Montepulciano é uma das cidades famosas na Toscana pela produção de ótimos vinhos tintos. Leia o artigo para dicas na hora de organizar a sua viagem.

Índice do artigo:
– Estradas do vinho na Toscana
– A estrada do Vino Nobile di Montepulciano
– O vilarejo de Montepulciano
– Degustação do Vino Nobile e de outros produtos típicos

Nos arredores de Montepulciano, Toscana
Nos arredores de Montepulciano, Toscana

Estradas do vinho na Toscana

Poucos lugares no mundo possuem tantos vinhos deliciosos por metro quadrado como a Toscana:  são 57.294 hectares de vinhedos.

Cada cidadezinha da Toscana traz ótimas surpresas, que você poderá descobrir seguindo as numerosas Estradas do Vinho.

Existem 14 estradas do vinho na Toscana. Sem dúvida nenhuma, o paraíso para quem, como eu, adora vinho!

Hoje você vai conhecer mais sobre Montepulciano e seu ótimo vinho.

A estrada do Vino Nobile di Montepulciano

strada_del_vino_nobile_di_montepulciano

Um dos itinerários mais famosos da Toscana quando o assunto é vinho é a Estrada do Vino Nobile di Montepulciano (Strada del Vino Nobile di Montepulciano).

Não me canso de viajar por essas colinas deliciosas – seja no verão como no inverno – e, de vez enquando parar em uma cantina nova, entrar, pedir para experimentar algumas garrafas diferentes, eventualmente realizar uma degustação completa. Já perdi as contas de quantas cantinas visitei, quantos vinhos experimentei.

Uma área perfeita para ser explorada de carro, quem sabe dormindo em um dos deliciosos agroturismos toscanos, com direito a visitas às várias cantinas, algumas ultra-modernas com tecnologia sofisticada e vinhedos tão bem cuidados como um precioso jardim.

Aqui você encontrará o famoso vinho tinto conhecido como Vino Nobile di Montepulciano.

Eu (Barbara Bueno) durante uma degustação em Montepulciano
Eu (Barbara Bueno) durante uma degustação em Montepulciano

Está pensando em como transportar suas garrafas de vinho italiana no final da viagem? Veja aqui malas de viagem para transportar vinho.

O vilarejo de Montepulciano

Montepulciano no inverno
Montepulciano no inverno

Na área conhecida como Val di Chiana, quase na fronteira com o estado da Umbria, encontra-se um vilarejo que foi riquíssimo no passado.

Quando você for a Montepulciano, preste atenção na beleza dos palácios construídos entre o período medieval e do renascimento (séculos XIII a XVI).

Só para dar um exemplo, na Piazza Grande, o Palazzo Comunale (sede da prefeitura) é esteticamente uma cópia do Palazzo della Signoria de Florença.

E claro, na mesma Piazza Grande, não deixe de visitar o Palácio dos Contucci, o mais antigo produtor do Vino Nobile di Montepulciano. Você vai descobrir que aqui o ciclo de produção do vinho acontece dentro de um prédio em pleno centro histórico da cidade, e não no campo. Ah, e não se deixe enganar pela fachada: embora pareça que ele possua apenas 3 andares, na verdade o Palácio Contucci está em uma colina e por isso na parte de trás você descobrirá que ele é muito mais alto do que imagina!

fachada do Palazzo Contucci, um edifício do século XVI, onde experimentar o Vino Nobile di Montepulciano
fachada do Palazzo Contucci, um edifício do século XVI, onde experimentar o Vino Nobile di Montepulciano

Como visitar: alugue um carro ou faça um tour em grupo saindo de Florença.

Degustação do Vino Nobile e de outros produtos típicos

O famoso vinho é preparado a partir da tradicional uva sangiovese que, no entanto, em Montepulciano recebe o nome de “prugnolo gentile”. 

Você encontra uma lista com uma seleção de enotecas, adegas e produtos típicos no site oficial da associação Strada del Vino Nobile di Montepulciano.

O "prugnolo gentile" de Montepulciano*
O “prugnolo gentile” de Montepulciano*

Também pode ser interessante programar a viagem para a época de algum evento típico da cidade.

PS. E já que a gente está falando de vinho, para descontrair, confira o vídeo sobre como abrir uma garrafa de vinho sem saca-rolhas

Leia também:
-Entrada: coccoli, uma receita típica de Florença
– Massa: o tortello de batata, uma massa típica da Toscana
– Doce: a cassata, um prato típico da Sicília

*crédito foto: divulgação (Strada del Vino Nobile di Montepulciano)

Parceiros:

RESERVE SUA ACOMODAÇÃO AGORA

Reserve sua hospedagem na Italia, no Brasil ou em qualquer outro país do mundo com nosso parceiro Booking.com!

Você encontra as melhores ofertas e ainda colabora com o nosso site. Obrigada!

ALUGUE SEU CARRO COM A NOSSA PARCEIRA

Alugue um carro na Italia, ou em qualquer outro lugar do mundo com a nossa parceira Rental Cars

RESERVE TRANSFERS E TOURS ONLINE

Reserve transfers, tours e excursões na Italia e no mundo com a nossa parceira Get Your Guide

RESERVE SUAS PASSAGENS DE TREM NA ITALIA E EM VÁRIOS OUTROS PAÍSES EUROPEUS COM NOSSA PARCEIRA TRAINLINE

Reserve sua passagem de trem ou pass de trem agora

Artigo anterior[Gastronomia Italiana] A cassata, um doce típico da Sicília
Próximo artigoTBDItaly 2013: como foi o encontro internacional de blogueiros em Rimini
Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março de 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o blog BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, obteve habilitação como assistente turística e foi proprietária de agência de viagem na Italia (até chegar a pandemia...). Hoje se interessa por criptomoedas e voltou a fazer o que mais gosta: buscar novidades, visitar lugares interessantes e escrever! Se você tem uma dúvida sobre a Italia visite a seção Dúvidas sobre a Italia.

6 COMENTÁRIOS

  1. […] Depois dos espumantes passei direto para os vinhos toscanos. Experimentei diversos tipos de Brunello di Montalcino e, claro, dei uma passadinha no stand da Contucci, um sinônimo de Vino Nobile di Montepulciano. Só para dar uma idéia a família Contucci está em Montepulciano desde o século XI (gente, o Brasil nem tinha sido descoberto!) e tem uma cantina em pleno centro histórico de Montepulciano, no Palazzo Contucci (já falei um pouco sobre ela aqui no blog). […]

  2. Que maravilha de postagem! Agora fiquei com vontade de tomar esse vinho de Montepulciano 🙂

    Tim-tim.

    Abraços,

    Maria

COMENTÁRIOS:

Please enter your comment!
Please enter your name here