Um burgo medieval onde a história e a tradição são preservados até os dias de hoje – turistas à parte. Siena é assim, uma pequena cidade medieval, de aproximadamente 54 mil habitantes que se tornou uma das etapas obrigatórias da viagem pela Toscana, na Italia.

siena2

Entre suas vielas estreitas que sobem e descem, encontram-se maravilhosas lojas de sapatos para as apaixonadas por compras, sorveterias para experimentar o “gelato” local (que é uma boa dica mesmo no inverno!), pizzarias a taglio que vendem os famosos pedaços de pizza quadrados por toda parte para quem quer matar a fome a baixo custo ou restaurantes e trattorias para um almoço mais demorado e confortável.

Dica para quem tem pouco tempo:  excursão a Siena saindo de Florença em grupo

Mas mais do que tudo Siena é sinônimo de beleza: repare na arquitetura dos edifícios que exaltam tempos de riqueza e fartura; na beleza de suas praças, de suas obras de arte.

A principal praça da cidade é a Piazza del Campo, com sua forma de concha.  Imagine que ainda nos dias de hoje neste local acontecem corridas de cavalo históricas, evento conhecido como Palio di Siena.

Na Piazza del Campo você vai poder ver de perto a Torre del Mangia, uma das mais altas torres antigas da Itália com 102 metros de altura construída no século XIV. E ainda:  o Palazzo Pubblico ou Comunale, construído pelo governo da Repubblica di Siena entre os anos de 1298 e 1310.

A catedral de Siena
A catedral de Siena

Outra importante atração da cidade é a imponente Catedral de Santa Maria Assunta, o Duomo, construída em estilo romano-gótico italiano. Sem dúvida nenhuma vale a pena fazer a visita interna e admirar a riqueza de suas colunas cobertas de mármore, da arte no pavimento, afrescos, detalhes.

Quando se fala em Siena outra coisa que vem em mente é o Monte dei Paschi di Siena: este é o banco mais antigo do mundo ainda em atividade. O banco de Siena foi inaugurado em 1472 (nessa época os portugueses ainda nem tinham “descoberto” o Brasil!).

A melhor época do ano para visitar Siena

Siena em outubro de 2009: até com o tempo feio a cidade é linda!
Siena em outubro de 2009: até com a garoa e frio a cidade tem seus encantos…

Tive a oportunidade de ir a cidade nas mais diversas estações do ano:

– Primavera (de abril a junho): a cidade ganha novas cores com as flores nas janelas das casas, pessoas que se sentam em plena Piazza del Campo para se aquecer sob o sol.

– Verão (de julho a agosto): a temperatura ferve e a cidade também, principalmente nos dias em que acontece um dos eventos esportivos mais famosos e tradicionais da Italia, o Palio di Siena (em geral alguns dias de julho e alguns dias em agosto)

– Outono (de setembro a novembro): o friozinho é ideal para entrar em uma trattoria, experimentar um prato de macarrão com molho a base de cinghiale (super típico) e um vinho tinto da casa… Hum! Água na boca. Quando eu fui, estava de passagem para as termas da Toscana, que são ali perto…

– Inverno (de novembro a março):> passar um pouco de frio na Toscana, quer coisa mais romântica do que isso? De preferência traga o namorado, marido, noivo…

Casal na Piazza del Campo em Siena
Casal jovem adere ao lema “me aqueça neste inverno” na Piazza del Campo em Siena, 2007


Como chegar em Siena

Veja também: informações completas sobre transporte em Siena

– De trem: você pode pesquisar horários e preços de passagens aqui. Chegando em Siena, após desembarcar na estação central de Siena é necessário pegar um ônibus em direção a Piazza Gramsci / Piazza del Sale. Primeiro compre a passagem em um “tabacchi” dentro da estação. Saindo da estação, entre no centro comercial em frente e siga as indicações para a “fermata / centro”. Basicamente o ponto é um sottopassaggio, descendo umas escadas. Não esqueça de timbrar o bilhete quando subir no ônibus!
Dica: existe também uma escada rolante recente que agora leva diretamente até o centro gratuitamente.

– De ônibus regional: a passagem de ônibus sai aproximadamente 10 euros pagando diretamente dentro do ônibus (custa uns euros a menos se comprar antes em uma tabacaria ou revendedor autorizado). Você pode pesquisar horários dos ônibus aqui (como cidade de partida invés de Florença escreva Firenze)

– De carro: se você pretende alugar um carro e parte de Firenze: pegue a autostrada Siena – Firenze. Continue até as indicações para “Tangenziale Siena Ovest (direzione Arezzo/Grosseto)”. Em seguida pegue a saída para Siena Sud. Siga as indicações até a Porta Romana (eventualmente Porta Pispini). Ao chegar a Porta Romana procure uma vaga a pagamento na rua (tipo Zona Azul) ou um estacionamento interno (mais: preços e locais dos estacionamentos de Siena).

– Transfer particular: se você quer a comodidade de um carro, mas não quer dirigir, pensar em radares, estacionamento, caminho e afins a opção mais confortável é um transfer particular. Um transfer particular de Florença a Siena sai a partir de Euro 215,00 em carro do tipo Mercedes Classe E ou Euro 250,00 em van para até 8 pessoa.

Organize sua viagem a Siena

(Artigo atualizado em dezembro de 2017)


Visualizzazione ingrandita della mappa

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá!!
    Venho requisitar uma ajudinha…
    Chegamos em Florença em um domingo. E já vi que segunda-feira boa parte dos museus fecham em Florença. Então pensei que poderia visitar Pisa / Siena / Lucca, na segunda-feira e deixar Florença para terça, quarta e o próprio domingo, pois pretendemos chegar por volta da hora do check in no hotel (14h).

    A dúvida é: será q eu consigo fazer essas cidades em um dia de ônibus ou trem? Vi q Lucca e Pisa são bem perto, mas não sei Siena. Vi o post sobre Siena, mas qnto tempo leva a viagem de ônibus?

    Desde já, muito obrigada pela ajuda!
    Daniela

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here