.it/0002Univer/0052Cooper/0069Titoli/0359Il_ric/0361Docume/1490Ricono_cf2.htm ( “Ministero dell’Università e della Ricerca”), para as informações sobre o procedimento para o pedido de inscrição nas correspondentes ordens profissionais italianas.
    Fonte: http://www.consbrasroma.it/outras/diplomas.html

    Boa sorte!

  155. Oi Daniela,
    Fico contente que esteja dando tudo certo.
    Uma coisa que aprendi aqui na Itália é que ser bem informado é a coisa mais importante em qualquer situação. Sempre existe uma lei, um decreto, uma circular, algum documento que podem ajudar a resolver uma situação que parece “impossível”. A única coisa é que nem sempre é fácil encontrá-lo.
    E como a Itália é muito burocrática, na verdade os funcionários em geral conhecem só os casos mais comuns porque vira um verdadeiro desafio saber tudo. Nem é por maldade, é por ignorância mesmo (no sentido literal da palavra).
    Bom saber que de alguma forma eu pude te ajudar.
    Um abraço,
    Barbara

  156. Barbara,

    Tudo bem?

    Eu adquiri a cidadania italiana e meu nome na declaração de cidadania consta completo.

    O problema está apenas na emissão do passaporte que possui apenas o meu prenome e o nome da família paterna que nem é o italiano.

    Com você foi esse mesmo problema?

    Obrigado,
    Raul

  157. Oi Raul, tudo bem?

    O nome do seu passaporte deve ser o mesmo nome do seu “atto di nascita” (certidão de nascimento que em geral é transcrita em um comune italiano).

    O que aconteceu comigo foi que mudaram o meu sobrenome neste “atto di nascita” que é a base para todos os outros documentos, da identidade (para quem mora na Italia) até o passaporte. Essa mudança foi automática e aconteceu na hora do reconhecimento da cidadania porque de acordo com a lei italiana da época (não sei se mudou algo) os filhos tem apenas o sobrenome do pai (e portanto o da mãe é eliminado).

    Foi então que eu entrei com um recurso no tribunal do comune di firenze (cidade onde eu pedi o reconhecimento da minha cidadania). Depois de pouco tempo recebi a cartinha com a “Rettificazione atto di nascita”.

    Um abraço,

    Barbara

  158. Olha eu de novo! Oi Bárbara não foi tão simples como imaginei o “ripristino del cognome” na Prefettura, mas o que me está dando força é o funcionário da Prefettura que é muito gentil, o prefetto autorizou já a mundança do meu sobrenome, mas tem uma lei que diz que tem de ficar disponível a informação por 30 dias no “albo pretorio online” do meu “Comune”, já fiz esse procedimento, agora voltei na Prefettura com a declaração dizendo que a alteração do meu sobrenome ficou 30 dias no albo pretorio online, o funcionário me disse que entrará em contato para eu finalmente ir buscar o decreto final dizendo que meu sobrenome retornou a ser o de batismo, o que eu tinha antes da cidadania… Não vejo a hora de ir lá buscar meu decreto! Te mandarei notícias, obrigada mais uma vez!

  159. Oi Daniela, tudo bem?
    Pelo menos as coisas estão dando certo. Obrigada por nos atualizar. Assim no futuro a gente já tem uma experiência registrada por aqui. :)
    Aguardo notícias do próximo capítulo.
    Boa sorte com tudo, abs
    Barbara

  160. Oi Bárbara, depois de três meses, finalmente fiz a carteira de identidade com meu sobrenome de batismo, voltei a ser filha dos meus pais (huahuahua!), o funcionário da “Prefettura” me ligou mandando eu ir buscar o decreto final, levei no “Comune” onde eles em dois dias fizeram a retificação do meu “Atto di nascita” e voltei a ser a Daniela de sempre! Maravilhoso isso! Então para quem quer voltar a ter o sobrenome de batismo depois da cidadania e no Tribunal da sua cidade não souberam te informar nada (como aconteceu comigo), procure a “Prefettura”, o “prefetto” pode fazer a mudança de sobrenome… Obrigada Bárbara por compartilhar conosco a sua experência, pq apesar de não ter conseguido no Tribunal como foi no seu caso, foi aqui que descobri que teria essa chance de conseguir a retornar a ter meu sobrenome materno… Beijosssss! Sucesso! E fica com o Pai Eterno!!!

  161. Esqueci de falar que o funcionário do “Comune” onde pedi a retificação do “Atto di nascita” foi um dos mesmos que me deram a cidadania, ele ficou feliz em saber que consegui essa mudança no meu sobrenome, informei pra ele que foi através da “Prefettura” e ele me disse que irá avisar as próximas pessoas que pegarem a cidadania ali… :D

  162. Oi Daniela,
    Que bom saber que deu tudo certo no final!
    Obrigada por compartilhar as diversas etapas da sua história aqui com a gente!
    Assim poderá servir a outras pessoas no futuro.
    Um abraço para você e tudo de bom!
    Barbara

  163. Olá,
    Possuo dupla cidadania (Brasileira e Alemã)e irei para os EUA.
    Gostaria de saber se alguem aqui que tenha cidadania européia tenha passado por isso e o que fez?
    Vamos lá… meu passaporte brasileiro tem meu nome de casada que consta no meu RG, já meu passaporte alemão tem meu nome de solteira.
    Sei que em muitos casos os passaportes europeus não saem com o mesmo nome do que o passaporte brasileiro.
    Porém irei para os EUA, já pedi a insenção do visto (ESTA) usando o passaporte europeu.
    Minhas dúvidas: compro as passagens com que nome??? Solteira ou casada?
    Vou sair daqui, apresentando os 2 passaportes, entro no EUA com o passaporte alemão, e durante as conexões também. Na hora de sair apresento o alemão e quando entrar no Brasil apresento o brasileiro, correto?
    Não vai criar problema se eu eu apresentar os dois passaportes para sair do Brasil?
    Será que para sair e entrar no Brasil não vão me pentelhar se eu não colocar meu último sobrenome (do marido) nas passagens???
    E nas conexões, o passaporte europeu será suficiente?
    Alguém já passou por isso recentemente???
    Qualquer resposta me ajuda!
    Obrigada!!! Marina

  164. Oi, sou brasileira e possuo dupla cidadania portuguesa. Preciso fazer seguro viagem p ir a franca e a Itália?

  165. Sou Brasileira e minha mãe tinha a cidadania italiana, e eu peguei dela. Eu tenho meu passaporte italiano e meu códice fiscale, mas tenho que fazer minha identidade italiana antes de fazer 18 anos pra nao perde minha cidadania italiana, moro no Brasil e so vo na Italia todo fim de ano, minha mãe morreu e nao tenho comprovante de resistência Italia, to querendo fazer minha identidade italiana no consulado italiano em BH, mas será que eu consigo? Porque minha mãe morreu e eu peguei a cidadania italiana dela, entao to com medo de perde minha cidadania e so descobri agora e falta 3 messes para esta eu estar fazer 18anos, e agora? Tem como me ajudar? Consigo fazer? Quais documentos irei precisar? Obrigada dês de ja,

  166. De nada Bárbara! Pra mim foi um grande prazer relatar minha história! Eu é que tenho de agradecerpois vc foi a primeira na verdade que compartilhou a sua história de vida conosco, me dando assim coragem para lutar! Bjooooooo!!! Tudo de bom!!! Fica com o Pai Eterno!!!

  167. Olá!

    Como faço para lhe contactar por e-mail? Pois tenho algumas informações que gostaria que se possível me ajudasse!

    Abraços!

Responder